Unaids quer que produção de camisinhas chegue a 20 bilhões até 2020

PARCERIA – Téla Nón / Rádio ONU

Agência da ONU alerta que mais de 1 milhão de pessoas adquirem doenças sexuais transmissíveis diariamente; especialistas calculam que são registradas 80 milhões de gravidezes não desejadas por ano.

Unaids logo.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, Unaids, alertou que mais de 1 milhão de pessoas adquirem doenças sexuais transmissíveis diariamente no mundo.

A agência da ONU calcula que o número de gravidez não desejada chegue a 80 milhões todos os anos.

Estratégia

Para combater esses problemas, a estratégia 2016-2021 do Unaids estipulou a meta de disponibilizar 20 bilhões de camisinhas por ano até 2020, nos países de baixa e média rendas.

Segundo a agência, já está provado que a camisinha impede 98% das transmissões de doenças sexuais, incluindo HIV. Além disso, as camisinhas, tanto masculina como feminina, evitam a gravidez quando usadas de forma correta e consistente.

O Unaids explica que apesar do aumento no uso de camisinhas nas últimas duas décadas, estudos mostram que o uso do contraceptivo durante a última relação sexual de uma pessoa com parceiros não constantes variou de 80% a menos de 30%, dependendo do país.

Inaceitável

O vice-diretor-executivo da agência, Luiz Loures, afirmou que “o investimento em camisinhas salva vidas”.

Ele declarou que “é inaceitável que tantas pessoas sejam infectadas com HIV ou outras doenças sexuais transmissíveis porque não têm acesso a algo fácil de usar, eficaz e de baixo custo como a camisinha”.

O Unaids disse que desde 1980, aproximadamente 50 milhões de infecções de HIV foram evitadas por causa do uso do produto.

Para atingir a meta de reduzir as novas infecções abaixo de 500 mil nos próximos quatro anos, a agência afirma que será necessário mais compromisso político e aumento dos investimentos em prevenção do HI

 

Notícias relacionadas

  1. img
    Cobra branca Responder

    E todas sao para mi. Kkkkkk…lol

Deixe um comentario

*