Política

Fradique de Menezes rejeita comentários e rumores que dão conta do mau relacionamento seu com o Presidente de Angola

Para o Chfradique.jpgefe de Estado são-tomense, Fradique de Menezes, o encontro que teve em Luanda com o seu homólogo Eduardo dos Santos, a margem da reunião da comissão do golfo da Guiné é uma das provas contundentes de que não existe qualquer animosidade entre os dois Presidentes, ao contrário dos comentários persistentes que anunciam um mal estar entre ele e o líder angolano. As relações entre São Tomé e Príncipe e Angola, deverão conhecer maior dinamismo nos próximos tempos sobretudo na área empresarial. O Presidente da República Fradique de Menezes que regressou de uma missão oficial ao estrangeiro, reuniu-se com o Presidente Angolano e garante que o país vizinho vai continuar a apoiar São Tomé e Príncipe.

Relações amistosas, que segundo Fradique de Menezes, servem para desmentir os rumores que indiciam mal-estar entre ele e o seu homólogo angolano. «Não existe nenhum problema entre o Presidente de São Tomé e Príncipe e o Presidente de Angola. Nem poderia haver. Não sei a razão porque teria que haver algum problema. A margem da cimeira encontramo-nos e podemos ouvir dele a vontade e a disponibilidade de Angola em ajudar São Tomé e Príncipe», esclareceu o Chefe de Estado são-tomense.

O impulso maior na cooperação entre os dois países, deverá ser dado, assegura Fradique de Menezes, após a visita para breve do Primeiro-ministro são-tomense a Angola. Será a segunda visita de Rafael Branco a Angola após num espaço de tempo de 6 meses. «Estão a espera agora que se efectue a visita que está permitida do nosso primeiro-ministro e a partir daí é que todas as coisas vão funcionar, nomeadamente com os investimentos que a empresa Sonangol pretende fazer cá», reforçou Fradique de Menezes.

Relações seculares entre São Tomé e Príncipe e Angola, ganham mais força para construir o futuro.

Abel Veiga

Recentemente

Topo