Sem categoria

ONU oferece bolsas para jornalistas cobrirem Assembleia Geral em NY

Parceria / Téla Nón / Rádio ONU

Prazo para inscrição de encerra em 21 de maio; candidatos devem ter entre 22 e 35 anos; organização fornecerá aos selecionados passagens aéreas e diárias para cobrir despesas com estada e alimentação.

Assembleia Geral das Nações Unidas. Foto: ONU/Mark Garten

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

As Nações Unidas estão selecionando jornalistas de países em desenvolvimento ou transição para o Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF), que este ano será realizado entre 11 e 29 de setembro na sede da ONU, em Nova Iorque.

Os candidatos devem ter entre 22 e 35 anos e ser fluentes em inglês. Outros requisitos incluem: ter três amostras de trabalho publicadas, que podem ser enviadas no seu idioma original; uma carta de referência de seu empregador atual ou editor com quem você trabalhou (que pode ser em português); currículo (em inglês ou francês); diploma no maior nível educacional que possuir; e uma cópia de suas credenciais de imprensa (por exemplo, da associação ou sindicato).

Oportunidade

O prazo para inscrição é 21 de maio. A ONU pagará aos selecionados as passagens de ida e volta para Nova Iorque e uma diária de aproximadamente 385 dólares ao dia, que cobrirá todas as despesas com acomodação e alimentação.

Programa de Bolsas para Jornalistas Memorial Reham Al-Farra (RAF) é uma oportunidade para jovens jornalistas de países de economias em desenvolvimento e em transição para cobrir as Nações Unidas e seu encontro anual mais importante: o debate geral da Assembleia Geral da ONU, quando líderes mundiais se reúnem na sede da organização, em Nova Iorque.

Durante o programa, os bolsistas têm a oportunidade de observar o trabalho das Nações Unidas, entrevistar funcionários e trocar experiêncuas com colegas de diversas partes do mundo.

Reuniões e visitas

Nos anos anteriores, os bolsistas se reuniram com o secretário-geral da ONU, com o presidente da Assembleia Geral e com embaixadores de Estados-membros da organização.

O programa também organiza visitas a veículos de imprensa, como ‘New York Times’, ‘Associated Press’ e a rádio WNYC. Desde sua fundação em 1981, a bolsa foi concedida a 566 jornalistas de 168 países.

Todos os detalhes sobre como participar estão em https://outreach.un.org/raf

Notícias Relacionadas:

“Jornalistas vão aos lugares mais perigosos dar voz a quem não tem”

António Guterres fala sobre Dia Mundial da Liberdade de Imprensa

Venezuela: especialistas condenam censura, prisões e ataques a jornalistas 

 

    1 comentário

1 comentário

  1. Nuno Menezes

    13 de Maio de 2017 as 9:54

    ONU oferece bolsas para jornalistas cobrirem Assembleia Geral em NY

    A liberdade e expressao dentro em Sao Tome e Principe ‘e um Pouco Limitada, ‘e mesma coisa eu jornalista Perguntar a mim mesmo vou para essa bolsa de estudos e completo a mesma e depois???

    A mesma nao vai permitir a mim elaburar em condicoes e exercer a minha profissao daquilo o que fui treinado, e dentro de Sao Tome e Principe ‘e um Pouco Limitada a expressao.

    Faço recordar os capitulos que assim li nesse jornal:

    http://www.telanon.info/sociedade/2016/09/30/22853/ajs-denuncia-accoes-de-ameaca-e-de-intimidacao-dos-jornalistas-pelo-poder-politico/

    http://www.telanon.info/sociedade/2016/09/21/22790/associacao-dos-jornalistas-pede-investigacao-as-declaracoes-de-patrice/

    http://www.telanon.info/politica/2016/08/12/22519/jornalista-da-rtp-africa-proibido-de-entrar-no-palacio-do-governo/

    Nuno Menezes
    Lincoln,Reino Unido (England)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo