Presidente do MDFM-PL responde ao seu Secretário-geral

Publicado em 24 Out 2008
Comentários; fechado

Duramminho.jpgente criticado pelo ex-Ministro dos Recursos Naturais, Energia e Meio Ambiente, Agostinho Rita, por causa de uma série de situações, com destaque para o processo de instalação da central térmica de Bobo – Fôrro, o Presidente do partido MDFM-PL, Manuel de Deus Lima, responde aos ataques do seu secretário-geral.

Diante das críticas do ex- Ministro Agostinho Rita, que considera o Presidente do seu partido como apoiante da política do Primeiro-ministro, o Presidente do MDFM-PL, começou por falar dos geradores caterpilares que foram instalados na central térmica de Bôbo-Fôrro. «Informar a toda a população e ao público em geral que o projecto relacionado com a central de bobo – forro, foi submetido ao ministro pela empresa EMAE e o ministro de então que era eu, submeteu a proposta ao conselho de ministros que o aprovou», afirmou.

Na resposta Manuel de Deus Lima, refere também que os geradores instalados são novos, contrariando mais uma vez o secretário-geral do seu partido. «Os grupos caterpilares, são novos. Estão cá os documentos produzidos pela empresa que fez a peritagem. É uma central que foi aprovada pelo conselho de ministros, para ficar claro que não é nenhuma matéria exclusiva do senhor ministro de então Manuel de Deus Lima», sublinhou tendo acrescentado que «tecnicamente esses grupos caterpilares são novos. Eu tenho cá uma peritagem que fora solicitada pelo actual Primeiro-ministro feita pela empresa importécnica LDA, assinada pelo senhor Manuel Cadirga que é um perito em máquinas caterpilares, e diz que os dois grupos instalados são novos. São novos e estão muito bem instalados e protegidos contra eventuais avarias», concluiu.

Abel Veiga