Política

Angola vai disponibilizar “Fundo Especial” a favor de São Tomé e Príncipe

No regresso quinta – feira, da visita privada à Angola o Presidente da República, Manuel Pinto da Costa, anunciou que os dois países estão a estudar formas de implementação de um Fundo Especial para financiar uma série de operações em São Tomé e Príncipe.

Em Janeiro último, Pinto da Costa visitou oficialmente Angola. Foi a sua primeira visita ao estrangeiro na qualidade de Presidente da República. Em Junho, regressou a Angola desta vez em visita privada, sempre com o propósito de intensificar as boas relações entre os dois países.

Os dois Estados, já estão a negociar a implementação de um “Fundo Especial” para atender várias necessidades de São Tomé e Príncipe. «Está-se a estudar as condições para que realmente se possa encontrar formas de criar fundos especiais, que possam realmente financiar uma série de operações que venham a ser realizadas por operadores privados angolanos e são-tomenses», referiu o Presidente da República.

Segundo o Presidente da República, desde a sua primeira visita a Angola em Janeiro, que defendeu o acasalamento dos interesses dos dois países, através da participação dos agentes privados. «Porque estamos convencidos que são eles o motor para garantir o desenvolvimento», pontuou.

Note-se que depois da primeira visita do Presidente de São Tomé e Príncipe à Angola, o executivo de Eduardo dos Santos, enviou o Secretário de Estado do Tesouro do ministério das finanças para analisar com o governo são-tomense, as modalidades de uma cooperação financeira mais abrangente.

Abel Veiga

    39 comentários

39 comentários

  1. Nós

    8 de Junho de 2012 as 12:13

    Atenção que Bano e Delfim já estão de olho nisso.

    • Palacio do Povo

      8 de Junho de 2012 as 15:13

      Delfim e Bano estão em falência tecnica, com essa verba a chegar vão safar…

    • E.Santos Deus é Pai

      10 de Junho de 2012 as 0:20

      Os Santomenses devem mudar da mentalidade ser otimista, tenho a certeza que o Srº Presidente Pinto da Costa Vossa Exª vai propor a Sua Ideia na área desenvolvimento na construção de uma barragem Electrica,Construção de um hospital com novos equipamentos tecnológicos com uma valência de hemodiálise,que possa evitar saída de doentes para exterior custando furtuna ao país,construção de uma Universidade com área de investigação científica polivalente e modernização das vias redoviária, assim como a nova rede Água pública e respetivo saniamento público, devemo ter visão larga para futura geração ainda que irá ter custos elevados mas seria dívida com a obra feita , nunca se deve colocar o dinheiro sem que haja projetos a ser emplementado.

  2. BRUNO DAS NEVES

    8 de Junho de 2012 as 12:16

    Um bem haja a estes fundos especiais, so que depois a grande questao prende-se com secteres especificos a que estes fundos sao empregue, ja nao temos tempos mais a perder, mas ainda falta outro sector chave da administracao publica que precisa funcionar, os tribunais, sem estes muita coisa pode acontecer! Viva povo irmao de Angola, viva povo da RDSTP!

  3. Ex da Turma FE

    8 de Junho de 2012 as 12:26

    Há muito pouco pragmatismo nestas relações que ja datam de 1975. Sempre a mesma coisa. Mudem de dança, mesmo toque, a rumba. Precisamos de Puita de S. MArçal.
    Nem visto, conseguiram ainda abolir.
    Em vespera de eleições em Angola, com problemas dos militares, em revolta.
    Ainda bem que o chefe de estado disse: Estão a estudar fundo especial, 37 anos?
    Vele a pena mesmo!!

  4. Baga Tela

    8 de Junho de 2012 as 12:26

    Normalmente, quando se quer fazer estudo de quer que seja, temos em mente o objecto desse estudo e onde queremos chegar ou, o resultado pretendido.
    Nesta notícia está tudo muito ofusco. Não se percebe do que é que se está a falar. Uma serie de operações por si só não nos diz absolutamente nada. Que operações são essas?

    • Akeles

      8 de Junho de 2012 as 12:37

      Baga Tela, Operações são massas (gêlú)…

  5. Akeles

    8 de Junho de 2012 as 12:35

    Boa Pinto,Não é necessario fazer seminarios… temos k ser mais objectivos..não é em vao que o sr tem cabelos brancos…Força

  6. l

    8 de Junho de 2012 as 12:41

    Assim e que se “faz ” STP.

  7. Conóbia cumé izê

    8 de Junho de 2012 as 12:50

    STP não pode estar a desperdiçar apoios de Países irmãos como Angola´,Guiné Equatorial,Africa do Sul e outros, para estar voar por ai e ali a procura de investidores para investimentos,quanto temos ai ao lada, irmãos que nos possam ajudar.só se for de ma-fé…Fui

  8. Lembá

    8 de Junho de 2012 as 12:52

    Truque velho!

  9. Lembá

    8 de Junho de 2012 as 12:52

    ver para crer!

  10. jordão

    8 de Junho de 2012 as 12:53

    Exº.mo Senhor Presidente bem aja ,permita-me lhe dizer que para o povo de São Tomé e Príncipe é a melhor coisa peço-lhe encarecidamente assine mais acordos com o povo irmão e amigo Angolano que sempre perto e constante numca nos fechou as portas .

  11. Cauteloso

    8 de Junho de 2012 as 13:01

    Veio buscar uns trocos para seu bolso e mais nada. essa conversa é muito antiga.nesse tempo acreditar nisso, é mesma coisa que atirar do cimo da cascata de S. Nicolau abaixo.

  12. luisó

    8 de Junho de 2012 as 13:26

    caro abel,
    esqueceu de escrever que o Presidente PC recebeu uma condecoração “17 de Setembro” do 1º grau dada pelo MPLA?
    Esqueceu de escrever que PC visitou a SONALIS que prometeu auxiliar na exploração do petróleo em STP?

  13. malebobo

    8 de Junho de 2012 as 13:58

    até certo ponto é bom para o pais, mas resta agora saber como empregar este fundos especial, porque como sabem aqui em stp, existe grupos preparados para criarem projectos fantoches,

  14. sulila miranda

    8 de Junho de 2012 as 14:58

    Seja como fôr, o Presidente está fazendo o seu papel, porque convenhamos a situação cá no país está insustentável!
    Os que estão lá fora podem dar-se ao luxo de mandar bocas, porque não estão a sentir na pele! Venham e vejam com os vossos olhos, quem tem dinheiro neste momento cá na terra? quem está folgado aqui, só alguns estrangeiros. E é a pura verdade! Que coisa? Há que arranjar formas para alterar este estado de coisas porque senão daqui a mais uns dias seremos escravos dos estrangeiros na nossa terra.
    Todos os dirigentes máximos devem procurar solucionar problemas que os seus povos enfrentam, por isso é que eles foram colocados aí, não é para andarem a fazer de contas que estão a resolver o problema, enquanto o povo coitado está de mãos estendida recebendo, nada. Um abuso! O meu povo já sofreu muito, se alguem pode fazer algo para o impedir de passar mais fome, tem o meu total apoio, venha esse apoio de Angola, Guine Equatorial ou outros.
    Eu quero acreditar que essas Ilhas de nome Santo vão dar uma grande virada!

    • Horácio Will

      8 de Junho de 2012 as 17:47

      Cara Sulila Miranda
      Já sou há muito apreciadopr dos seus comentários.
      Temos de facto, cá fora, muita gente e viver e a comentar de forma desportiva e oportunista na maneira como olham para STP.
      Há outras que foram educadas com amor pelas pessoas, coisas e lugares, essas conseguem sentir pena. Na nossa conjuntura actual, torna difícl alguém ser ententido quando diz algo porque todos parecemos mais um a…
      Estar cá fora e viver despreocupado com o bom andamento do país de origem só pode ser coisa de gente muito mal formada em termos sentimentais e de conhecimento da história da humanidade

  15. alves

    8 de Junho de 2012 as 15:04

    força sua excelencia faça alguma coisa para esse s.t.p k bem prescisa força pai grande

  16. Patrice Turista

    8 de Junho de 2012 as 15:11

    Angola não manda mais dinheiro não emmmm… Patrice Turista vai pegar essa massa e viajar para Lua, porque aqui na terra ele ja conhece todos paises, desde que entrou no poder já viajou mais 100 vezes!!!!!!!!! Rapaz gosta de passear de avião kêKua…Devia tirar curso de Piloto!

    • Lupuye

      8 de Junho de 2012 as 16:18

      Curso so? Deveria ate comprar um aviao particular pois segundo o que se ouve por ai, ele tem muita massa. Se comprar o seu aviao, nao precisa roubar do povo para ir visitar pais nenhum.

      • Resposta

        8 de Junho de 2012 as 21:25

        HAHAH. O problema é se ele roubar dinheiro do povo para comprar avião, depois ir roubando para combustível, manutenção, copilotos, hotel e … Ui, ui…sem falar de hospedeiras. ahahah. Quem gosta de roubar, rouba sempre. Tenhamos cuidado com quem escolhemos para dirigir a nossa terra e os nossos recursos. Alguém disse aqui que não é a oportunidade que faz o ladrão mas sim o ladrão é que aproveita as oportunidades para roubar.

  17. sousaantoniofalecido

    8 de Junho de 2012 as 15:11

    Muita força Senhor Presidente, nao esquecer dos santomenses que estao no estrangeiro, aproveitar esse laço de amizade para livre circulaçao dos angolanos e santomenses, alias tendo em conta que Angola na sadec estao a estudar o projecto de livre comercio e circulaçao, seria bom fazer essa experiencia com Sao Tomé e Principe ha muitos santomenses estao a precisar de legalizaçao, cria emprego muitos bom quadros querem regressar.
    Se o PT nao quer por em marcha os projectos que o senhor esta a abrir nos paises amigos de longa data como angola, guine equatorial, africa do sul, nao esquece da china continental
    Cria um gabinete de reconstruçao nacional da presidencia para gerir esse fundo com tolerancia zero falhou comeu sem pao para maluco e nem pente para careca veja se a constituiçao lhe permite faça isso, investe no turismo rural, agricultura, pesca, formaçao profissional e saude muita força mostra que és capaz

  18. N.C

    8 de Junho de 2012 as 19:33

    Bem haja e que de facto esse fundo seja uma realidade.Esse fundo especial sera gerido pela Presidencia ou pelo Governo?Esperemos que esse nao seja mais um “saco azul”e que nao venha ter mesmo destino como os outros anteriores.Que nao se esquecam dos Estudantes bolseiros,Medicamentos,Erradicacao do Paludismo,Abastecimento de Agua,entre outros que exijem intervencao imediata

  19. Argenezio Antonio Vaz

    8 de Junho de 2012 as 19:49

    Bom, depois de anos de ibernação espero que o Pinto faça algo. Essas amizades, para STP, nada..

  20. santoespirito

    8 de Junho de 2012 as 20:46

    se o presidente não viajar em busca de apoio, ja começam a criticar, que o pr esta muito parado.agora como viajou em buscar de solução para o desenvolvimento do pais, o sr CAUTELOSO diz que o PR foi em busca de trocos para o seu bolso. afinal o quê que o SR CAUTELOSO querer que o PR faca??????

  21. santoespirito

    8 de Junho de 2012 as 20:48

    diz o velho ditado, sr cauteloso . se não sabe fazer melhor não critique.

    • Cauteloso

      9 de Junho de 2012 as 8:10

      Caro compatriota: em primeiro lugar, quero lhe dizer que a história um dia terá oportinidade de julgar esse sr que só fez mal a este povo e já mais, ele será reabilitado, porque o tempo dele já passou.A sorte é que ainda lhe resta uns amigos em Angola, que ainda vão lhe dando alguma confiança, porque a nivel do mundo mais ninguem lhe conheçe.Quando recebem o prémio 17 de Setembro disseram que tinha sido ele um dos fundadores do MLSTP.È VERDADE!!!!!!!!Tudo mentira,demagogia e culto da personalidade a mistura O meu comentário tem sido bem claro. Vamos falar daqui a 3 anos.

  22. Filipe Samba

    9 de Junho de 2012 as 5:18

    O presidente de São Tomé e Príncipe, Manuel Pinto da Costa, foi homenageado em Luanda, pelo MPLA, com a outorga Medalha “17 de Setembro”, do 1º grau, e um Certificado de mérito pelos feitos protagonizados em prol da independência de Angola.
    Numa cerimónia, realizada na sede nacional do MPLA, o vice-presidente do partido, Roberto de Almeida, disse ser uma grande honra e muita satisfação receber o presidente Pinto da Costa, que se encontra de visita oficial em Angola, o qual considerou “velho combatente da liberdade”.
    “É uma alegria para nós poder reconhecer os feitos de pessoas que não se pouparam a esforços para os nossos países chegarem a independência nacional”, disse, referindo que dentre esses nomes consta o do presidente Manuel Pinto da Costa.
    Desde muito jovem, Pinto da Costa militou nas hostes da União Geral dos Estudantes da África Negra (UGEAN), e foi um dos fundadores do Comité de Libertação da São Tomé e Príncipe, que em 1972 veio a transformar-se no (Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe (MLSTP).
    “Continua a ser um grande companheiro de luta, um amigo de longa data”, reconheceu Roberto de Almeida, que almejou uma cooperação reforçada e colaboração estreita, não só entre os governos de Angola e de São Tomé e Príncipe, mas também entre o MPLA e o MLSTP.
    Em resposta, Manuel Pinto da Costa, que se considerou honrado por receber a medalha, enalteceu o gesto dos dirigentes do MPLA, sublinhando que a distinção estende-se a todos quantos contribuíram na luta de libertação, tanto são-tomenses como angolanos.
    Declarou que o seu regresso à vida política activa deve-se ao facto de ter percebido que ainda podia dar a sua contribuição para que o povo de São Tomé e Príncipe possa alcançar os objectivos que o levaram a participar da luta contra o colonialismo português desde muito cedo.
    “Estes objectivos ainda não estão alcançados e tenho ainda, apesar da idade, força e determinação suficientes para dar a minha contribuição para que o povo são-tomense possa atingir os propósitos preconizados”, narrou.
    Considerou que a luta que se leva a cabo em São Tomé e Principie também é dos angolanos, tendo considerado Angola como um parceiro estratégico e fundamental.
    “Gostaria que em conjunto lutássemos para que consigamos alcançar os objectivos que levaram o povo angolano e são-tomense à luta”, asseverou.
    A outorga foi anunciada por ocasião da realização do Colóquio Internacional sobre a história do MPLA, em Dezembro último, em Luanda.
    Inserida no Sistema de Distinções do MPLA, a Medalha “17 de Setembro” tem dois graus, sendo o primeiro de ouro e o segundo de prata. Ela destina-se a reconhecer personalidades que, por mais de 30 anos, se destacaram na luta pela libertação dos povos, pela paz e desenvolvimento, solidariedade militante e amizade demonstrada para com o MPLA.

  23. Santo António

    9 de Junho de 2012 as 12:06

    Sr Pinto força leva este país ao alto nivel,com apoio de todos que se orgunham pela nossa maravilhosa terra,verde linda,tudo calmo povo lindos em breve espero solução para resolver os problemas da população, de olhos neste bandos dos que robam.

  24. Fruta pão

    9 de Junho de 2012 as 13:23

    Excelencia.

    Queremos algo de concreto. Fale com Angola e coloca carta limpa a mesa…Muita volta, país precisa de crescer..
    Bem haja.

  25. manuel neto

    9 de Junho de 2012 as 13:49

    tudo truque ele disse ao chegar S.T.P que veio fazer bisne.foi homegiado por Mpl com medalha 17 setembro.nem si quero tratou do mais importante que e legalizacao dos santomense ca.na campanha ele dissia que era um assunto muito importante para ele

    • martins neto

      26 de Junho de 2012 as 14:00

      santosku pareces muito intiligente.continua na tua escravidao piscologica senhor pateto

  26. Santosku

    11 de Junho de 2012 as 8:21

    Com o cognome de cauteloso devia ser na verdade cauteloso e não estara mandar bocas atoa. Pare e pensa um pouco se não sabe pergunta. Sempre com pensamento malefico, cale a boca e trata de se trabalhar.

  27. Santosku

    11 de Junho de 2012 as 8:25

    Sulila, nós que vivemos no exterior continuamos a ser santomenses e não se esqueça que continuamos a ter familia em S.Tomé e Principe. Sinal de estar fora do País não significa viver sem problemas. Se nunca viveste experimenta um dia, e verás como é doloroso estar longe dos seus mais queridos como familia, amigos etc. Por outro mesmo fora continuamos a apoiar as nossas familias e não só e a preocuparmos com o desenvolvimento da nossa Pátria.

  28. santa catarina

    11 de Junho de 2012 as 9:16

    Que fundo. A mama já acabou. Temos é que trabalhar e deixar de por olho no dinheiro dos outros. Para terem o dinheiro que têm foi necessario trabalho e sofrimento. Dar fundo para mamarem como foi o caso de sTPTraind, arroz do japão(GGA) e outros não.
    Vamos ao trabalho. Saber quando é que custa a vida não é estar aqui a passear em bons e bonitos carros que temos duvida das origens.

  29. pierre

    11 de Junho de 2012 as 10:34

    Sou daqueles que ja vi tantos acordos para minha ILHA maravilhosa, que só acredito so quando vejo, so em DEUS mesma que acredito poque ELE é sincero

  30. Zeme SOOO

    13 de Junho de 2012 as 9:37

    Viva democracia
    Viva Pinto da Costa
    Viva Osvaldo Vaz futuro Primeiro-Ministro
    Viva STP

  31. carlos

    23 de Janeiro de 2013 as 15:45

    Mais um fundo para se fazer umas festas em casa dos ministros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo