Desporto

Angola aposta no Ciclismo e Xadrez Santomense

A Federação de Ciclismo de Angola através do vice-Presidente, João Francisco, assinou um acordo de parceria com a Federação Santomense de Ciclismo representado pelo Secretário-geral, Bartolomeu Costa, na sede de Alisei na cidade capital.

Um acordo que vem favorecer a 5ª Edição da Volta do  Cacau, com a pedalada da juventude que tem apoio dos Comités Olímpicos da CPLP.

Este ano a volta do Cacau, acontece no mês de Julho e a Federação angolana que sempre animou as provas de ciclismo no arquipélago são-tomense, pretende angariar fundos e patrocínios, garantir a formação, estagio para atletas e cronometristas e incentivar alguns santomenses que militam nas equipas angolanas para defenderem as cores de São Tomé e Príncipe no futuro, principalmente na competição a nível da região africana.

O Vice-Presidente da Federação Angolana de Ciclismo, João Francisco, era um homem feliz porque Angola pretendia assinar este protocolo desde a realização da quarta volta do Cacau, e não foi possível e desta-feita está consumado.

O acordo é aplicado no quadro da nova dinâmica para melhor colorir a 5ª Edição da Volta do Cacau, «Este ano a Volta de Cacau, promete mais competição e mais luxaria porque possa ter dez ou doze equipas que é um grande avanço para os santomenses, incentivando com boa alegria aquilo que o tempo tinha apagado no arquipélago. Acho que tenho a fé de sucesso e continuar a trabalhar com a Federação Santomense», afirmou João Francisco.

Entretanto no mesmo dia foi também assinado um outro acordo entre a Presidente da Escola de Xadrez do Mestre João Francisco de Luanda, Lucrécia Francisco e o Diretor Geral dos Desportos, Iúri de Espirito; a favor da Federação dos Xadrezistas santomenses, que funciona atras do Estádio Nacional 12 de Julho.

A referida escola de João Francisco que funciona em Luanda sul, pretende construir uma escola de Xadrez para a Federação local, com vista a identificar e promover os novos valores no seio da juventude e os cadetes santomenses, que já foi aplaudido pelo Diretor Geral dos Desportos de São Tomé e príncipe, Iúri de Espirito disse que  o governo tem o Xadrez como prioridade.  «É um desporto individual que tem crescido progressivamente e com as ideias expressa no protocolo da escola do mestre Francisco, esta assinatura vem na boa hora e altura, sendo de extrema importância para o desenvolvimento do desporto nacional», elogiou Iúri de Espirito.

Inter mamata

    2 comentários

2 comentários

  1. Eterno Madiba

    27 de Fevereiro de 2014 as 13:03

    Pois é. Já que não têm mais que apostar!!!

  2. Respeito

    1 de Março de 2014 as 20:48

    “Iúri de Espirito disse que o governo tem o Xadrez como prioridade.”
    Espero que essa frase seja verdadeiramente um erro do jornalista e nao verdadeiramente as palabras deste individuo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo