Sabores de Taiwam deliciaram são-tomenses

O festival de gastronomia taiwanesa, realizado no último fim-de-semana em São Tomé, fez delícia de dezenas de convidados. Com base em produtos são-tomenses e ingredientes vindos de Taiwan e de Portugal, o Professor de culinária Chia-Mo Chen que veio da cidade portuária taiwanesa de Kaoshing para animar a festa em São Tomé, brindou os convidados com pratos diferentes e saborosos.

A festa da gastronomia taiwanesa em São Tomé, foi de alto nível. O professor de culinária Chia-Mo Chen da universidade taiwanesa de hospitalidade e turismo, mais concretamente na cidade de Kaohsiung, foi o mestre das iguarias que fizeram as delícias dos convidados. O Presidente da República Fradique de Menezes, presidiu o festival de gastronomia que decorreu no hotel Pestana – São Tomé.

42 pratos deram provas de Taiwan ao público presente. «São sabores taiwaneses, mas desta vez utilizamos produtos locais(são-tomenses), e ingredientes vindos de Taiwan e Portugal. É a primeira vez que vimos cá promover a culinária e a cultura taiwanesas. São no total 42 pratos», explicou o professor de culinária.

Pastéis, petiscos com molho de soja, fazem parte das 42 iguarias que provocaram agua na boca. «A gastronomia taiwanesa tem influência de muitos pratos internacionais. Por isso os pratos taiwaneses começam a ser famosos no mundo», reforçou Chia-Mo Chen.

Mariscos, confeccionados a moda asiática é outra riqueza da culinária taiwanesa. Membros do novo governo estiveram em peso na festa da gastronomia taiwanesa. Nos primeiros dias da acção governativa, começaram a saborear o tempero asiático. «Bom e variado, enriquecedor e que permite uma viagem cultural até Taiwam. A cultura oriental é rica por causa disso. O doce, o amargo e o apimentado se combinam», referiu o ministro das obras públicas e recursos naturais.

O tempero taiwanês terá dado mais força aos membros do novo governo, mas não só. O Presidente da República que partilhou a mesa com o embaixador de Taiwan, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades Salvador Ramos e Juíza Conselheira do Supremo Tribunal de Justiça Alice Carvalho, também sentiu a diferença do sabor taiwanês. «Já aprendemos a apreciar Taiwan pela sua organização, em termos de administração. A vossa qualidade de trabalho, a vossa tecnologia, a vossa cooperação connosco, e hoje vamos apreciar a vossa culinária coisa que não conhecemos ainda. Esperemos que a vossa culinária seja especial como é a vossa maneira de ser e de estar, a vossa maneira de fazer a cooperação com país como São Tomé e Príncipe» declarou Fradique de Menezes, que deu luz verde para o início da festa.

Só próximo da meia-noite de sábado é que os convidados deixaram a mesa recheada de 42 iguarias taiwanesas. O Professor de culinária Chia-Mo Chen, que veio animar a festa da gastronomia de Taiwan, tem transmitido alguns segredos da cozinha da ilha formosa aos cozinheiros do hotel Pestana São Tomé.

Chia-Mo Chen, é um perito da cozinha de Taiwan, que já foi galardoado como uma dos melhores cozinheiros da Ásia, num concurso de culinária da região mais populosa do mundo.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Pedro Sousa Responder

    Muito cuidado com carne de cão….

  2. img
    Osama bin Laden Responder

    Olha só quem foi convidado, povo de STP também não quer provar esses pratos? Só lóbis

  3. img
    atencao!!! Responder

    estimado Pedro Sousa,

    apenas faco este pequeno comentário para poder responder a sua critica irónica acerca dos que comem carne de cao.

    sinceramente que na minha ignorancia e defesa cultural, assim como o senhor ou tu, conforme permitir que o trate, pois nunca comi ( pelo menos que saiba e tenha até hoje consciencia) a carne de cao.

    mas a verdade é que ainda recentemente ao analisar tanto livros sobre a alimentacao e sobretudo a Biblia, pois descobri que, a alimentacao é um fenomeno cultural que devemos respeitar e que Deus na sua excelsa sabedoria chegou a proibir determinados tipos de alimento durante um certo tempo, mas posteriormente pois ele abrrogou dita lei, e deixando sobretudo no que concerne ao consumo de carnes, a escolha de cada individuo em funcao da sua escolha pessoal e e consciencia ao fazer uso do livre arbitrio que cada u mde nós temos.

    confesso que outrora tambem, enquanto universitário, cheguei a ver vietnamitas e chineses confeccionarem carne de cao dentro do estabelicimento universitário, o que muito me causou repudio e indignacao, mas hoje em dia, deixo estas questoes ao livre arbitrio e a sensacao cultural como o paladar de cada individuo ( sim eu é que nao provarie porque nunca fez parte da minha vontade pessoal e cultural); entretanto, gostaria de pergunta-lo, supostamente na nosaa terra, o senhor ou tu, conforme preferir, já comeu morcego, macaco, talvez gato, coelho, buzio do mato, talvez serpente, entre outros animais que nao me caberia espaco para menciona-los todos, cre o senhor que todos devem considerar isso como normal?

    pois supostamente dentro da sua cultura, outrém talvez possa julgar que comer macaco ou morcego, conforme é hábito no nosso pais, tambem seja mais nojento e asqueiroso que a carne de cao.

    apenas exorto-o ao respeito pela diferenca alimentária de cada ser humano.

    • img
      Pedro Sousa Responder

      Não Sei se reparou no título da notícia:
      “Sabores de Taiwam deliciaram são-tomenses”, é baseado neste título que fiz o meu comentário, pois como disseste e muito bem toda a questão alimentar tem que ver com a cultura de cada povo; até aqui de acordo.
      Como sou São-tomense e tu também, julgo. Sabes muito bem que carne de cão não faz parte da nossa cultura, se o prato tivesse sido apresentado a um grupo de chineses, como é obvio o meu comentário na fazia sentido tendo em atenção a cultura deles.
      Obrigado, tomei boa nota do teu comentário.

    • img
      sydnei Responder

      MEU caro amigo não sei se foste convidado!
      espero que foste …para defenderes tamto esses ladroes de tesouro de STP..
      Como disse uns dos meus caro colega em baixo se queserm que os santomense deliciava o prato taiwam poderiam por em parque popular n no lugar que poucos podem ir ….so um burro que fai com tigo
      sobre a nossa cultura n sei se um dia houviu prato santomense em taiwam …. como aque é o que é é por isso..
      mas é uma boa iniciativa da parte taiwam espero que ripitam o mesmo festival no parque pupolar …porque sei que muito querim la ir mas o bilhete era uma fortuna não era?

  4. img
    falaverdade Responder

    Povo não é gente. Só eles podem provar. Diareia com eles

  5. img
    Madalena Responder

    Dai a pouco vamos falar a lingua de taiwan, nem saberemos comer matabala mandioca, inhame, fruta pao. promoção do nosso prato em Taiwam? Quando?

  6. img
    Miná di Céliví Responder

    Óoh! fizeram festa, não convidaram o povo, e agora vêm com esta de “sabores de Taiwan deliciaram santomenses…”
    Que brincadeira! Só convidaram os Senhores que alí estiveram, fizeram tudo no hotel pestana…não façam isso!
    se querem que os santomenses deliciem a gastronomia taiwanesa, que levem esta mostra ao nosso PARQUE POPULAR e convidem o povo! olha deveriam aproveitar e participar no festival que tem decorrido no Parque Popular nesses ultimos dias.

  7. img
    Kekwa Responder

    Srºs Taiwaneses, precisamos de receitas para tirar o País do fundo do poço e não de pitéus duvidosos.

  8. img
    atencao!!! Responder

    tomei tambem nota do seu achegue, companhero pedro sousa.

    mas é que a imediatez do teu comentário, de todos modos, pareceu meio sarcástico e pretendendo induzir e repudiar de antemao os valores de outrém, visto que embora se trate de comida chinesa, nao deve implicar com imediatez que se sirva carne de cao, nao obstante e repito, é pela imediatez da sua escrita que pude fazer tal juizo de valor. mas caso me tenha enganado, pois : “carpe diem” para apenas dizer-te: ” mea culpa”.

    ps: “aproveito para apenas para me desculpar.”

Deixe um comentario

*