Economia

CMA CGM ainda na busca de parceiros financeiros

A empresa que através da sua filial Terminal Link, assinou com o estado são-tomense para a construção do porto em Águas Profundas na zona de Fernão Dias, ainda não encontrou parceiros para injectar capital nas suas finanças. As obras do futuro porto de Fernão Dias, inicialmente previstas para 2010 foram adiadas para o primeiro trimestre de 2011.

Na luta para sanear as suas finanças, sobrecarregadas com uma dívida de 5,3 mil milhões de dólares, a terceira maior transportadora mundial de contentores, a CMA CGM, propriedade privada da família francesa Saad, continua a procurar parceiros que possam injectar capital fresco e forte nas suas finanças.

Aliás a crise financeira mundial que afectou bastante o sector dos transportes marítimos, obrigou a empresa mãe, CMA CGM, a orientar a sua filial Terminal Link que assinou acordo com o estado são-tomense a adiar o início das obras de construção do porto de águas profundas em Fernão Dias.

Em Julho último o Téla Nón deu conta que a CMA CGM teria conseguido acordo com o grupo financeiro do Qatar, Qatar Holding, para injecção de 1 bilião de dólares a troco da entrada do grupo do médio oriente no capital social da companhia francesa. Mas o entendimento alcançado acabou por fracassar, noticiou a Agência France Press.

No início do mês de Agosto, outro grupo privado desta feita europeu, cancelou as negociações com a CMA – CGM com vista a participação no capital social do armador francês. Segundo a AFP, trata-se do grupo financeiro belga Albert Frère. Em declarações a AFP, um responsável da empresa francesa garantiu que mesmo assim o grupo continua a negociar com diversos parceiros com vista a conseguir acordo.

A importância do futuro porto de águas no desenvolvimento de São Tomé e Príncipe, incentiva o interesse nacional pelo conhecimento da situação financeira da CMA – CGM.

Abel Veiga

    19 comentários

19 comentários

  1. Leopardo

    24 de Agosto de 2010 as 12:40

    Ilusão….

  2. jp

    24 de Agosto de 2010 as 13:04

    Será que o contrato com essa tal CMA CGM não consagra nenhuma clausula de rescisão em caso de incumprimento ? Creio que já está claro que ela dificilmente irá mobilizar os fundos e o mais certo é que tentará tirar proveitos do acordo assinado com o Governo de S. Tomé e não implementar o que quer que seja….

  3. Emilio Pontes

    24 de Agosto de 2010 as 13:34

    No dia 15 de Julho por ocasião do dia de França o encarregado de França em S.Tomé e Principe anunciou; dentro de algumas semanas a companhia CMA teria o capital necessário.

    Conclusão!!!!!!

  4. hugo lima

    24 de Agosto de 2010 as 14:06

    Assina-se o acordo depois busca-se o parceiro ou financiamento. é possível isso?
    EM stp tudo é….

  5. jaka doxi

    24 de Agosto de 2010 as 15:01

    EU BEM DISSE QUE A NOTICIA VEICULADA NA ÉPOCA DA CAMPANHA PELA EMBAIXADA DE FRANÇA ERÁ UMA FANTUXADA. E ASSIM CONFIRMA-SE QUE OS CORRUPTOS PARA CONSEGUIREM ESTAR NO PODER TUDO FAZEM.
    AINDA BEM QUE O POVO PERCEBEU A MENTIRA E A POUCA VERGONHA.

  6. Perreira

    24 de Agosto de 2010 as 16:14

    O antigo ministro delfin e q sabe. Perguntem a ele e os acessores dele qt ganharam com esse processo. o ministro da laje ahhahahhhahahah

  7. Leopardo

    24 de Agosto de 2010 as 16:22

    Existe um Gabinete Fantasma no Ministério das Infra-estrutura, há 5 anos, sob liderança do Eng.º António Aguiar e alguns amigos que nada têm feito pelo projecto, no qual têm contribuido para aumentar as despesas do Estado com somas avultadas no que toca ao salario.
    Peço ao actual Ministro que tome medidas relativamente a este Gabinete e acabe com a teia de corrupção existente.

  8. Moralita e legalita

    25 de Agosto de 2010 as 3:52

    Na nossa módica opinião o Governo de São Tomé e Príncipe deve analisar a possibilidade de rescisão do contrato celebrado coma CMA CGM, pois estamos perante uma situação de incumprimento do contrato. Não há outra saída; rescisão do contrato é a melhor alternativa.
    Por outro lado, aconselhamos ao Governo de STP a reiniciar as negociações com os AUTORES DO MASTER PLAN (EQUIPA TAIWANESA). Segundo informações que chegaram até nós os taiwaneses ainda estão interessados a financiar o Projecto de Constrção de Porto de Aguas profundas em STP e a baixo custo em comparação com o da Terminal Link. Também gostaríamos de recordar que foram os taiwanesas que elaboraram o CROQIS DO PORTO.
    Somos de opinião que a construção de um porto acostável em STP é de extrema importância para o país, mas aproveitar a campanha eleitoral para vender mentiras é reprovável a todos os títulos.
    Um bem haja a todos e abaixo a demagogia!

  9. Leopardo

    25 de Agosto de 2010 as 15:56

    Moralita e Legalita…desculpe, mas não foram os taiwaneses que apresentaram croquir do Porto, mas sim, os americados que apresentaram projecto e estudo de viabilidade do Porto.

    • hugo lima

      28 de Agosto de 2010 as 9:10

      Leopardo,
      Seja como for não estão a cumprir, por isso no momento o mais viável é a rescisão do contrato.

  10. Fernando Magalhaes Santana

    25 de Agosto de 2010 as 16:39

    aro amigo Leopardo e outros,

    O eng. Tony Aguiar e’ coordenador do GIPA (Gabinete para controlar todos projectos de Porto e Aeroporto de STP) junto ao ministrio de Obras Publicas, em nome da SOCOGESTA. O eng.Tony nao e’ funcionario do estado mas sim, da SOCOGESTA, uma empresa privada que gere os progetos para o estado santomense. Outros membros dessa empresa, e’ dr. Felinto Costa Alegre, eng. Norberto Costa Alegre, etc…. O governo de STP esta’ amarado nas maos destes senhores. Eles e’ que gerem os progetos ligados ao porto e aeroporto. Convencem o governo a formar a mafia intelectual e assim ficou. O ridiculo ainda e’ que o Felinto era conselheiro jutidico do ministro Delfim Neves e outros ministros do PCD e ao mesmo tempo e’ dono da SOCOGESTA que gere os projectos de porto de aguas profundas e desenvolvimento do aeroporto. Isto ainda nao e’ conflito de interesses? Em vez de colocar tuno nas maos de uma so familia privada, acho que devia ser o governo de STP a gerir o projecto de aguas profundas e aeroporto atravez do seu ministro encaregado. Simples. Em vez de criar o saco azul

    2) Os salarios do membros de SOCOGESTA/ GIPA sao altissimos e em Euro. Ate ha cidadaos e deputados de partidos como MLSTP que no fim de cada mes vao ao ministerio receber salarios (2000-3000 euros) naquele gabinete de Tony Aguiar, para fechar a boca. As pessoas nao trabalham mas vao la receber salario altissimos em euro. Neste andar nunca havera nenhum porto de aguas profundas perante tamanha corrupcao. Havera’ talvesz porto de aguas xelele’ no cofre de estado.

    3) falando de transparencia, olhem so que tipos de viaturas do eng. Tony e do dr Felinto? Nao e’ por coincidencia. toda gente agora tem que ter carro melhor ou igual ao dos minstros. Acho que uma sindicancia no processo de aguas profundas, SOCOGESTA, GIPA deveria comecar por fazer melhor sentido do que exigir apenas ao Patrice Trovoada a revelar as suas contas bancarias.

    4) Espero que que o minstro actual tenha coragem de desmantelar a rede que tem no seu ministerio a comecar por alguns funciionarios que estao la mais perto dele. Sr. Ministro analiza os salarios por favor, sua origem e suas aplicacoes e com uma lupa forte. boa sorte.

    • Polvo Paul

      26 de Agosto de 2010 as 14:24

      Gostei da forma com relataste este facto, é mesmo Filintro que preparasse para ser Presidente de STP. Haja paciência eles andam mesmo a destruir o nosso país isso não pode ser, temos que fazer algo mesmo se tivermos que converter em bombistas suicidas.

      • sheila

        15 de Setembro de 2010 as 16:21

        Serás o primeiro a morer, porque não é sendo bombistas e suicidas que se resolve problemas. Tens razão, filme é demais como é que você não tem alucinações.

  11. Leopardo

    26 de Agosto de 2010 as 10:21

    Fernando Magalhães, subscrevo as suas falas. É tudo verdade o que dizeste.

    • hugo lima

      28 de Agosto de 2010 as 9:18

      É bom que todos os santomenses tomem conhecimento dessas anómalas existente no país.
      E que o governo possa utilizar esse meio, para descobrir e tomar medidas coerentes sobre todas situações anómalas ou melhor diabólicas existente no nosso STP.

      Obrigado Fernando Magalhães

  12. Costa e Sousa

    29 de Agosto de 2010 as 10:26

    ISTO FAZ-ME LEMBRAR A HISTORIA DE ZONA FRANCA NO PRINCIPE. QUE GRANDE PALHAÇADA!

  13. Jorge Jose Da Mata

    20 de Setembro de 2010 as 18:29

    Credo, credo, credo… batoteiros. Basta

  14. norberto varela miranda

    3 de Outubro de 2010 as 15:25

    quando e que podemos contar com os nossos dirigentes?

  15. SAMBA

    7 de Outubro de 2010 as 11:20

    meus caros
    temos que incutir de uma vez por todas que STP é de todos nós, cada um deverá dar a sua prestimosa colaboração para o engrandecimento desta nação…”contar com políticos/dirigentes???!!!!” nunca, até o sr. zézito povinho, começa a ilubriar e enganar; como a galinha e o ovo de ouro, pra ficarem sem nada; caso do Link, zonas francas, stp trading, etc; conto-vos só uma história: quis ajudar um zezito povinho: o tipo me xuxou e tive que vender o investimento que era ajuda pros dois, ou seja, até a classe mais baixa(exlorada) já começa a aprender com os nossos “irmãos” políticos sim…pelo total discredito, penso só com alucinações”bombistas” poderemos travar a situação; sem querer mencionar a n/justiça que n ajuda em nada!!!!!Pastecum a todos caloteiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo