Palmar adopta sobrenome “português”

O Grupo Desportivo de Palmar de Água Porca, GDPAP, passar-se-á chamar Palmar Lusitano Ginásio de STP, PLGCST, à luz do recente protocolo de cooperação assinado, com o emblema português, Lusitano de Évora.

Esta parceria tem o seu foco na formação de base dos jogadores e da equipa técnica, onde os atletas que destacarem-se, terão a porta aberta, para experimentarem o campeonato português, ressaltou o representante do clube português, Nuno Rodrigues.

“Essa parceria é experimental, porque este clube assumirá como a nossa filial cá, e todos os jogadores que aqui estão, a partir de agora estarão sobre constante observação da equipa cá e também da equipa técnica que temos no Lusitano de Évora, que fará algumas visitas esporádicas ao país, de forma sempre a poder identificar dois ou três talentos que no período de pré época em Portugal, são deslocados até lá para demostrarem o que valem, espero eu que valem muito e que fiquem integrado no clube como jogador profissional”.

Rodrigues sublinhou que esta parceria com o Palmar, a primeira no continente africano, abrirá muitas oportunidades aos jogadores santomenses.

“Toda essa ideia de São Tomé e Príncipe é no fundo de termos aqui um viveiro, porque há talentos no país, que eu acabo por ver que se perde muitas vezes, pela falta de oportunidades”.

Esta parceria foi saudada pelo alto dirigente do clube santomense, que mostrou-se confiante no bom resultado deste protocolo, que dará mais visibilidade ao clube, que nesta temporada, vai disputar a segunda divisão nacional.

De informar que nesta altura figura nas fileiras do conjunto luso, dois jovens santomenses, Jair Nunes e Leonardo.

Gil Vaz

Notícias relacionadas

  1. img
    Clemilson Brasileiro Responder

    Essas parcerias são ótimas tomara que ajudem o clube , devia primeiro reformar os gramados porque são pessimos e atrapalham na formação dos jovens talentos !

Deixe um comentario

*