Rafael Branco anunciou a Fradique de Menezes o lançamento de uma nova dinâmica na acção governativa

Publicado em 08 Jan 2009
Comentários; fechado

Quinta da Favorita foi o pagoverno.jpglco escolhido pelo governo de Rafael Branco para responder ao apelo de unidade nacional lançado pelo Presidente da República, Fradique de Menezes, por ocasião da transição do ano. Rafael Branco prometeu tudo fazer para não desiludir o chefe de estado e a nação. Já nos próximos dias o governo vai aprovar um roteiro sectorial de governação.

O roteiro s  ectorial de governação, que segundo Rafael Branco, representa uma nova dinâmica na acção governativa. O roteiro será aprovado numa reunião especial do conselho de ministros presidido pelo Chefe de Estado Fradique de Menezes.

Uma dinâmica governativa, que visa dar resposta eficiente aos desafios inscritos no orçamento geral do estado para 2009, que privilegia a segurança alimentar. «Esta dinâmica se traduz num trabalho sério, organizado e planificado tendo em conta os recursos disponíveis e mobilizáveis, associadas a prestação de contas e responsabilização individual e colectiva de todos e cada um de nós», referiu o Primeiro-ministro.

Num dos salões de luxo da Quinta da Favorita com vista para uma piscina, o governo que se reuniu em torno do Chefe de Estado numa mesa, prometeu através do seu chefe Rafael Branco, tudo fazer para não defraudar as expectativas do Chefe de Estado e consequentemente do povo são-tomense.

Fradique de Menezes, apelou a unidade nacional para vencer a crise económica e financeira mundial, que poderá agravar-se  governo-1.jpgem 2009, e o Primeiro-ministro promete tudo fazer para que em concertação com todas as forças políticas são-tomenses se promova a unidade e o entendimento. «Tudo farei nos limites das minhas capacidades para dar um conteúdo concreto ao apelo explícito que lançou as forças políticas e entidades nacionais a saber : que precisamos trabalhar com clareza, transparência para uma postura de “unidade essencial” com o propósito de “ promovermos o reencontro da família são-tomense, independentemente das filiações partidárias ou religiosas”», declarou Rafael Branco.

O Chefe do Governo felicitou o Presidente da República pela cooperação e solidariedade para com o governo. «Quero afirmar que encontrei de si uma atitude de grande cooperação e solidariedade institucional, para além dos conselhos, chamadas de atenção e encorajamento que integram a sua magistratura de influências, fundadas na experiência e numa vontade determinada de não resignação», enfatizou.

Nesta quarta feira o Presidente da República recebeu cumprimentos de bom ano, por parte das forças vivas do país. Talvez como símbolo da unidade nacional reclamada pelo chefe de estado, tiveram destaques os abraços apertados que Delfim Neves secretário-geral do PCD e Jorge Amado líder parlamentar do MLSTP/PSD, deram ao Chefe de Estado no salão nobre do palácio do povo.

Abel Veiga