Presidente da república medeia conflito entre tribunal de contas, o governo e Assembleia Nacional

Publicado em 22 Jun 2009
Comentários; fechado

 O conflito existente epr.jpgntre estes três órgãos foi mediado pelo chefe de estado Fradique de Menezes. No encontro que decorreu no palácio do povo tomaram parte o primeiro-ministro Rafael Branco, o presidente interino da Assembleia Nacional Jaime Costa e o presidente do tribunal de contas. Fortunato Pires que se fez acompanhar de dois juízes conselheiros.

Em declarações a imprensa Fradique de Menezes disse que é sua obrigação zelar pelo regular funcionamento das instituições e que» como sabe nesses últimos tempos tem havido um certo conflito em termos de declarações desde a publicação do relatório do tribunal de contas relativamente ao ano 2008. E isso tem criado um clima desagradável. E nós conhecemos o nosso e é bom que nós demos as mãos e procuramos sair disso(…) » disse Fradique de Menezes.

Fradique de Menezes disse ainda que a população tem os olhos» em nós. E eles têm que olhar para nós e sentir que nós somos o exemplo. Este encontro decorreu normalmente e cada um pode explicar as suas razoes. Ao menos as pessoas puderam sentar-se a volta de uma mesa e conversar. Eu acho que os ânimos acalmaram. E vamos ver como é que vai ser. É evidente que cada um tem a sua opinião mas eu acho que valeu a pena.» sublinhou o chefe de estado

Fradique de Menezes adiantou ainda que nesta semana pode ser que algumas ideias possam puxar as pessoas a reunirem-se com o governo que mostrou total disponibilidade  a fim de chegarem um consenso que seja para o bem de todo o país.

Ectilsa Bastos