Política

ADI abriu jornadas de reflexão para consolidar o seu poder

O distrito de Caué, uma das regiões mais pobres do país foi palco da abertura das jornadas de reflexão do maior partido político são-tomense. A ADI, pretende ouvir preocupações dos seus militantes, críticas sobre a acção governativa, para melhor o seu desempenho.

Maior distrito do país em termos territoriais, Caué é o menos populoso e onde a pobreza é mais marcante. Na abertura das suas Jornadas de Reflexão o partido ADI, abriu debate sobre o papel do poder local no desenvolvimento das comunidades.

O poder local de Caué foi conquistado pelo MLSTP/PSD. Patrice Trovoada líder da ADI, fez saber que o seu governo não vê a cor do partido que dirige os distritos. Pobreza é profunda em Caué, dominado por pescadores e agricultores.

O êxodo rural é grande. A recuperação da estrada que liga cidade capital à Ribeira Peixe, é um dos maiores investimentos que começou a ser feito em 2009, assim como a reabilitação da produção de óleo de palma na Ribeira Peixe pela empresa Agripalma.

Para combater a pobreza e travar o êxodo rural, o Governo voltou a anunciar na abertura das jornadas de reflexão, que Caué faz parte das zonas especiais de investimento definidas no programa de governação da ADI. «Estamos a incentivar os empresários nacionais e estrangeiros na base de uma política de incentivo fiscal, no sentido de que quem investe em Caué tenha menor carga fiscal possível», declarou o Ministro da Descentralização Arlindo Ramos.

O partido no poder, prometeu criar uma delegação de agricultura no distrito e serviços de saúde mais próximos das comunidades.

Com as jornadas de reflexão que visam assinalar o vigésimo aniversário do ADI, Patrice Trovoada, confessou que procura manter e reforçar a confiança manifestada pelo povo no seu partido nas eleições legislativas de 2010. «Unir os militantes do ADI e mobiliza-los. Dizer que é preciso ter consciência que as conquistas do partido são ainda muito pequenas em relação aos desafios, e que por isso é necessário trabalhar com dedicação, humildade e seriedade, para que a confiança que foi depositada em nós possa permanecer e até mesmo crescer», concluiu o Presidente do ADI.

Abel veiga

    30 comentários

30 comentários

  1. Joaozinho Preto

    12 de Fevereiro de 2012 as 17:46

    Não são umas jornadas de aniversário de um partido político que vão abrir os noticiários da Televisão publica nacional, quando muita coisa existe por noticiar, ainda que a TVS esteja transformada neste momento em “boneco de palco” do governo como tem dito a oposição.
    Espera-se no entanto que o ADI consiga convencer os defraudados com essas jornadas.
    ADI criou muita esperança no seio das pessoas, mas não tem conseguido até agora dar qualquer sinal de vitalidade.

    • Senhor Grande

      12 de Fevereiro de 2012 as 19:12

      Mas vocês esperavam que o ADI iria fazer alguma coisa pelo país? Isto são tretas. Esta gente só quer o poder para resolver os seus problemas pessoais, de amigos, de partido e, se sobrar alguma migalha jogam para a população apanhar. É também isto que o ADI tem vindo a fazer. Eles maltratam o povo, tiram tudo ao povo e quando o povo tenta fazer manifestações e greves, como é o caso dos professores, médicos, funcionários públicos, eles dão ao povo alguma migalha para calarem a boca e continuam o seu desafio de delapidação dos bens públicos.
      Agora eu já estou a imaginar, vão assinar contratos com gentes de Cauê, como fizeram com gentes do Príncipe, e depois vai passar semanas, meses, anos e não cumprem nada até que, quando estiver próximo de acto eleitoral, aparecem outra vez a dizer que vão fazer isto, aquilo re tudo continuará na mesma. É esta a nossa maldição. Patrice é um dos piores primeiros-ministros que o país conheceu. Eu estou completamente desiludido com ele depois de tanta promessa que ele andou a fazer. Que Deus ajude S.Tomé e Príncipe.

    • kim kim

      13 de Fevereiro de 2012 as 9:09

      Chega da fantochadas meus amigos.
      No ADI, não há reflexão porque nemno Governo que deveria ter homens adultos há liberdade para debater as coisas. O Patrice não permite a nenhum deles uma única palavra.
      Vejam as nomeações para cargos importantes que estão por aí a surgir e perguntem ao Salvador, ao Américo, ao Agostinho, ao coitado do Stock e do Paquetinho, a Angela se alguma vez tiveram opinião?
      É só o Príncipe Patrice e o seu Servo Varela.
      è Triste mais é verdade e se os mesmos, apesar da evidente corrupção dos tribunais consiguirem controlar os juízes ( O Raposo já esta controlado e bem) é o fim de tudo.
      DITADURA DO PATRICE. Abram os olhos meus senhores

  2. Conglogi

    12 de Fevereiro de 2012 as 23:25

    O mais importante é que resolver o problemas que afectam a população, está tarefa, jamais é somente de um partido ou aos partidos políticos, mas sim extensível a toda a sociedade civil, desde os órgão instituições, dirigentes e governantes, bem como dos cidadãos Santomenses.

    Pautemos a nossa conduta e pensamento, pelo bem do país(território/população), todos juntos mediante a cultura e exemplo, de rigor de seriedade, de compromisso, de unidade, de disciplina, de empenho no trabalho árduo, para tirar-mos o país(território/população), da fome, miséria e pobreza, pois que casa onde, falta pão, todos ralham e ninguém tem razão, trabalhemos todos juntos de mãos dadas, para delinearmos caminhos de desenvolvimento social, cultural, desportivo, urbano, político, ambiental, económico e financeiro sustentável.

    Bem haja

  3. Vane

    13 de Fevereiro de 2012 as 0:25

    Muita fala e pouca obra!

  4. Hello

    13 de Fevereiro de 2012 as 0:28

    Quem promete e n faz tem q ser preso!

  5. Fiscal

    13 de Fevereiro de 2012 as 0:35

    Isenção fiscal tem para investidores tem que está seguido de responsabilidade social, sustentabilidade, geração e distribuição de renda.

  6. aumato

    13 de Fevereiro de 2012 as 7:37

    deixa os homens trabalharem

    • kim kim

      14 de Fevereiro de 2012 as 8:43

      Infelizmente já não trabalham. Só confundem e defendem os seus interesses escuros

  7. Justino Manuel Abreu dos Ramos

    13 de Fevereiro de 2012 as 8:06

    Senhor Presidente do partido de ADI, espero que o senhor faça mais coisas uteis para o nosso pais. o que estou vendo é cada um está a tratar a sua vida, enchendo os seus bolsos e a pobresa esta agodizar não só no Caúe como em toda parte se S.Tomé e Principe.Senhor tomou o poder, o que só tenho visto é viajar constante, promessa não comprida, e os tempos a passar as coisas na mesma.
    Naltura da sua posse disse que iria acabar com a corrupção, cada vez, ve-se aumentar, sem o dia de deminuiçao desse flagelo.
    Apesar que a economia de Santomé é escassa, e que tem lutado com tanta dificuldade, mas se ouvesse uma política cuerente eficaz, as coisas estaria de outra forma.No principio da sua entrada ao poder, tentou-se fazer alguma coisa. mas com a critica da população e tendo medo que na proxima eleição não ganhar votos tudo voltou-se na mesma.Segundo o senhor tinha iniciado de tomar medidas, que todos os santomense que tenha uma construção seja de qual for pagaria o seu imposto, afim que o estado tivesse o dinheiro para recoperar estradas, acabar com os pantanos existente, fazer um saniamente a todo país adquado, alcatruar todas as estradas nas localidades, afim de possibilitar a evacuação dos prudutos.
    Temos estradas de entrada de locumé que foi feitas em má fé, de uma forma vergonhosa, que em pouco tempo, já se encontra buracadas e os reachos acumulados cheios dos misquitos, aguas acumulados nos quintais das populações, casusando problemas de saúde, e que nenhum dos senhores tenha compaixão de resolve-los.Aos após anos continuamos com a mesma situação sem solução á vista.
    Se um dia se os nossos dirigente vivesse nessa situaçao que as pessoas tem vivido, talvés as coisas estaria noutra situação.
    Não ´so o Caué que se encontra numa situação de pobreza profunda, mesmo ái em chacara a dois quilómetro da cidade capital as pessoas vive com uma situação calastrosa.
    Senhor Presidente do ADI, hoje primeiro Ministro faça um levantamento global no nosso país vê a situação como tem vivido as populações em todo local do país.
    O senhor escolheu o Caué devido onde o MLSTP tem o seu militante, e quero encentiva-lo com a reabilitação da roça ribeira Palma e construçao das estradas a porta alegre, não é o caso, porque as populaçoes de caué sozinho que é santomense.Esperemos que esses tempos que falta aos senhores para ultimar os vossos mandatos, que esforcem mais fazer coisas úteis ao benefício de santome e principe.
    Também quero perguntar quando é que vão criar uma cooperativa adquada para que possibilita os agricultores evacuar os produtos aos estrangeiros a ser vendido, afim de as coisas tenham outros desenvolvimentos. espero que não esqueça disso.Povo de santomé tenha os olhos aberto aquando o momento proprio que não ao amor do dinheiro da campanha e escolher só por dinheiro que é entregue nessas alturas.

  8. gostoso

    13 de Fevereiro de 2012 as 8:20

    Primeiramente deixa o governo criar bom ambiente para negócios no pais, abolindo essa estrutura do tribunal que não deixa as coisas andarem. Será mesmo necessário chamar a intervenção estrangeira para proceder a inspecção nos tribunais. Anda por lá muita corrupção. Por mais que o governo queira as coisas não vão andar se não houver reformas no tribunal. Viva ADI, viva as jornadas.

  9. MEZEDO

    13 de Fevereiro de 2012 as 8:21

    Meus caros,
    A partir da Inglaterra, quer dizer-vos que nem o ADI nem o Senhor Primeiro Ministro sabem o que querem Para o Pais.
    Essas ditas Jornadas de Reflexão, não terão sucesso, porque enquanto permanecer no ideal o Senhor Patrice Trovoada as condições de QUERO, POSSO E MANDO, estamos na presença de dois pesos e duas medidas.
    O meus Compatriotas do Principe, vitimas constante deste trágico ciclo de marginalização, humilhação, desconsideração e sobretudo, descriminação, mesmo assim vão resistindo ao convite claro do Senhor Patricio Trovoada para o caos.
    O Senhor Patricio Trovoada e o ADI deve ficar a saber que nem a população do Principe nem o Governo Regional Capetaniado pelo Eng. José Cassandra irão ficar resignado aos caprichos e as suas mazelas, porque acredito que as gentes do Principe sabem bem o que querem, o seu destino já está traçado, daí que a luta irá continuar até a vitória final.

  10. BRUNO DAS NEVES

    13 de Fevereiro de 2012 as 9:13

    Pra-mim essas jornadas so servirao mais uma vez pra esses ditos politicos desfilarem de norte ao sul com os carros de estados e distribuindo aqueles trocos pra os miseros da nossa populacao e mais nada. Vejam donde comecou essas jornadas, de CAUE, distrito onde de todos os 7 que existe, as desiguldades sao inemaginaveis, tudo, mas tudo, difere pela negativa se comparamo-os com outro distrito, e onde qualquer coisa por mais insiguificante que seja, sera muito gratificante. Isto E MISERIA, isto E POBREZA.

  11. MEZEDO

    13 de Fevereiro de 2012 as 10:08

    O Senhor Primeiro Ministro e Chefe do ADI, tem bons informadores no Principe, os PEDRITOS, OS JOCAS, OS JOSÉ VAIS, OS IHANOS e outros, que andam penetrados nas conversas das gentes que querem melhor para o Principe, para imediatamente transmitirem ao Chefe Patricio em troca de Contos de Reis.
    Se não vejamos, sempre que se planeia qualquer acção popular, vem o Senhor PATRICIO a TVS de cara semelhante a um Torro desavergonhado anunciar a assinatura imediata do Acordo de Investimento com o Grupo Sul Africano HBD VIDA BOA.
    Relativamente ao Senhor JOCA, o Sr. Presidente da Assembleia Regional já tem motivos mais do que suficinete para descartar o referido Senhor, porque essa foi sempre e será as caractaristicas dele, recordem no reinado do falecido Quaresma Costa, este Senhor tentou colocar a vida de muita gente em perigo. O Sr. Pedrito, pelo facto de licenciar-se em Matemática, acha que tem os pés bem acente no Banco, mas fique sabendo que tanto o Dr. Acácio como o Português Cristóvão, vêm acompanhando de forma desfarçada este Senhor. O Senhor José Vaz, um individuo oportunista, caduco e fixo no tempo, devia é pensar cultivar-se tanto técnicamente como administrativamente porque o Jaire já está alí( quadro superior). o Senhor Inhano, esse é um coitado, sem palavras para lhe classificar, mas qualquer quando o veu cair…

  12. MEZEDO

    13 de Fevereiro de 2012 as 10:11

    Queria dizer quqlquer dia

  13. C.Abreu

    13 de Fevereiro de 2012 as 10:55

    ADI já não tem pernas para andar.Jamais ganhará eleições em STP.

  14. gansther

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:21

    ADISTAS,pensa q eles são dono da mundo,mas estão totalmente enganados,nunca mais irão ganhar uma eleição no mundo,…..deixa-nos trabalhar mas ñ estamos a ver nada feito,ele esqueceram q quem ajuelha tem q rezar,ajuelharam e agora ñ suberam rezar só erstão a fazer besteira,abaixo ADI

  15. gansther

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:24

    SONSO

  16. aumato

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:33

    ADI nao quer perpetoar como os M,P,
    Porque c abreu nao comcorre para ser 1 ministro?
    fui

  17. Anjo do Céu

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:34

    SR.PAtrice não se esqueça historial dum Partido.Ao comemorar os 20 anos tem k rever a história do Partido como e em k condição surgiu nas clandestinidades como os k deram a cara e que são chamados fundador do Partido.Embora k alguns ja morreram como no caso da Dra Julieta,Sr. Amancio da Loja Franca,Sr.Nazaré condutor taxis e muitos outros.Não ficaria mal homenagiar os Fundadores k ainda estão vivos num acto público em reconhecimento dos trabalhos prestados naquela altura embora que alguns estão fora do País mas devia ser lembrado e que o Sr Patrice sabe muito bem e viveu os momentos embora fora do País.UM bem haja para o ADI.Coragem e Força

  18. ninh anguene

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:58

    gostaria tanto em saber , o que è que o PATRICE TROVOADA falou aos angolares , se calhar nem se desceu de carro , com tanta raiva … OLHA PRA ESSE TRISTE POVO ANGOLAR , VOTARAM NO MLSTP E AGORA ESTAO MERGULHADO NA POBREZA , agora aguenta , foram na conversa dos irmaos MONTEIROS E DFL , lixaram se … o doutor AMERCO ,trocou consulta com a politica e esta entre a espada ea parede , primeiro ministro nao ajuda quem apoia o MLSTP , quem sofre , OS ANGOLRES , … se calhar è isso k viu nos olhos dos ANGOLARES , na visita do PATRICE em cauê …

  19. tomáchó

    13 de Fevereiro de 2012 as 13:32

    ADI está arrumando as malas.Compraram Amândio Pinheiro da bancada do PCD com OBRA e agora espera as consequências.Está prestes uma “Crise Parlamentar” e eventual dissolução do parlamento.ADI não está em condições de ganhar mais as eleições porque o povo está vendo que não estão fazendo nada absolutamente.E uma possível coligação MLSTP/PCD… dirá tudo.Patrice,melhor começar pedir ALI BONGO um lugar para acessoria,se é que ele aceita.Porque toda a africa ja sabe bem quem são os TROVOADAS.

  20. bonus.de.petroleo

    13 de Fevereiro de 2012 as 13:37

    Fradique após encontro com Pinto diz que:
    Muita fala. Não há transparência.
    Resposta de Patrice:
    Fradique convidou-me tomar Champanhe…
    Vergonhoso,não é…

  21. 30milbarris

    13 de Fevereiro de 2012 as 14:09

    E de certeza foi tomar Champanhe.

  22. Agostinho Viegas

    13 de Fevereiro de 2012 as 16:56

    A região de Caué e das zonas mais rica em faunas e floras de todo S.Tomé e Príncipe, e suporta uma pobreza nos âmbitos dos recursos humanos ou elaborais impostas pelos sucessivos Governos, incompetentes, o que tem impossibilitado a comunicação ou o “fazer passar a mensagem” (…) que possa contribuir para um verdadeiro plano de desenvolvimento sustentado a curto, médio e a longo prazo.
    Estou convencido de que se promoverem propostas sérias na agricultura, na pesca e no turismo local; começará a aparecer uma luz no fundo deste túnel.
    Abraços
    At. Agostinho Viegas

  23. tomáchó

    15 de Fevereiro de 2012 as 10:07

    MONCÓS E ANGOLARES! Têm que abrir olhos. Mais uma vez foram enganados ontem.Sabem porquê o “Contrato de HBD” com o Sul Africano não foi assinado ontem? -Mais eu sei!!! E notem que o Patrice viajou mesmo ontem antes da assinatura.

  24. tomáchó

    15 de Fevereiro de 2012 as 10:13

    Patrice mentiu em Angolares sobre o orçamento…de Caué.O presidente de Câmara veio ontem públicamente desmentir.

  25. tomachó

    15 de Fevereiro de 2012 as 10:39

    Tozé estás a dormir muito!!!Camarão que dorme,água leva.Mais uma vez,Patrice vos enganou…Simulou com despacho de conselho de ministros sobre assinatura de contrato HBD um dia,foje dia seguinte…;a assinatura é adiada…

  26. tomachó

    15 de Fevereiro de 2012 as 11:21

    Então o meu amigo Joaozinho Preto não sabe que a TVS não é televisão pública mais sim televisão de ADI e Patrice Trovoada? Não vê que aprovaram Estatuto apenas para a Rádio Nacional? Durante 4 anos se este governo não cair como está previsto será sempre assim.Se notar bem todos os trabalhos de notícias relaccionadas com o primeiro ministro ou governo tem assinatura de jornalista Óscar Medeiros-Coordenador da TVS?

  27. Vigilante

    16 de Fevereiro de 2012 as 8:53

    Senhor tomachó…parece não ser santomense ou aquele q não faz nada vivendo de bonus e dádivas.Por favor goste um pouco mais da sua gente e da sua terra…pq esta nossa terra precisa de homens sérios, honestos e trabalhadores. Não passas de um lambe botas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo