00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

II volume de Reflexões Jurídicas reforça cidadania

Foi lançado o segundo volume do livro de reflexões jurídicas. Uma obra do juiz de Direito Hilário Garrido que pretende informar e formar a sociedade civil do país sobre questões ligadas ao direito e a política. Um livro considerado pelo seu apresentador como primeiro Manual de Informação Jurídica do país.

lancamento-livroReflexões Jurídicas são segundo o seu autor, Hilário Garrido, uma compilação de vários temas ligados ao direito e a política. «Política no sentido de vida do Estado. Explica o que é o Governo, etc. É um livro que explica as pessoas o que tem a ver com o direito constitucional, a interligação entre os órgãos de soberania. No essencial aborda questões da vida do Estado, ou seja o Direito Público», declarou o autor do livro.

livroNo lançamento do II volume que aconteceu no espaço CACAU em São Tomé, as Reflexões Jurídicas foram consideras como manual de formação jurídica. Jonas Gentil que apresentou o livro considerou ser um contributo valioso na formação da cidadania são-tomense.  Tanto para estudantes das universidades como para funcionários de diversas instituições públicas. «É importante num país onde existem universidades de direito em que os discentes não têm documento legal, sobre a nossa ordem jurídica. Por isso este primeiro manual de São Tomé e Príncipe na área jurídica é uma obra de grande utilidade para a sociedade», referiu.

Hilário Garrido garantiu que o terceiro volume já está na forja, e nele promete debruçar-se sobre o Direito Privado. «Haverá muitos volumes. Enquanto tiver saúde irei escrever. O II volume será virado para o direito privado, no fundo explicar as pessoas o que é isso de compra e venda, direito de propriedade, etc», sublinhou.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Escola da Máfia Gabonesa Responder

    Xêeee, professor todo poderoso PT chumbou este aluno com medíocre, afinal o aluno tem capacidade para escrever livros! Só com Cristo…

  2. img
    Aleluia Responder

    A presença do Digníssimo Reitor da UNIVERSIDADE DE S.TOMÉ E PRINCIPE atesta uma valia da obra do autor. O resto é conversa. Normalmente as universidades são o pulmão de um país.Bem haja Dr. Garrido. Força!

Deixe um comentario

*