Política

Fradique de Menezes participa nas celebrações do quadragésimo aniversário da revolução líbia

f-menezes.jpgO parlamento são-tomense já aprovou o pedido de autorização do Chefe de Estado para tomar parte no evento onde pela primeira vez as forças armadas são-tomenses vão marcar presença no desfile militar. Na última semana um mensageiro do Presidente Kadhaffi foi até a cidade de Neves, onde Fradique de Menezes celebrava a festa do padroeiro local para entregar a mensagem do líder da revolução líbia.

 

O Presidente da República foi convidado pelo seu homólogo líbio a participar nas celebrações do 40º aniversário da Revolução Líbia. O convite dirigido a Fradique de Menezes para participar no evento foi-lhe entregue este domingo na Câmara Distrital de Lembá pelo mensageiro de Mohamar Kadafi, presidente da Líbia.

Pela primeira vez o Presidente da República recebe mensagem de um homólogo no distrito de Lembá, mais concretamente na câmara distrital de Neves. Fradique de Menezes encontrava-se em Neves onde participava nas actividades em alusão ao dia da Nossa Senhora das Neves, padroeira local.

A missiva de Mohamar Kadafi traduziu-se num convite para o chefe de estado participar nas comemorações do dia da revolução líbia. “Eu vim com uma mensagem especial para sua excelência o Presidente da República, da parte do seu irmão, guia da revolução da Líbia. Portanto o seu irmão, o guia da revolução líbia, gostaria de mostrar aos seus colegas, aos seus irmãos presidentes aquilo que está a ser feito na Líbia e insiste que o presidente de S.Tomé e Príncipe participe nesse evento”, explicou Bachir.

Durante o encontro também foram abordadas questões que se prendem com a cooperação entre os dois países. “Enquanto presidente da LAPI, estão com um grande projecto de construção de um hotel de cinco estrelas aqui em STP. Por outro lado, estão a estudar outras possibilidades de investimentos em termos de indústria, ou outros projectos onde a Líbia possa investir em STP”, concluiu.

No que se refere a construção do hotel líbio no país, tudo indica que as obras deverão iniciar antes do fim do ano.

Fernando Ramos

Recentemente

Topo