OMS anuncia fim da transmissão do ébola na Libéria

PARCERIA – Téla Nón / Rádio ONU

País entra num ciclo intensivo de vigilância, que vai durar 90 dias; Libéria já tinha sido declara livre do vírus, mas novos casos foram confirmados em junho.

Controlo do ébola na Libéria. Foto: OMS/Christina Banluta

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Libéria foi declarada livre da transmissão do ébola nesta quinta-feira, pela Organização Mundial da Saúde, OMS. Já se passaram 42 dias desde que o ultimo paciente com ébola no país foi confirmado livre do vírus.

Agora, a Libéria entra num período de vigilância intensa, que vai durar 90 dias. A OMS elogiou o país pela habilidade em responder de forma eficaz ao surto.

Mais Pacientes

Em 9 de maio, a Libéria já havia sido declarada livre do ébola. Mas no final do mês de junho, um novo caso foi confirmado, num jovem de 17 anos que acabou por morrer. Desde então, outros seis pacientes com o vírus foram identificados e dois morreram.

Mas sob a liderança do governo liberiano, foi iniciado rapidamente um plano para conter o novo surto. Segundo a OMS, as comunidades contribuíram com a mobilização social e em identificar pessoas que poderiam ter tido contato com os pacientes.

Apoio

Parceiros internacionais ajudaram o governo na assistência técnica e na entrega de comida, suprimentos e equipamentos. Apesar do retorno do ébola em junho, nenhum trabalhador de saúde na Libéria foi infectado.

Ao anunciar o fim do surto no país, a OMS parabenizou o governo e a população pelo sucesso em controlar o vírus. A agência da ONU vai continuar a prestar apoio durante o período de vigilância de 90 dias.

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*