Casa de diplomata angolano em São Tomé devorada pelo fogo

Um incêndio destruiu parte da residência onde vive o adido de imprensa da Embaixada de Angola em São Tomé e Príncipe, Caetano Júnior, localizada na zona de São Gabriel, arredores da capital São Tomé.

O incidente ocorreu por volta das 15.30 da última terça-feira, 7 de Agosto. De acordo com os bombeiros, que intervieram para a extinção do incêndio, a causa pode ser um curto-circuito.

No mesmo dia, oscilações e cortes de energia registaram-se na zona, por força do rebentamento de um cabo, no bairro de Fruta-Fruta. O problema já está, entretanto, solucionado, de acordo com um responsável da Empresa de Água e Energia, em entrevista à TVS.

A sala comum (vista e jantar) da residência do diplomata angolano foi devorada pelo fogo. Sofás e outros eletrodomésticos ficaram carbonizados.

Embora em proporções menores, os quartos e a cozinha foram também lambidos pelo fogo, alegadamente resultante de um curto circuito.

No dia do incêndio, Caetano Júnior , regressava a São Tomé, depois de uma missão de serviço em Luanda. Em declarações ao Téla Nón, disse que tomou conhecimento do incidente ainda no aeroporto internacional de São Tomé.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Francisca Delicia Responder

    Não houve danos humanos, isto é que é o mais importante. Coragem…dinheiro perdido pode sempre ser recuperado e esquecido.

  2. img
    viver ke sta la, viver muito éé Responder

    isto pra ele nao é nada, vao lhe dar outra ja; agora kem é ke vai pagar isso tudo?
    emae ke nao muda , governo santomense, governo angolano? ou dinheiro de povo santomense que vai lhe dar isso de novo

    • img
      Fijaltao Responder

      Ao senhor viver, é o que eu digo: Nem na desgraça, os indivíduos como o senhor param para pensar e nem têm tento na língua para analisar uma situação. Infelizmente é o país e o povo que temos!

    • img
      Fijaltao Responder

      A formação de homens e apetrechar os soldados da paz com materiais adequados e sempre prontos a responder questões como esta, não é fácil! Mas em todo caso devemos enveredar esforços neste sentido, hoje um carro, amanhã outro etc… Mas, o mal que existe em S.Tomé e no Príncipe em relação aos curtos circuitos que dizimam casas e bens e ceifam vidas neste país, tem origem nas famosas teias de arranha de fios e fios de electricidade emaranhados em postes, árvores e bananeiras gerando todo o tipo de desgraça que se possa imaginar pela electricidade! O governo de S.Tomé e do Príncipe deviam optar por canalização subterânia de cabos embutidos em tubos a uma profundidade considerada de modo a ter os fios estáticos evitando assim os famigerados cortes de energia, perdas de cargas localizadas e os curto circuitos causadores de constantes incêndios!

  3. img
    ANCA Responder

    Ás autoridades competentes, ás autarquias locais, o Governo, a sociedade civil organizada, os cidadãos SãoTomenses, dentre outros orgão de soberania;

    Devemos ter em atenção, organizar, planear, investir, na criação infra-estruturas e equipamentos de corporações de Bombeiros, em cada localidade dos Distritos Nacionais, com Carros de Bombeiros, materiais de combate a incêndios, investir formações de Bombeiros, investir num centro de emergência médica, investir em ambulâncias, equipadas com materiais de suporte de vida básicos, prontos socorros, de modo a efectuar respostas rápidas e céleres, nestas situções de modo a salvaguardar, vidas e bens materiais.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

  4. img
    Altino Mendes Saramago Responder

    Como estao, boys, tudo numa calma?!…

  5. img
    Altino Mendes Saramago Responder

    Tenho fe no nosso Senhor Jesus Cristo e, as santomenses e os santomenses ja nao se deixarao tomar ou enganar pelas mentiras e pelas intrigas.
    O povo santomense ja nao convivera com os mentirosos. Queremos que o povo seja informado com verdade sobre tudo quanto os seus mais altos dirigentes fazem.

  6. img
    ai de mi si não envangenlizar Responder

    Força…

  7. img
    maria chora muito Responder

    Nesta casa circula por lá muitas meninas. Todas as garotas, as Kemgas, da nossa praça já dormiram lá, incluindo as filhas dos ditos senhores. Força Caetano. Não será por causa da rivalidade entre elas a chuparem o osso e para terem o acesso as notas verdinhas? Nós as marias temos a informação.

  8. img
    luisó Responder

    Realmente tenho muita pena dele!!!!!!!!
    Eu tinha pena e ficado muito triste se fosse a casa de madeira de algum pobre santomense, agora destes tipos…

  9. img
    Paulo Responder

    puxa !!! como os vocês são invejosos, ao invés de solidarizarem-se com individuo põem-se ai a falar de coisas que nada têm a ver, é só inveja…. está incutido no vosso sangue.. Seus invejosos

  10. img
    maria chora muito Responder

    Quem não sabe que essas casas dos diplomatas são centros de orgias sexuais com as meninas. Minha gente, são as próprias kengas é que falam. O colega do Caetano não foi obrigado a tomar à força uma menina menor. Vocês sabem porque? Não é inveja NÃO. É realidade que se vive a surdina e a calada das noitadas. Se o diplomata avoca para si o titulo de GENERAL elas aparecem como abelha. FUI….

  11. img
    Jamaicano Charp Maria Amelia Sem Cabelo Responder

    So quero dizer ao senhor Abel Veigas que sofa nao faz parte de electrodomestico.

Deixe um comentario

*