Clip: UA destaca “laço profundo” entre lusófonos em África

PARCERIA / Téla Nón – Rádio ONU

Téte António. Foto: Rádio ONU

O representante da União Africana, UA, disse que vários países têm destacado nos lusófonos o “laço profundo” que não se encontra em outras entidades.

A União Africana tem o português como língua de trabalho, lembrou o  angolano Téte António na cerimónia de celebração do Dia da Língua Portuguesa na sede das Nações Unidas em Nova Iorque.

No evento, ocorrido esta quinta-feira, o diplomata disse também que é uma questão de tempo para que o mesmo ocorra na organização.

António revelou que a estabilização da Guiné-Bissau foi um exemplo da solidariedade entre os países que falam português.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*