Sociedade

Alda do Espírito Santo foi evacuada de urgência para Angola

alda-graca.JPGA poetisa da “TRINDADE” e de outros versos que inspiraram o nacionalismo são-tomense, está gravemente doente. O Governo anunciou que Alda do Espírito Santo foi evacuada desde a última Semana para Angola, onde foi submetida a uma intervenção cirúrgica numa clínica privada. No entanto o estado de saúde da primeira mulher a ser Presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, agravou-se nas últimas horas. Alda Graça é sem dúvidas uma referência do nacionalismo são-tomense, que aos 83 anos de idade, lidera a organização dos escritores e artistas de São Tomé e Príncipe.

Num comunicado o governo diz que após a intervenção cirúrgica o estado clínico da poetisa era satisfatório. Mas segundo o Governo, nas últimas horas as informações chegadas da clínica de Luanda, indicam que a situação é preocupante. Nascida em 30 de Abril de 1926, Alda Graça completa no próximo mês 84 anos de idade.

Foi membro do governo de transição que conduziu os destinos do país de 1974 até a independência nacional, a 12 de Julho de 1975. Duas vezes Presidente da Assembleia Nacional são-tomense, Alda Graça do Espírito Santo que foi também ministra educação e cultura, e mais tarde da informação e cultura, escreveu as letras do hino nacional de São Tomé e Príncipe.

Autora de poemas que despertaram o nacionalismo são-tomense, como “TRINDADE” ou “Solo Sagrado da Terra”, Alda Graça, mereceu no ano passado duas homenagens. A primeira feita pelo Ministério da Educação e Cultura na comemoração dos 83 anos de idade, e a segunda pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Abel Veiga

Recentemente

Topo