Gloria Santo continua a somar bons resultados em Portugal nos 100 e 200 metros

A jovem atleta natural de São Tomé e Príncipe, Gloria Santo continua a somar bons resultados em Portugal nos 100 e 200 metros ao serviço do seu Sporting, uma equipa muito forte em Portugal, onde é crónico o campeão de Portugal e uma das mais fortes da Europa. Gloria Santo  mostra se no entanto desagrada e triste por não ter sido contemplada com a bolsa da Solidariedae Olímpica de São Tomé e príncipe, com vista á sua preparação para Londres 2012.

Gloria como começou esta paixão pelo Atletismo?

A minha paixão pelo atletismo partiu quando tinha 10 anos, estava a frequentar 5º ano, na escola secundaria. Foi um começo lindo. na verdade odiava fazer educação física, e por outro lado adorava o futebol e competir com os colegas. ” Quem chegasse tal lugar em 1º lugar” coisas dessas, foi aí que uma professora, que era a minha docente naquele ano, negociou comigo, do tipo” não fazes educação física, mas vás ter ao estádio Nacional para brincarmos ao atletismo, partindo daí já não parei e tenho conseguido bons resultados.

Antes de chegares ao Sporting chegas te a representar algum outro clube?

Sim. Estive ao serviço do Grupo Desportivo do Cavadas.

A Gloria Santo é das atletas de ST Príncipe com maior currículo em Portugal?

Hoje em dia podemos dizer que sim; isto tirando as outras que já representaram São Tomé e Príncipe. ( Naidy Gomes e  Severina Cravide que foi uma grande atleta e mostrou grande potencial nos 100m e duzentos e não teve a oportunidade de representar São Tomé e Príncipe.

Como reages ao facto da solidariedade olímpica ter atribuído uma bolsa a três atletas de ST Príncipe e tu não teres sido incluída?

Sinceramente fico triste, mas estas são as normas e critérios da Federação de atletismo

Tens sido contactada pela Federação de Atletismo de ST Príncipe para saber das tuas prestações em Portugal?

Honestamente…! Ninguém me liga para saber das minhas prestações. Só ligam se for o caso de ter uma competição e queiram que vá competir por São Tomé e Príncipe. Por muito,  ligo eu para falar do que me interessa e  dai dou informação dos meus resultados, ou de outra coisa qualquer.

No teu entender o que falta ao atletismo em ST Príncipe, para melhorar?

No meu entender, acho que para que haja melhoramentos no nosso atletismo, temos que ter o apoio incondicional das entidades graúdas, se assim posso chamar… carisma , amor e dedicação pela modalidade. Deviam divulgar mais esta modalidade, e incentivar o desporto escolar, na expectativa de encontrar novos talentos. Por outro lado, deviam dar atenção com cuidados, apoios ( material desportivos), entre outros.

Deixa uma ultima palavra ao povo de São Tomé e príncipe?

Deixo um abraço ao povo São Tomé e Príncipe. Na expectativa de ver crescer o atletismo nacional. Afinal talento não nos falta, queremos é oportunidades.

  1. img
    J. Maria Cardoso Responder

    Fale-nos mais da atleta k a foto nem possibilitou a sua identificação, pelo menos para oferecê-la um nosso sorriso, kiça, servirá de um estímulo para k se sinta “mais grande” na nossa pequenez até k lhe possamos solicitar um autógrafo.
    Vá em frente!
    Parabéns Glória Santo!

Deixe um comentario

*