“ Temos um Presidente responsável, temos um Presidente experiente”

Garantia de Jorge Coelho, ex-candidato às eleições presidenciais de Julho passado. O economista de profissão, está optimista quanto ao futuro de São Tomé e Príncipe, com Pinto da Costa a testa da nação.

«Acima de tudo sou uma pessoa optimista», começou por declarar Jorge Coelho após ouvir o discurso de Pinto da Costa como Presidente da República.

«Eu até muitas vezes depois das eleições, pus-me a reflectir, e disse ainda bem que as coisas saíram como saíram», acrescentou.

Para o economista, São Tomé e Príncipe ganha bastante com o regresso de Pinto da Costa a Presidência da República. «Temos um Presidente responsável, temos um Presidente experiente, que pode ser assumido como nosso país, porque ele nos conhece muito bem, conhece esta casa que ele próprio formou. Portanto sinto muito seguro», sublinhou.

No entanto o ex-candidato presidencial, considera que é altura e oportunidade para o país mudar de rumo em termos de moralização social. «Agora é preciso criar viveiros, para não chegarmos onde chegamos. Acabamos por chegar onde chegamos porque criou-se a tradição de não criar políticos verdadeiros e honestos, criou-se uma série de pessoas que invadiram a política com outra forma de estar», reforçou.

O discurso de Pinto da Costa é rico, e apresenta saídas para alguns problemas do país. «Há uma necessidade premente de virar a página. No discurso de Pinto da Costa tem a restauração da esperança das pessoas, a moralização da sociedade com destaque para a luta contra a corrupção. E foi mais longe que é a parte técnica, ou seja, como unir os são-tomenses em torno de um plano reitor nacional», concluiu.

Abel Veiga

  1. img
    Ghadafi Responder

    Meu caro,

    Agora todos acham o Pinto a pessoa certa, este ate diz: “ainda bem que as coisas sairam como sairam” ou seja ainda bem que perdeu. Que ridiculo! Porque se candidatou se acha que o pinto e melhor que tu? so oportunismo, todos andam a procura de taxos

    • img
      santoespirito Responder

      ele candidatou so para ganhar um pouco de dinhero que dao aos todos candidatos.

  2. img
    pantufas Responder

    és mesmo uma vergonha.

  3. img
    Afonso de agua Telha Responder

    Todos, não!!!
    Pinto era presidente sem ser eleito. Pois exerceu o cargo de 1975 a 1991. Mas está pobre!!
    STP não precisava dele outra vez, mas o Povo tem sempre a razão.

  4. img
    Malébobo Responder

    O Sr.Jorge Coelho tenha um pouco de vergonha, não seja rediculo até este ponto, tens conhecimento,agora tais a elogiar porquê que candidataste, se durante a sua presidencia na ENASA, foi uma autentica batalha com trabalhadores,porque nunca foste capaz em organizar aquilo, agora queres ser presidente por amor de deus, o Sr.Pinto da Costa, é que põe a pau com este individuos a 1ª Republica, Sr.ainda recorda da Companhia Seguradora Compensadora, obrigado, fui,

  5. img
    Salopessa do Bailundo Responder

    “Ainda bem que as coisas sairam como sairam”.O que queres dizer com isso senhor ex-candidatoJorge Coelho?Autentica palhassada.Se achavas que P.C era a solusão para São-Tomé e Principe porque te candidataste?HAAAA ja sei.Ès mais um daqueles que quere puchar a braza para a sua sardinha não é?Olha que Pinto “O Velho Ditador”ja esta comprometido com outra gente!Você está de fora porque foste parvo.Agora o que podes fazer mesmo é ganhar juizo enquanto podes já que enquanto haver vida há esperança.

  6. img
    Sûm Lósê Responder

    O homem, como ser pensante, arrependeu-se e ponto.
    Teve a honra de reconhecer o erro e fê-lo desta forma.
    Não me digam que nunca se arrependeram de ter feito algo? O primeiro que atire a pedra!
    O que não queremos são aqueles que nunca reconhecem o erro cometido. Isto não.
    Caro Jorge Coeleho, se puderes ajudar o Presidente Pinto da Costa a melhorar a situação do país, avance sem receio. O País precisa de todos. STP sempre!!

  7. img
    Malébobo Responder

    Sûm lósê, coelho,e não coeleho

Deixe um comentario

*