Política

A rede de corrupção que envolve a China Sonangol e a CIF parceiras do Governo de PT

Numa reportagem de cerca de 7 minutos a Televisão Pública de Angola, revela a rede de corrupção que foi montada em torno das duas empresas que foram parceiras do anterior Governo de Patrice Trovoada, tendo concedido créditos financeiros na ordem de 30 milhões de dólares ao anterior Governo.

As mesmas empresas estão envolvidas na aquisição dos catamarans e vedetas de fiscalização marítima que foram entregues ao Governo de Patrice Trovoada. Uma rede  de lavagem de dinheiro, que envolve o anterior Governo de São Tomé e Príncipe.

Acompanhe a reportagem da Televisão Pública de Angola, ” O Banquete”

    2 comentários

2 comentários

  1. Seabra

    2 de Dezembro de 2020 as 22:44

    Patrice Trovoada tem que regressar para STP para responder junto da justiça sobre os crimes cometidos durante o seu mandato…é de uma importância capital e muito urgente.

  2. Ralph

    3 de Dezembro de 2020 as 1:25

    Parabens à Televisão Pública de Angola por ter desvendado a rede de corrupção. Ver a reportagem faz claro que a corrupção tende a permanecer atrás da cortina por causa da complexidade das companhias criadas para ocultar tais atividades das autoridades e do público. Mas muitas vezes os perpetredores esquecem-se de cobrir todo o seu caminho, deixando rastros que podem ser apanhados. O problema é que pouca gente tem tal paciência e habilidade de seguir as muitas empresas e ligações criadas especificamente para desviar a atenção das autoridades do que se passa. Quem segue todos os rastros e conecta todas as partes terá a recompensa de revelar o engano. Muitas vezes, são os jornalistas que desempenham esse papel. O próximo passo deve ser a perseguição e condenação dos culpados, o que provavelmente será muito difícil devido às ligações a pessoas poderosas associadas a governos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo