Príncipe recebeu diploma oficial da Reserva da Biosfera

No dia 03 de Maio de 2013, chegaram à Ilha do Príncipe representantes de algumas das reservas mundiais da Biosfera, para assistir à entrega oficial do diploma da Reserva da Biosfera do Príncipe.

A cerimónia oficial teve lugar no Centro Cultural do Príncipe e contou com a presença do Excelentíssimo Senhor Primeiro Ministro Gabriel Costa, do Excelentíssimo Senhor Presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cassandra, do representante da MaB UNESCO, Dr. Miguel Clusener-Godt, da Comissão Nacional da UNESCO em Portugal afigurada pela Dra. Elizabeth Silva, do Ministério de Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente de Espanha representado pelo Dr. Juan José Areces e do Dr. António Abreu, em representação da REDBIOS.

Os convidados foram recebidos no auditório do Centro Cultural com uma representação do Auto de Floripes e alguns grupos culturais da ilha, que cantaram e dançaram as músicas típicas da Deixa, Vindis-Menino e Chabeta.

A sessão teve início com a projeção de um filme produzido pelo Governo Regional e patrocinado pela HBD, acerca das características únicas da ilha do Príncipe e posteriormente todos os intervenientes e oradores tiveram a palavra.

A entrega do diploma foi o momento alto da sessão, quando o Excelentíssimo Senhor Presidente do Governo Regional do Príncipe José Cassandra, recebeu das mãos do Dr. Miguel Clusener-Godt o documento oficial da Reserva da Biosfera do Príncipe.

Posteriormente à entrega oficial do governo houve um seminário de apresentação dos vários projetos de algumas das reservas da Biosfera pertencentes à REDEBIOS, que mostraram os trabalhos que se têm vindo a desenvolver no âmbito de cada Reserva, seguido de um debate.

Nos dias que se seguiram, uma equipa de quase 20 voluntários e representantes da Reserva da Biosfera do Príncipe levaram os convidados num passeio pelos pontos mais relevantes da ilha, dando a conhecer as tradições, os grupos culturais das várias comunidades, os costumes e os modos de vida, bem como a riqueza ecológica e geográfica do território.

Para o Dr. António Abreu da REDEBIOS este é acontecimento histórico e uma justa homenagem à ilha do Príncipe que pretende contribuir para a conservação do que ela tem de melhor.

Philippe Moureau, responsável de turismo do grupo HBD, concorda e acrescenta que os projectos do grupo para a ilha assentam no desenvolvimento sustentável e na conservação dos valores da Bioesfera.

Pode ler o assunto no formato que foi enviado para o Téla Nón – Príncipe recebe diploma oficial da Reserva da Bioesfera

  1. img
    Florentino Responder

    Muito bem Príncipe. Vamos trabalhar para fazer o país desenvolver. Estou muito satisfeitos convosco. Vê-se dinamismo, trabalho, acção, organização e vontade de desenvolver a terra. Assim é que o país pode avançar. Todos unidos havempos de vencer. Um bem haja ao senhor Presidente Tozé Cassandra

  2. img
    Telavive Responder

    E já agora, qual o nível de vida da população do Príncipe? O quê que fizeram na prática para preservar o Príncipe? Ganharam o prémio pelo trabalho feito ou pelo trabalho deixado?

    • img
      Almeida Responder

      Trabalho deixado??? Eu não estou a perceber. Trabalho deixado por quem?? Só quem não vive cá no Príncipe, nos últimos 8 anos, pode dizer uma coisa desta.
      Nunca se falou desta região como agora. O Príncipe era humilhado, desconsiderado, não tinha projeto, não tinha nada, não atraia investimento… Como é que se pode falar em “deixado”. Vocês são brincalhões. Eu só peço a Deus para dar a este presidente Toxé Cassandra, muita saúde para ele fazer o Príncipe avançar muito mais.
      Estávamos numa situação de pura desgraça há dez ou mais anos. Estes dirigentes faziam aquilo que lhes apeticia, não ligavam a vida da população. Venham para cá ver a dinâmica que existe hoje em dia. Antogamente toda a gente queria sair desta nossa ilha. Até pessoas cá da terra. Hoje em dia todos querem voltar. Todos os dias o Príncipe recebe um seu filho com vontade de ficar e viver cá. Quando é que isto aconteceu?? Eu recordo dos meus familiares que fizeram curso e nunca mais vieram para cá. Hoje em dia estão todos com vontade de voltar. Porque será?
      Muito obrigado meu Presidente Tozé Cassandra
      Viva a ilha do Príncipe

    • img
      Felizardo Antunes Responder

      Trabalho deixado? Por quem?
      O senhor Telavive não sabe o que diz. Se o senhor comparar o Príncipe de há 10 anos com o Príncipe actual o senhor ficará de boca aberta. O senhor não vês isto porque não quer ou porque não vive cá na região. Eu já critiquei o governo regional muitas vezes, a democracia é mesmo assim, mas eu tenho de reconhecer que este senhor fez mais pelo Príncipe nestas anos do que todos os outros governantes desde a independência nacional. Provavelmente o senhor Telavive e outros ainda hão-de mandear construir uma estátua para este nosso presidente regional. Estou muito agradecido ao nosso presidente.Grande homem. Deus ajuda o senhor a fazer muito mais pelo nosso Príncipe.

  3. img
    dino Responder

    Passo a passo se vai entrando na relação com o Mundo e com os povos. De pleno direito Príncipe representa São Tomé na família da UNESCO em favor de um futuro equilibrado protegendo nossa floresta, nosso mar e procurando caminhos de desenvolvimento. Parabéns ao Príncipe.

    • img
      Cátia Responder

      Viva a Ilha do Príncipe.
      Viva S.Tomé e Príncipe
      Parabéns senhor Tozé Cassandra

  4. img
    Pensador Responder

    Para bens Toze. Deus lhe abencoa.

  5. img
    Telavive Responder

    Quando disse trabalho deixado, quis apenas referir a natureza!Nunca referi-me aos antigos políticos! Porque esses, como se sabe, nunca fizeram nada em parte algum. Reconheço de que maneira o excelente trabalho feito pelos actuais dirigentes da RAP. Espero que continuem assim por muitos anos! Parabéns!

Deixe um comentario

*