São-tomense se destaca como melhor aluno do curso de design de equipamentos numa escola portuguesa

Chama-se Onosildo Viegas Melo, estudante são-tomense na Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil –Portugal. Foi galardoado como o melhor aluno do curso de design. O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital também marcou presença na cerimónia.

Foi no arranque do novo ano lectivo na Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil (Eptoliva), que a direcção da escola e o poder autárquico do Município ortuguês de Oliveira do Hospital, galarduou o estudante são-tomense Onosildo Viegas Melo.

O auditório da Casa da Cultura César Oliveira, foi pequeno para tantos alunos e autoridades presentes, que testemunharam a entrega de um prémio monetário ao melhor aluno do ano anterior, por sinal um são-tomense.

Estudante de Design Variantes Design de Equipamento, Onosildo Viegas Melo, recebeu um diploma de mérito, e um cheque de 500 euros.

Num estabelecimento de ensino que conta atualmente com alunos de várias nacionalidades, o diretor da Escola, Joel Vasconcelos, definiu o exemplo do Onosildo Viegas Melo como um «forte incentivo aos menos empenhados». O Director acrescentou que «iniciativas como esta devem parte do quotidiano das nossas escolas, como forma de desenvolver uma cultura de mérito que contribua para a motivação de toda a comunidade escolar».

Para o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino Mendes, a escola EPTOLIVA, está a cumprir cabalmente a sua missão, e a dar assim um contributo insubstituível no desenvolvimento daquela região de Portugal.

O estudante são-tomense apresentou uma prova de aptidão profissional cujo projecto designa-se Mix Cook, que lhe conferiu o valor final de 18 valores .

Em declarações ao Téla Nón a partir de Portugal, Onosildo Viegas Melo, descreveu o projecto “MIX COOK ”, como sendo um fogão portátil que funciona com dois tipos de energia, a energia elétrica e a energia solar, por meio de indução e ainda acompanhado com uma mochila revestida de células fotovoltaica e uma bateria no qual acumula energia.

Permite cozinhar diversas receitas, as quais podem ser consultadas no próprio equipamento, que apresenta as suas exemplificações, tornando possível ler uma receita ou acompanhar um vídeo passo a passo. Dispõe igualmente de uma eficiente e prática tábua de corte, um ralador e uma plataforma informática (Tablet).

O fogão é inspirado no modelo de computador portátil, com as seguintes funcionalidades: Portabilidade; bateria de longa duração; acesso à internet entre outros mais.

Contém várias aplicações e funcionalidades de acessibilidade inovadoras que permitem melhor utilização por parte do consumidor bem como o consumidor com certas limitações, tais como cegos, surdos e mudos.

Sistemas inteligentes, inputs – tomadas incorporadas no fogão, pen drive, internet com e sem fios, cartão de memória, camara com microfone para chamadas de vídeo, e a possibilidade de navegação numa rede social “gastronómica” da própria marca.

Segundo Onosildo Viegas Melo , a tecnologia em causa, contém todos os componentes e acessórios necessários numa cozinha moderna e atual, panela e aquecedor de indução; um guia de receitas, bem como um design moderno e inovador que permite ao utilizador transportá-lo para qualquer lugar, abrangendo todos os públicos especialmente a pessoas que gostam de campismo.

Abel Veiga

  1. img
    forro da terra Responder

    Muito bem filhos desta terra santa.

    Não se dá cá no país muito valor a esses jovens santomenses, mas, são eles que demonstram a potencialidade de STP.

    Temos de valorizar a nossa juventude, a nossa gente em geral.
    Nenhum país desenvolve-se sem homens e mulheres bem formados e com oportunidades para demonstrarem aquilo que podem fazer.

    Olha o nosso futebolista no estoril, o Luis Leal, o golo que ele tem feito na 1ª liga portuguesa de futebol.
    Ainda ontem marcou um grande golo contra o futebol clube de porto.

    Temos de valorizar mais os nossos.

  2. img
    B-13 Responder

    Meus parabens- Isto e um incentico a todos aqueles estudantes SaoTomenses na diaspora, devem sempre ter em mente de que o objectivo final nao passa por ter um simples deploma, mas sim um deploma munido de esforco dedicacao e acima de tudo -deploma de reconhecido.

  3. img
    filho da terra Responder

    é pena que em STP so sabem desvalorizar quadros.

  4. img
    Herminia dos Santos Responder

    OS MEUS SINCEROS PARABENS AO ESTUDANTE

  5. img
    Inagilson Ferreira Responder

    Este aluno merece um apoio por parte do Estado Sao Tomense de forma a concluir e prosseguir os seus estudos, o que é bem notável que este aluno provavelmente servirá de grande utilidade para o País. Parabéns meu caro Jovem estudante.

  6. img
    António Menezes Responder

    Parabéns, mas não acredites naqueles que te vêm como bom rapaz, pois os nossos dirigentes não querem pessoas espertas e francas. Quando vieres para STP, tens que ter o cartão de partido de Riboque senão nem vão ver-te. Podes ficar por la e assim darás mais contributo a tua terra.
    Digo porque sei…

    • img
      Fiô Glósso Responder

      Que parvoíce!!!! Tenhamos paciência! É incrivel como os sãotomenses metem política em tudo!

  7. img
    Arroz da Terra Mãe Responder

    Ele deveria registar a patente em seu nome. “direito de autor”,O seu projecto vale muitisssimo mais que os míseros 500 euros.

    Abra os olhos e exige que a tua ideia” inovadora” seja registada em teu nome.

    • img
      Pléto LúLúLú Responder

      Sr. Arroz da Terra Mãe …. Antes de dizer asneiras e mandar bocas parvas, leia o agradecimento do Sr. Onosildo Viegas Melo, o aluno premiado pelo seu projecto inovador. Os ‘míseros’ 500 euros como o srº. diz, não são pagamento da ‘invenção’. Além do Diploma de Mérito, oferecem um ‘prémio’ de 500 Euros, ao melhor aluno do Curso de Design da Escola EPTOLIVA. Leia o artigo do Téla Non e o agradecimento do Homenageado.

  8. img
    Carlos Lopes Responder

    Parabéns caro Onosildo Viegas Melo.

  9. img
    Colomba Responder

    Parabéns ao homenageado!
    Que seja um estimulo e orgulho para S.Tomé e Príncipe e seus estudantes.

  10. img
    CEITA Responder

    Ó meu senhor ou jovem Inagilson Ferreira,sou muito Incrédulo quanto a nossos politico governantes. recordas num passado recente a quando da polemica com alguns alunos que estiveram a passar fome em Portugal, recordas bem a respostas da diretora do ensino na altura do governo da ADI. por ironia do destino a pessoa em questão é quadro recém chegado ao país… muito cuidado estamos atento. se o jovem Onosildo Viegas de Melo se tiveres acesso ao tela non por favor dê o seu melhor e não espere dessa gente nada que não seja desilusão, conheço muitos quadros nacionais que eles bloquearam alguns ficaram loucos outros regressaram ao pais de origem contribuindo assim no país que não lhe viu nascer.

  11. img
    João Kibonda Responder

    Os meus parabéns! Se este jovem for um elemento dos ditos família de renome e detentores dos bens de STP, poderão dar valor a sua engenhosa e a sua capacidade. Se for filho de um José Ninguém e de Maria você, em vez de lhe apoiarem, destroem-no. Portanto, Caro compatriota e conterrâneo analise bem antes de decidires em servir a tua terra natal. É um conselho amigo. Só os deles é que podem ser considerado.

  12. img
    Onosildo Viegas Melo Responder

    Em primeiro lugar, desejo agradecer a todos aqueles que, com o seu saber, a sua colaboração e o seu apoio crítico, dispuseram do seu tempo para debater comigo orientações e linhas básicas que me permitirão desempenhar as tarefas, estou especialmente grato à professora gestora, Professora Helena Raimundo o meu Professor Apoiante David Silva, professor Nuno Nunes, e a secretária, Sra. D. Ana Nunes a todos membros da empresa onde eu estagiei, Digirule Lda, em particular a minha monitora Sra. D. Isabel Sousa, pela valiosa orientação e pelo precioso apoio e atenção dispensada durante este tempo todo.
    Quero também deixar aqui o meu mais sincero agradecimento aos meus pais e os meus irmãos, por todo o apoio que sempre me prestaram, e pelo esforço extra que por vezes fizeram para que eu pudesse encarar com firmeza os caminhos do ensino, que me permitirão prosseguir de forma mais sábia para o futuro.
    O meu reconhecimento é também dirigido a todos os membros de entidade onde exerço a minha atividade de formação, a Escola Profissional Eptoliva (Oliveira do Hospital), pelo interesse que sempre manifestou na formação dos seus alunos e porque, sem a sua condescendência, no que se refere aos compromissos de formadores orientadores, este projeto não teria sido possível.
    Não posso deixar de agradecer aos meus colegas da escola principalmente os meus colegas de turma, pelo incansável apoio e paciência.
    Às pessoas que marcaram a nossa vida para sempre, umas porque nos vão ajudando na construção, outras porque nos apresentam projetos de sonho e outras ainda porque nos desafiam a construí-los e outros ainda que ajudam e gostam de ficar no anonimato. A todas essas pessoas que tem importância na minha vida, o meu muito obrigado.

  13. img
    Saidy Responder

    Esse foi o fruto de trabalho muito bem elaborado e executado da melhor forma possível, a ti meu caro parabéns pelo trabalho e pelo prémio , o que aconteceu contigo espero que serva de inspiração para muito e para mim ..parabéns

  14. img
    Libertador Responder

    Bom dia caro jovem e meus parabéns.Siga em frente porque o mundo hoje é global, por isso a oportunidade que beneficiaste em formar em Portugal. O teu saber ou de qualquer cidadão, que inventa ou melhora a tecnologia não para o seu país mais sim para o planeta terra. Abraços

  15. img
    Mina Zequentxi Responder

    Parabéns ao homenageado! Que seja um estimulo e orgulho para S.Tomé e Príncipe em particular e para os demais alunos em particular. Deus te abencoe!

Deixe um comentario

*