Desporto

Atletismo são-tomense nos Jogos Olímpicos

Os dois atletas são-tomenses presentes nos Jogos Olímpicos já deram por terminada a sua prestação em Londres.

Christopher Lima da Costa ficou no sétimo posto da série 1 da pré-eliminatória dos 100 metros masculinos. Lima da Costa estabeleceu o seu melhor resultado pessoal completando a prova em 11,56 segundos, contudo, não escapou ao último posto na sua série. Dos 29 atletas que se apresentaram na pré-eliminatória o são-tomense de 24 anos fez a 27.ª marca.

Lecabela Fonseca Quaresma ficou no sexto lugar na série 2 da primeira eliminatória dos 100 metros barreiras femininos. O tempo de 14,54 segundos feito pela atleta de 22 anos representou a sua melhor marca nesta temporada o que, ainda assim, não evitou a eliminação precoce da competição. De entre as 50 atletas inscritas na primeira ronda Lecabela Quaresma ficou com o 42.º melhor tempo.

Eis as classificações nas provas em que estiveram os atletas de São Tomé e Príncipe:

100 metros masculinos – Pré-eliminatória (Série 1)

1.º: Artur Rojas (Bolívia) – 10,62 segundos (qualificado)

2.º: Delivert Kimbembe (Congo) – 10,68 segundos (qualificado)

3.º: Holder da Silva (Guiné-Bissau) – 10,69 segundos (qualificado na repescagem)

4.º: Joseph Lui (Tonga) – 11,17 segundos

5.º: Mohan Khan (Bangladesh) – 11,25 segundos

6.º:  Kilakone Siphonexay (Laos) – 11,30 segundos

7.º: Christopher Lima da Costa (São Tomé e Príncipe) – 11,56 segundos

100 metros barreiras femininos – 1.ª eliminatória (Série 2)

1.º: Beate Schrott (Áustria) – 13,09 segundos (qualificada)

2.º: Eline Berings (Bélgica) – 13,46 segundos (qualificada)

3.º: Ivanique Kemp (Bahamas) – 13,51 segundos (qualificada)

4.º: Seun Adigun (Nigéria) – 13,56 segundos

5.º: Anastassiya Pilipenko (Cazaquistão) – 13,77 segundos

6.º:  Lecabela Quaresma (São Tomé e Príncipe) – 14,54 segundos

Jessica Ennis (Grã-Bretanha) – faltou à prova

Latoya Greaves (Jamaica) – faltou à prova

Diogo Calado / Téla Nón

    15 comentários

15 comentários

  1. STP 1º

    7 de Agosto de 2012 as 11:15

    Até Guiné Bissau nos ganha. Sinceramente

    • São-tomense

      7 de Agosto de 2012 as 15:05

      Tá calado, ó STP 1º. Já vi que o senhor não tem cultura desportiva.

    • Santola

      9 de Agosto de 2012 as 20:15

      És grande palerma a dizer isso de até Guiné nos ganha! Deverias ter vergonha! Precisas saber mais sobre desporto! Como Santomense que eu sou eu tenho vergonha de saber que existe santomenses com esses pensamentos. Burro e atrasado mental!

  2. manga dôbôoo

    7 de Agosto de 2012 as 13:34

    Ja vi tudo eu

  3. Francisca Delicia

    7 de Agosto de 2012 as 16:04

    Tudo modo. Em 2016 faremos melhor.Força STP

  4. lupuye

    7 de Agosto de 2012 as 16:38

    Nao e facil ser um atleta olimpico. Com a alimentacao que temos, com os cuidados medicos que temos, com a falta de atencao individual que temos, com a falta de praticas que temos….nao vai ser tao ja que conquistaremos medalhas nas olimpiadas. O trabalho que leva ate as Olimpiadas e algo que leva muitos anos, muitas vezes desde crianca. Ha um investimento muito serio e um acompanhar dos atletas desde muito cedo. E algo muito consistente e que consome muito tempo. Talvez com o andar do tempo e com a melhoria da educacao de uma forma geral chegaremos la. Mas de qualquer forma parabens aqueles que representaram o pais. Continuemos a trabalhar que dentro de alguns anos chegaremos la.

  5. MÉ SOLO

    7 de Agosto de 2012 as 16:44

    È competindo que se ganha experiência,

    È medindo força com os mais fortes que nos torna forte.

    Penso que estes foram o grande objectivo da nossa delegação.

    Não é pelo nosso fraco desempenho que devemos atirar a bandeira ao chão devemos sim levantar a cabeça e seguirmos em frente.Portugal que tem a maior história olimpica do q nós e que oferece melhores condições aos seus atletas ainda não subiu ao PÒDIO.

    Vem aí os jogos jovenis, tudo temos q fazer para que os resultados sejam melhores do q alcançados até hoje.

    Desporto é VIDA,

    Viva o DESPORTO

  6. Cidadão

    7 de Agosto de 2012 as 18:30

    Nós só temos garganta e arrogancia!

  7. sum mé chinhô

    7 de Agosto de 2012 as 20:23

    Iremos mais longe para a próxima. Pensemos positivamente. Aquele ambiente não é mole…

    • jackson

      9 de Agosto de 2012 as 14:56

      nessa tens razão pela proxima eles estaram mais climatizado com as cenas la… força stp..

  8. GUALTER SOARES

    8 de Agosto de 2012 as 8:56

    Força STP

  9. Tou nem aí...

    8 de Agosto de 2012 as 10:32

    Quando o País for São Tomé e Principe talvez muita coisa podera mudar…acontece que este nome só fica no romantismo e beneficia apenas Ilha de São Tomé. Até nossos jogadores que são bem melhor que vossos e toda gente sabe, o lacet é melhor jogador da seleção, mas dificilmente é titular. Chega de falcidade desse povinho de São tomé, mau indule, mau carater.

  10. albino

    9 de Agosto de 2012 as 12:43

    É resultado do leve-leve sem linha de orientação….

  11. Eu

    9 de Agosto de 2012 as 20:07

    Quem disse até Guiné nos ganha é grande atrasado mental! Eu sou Santomense, nós perdemos sim não fomos capaz como a maioria parte das vezes! mas o quê que é isso de dizer até Guiné!!? Giné teve muito melhor por isso ganhou! É grande estúpido mesmo quem falou isso!

  12. Zé Maroto e Grão de Milho

    12 de Agosto de 2012 as 7:27

    Até Guiné porquê? Será que são piores do que nós… Isto é fazer comentarios sem logica…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo