Economia

Porto do Príncipe 5 meses sem uma grua

A única grua que operava no porto da ilha Príncipe, foi instalada no porto regional em 1978. Em Dezembro de 2009, a grua com capacidade para 9 toneladas caiu ao mar quando tentava retirar um tractor do barco ancorado no cais de Santo António. Há 5 meses que a descarga de mercadorias tem sido feita manualmente no porto da ilha, e com impacto grave na inflação dos preços das mercadorias.

Segundo o Jornal Príncipe On Line, do jornalista Teobaldo Cabral (endereço / príncipe-online.com), os operadores económicos da ilha do Príncipe estão desesperados. Por causa da falta da grua a descarga das mercadorias é feita manualmente e os prejuízos são avultados. «É uma situação muito difícil para nós, porque para além de perdemos tempo perdemos dinheiro. O armador que nos cobrava 40 mil dobras por cada saco de cimento ou arroz, hoje pede 47 mil. O combustível como gasolina chega a Região em depósitos de mil litros agora são descarregados a motobomba, além de cargas pesadas que não podem ser descarregadas. É tudo muito arriscado e dispendioso», afirmou António Barros da Câmara do Comércio da Região Autónoma em declarações ao primeiro jornal on-line do Príncipe.

Por sua vez o delegado da ENAPORT no Príncipe, realçou outra grande dificuldade. Tem a ver com a atracagem das embarcações no pontão regional. «O porto tem de calado 1,5 em maré baixa e 2,5 em maré alta. Os navios que, em muitos casos, chegam de madrugada têm de esperar a maré alta para poderem atracar e só depois começarem a descarga manual» afirmou Gervásio Juca Managem.

Segundo ainda o Jornal On Line do Príncipe, o Governo Regional liderado por José Cassandra, propôs ao Governo Central de Rafael Branco, a compra de uma grua de quinze toneladas com fundos de emergência que o país recebe da União Europeia.

O Jornal de Teobaldo Cabral, acrescenta que se tudo correr como previsto, a nova grua deverá chegar a Região em Setembro deste ano.

OBS : Brevemente estará disponível no Téla Nón um link para o primeiro Jornal Digital do Príncipe.

Abel Veiga

    34 comentários

34 comentários

  1. Eliel T.

    7 de Junho de 2010 as 20:51

    situação, môs manos– Nós do Príncipe stamos nas tintas. Fazer oquê se o “Rafa” e o “Dique” stão nem aí!!???

    • Eliel T.

      7 de Junho de 2010 as 20:53

      só temos mesmo é de fazer pressão ao “Zé”, se for preciso com “xixilação”. lol

  2. Helves Santola

    7 de Junho de 2010 as 21:50

    Situação chata essa hein! Mas são coisas que acontececem…..

    • N'gumba

      10 de Junho de 2010 as 1:44

      Uma grua imaos!!!! uma grua!!!
      mas, uma grua ééé!!! Que tristeza o pais que me viu nascer e crescer….

      • Mina tlindaje

        24 de Junho de 2010 as 10:28

        É verdade irmão, têm dinheiro para guar nos seus boldos e não têm para comprar uma grus!!

  3. Voz do Povo

    8 de Junho de 2010 as 3:54

    Vcs do Principe que se aguentem. Votaram no Ze por ele ter mostrado ser serio, e agora vem vos traindo numa amizade desfarcada com com filho de Gorgulho Trovoada, Patrice Trovoada que vcs proprios tambem colaboraram-no e consentiram no tal pacto de entendimento assinado com o filho de Gorgulho Trovoada, Patrice Trovoada. Mas esperem ai e reparem que o Principe esta la bem perto da Nigeria, acordem porque o Patrice Gorgulho Trovoada quando, e se chegar ao poder vao vos vender todos a Nigeria e implementar ai uma ditadura total. Agora o que vcs devem fazer eh, fazer publicamente uma demostracao para que ganhe nivel internacional e boicotem a eleicao no principe enquanto nao for solucionado o problema da grua que vos afecta ja a mais de 5 meses. Abram os olhos! Num Estado democratico a Voz do Povo eh a Votande de Deus! Viva a voz do Povo! Viva!

    Fui………………!

    • Yuri Santos

      9 de Junho de 2010 as 16:05

      A situação no Príncipe esta a piorar mais nós temos que ter fé em Deus e no nosso governo

  4. ORLANDO TROVOADA

    8 de Junho de 2010 as 8:17

    É vergonhoso e lamentável que até os dias de hoje possamos estar a presenciar casos como estes…. depois de tanto tempo de independência a situação contunua na mesma . Mas sei que há sempre para aqueles senhores do governo central muitas saidas, viagens , estágios, carros novos, e muito mais muito « leguelá » , e o povo ? TIREM A MÁSCARA E SALVEM O POVO QUE VOS ELEGEU DO SOFRIMENTO.

  5. Joker Voz do Povo

    8 de Junho de 2010 as 8:51

    Estão vendo? Isto só pode ser coisa de brincadeira? São cinco meses. Cinco meses e ainda não resolveram o problema? Abel, podes nos informar ou mesmo através do Teobaldo se o tractor e a grua estão no fundo do mar ou se sairam? Podes nos informar como estão sendo descarregados os equipamentos para a reparação/remodelação do aeroporto do Principe, se é que não há gruas? Por favor, nos do Principe que estamos fora do país queriamos ter essa informação.
    bom trabalho

  6. Alberto Nascimento

    8 de Junho de 2010 as 9:34

    MLSTP ta-se nas tintas! PCD, ADI e as outras empresas tambem. mas eu acredito k um desgraçado prometera algo agora nas campanhas. è incrivel!

    • triste

      9 de Junho de 2010 as 19:41

      olha mais um que de certeza esta a espera de //banho// mas voces vao levar uma limpeza mais tarde ou mais cedo.voces deviao de ser preso e obrigados a trabalhos forçados a construir estradas e edificios como se faz aus criminosos americanos.era bom ver a quadrilha do fradic e companinha com roupas as riscas a seren uteis au pais para variar.

  7. alberto

    8 de Junho de 2010 as 10:10

    As regras de gestao permite fazer um amortissementos dos investimentos de maneira a poder ter um fundo de reserva de maneira a fazer face aos imprevistos!

    A culpa é so do governo ou da ma gestao.

    Propio porto de Principe tem que cobrar uma taxa ou algo parecido para poder ter um fundo e deixar de depender de sao tomé, para o bem de todos santomenses de principe.

    Bem haja para todos os oprimidos!

  8. Emilio Pontes

    8 de Junho de 2010 as 11:49

    Senhores,
    Para quando a verdade.
    O capitalismo e a religião não t~em sido generosos para os pobres de S.Tomé e Princípe nesta faze de maior acumulação de riqueza individual,e ficam a olhar a hierarquia social e económica criada, e seus habitos de excessivos consumo globalmente assumidos.

    Meus senhores,o colonialismo não foi um sistema de cooperação ou desenvolvimento, foi sim de exploração económica. Obtida a independência a 12 de Julho de 1975, as estruturas herdadas do colonialismo levaram tempo a atingir os níveis de operacionalidade desejável, porque os santomenses necessitavam de tempo para formar os quadros, contudo formaram-nos e continuam fazendo aquilo que o colono recusou fazer durante 500 anos.

    Eu estive no princípe nos ultimos dois meses duas vezes. Andei por quase todas eis roças. O Pessoas que vivem la na minha modesta opinião estão numa cadeia ao ar livre. Se continuar assim aquela gente nos proximos cinco anos estará perdida.Orçamento da ilha se é que assim se pode chamar só da para despezas correntes. A administração do Principe trabalha das 8h as 13h. Razão problema de energia. Dieta alimentar penosa. Porto conforme reza a reportagem uma vergonha o que constatei. Aeroporto espelho da ilha uma pena. Hospital é para esquecer. resumindo. Sair do Princípe numa situação de emergência nem pensar. Aluguer de uma aeronave custam 2000 euros até S.tomé.

    Como é que o governo de S.Tomé e Princípe quer lutar contra pobreza absoluta e subdesenvolvimento ao mesmo tempo que importam tudo, incluindo comida?

    Um exemplo; Quantos sacos de cacau, café, pimenta ou coco são necessários para comprar um computadro, uma TV plásma que esta na moda, uma carinha de cabine dupla, geepes que vi rodar pelas ruas lá.

    Angola tornou-se sócio de muitas empresas Portuguesas e multinacionais ocidentais, dirão tenhem dinheiro, petroléo, não é só por isso é uma questão de estratégia.

    Sabem o que fizemos quando pegamos nos primeiros tustões?

    Fomos depositar 50.000.000 milhões de dólares num banco de primeira linha Americano ou texouro coisa que pareça para futuras gerações. Será que este dinheiro ainda existe? Quanto ganhou o País de juros sobre o montante. Não dava para desenvolver pequemos projectos?

    Antes de comcluir, desafio os senhores que tenham dúvida do que relatei a passarem o proximo acto central de 12 de Julho no Princípe. Quero Vêr como é que vão todos para lá, onde vão ficar hospedados, em que viaturas vão circular, o que vão comer,etc

    Temino por aqui. espero que seja bem compriendido. Só quiz comtribuir.

    E.P

    • Alberto Nascimento

      8 de Junho de 2010 as 16:19

      “50.000.000 milhões de dólares” não entendi, senhor!

      50 milhoes de milhoes de dolares?
      ou 50 milhoes de dolares?

      se cuida!

  9. Red Bull

    8 de Junho de 2010 as 11:51

    Meus compatriotas do Príncipe
    Colegas e amigos da Quinta de Santo Antonio.
    Hoje é tempo de mudarmos o nosso país, sofremos Buê, ate aainda continuamos a sofrer. Conheci Ilha do Principe em Agosto de 1990, quase que chorei pelo estado do cais, fui num Carioco, barquito de pesca, fui agarrado na chaminé do bote. passei perigo, tudo por causa de pobreza e de incompetência dos dirigentes. Ora vejamos, se um país tem uma grua de 1978, é suposto e razoavel saber de que passando anos, a mesma fica velha. Outrossim as necessidades, a procura, o aumento da População, ou mesmo o desenvolvimento. Vamos fazer um pacto, chegou o momento de demarcarmos dos partidos politicos de Sao Tome e Principe, e elegermos o país acima de tudo. O futuro de São Tomé e Principe não está perdido, ele está ao nosso alcance. A juventude deve mudar esse país, a Força, basta, basta. Idéias novas , gente nova, intelectual, com brio profissional.
    Vivemos um castigo sem necessidade. Falência fraudulenta. A quem interessa este estado de coisas?
    Vamos renovar as elites deste paìs, não importa o partido em que estamos ligados. Renovação Total e Complecta.
    Muito obrigado, senhor dirigente, por tudo aquilo que fez nesse paìs, Obrigado. Fica no seu Lugar, e recebe a sua reforma.

  10. Emilio Pontes

    8 de Junho de 2010 as 11:52

    AS pessoas que vivem lá digo.

  11. acordam gente!!!

    8 de Junho de 2010 as 12:35

    Senhor voz do povo, muita atenção, o que senhor quer dizer com vcs do Príncipe? O senhor por acaso sabe alguma coisa sobre o Príncipe? É muito importante que comecemos a moderar a nossa escrita, porque este espaço não foi criado para ofender ninguem, mas sim para opinarmo de forma livre e sentir-se democratico…

    • Emilio Pontes

      8 de Junho de 2010 as 14:10

      Acho que não me entendeu. Eu conheço bem o Princípe. Vivi lá e tenho estado lá ultimamente.

      • Pedro

        8 de Junho de 2010 as 16:34

        Não vale a pena! A pobreza tornou-nos ignorante ainda por cima!
        O comentário do “Acordam Gente” é tipico de nós os são-tomenses(os da ilha do Príncipe também)
        Fuiiiiiiiiiii

  12. Bili Uê

    9 de Junho de 2010 as 4:27

    Daria para comprar uma grua nova com o dinheiro usado pelo PCD para comprar os 14 Jeeps?

  13. FILHO DE DEUS

    9 de Junho de 2010 as 12:28

    o mundo de interesse politico e mesmo assim lembram se que o homem manda por tempo deus manda para sempre.tudo que e de aqui fica aqui. obrigado deuspela a oprtunidade que tens me dado.

  14. renancista

    9 de Junho de 2010 as 12:38

    e preciso que o povo retire o poder que foi confiado a aqueles que dizem ser os seus representantes.
    creio que e o momento crucial para fazerem isto, pois afinal de contas no mundo democratico poder esta nas maos do povo.

  15. Chicodesperto

    9 de Junho de 2010 as 13:49

    De todas opiniões veiculadas aqui apenas considerei construtivas as ideias de Emilio Pontes parabéns Emilio Pontes. O resto é botabaixismo, pessimismo, maldizer e ausência de conteúdo e ideias. Também já estive no Príncipe e constatei situações incríveis de isolamento e de pobreza. Mas se me permite amigos do Príncipe um conselho e serve também para os santomenses da ilha de maior não esperem pelo Governo Central e Regional que façam algo por vós. Como dizia o presidente John Kennedy e muito bem “Não perguntem o que o país pode fazer por vós. Perguntem o que podem fazer pelo país”. Mas que eles o governo são corruptos há isso não duvidas e temos que combate-los como o povo que somos mas não com as disparates de algumas opiniões que leio aqui.
    Caros principenses sejam criativos e façam vocês mesmos por esta ilha maravilhosa não vem com desculpas como alguns no príncipe ingenuamente fazem de que os culpados dos problemas do Príncipe estão em São Tomé.

    Abraços

  16. hugo Lima

    9 de Junho de 2010 as 16:03

    E uma tristeza tudo isso, quando não têm lutam pra ter em nome do povo. quando têm ja não sabem o k fazer é só carros, casas, e viagens.Falaste muito bém Emilio Ponte. Não sou do Príncipe não conheço a realidade mas sou Santomense e como vi a situação de Saõ Tomé imagino o Príncipe. Um dia eles todos vão ter que responder por tudo isso.

  17. Dalingher ramos

    9 de Junho de 2010 as 20:42

    AONDE ESTÁ O ORÇAMENTO DA ENAPORT?
    QUE FACTURA BEM QUE JA DEVERIA PREVER QUE UM DIA ISTO HAVERIA DE ACONTECER,MEUS SENHORES VOCES NAO VAO DEIXAR S.TOMÉ REPARAR A GRUA QUE AVARIOU PORQUE SE SR DIOGO FIZER ISTO VAI ACONTECER QUE NUNCA MAIS TEREMOS UMA OUTRA NOVA PORQUE JA SE CONSEGUIU REPARAR A VELHA HAHAHAHA ISTO EM PARTE NENHUMA NOS JA ESPERAMOS ESSES 5 MESES VAMOS ESPERAR PARA NOVA NAO QUEREMOS VELHARIA VAMOS ABRIR OS OLHOS ISTO É TRETA DE QUEM QUER CALAR BOCA DO POVO COM REPARAÇÃO.
    ORA VEJAMOS A GRUA SÓ NAO FEZ VITIMA MORTAL POR SORTE, PORTANTO AINDA VAMOS ACEITAR A REPARAÇÃO? NUNCA BEM QUEM MANDA É O SR GERVASIO MANAGEM NESTA AREA NO PRINCIPE E ELE É SUFICIENTEMENTE INTELIGENTE PARA NAO DEIXAR ESSE MAL SE CONCRETIZAR.FUI

  18. manuel fernandes da trindade

    10 de Junho de 2010 as 0:51

    Sr. Abel porque não coloca no seu jornal o contador automático? Fala sempre de milhares de visitantes evocando google que só o sr. tem acesso. Trata-se de censura ou outra coisa. Peço como fiel leitor do téla nón que coloque o contador automático visível. Porque pode-se pensar que são conversas suas número de visitantes. obrigado.MFT

    • abelveiga

      10 de Junho de 2010 as 6:21

      Estranho duvidar de um relatório da GOOGLE, e acreditar num contador automático que pode ser viciado.

  19. CL. Gafanhoto

    10 de Junho de 2010 as 10:59

    Mas uma vez venho dar a carra a este espeço de comentarios do Tela Non olha gentes do Principe mino Ihé levantemos com coragem n vamos cair em ciladas porque estes memorando, novs horizontes sao fachadas do mlsttp e do sr dt Patrice Trovoada q bem sabem ja provaram mas uma vez de nao ligraem a nossa querida ilha, ponto final o pvo é q decide vamos boicotar as eleiçoes legislativa emquanto nao houver uma Grua de pelo menos 15 toneladas no nosso prto ao minimo pq issso n vai trazer desenvolvimento mas vai minimizar as coisas, porque temos q ter porto e aeroporto em condiçoes dignas pr acolher pessa q veem vistar a nossa terra

  20. pótó da costa santana

    10 de Junho de 2010 as 16:37

    Iném mino Nketê, tudo quaxi cu nóm isca passa sa flida glagantche, cunda óla as ca tendê cu ni Guiné ascá mata niguê de goveno cu pligidentch, nó isca fla cu ê na ca pô sa fá, magi cúa cu inem isca xintch nón na sêbe fa inem dóno ké só sêbe andji ké isca ca sôbê .
    Cunda inen de pulitica de Téla nón cu deçu da nón, isca flóga cu povo, magí fadinean Homén cá manda cu tempo deçu só ca manda pla semplé, Keiiiiii inem sú muê tóma cunxença fá!!!!!!!
    Inem anzú nacê ca bá téla longe ba iscóla óla nen ca bí inem sá dotolô , inem mé só ca toma luguê sé ni ministerio, ní goveno cu tudu tudo repatiçon. Inén issé nón sa di bíla piscadô, capintelô, balêdô d` lua, monangamba, sanguê limpeza cu ooutlo outlo tluviço de nón piqueno.
    Sum Rafael , Sum Fradique, maxibim sé de Tlovada, cu outlo outlo inem sunguê de politica de tela sé a pódamo cunfiança mêce punta nancê cunda ca manda nancê na cá fla cu inem migo xi cu cada nacê jelu, inem jeep sé glavi cu a ca paxa cuê ni poçon ca goló muala nón cu inén mina nón; kè sé cu atê ni putuga jelu sé cu nancê ca da nim inem maya cunvivenxa nancê pá inem ba téla, outlo outlo cúa, xi nancê na sêbe kê migo fa? ngazuda migo de Gabon, Taiwan, Putuga, Libia,ngola cu outlo tela zunta jelu sé mó aca junta fexo de bassola ba compla um tlator sé de tchila kega ni vapô zuda povo cu sá na lá plinxipe esca soflê bô mé bi cu unwâ vapô cu tada dôsso olha dja tangana tan ê dana iô jelu qua gasta . Nancê nas cá fêfa ,punda nancê na mecê, nancê mecê pa povo ca sá ca boiá món mó ségo, un isca pidje poda xi um fla maliê. Sum Rafael fla cu sum sé da la palaxo cú ca gosta ba fessa ni outlo téla ba bêbê champanhi cu inem migo de guine ècatorial de passa uma mêge ni plinxipe pelo menu nacê ca bê modó cu tela sá modó cu povo ca vivê, exem povo cá tê pena sum pê sum mó pligidentche pê mdfm ni goveno, axi nacê cabila cumé jelu maxi xinco ou 10 ano, cuda captaji cu sá capatagi ê cá ba mato ba pia tlabadô. Nancê cu ca gosta de pódê tón kuidado pa otlô niguê na fê zaó a ca bi fla quê mecê ton lugué de nancê. Cunda cuá ce fè nancê sá uê xá cu cubissòso (um bé um bí un sai mé)

  21. Chicodesperto

    11 de Junho de 2010 as 0:02

    Caro pótó da costa Santana não sou especialista na nossa língua materna e confesso que com muita dificuldade consegui ler o seu ponto de vista que se debruçou sobre o tema recorrente que é a corrupção na nossa terra. Corrupção existe e já houve condenações pelo tribunal de contas. Claro que temos de fazer ainda mais para combater esta praga. O que temos que fazer é denunciar esta pratica e se reunirmos provas existe um tribunal que se encarregara de julgar os culpados. Pois como sabes não basta apenas acusar temos que provar. Não podemos divagar sobre assunto serio atirando nomes personalidades sobre o que fazem ao menos que tenhamos na nossa posse um conjunto de evidências. Porque ouvi dizer, disse que disse não prova nada. Não é dessa maneira que vamos combater os corruptos. Também não me parece que a solução seja a liquidação física das figuras do estado como tem acontecido na Guine Bissau por mais malvados que sejam os nossos políticos.
    A situação no nosso país é crítica do ponto de vista económico e social mas seria pior se recorrêssemos a violência como forma de solucionar o problema.
    Um país em que um presidente ou um governo é assassinado perde todo o tipo de credibilidade para atrair investidores estrangeiros.
    Quem vai investir num país em que as principais figuras do estado não tem segurança. Se não respeitam a integridade física de um presidente como podem garantir a segurança de um cidadão comum? Eu sou um critico deste e de outros governos mas não acredito que a solução para os nossos problemas seja o recurso a golpes de estado ainda mais contra um governo legitimado.
    Pense nisso meu caro.
    Se não for pedir muito queira-me explicar esta frase na nossa língua materna
    “tudo quaxi cu nóm isca passa sa flida glagantche” traduzindo para portugues ficaria “tudo o que estamos a passar é ferida da garganta” o que é que queres dizer exactamente com isso?

    • pótó da costa santana

      11 de Junho de 2010 as 16:05

      a tradução desse verso é a angina é unica ferida k se engole o puz só fizemos isso pk ñ temos alternativas

  22. lambuco

    15 de Junho de 2010 as 19:56

    É de lamentar esta situação, como diz um amigo meu isso não é país é terra.

  23. Mateus Cunha

    17 de Julho de 2010 as 22:30

    tudo aquilo que diz respeito a pulítica em qualquer lugar de mundo não deixa de ser uma fexada..
    todo aqueles falabué maldignos burrrrros que nem sabe escrever seu nome tem que saber que o povo é sempre mal agradecido..o povo santomense está como mulheres profissional de sexo se não da dinheiro não vota e quando os candidatos ganham tem que cobrar aquilo que gastou na campanha com estória de banho…
    Caso de grua na ilha de principe ningue culpa T0zé Cassandra porque não foi ele quem jogou grua abaixo …..
    Esses cães de caça filho da terra que andam no estrangeiro só a criticar deviam ver o que tozé fez no principe em três a trinta e cinco anos de independençia não se fez(silvestre representava rei amador Damiao só batia com a boca em cima da mesa zéferino só puxava calça pra cima apra fumar…
    Os caxorrrros não contribuem e só andam no estrangeiro a criticar..
    São eles que nem casa se interessou de fazerna ilha e estão fodidos com Tozé porque ele mandou deitar abaixo a casa com que eles faziam plano para viver velhice…)
    Tozé é tudo que mas se colaborassem nos trinta e cinco anos assim o Principe teria uma outra visão… até raposa que não anda de dia já estava a formar família na cidade….Sou filho da ilha nasce criei e saí de a menos de um ano e sei tudo um pouco do que se passa ….

  24. HOMEM VIVO

    23 de Agosto de 2010 as 22:46

    COMERAM TODA GUITA,ERA UMA VEZ…GRUA,AGORA É FORÇA HUMANA NÃO HA MELHOR DO QUE ISSONÃO AVARIA QUALQUER MANEIRA É SO DAR COMER BEBER….

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo