Comércio mundial crescerá acima de 2% até 2018

Avaliação da Organização Mundial do Comércio revela que 2016 teve o avanço mais lento desde a crise financeira; segundo agência, inflação e saída do Reino Unido da União Europeia aumentam  incertezas sobre políticas.

Foto: Banco Mundial/Jonathan Ernst

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

O comércio mundial pode ter um crescimento de 2,4% este ano, e entre 2,1% e 4% em 2018.

Os dados são da Organização Mundial do Comércio, OMC, que esta quarta-feira, em Genebra, apresentou as previsões para o crescimento global do comércio.

Choques

A agência destaca, no entanto, que há incertezas políticas que pairam sobre a evolução econômica global. Os fatores incluem a adoção de medidas restritivas comerciais e de contenção monetária.

As encomendas de exportações e transporte de contentores cresceram nos primeiros meses de 2017.

Mas a OMC destaca que a recuperação do comércio pode ser prejudicada por choques de políticas monetárias. Entre eles estão previsões de inflação que poderá obrigar os bancos centrais a ajustar rapidamente a política monetária além no corte do crescimento econômico e no comércio a curto prazo.

O outro fator seriam as dúvidas provocadas pela saída do Reino Unido da União Europeia.

Barreiras

A recomendação da OMC é que continue a ser reforçado o sistema comercial, a serem cumpridas as novas reformas e que sejam ultrapassadas as novas barreiras ao comércio.

Em 2016, as trocas comerciais mundiais cresceram 1,3%, um desempenho considerado o mais lento desde a crise financeira de 2008.

Um dos fatores foi a desaceleração ocorrida nas economias emergentes durante o período. A OMC espera que o grupo de países tenha um crescimento modesto este ano.

Outra justificativa para a baixa performance do ano passado também foi a queda nos gastos com o investimento nos Estados Unidos e na China.

*Apresentação: Monica Grayley.

 

Notícias relacionadas

Deixe um comentario

*