Cultura

Tranquilidade regressou a escola secundária de Guadalupe após realização do D´Jambi

A manifestação do D´Jambi realizada na escola secundária de Guadalupe que a TVS filmou mas não publicou, terá alegadamente segundo os professores e a direcção da escola, aliviado a pressão dos espíritos que incomodavam os alunos.

Há cerca de 5 meses que as actividades educativas na principal escola secundária do distrito de Lobata, estava comprometida alegadamente por causa de espíritos que se apossavam dos alunos.

Por causa da força dos espíritos que se manifestavam no local, os pais e encarregados de educação aconselhavam os seus filhos a não frequentarem a escola.

O problema se arrastava no tempo, sem qualquer solução seja a nível político ou científico. Os pais e encarregamos de educação dos alunos, criaram uma comissão, que decidiu realizar o D´Jambi, como forma de afugentar os espíritos que se apossavam das crianças.

Segundo Homito Carvalho, professor de educação visual, a manifestação realizada há cerca de 15 dias, trouxe tranquilidade a escola secundária de Guadalupe. «Estamos aqui hoje a ministrar conhecimentos sobre as cores quentes e frias, sem qualquer problema. A participação dos alunos é boa. Depois da realização do D´Jambi, as coisas melhoraram», assegurou o professor.

Tranquilidade confirmada também pelo Director da Escola. «Temos aqui todos os alunos. Também os professores estão a trabalhar sem qualquer problema. Já nesta terça feira vamos começar com a avaliação sumativa. Tudo normal», garantiu o Director Jorge de Mascarenhas.

O Director confessou que a escola viveu momentos turbulentos, por causa dos espíritos que se apossavam dos alunos. «Os pais acreditaram que com a realização do d´Jambi, poderia-se resolver a questão. O facto é que depois da realização do d´Jambi, estamos a funcionar normalmente», frisou.

O d´Jambi é uma manifestação tradicional são-tomense, em que um curandeiro combate contra os alegados espíritos imundos que alegadamente perturbam as pessoas. Há cerca de 15 dias, a comissão dos pais, promoveu o d´Jambi no quintal da escola. No local ainda são visíveis as cinzas que sobraram do fogo que animou a puita do D´Jambi.

No quintal da escola, existe um poste que conduz energia de alta tensão em Guadalupe. O curandeiro contratado para comandar o D´Jambi, morreu depois de ter trepado o poste de electricidade de onde caiu fatalmente.

Os professores e habitantes de Guadalupe, garantiram ao Téla Nón que a TVS-Televisão Pública, esteve presente no acto, tendo filmado toda a manifestação, mas não divulgou a notícia. Por outro lado, fontes da TVS confirmaram ao Téla Nón que o trabalho foi realizado, mas posteriormente surgiram orientações superiores segundo as quais, o assunto não poderia ser de domínio público.

Certo é que para já paz e tranquilidade regressaram a principal escola secundária do distrito de Lobata, onde estudam mais de 800 alunos da quinta a nona classes. Um assunto que nos últimos meses provocou preocupação em Guadalupe e no país em geral.

Abel Veiga

    25 comentários

25 comentários

  1. Lévé-Léngue

    9 de Fevereiro de 2011 as 9:08

    Teria o prazer em ser o primeiro a comentar esta notícia, mas prefiro continuar aguardando pela reacção dos psicólogos, físicos, geólogos, líderes religiosos e demais peritos que defenderam em tempos as suas legítimas teorias.

  2. XYZ

    9 de Fevereiro de 2011 as 12:44

    Enquanto estiver ali o poste de energia de alta tensão o problema podera vir a se manifestar mais vezes no futuro.

    • COCO NZUCU

      15 de Fevereiro de 2011 as 14:12

      Olhe que pode ter razao. Nunca ninguem tinha levantado essa hipotese. E’ plausivel.

  3. jhunior

    9 de Fevereiro de 2011 as 22:51

    são todos parvos….

    • dfl

      11 de Fevereiro de 2011 as 17:45

      jhjunior:

      Parvos não, parvissimos…

  4. ovumabissu

    9 de Fevereiro de 2011 as 23:06

    Oh, caca ô!!! Estamos f******!!!
    É assim que estas coisas nascem, crescem e… engolem-nos.
    Não se deixem dessas tretas e vão ver aonde o país vai parar dentre de mais alguns anos.
    Já estou a rezar para que os “espíritos” regressem, urgentemente, à escola de Guadalupe!!!!

    Mas continuo a rir-me, perdidamente, do bruxo electrocutado. A TVS não pode por essa cena no “you tube”? Seria sucesso garantido!!!!
    Francamente. Kua ku fé ku nhó.

  5. no escuro

    10 de Fevereiro de 2011 as 11:29

    honestamente que o tópico duma noticia credível nao devia ser este, senhores editores do jornal telá nón.

    pois coisas satánicas existem sim, mas nao existe curandeiro que faca nada em prol disso, pois ninguem golpearia o seu próprio corpo e se desacreditaria a sí proprio, por isso que, nao existem curandeiros com poderes divinos, se nao que tanto os ditos feiticeiros como os curandeiros sao farinha do mesmo tacho. alguns sim possuem poderes maléficos e mal orientados, mas alguns até nao possuem poder algum e só disfarcam de ser curandeiros ou de fazerem coisas positivas.

    mas que o próprio jornal enuncie desse jeito a noticia, parece que nao só informa, se nao que credibiliza dita ignorancia e recorrencia ao obscurantismo.

  6. SPC

    10 de Fevereiro de 2011 as 12:13

    Gente….
    O Curandeiro electrocutado espantou um defunto e depois morreu no local. Sabem o que isso significa?!!! Que agora será o espirito dele a perturbar os alunos. Em suma o problema não foi resolvido apenas adiado.
    Quero agora ver quem/qual será o proximo curandeiro a ir espantar o defunto lá. Ahahahahahah…Adora S. Tomé e Príncipe,
    Viva a minha terra!!!

  7. Atento

    10 de Fevereiro de 2011 as 12:18

    Certamente este fenómino paranormal que está acontecendo na ESBG é o odio, rancor e briga de lugares para leccionar entre os professore sub-director e director que estão lá ganhando dinheiro sem soar. Eu garanto que os principais causadore deste males são aqueles nomeados sem qualificação que a muito vem lutando para ocupar lugar dos outros a todo custo.
    Obrigado

  8. BARAO DE AGUA'-IZE'

    10 de Fevereiro de 2011 as 14:36

    Realmente a mentalidade tem muita forca, quer para o bem quer para o mal.
    Se continuarmos assim, nao teremos futuro com essas praticas diabolicas, pois o Diabo para dar um chourico, tem que receber em troca um porco. CUIDADO.

  9. rapaz de riboque

    10 de Fevereiro de 2011 as 17:49

    entao façam também para que a situaçao financeira e economica melhore nesta terra somos mesmo atrazados em tudo até na crença louvado seja deus nosso senhor jesus cristo a mentalidade do meu p+ovo é mesmo fraca

  10. D´Angola

    11 de Fevereiro de 2011 as 18:56

    Esta terra está cheia de mistérios…
    O povo Santomense sabe destes mitos, vivem e convivem com isto.
    porquê tapar o sol com a peneira?
    se realmente o D´jambi funciona mostrem ao mundo.

  11. D´Angola

    11 de Fevereiro de 2011 as 18:58

    Deus limpe a mente desta gente…

  12. Samantha

    12 de Fevereiro de 2011 as 17:10

    Hahahahhahahaha! Que besteira! Nunca li tamanha idiotice na minha vida. Isso é uma falta de respeito para com a populaçao, com o pais e com os estrangeiros que possam entender o que esta ai escrito! Os jornalistas deviam ter mais cuidado com o que publicam. Que desculpa pra cobrir mais uma falha. Sejam mais racionais. E isso nao tem nenhuma logica. Passem uma boa tarde!

    • pivot santos

      14 de Fevereiro de 2011 as 16:34

      inem se vlegonhae ola cu nom tava txoco tudu cuace tava ca gisti. cuma mance bi toma colo ni tela di inem ovo mabisso a sca quece cuma inem dona nom tava ca laba nom cala cu muta pa nom na be zumbi. inamce nance ni santomeo o ni tela dim inem ovo mabisso. punda amintem sa neto di inem ovo mabisso cum be dono mu ca fe plomessa ni santome. fui chau espanha

      • ovumabissu

        15 de Fevereiro de 2011 as 23:39

        Sum clessê za, bê kua ku mundu tê, n’da ni xcola, sêbê lê… tudu inem kuá sé. Sa pa sum zuda ôtlô mina ni quinté, na sa pa sum xina iné kua von-von fa. Sa pa sum xina inem kua ku tocá, kua ku pô zuda inem bili uê, lanta cabeça.
        Fô dai ku mufinu.

  13. Filipe Samba

    14 de Fevereiro de 2011 as 13:24

    Ao
    Senhor Samantha
    Os meus cumprimentos,
    Cada povo tem a cultura que merece,e devemos respeitar os nossos costumes, tradições e habitos, este é o espelho da nossa identidade, porque num pai escolhe o filho.
    São tome e Principe são ilhas de Santos melhor de misterios ocultos.
    A puita é um dos meios de comunicação com os Santos, alegrando assim o espirito dos defuntos.
    Que Deus Santo e espirito de Lagoa Amelia e outros tenha piedade de nós.

    • ovumabissu

      15 de Fevereiro de 2011 as 23:32

      Filipe,

      Qual é essa agora? Você até que faz comentários interessantes a agora dá nisto?!

      Puita é comunicação com santos?

      Aqui na Eurpoa (ou qualquer outra parte do mundo) pões um “set” de “house music – transe” e uns quantos comprimidos e o pessoal também conversa com os “deuses”!!!

      Definitivamente fazer da puita e djambi de comunicação com “santos” roça o sacrilégio, o absurdo!

      Não me leve a mal, tá?!

  14. Filipe Samba

    14 de Fevereiro de 2011 as 13:25

    desculpa nenhum pai

  15. pivot santos

    14 de Fevereiro de 2011 as 17:09

    Caro XYZ deverias ter um filho estudando naquela secundaria e ao mesmo tempo seres menbro do conselho de pais. porque em Lobata existem pais dirigentes e com muito conhecimento formativo. por favor filho da terra nao torques alho por burgalho. fui espanha.

  16. pivot santos

    14 de Fevereiro de 2011 as 17:16

    pivot santos diz. desculpa nao troques alho por burgalho

  17. xuxa

    14 de Fevereiro de 2011 as 19:32

    Noticia parva pah….só la nas africas mesmo

  18. Lima X

    16 de Fevereiro de 2011 as 8:59

    Francamente, a mentalidade do meu povo está cada vez mais fraca devido os fracos recursos. No entanto qual é a explicação do senhor bispo da diocese que teria dito que é fome. Senhor bispo ja se alimentou todos os alunos de Guadalupe? Será que o problema foi mesmo resolvido com D’jambi?

  19. D´Angola diz:

    28 de Fevereiro de 2011 as 23:28

    Para vossa informaçao eu sou santomence vivo em angola a 10 anos

  20. rosa porcelana

    6 de Março de 2011 as 15:46

    Deveria ser realizada no recinto da escola uma misa de acção de graças

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo