Santa Catarina incluída na rede de serviços de telecomunicações

Situada na zona norte de são Tomé Santa Catarina, passa agora a contar  com ligações de telecomunicações de alta velocidade  com o resto do país  e com o mundo. Um projecto a CST que contribui para a redução das assimetrias nacionais.

Com a mais recente ligação de feixes hertzianos entre a cidade de neves e a vila de santa Catarina passando por Ócas, São  Tomé e Príncipe fica com a espinha dorsal de transmissão  a cobrir todas as zonas  habitadas entre ilhéu das rolas  e santa Catarina, isto quer dizer do sul a norte do pais.

A estação foi inaugurada na sexta feira,  e vai fornecer serviços  como a internet em alta velocidade , telefones fixos ,banda larga móvel  3G a partir da Vila de Santa Catarina. Para a Companhia Santomense de telecomunicações este é um momento muito importante «Este é um momento muito importante para a CST e para as telecomunicações do pais, marca o prolongamento a santa Catarina  da espinha dorsal da rede de telecomunicações nacional e com ela a conclusão  dessa ligação de alto debito que cruza todo o pais», disse José Jardim  Administrador  Delegado da CST.

A colocação desta estação no distrito de Lémba permite o acesso por parte da população do norte de São Tomé, ao mundo moderno.« Ira permitir a nossa população sobre tudo a nossa população jovem a possibilidade de fazer pesquisa investigação e aprofundando os conhecimentos adiquiridos». Garantiu José Maria Perreira Presidente da Câmara de Lémba.

Para o ministro Carlos Vila Nova que presidiu o acto, a acção representa  mais  um passo no cumprimento dos objectivos de desenvolvimento económico e social do país. «Hoje as telecomunicações constituem um sector de infra-estrutura fundamental tanto no desenvolvimento socioeconómico de qualquer pais como no acesso universal generalizado e acessível a informação», sublinhou o ministro das Obras Publicas e Recursos Naturais.

Um investimento avaliado em duzentos e cinquenta mil euros.

Sónia Lopes

  1. img
    John Smith Responder

    Internet de alta velocidade? como assim? Com a tecnologia PDH nao passa dos 2000kbps teorico, porque na pratica pode até ser de 12kbps. Ou ja mudaram de tecnologia? É que telanon nao disse nada?

  2. img
    destemidos da zona Responder

    Tudo que é para o desenvolvimento do pais é bem-vindo. Ah uma correção: “Situada na zona norte de são Tomé Santa Catarina, passa agora a contar com ligações de telecomunicações…” Santa Catarina…oeste de S.Tome.

  3. img
    luisó Responder

    O povo quer é boas estradas, boa escola, água em casa, wc em casa, lar de idosos, transportes regulares para a cidade capital, energia, etc.
    Agora internet, banda larga, dá-me vontade de rir e de chorar.
    Esse ministro por acaso sabe como vive o povo de Stª Catarina?
    Porrada na cabeça, pá…

  4. img
    Santosku Responder

    Luisó, sabemos como a população de Santa Catarina vive, dificil e tudo que narraste é verdade, mas a vinda de internet é importante para as pessoas começarem a ver e a ler o que se passa noutras partes do Mundo. Abraçemos tudo que é bom.

Deixe um comentario

*