Comissão de seguimento do Diálogo Nacional trabalha na preparação do Código de Conduta Eleitoral

Esta sexta – feira o Presidente da República Manuel Pinto da Costa que é também Presidente da Comissão de Seguimento do Diálogo Nacional, reúne os partidos políticos no Palácio do Povo, para analisar a proposta de criação do Código de Conduta Eleitoral.

É uma proposta que nasce do Diálogo Nacional, realizado na última semana. O Código de Conduta Eleitoral, visa dignificar as próximas eleições, com destaque para as autárquicas, regional, e legislativas previstas para o segundo semestre de 2014.

A Comissão de seguimento do Diálogo Nacional, criou uma equipa de trabalho, para tratar das recomendações saídas do evento, com realce para as recomendações respeitantes aos actos eleitorais. «Na perspectiva de se vir rapidamente a introduzir uma proposta de lei, no âmbito de se criar um código de conduta eleitoral, que permita eleições isentas e transparentes, transparentes quer dizer sem contestações», afirmou Amaro Couto, porta-voz da Comissão de Seguimento do Diálogo Nacional.

A antiga comissão preparatória do Diálogo Nacional, instituiu a Comissão de Seguimento que é também presidida por Pinto da Costa. Para além de todos os partidos políticos, a comissão de seguimento conta com a participação do Fórum da Mulher, o Conselho Nacional da Juventude e outras organizações da sociedade civil.

O Diálogo Nacional que decorreu na última semana, foi considerado como um sucesso, pelos membros da comissão preparatória, que se reuniu no Palácio do Povo para fazer o balanço dos trabalhos.

Esta sexta-feira o Presidente da República analisa com todos os partidos políticos a implementação do Código de Conduta Eleitoral. Tudo indica que o ADI, não vai ficar de fora desta ronda de Diálogo, que visa dignificar as eleições previstas para julho.

Abel Veiga

  1. img
    Mussakavu Responder

    O Pinto foi eleito sem banho!!!!!!!!!!!!!!!
    Marquem as eleições legislativas, autárquicas e regionais por favor.
    O DIÁLOGO NACIONAL JÁ ACABOU, Senhor Presidente.

  2. img
    abilio neto Responder

    Nós temos os nossos principios que difere de muitos de vocês santomenses.

    • img
      arelitex Responder

      senhor Abilio Neto , a sua frase é tâo pobre e incompleta .que fiquei sem perceber nada .pelo menos desse ao trabalho de a completar . para a sua frase fazer o mínimo de sentido . caso contrário nâo vou ter um pensamento positivo de si . ( que tipo de princípios sâo esses que fala sâo positivos ou nagativos )

  3. img
    Dialogo Precisa-se !!! Responder

    São Tomé e Príncipe, pode melhorar, o dialogo por isso é fundamental. Eis um exemplo clássico de como a responsabilização afasta os oportunistas.
    Um experimento científico, mostra o motivo que desencorajou macacos a subirem ao poleiro, uma técnica que poderia surtir efeitos imediatos com uma boa reforma dos Tribunais.
    5 Macacos foram colocados em uma sala. No centro da sala posicionam uma escada, dando acesso a muitas bananas presas ao teto. O experimento a princípio consistia em toda vez que um macaco pegasse uma banana, um banho de água gelada era dado em todos eles. Depois de alguns banhos, o macaco que foi pegar a banana foi agredido por todos os outros quando desceu. Eles haviam percebido a relação entre a água fria e o fato de um deles retirar uma banana. Depois de algumas horas, mais nenhum macaco se atrevia a comer. Os pesquisadores resolveram ir além, e decidiram parar com o banho frio, ainda assim, nenhum deles sequer subiu as escadas. Então acharam que precisariam trocar, retiraram um dos macacos da sala e no seu lugar introduziram um novo. Obviamente, assim que o novato chegou tentou comer bananas, e apanhou de todos os outros. Os pesquisadores continuaram trocando macacos, o segundo novo macaco levou uma surra, o terceiro também, o quarto, até o quinto e último. E o mais interessante, depois de todos os macacos trocados, todos estavam agredindo quem tentasse pegar as frutas, apesar do fato de que nenhum desses novos macacos foi alguma vez molhado com a água fria, nunca. E provavelmente, se perguntássemos para eles o motivo pelo qual estavam batendo uns nos outros, talvez “diriam” que é “assim que as coisas sempre foram por aqui” .

  4. img
    Saudoso Francisca Responder

    Não entendo a estratégia do Presidente da República Manuel Pinto da Costa que ao mesmo tempo é Presidente da Comissão de Seguimento do Diálogo Nacional, peço que me expliquem por favor. Será que o PR enquanto chefe de estado, não tem outras preocupações?

  5. img
    Barão de Água Izé Responder

    Diálogo Nacional está a caminho de ser partido? COMISSÂO DE SEGUIMENTO??!!?? Já não há partidos em STP? O que é feito dos partidos com assento na Assembleia? Estranho o que se está a passar com o “seguimento”!

  6. img
    manuel soares Responder

    Meus senhores bom dia, por favor e por amor de Deus vamos deixar de brincadeiras, o diálogo nacional teve o seu espaço, tempo e impacto, produziu recomendações mas daí querer preparar um código de Conduta Eleitoral é demais, deixemos que a comissão eleitoral nacional e os partidos políticos façam isto, recordo-me bem os partidos já haviam rubricado um documento vindo da CEN como este, noutras eleições. Então não se respeita a CEN e os partidos que concorrem as eleições? Sejamos justos e não usurpemos os poderes e competências dos outros órgãos!

  7. img
    SEABRA Responder

    Creio tratar-se de uma excelente iniciativa, da parte do presidenet Manuel pinto da Costa.”um HOMEM é recuperàvel…”, dizia A. CABRAL . Dos êrros cometidos , do passado, observa-se uma certa “sagesse”, na pessoa do Pinto da Costa, que é muito apreciado por nosotros da diàspora CPLP .Ele tem estado a dar um exemplo de abertura, de reconciliaçao e de paz para STP e que pode ser ùtil aos outros paises africanos. O Diàlogo Nacional começa, com “imperfeiçoes” certo, mas arrancou e com o tempo darà o seu bom fruto…é um facto!
    Embora, haja jà inimigos desta bôa iniciativa, nos representantes contra o bem estar de STP e do seu povo, que é a familia TROVOADA. Pois ela deseja que este pais fique neste marrasmo, para melhor reinar, tirar lucro, meter uns contra os outros, vivendo no odio …enfim, levar STP à desgraça.
    Esta passagem da BIBLIA vos diz algo”…duas mulheres que reclamavam ser a Mae da mesma criança, junto da justiça, como nao conseguia saber-se quem era a verdadeira Mae, o juiz dcedidiu que para ser imarcial na decisao iam cortar a criança no meio e cada uma delas ficaria com a metade da criança”. A falsa Mae aceitou a decisao, a verdadeira Mae, preferiu privar-se do filho, dando chance de viver, pelo amor que era mais forte do que o egoismo, o odio…pois é um exemplo paralelo, certo, mas que descreve muito bem a posiçao do Pinto da Costa e do Miguel Trovoada.
    O 1°, darà sempre tudo para STP e para o seu povo (nunca vai deixar STP para ir viver no estrangeiro, com ou sem estar no poder), o 2° é um interesseiro, egoista, carreirista, ambicioso-cobiceiro, que està em STP para tirar beneficio e lucro pessoais, nao tem nenhum sentimento de patriotismo, tao pouco para o povo de STP, se està em STP é apenas com um objetivo o PODER .

  8. img
    manuel soares Responder

    Olha meus caros, mo diálogo nacional correu bem, Sua Exa sr presidente da república está em Portugal em visita privada, esperemos que ele chegue e tudo esteja preparado para marcar as eleições e pacificar de vez o país

Deixe um comentario

*