Economia

Conselho de Ministro dá luz verde esta segunda feira para a assinatura do acordo de investimento na ilha do Príncipe

“As informações que tenho é que já não há nenhum ponto de discordância entre o Estado e o investidor”. Garantia do Primeiro-ministro Patrice Trovoada que anunciou para esta segunda feira a análise do acordo de investimento da empresa HBD-Boa Via de capital sul-africano na ilha do Príncipe.

Segundo Patrice Trovoada, na reunião do Conselho de Ministros desta segunda – feira o Governo deverá aprovar o projecto de investimento e ordenar que os serviços do Tesouro e Património assinam o acordo de investimento com a empresa HBD-Boa Vida de capital sul africano. «Iremos em conselho de ministros voltar a olhar para este projecto tão importante e tão abrangente e dar os poderes para que os serviços do tesouro e património possam assinar o documento», assegurou o Chefe do Governo.

O investimento da empresa sul africana-HBD Boa Vida, está avaliado em mais de 70 milhões de euros. O Grupo sul-africano, vai construir uma nova pista no aeroporto do Príncipe, permitindo a aterragem de aeronaves de médio porte. Centros de formação profissional para a população do Príncipe, junta-se ao leque de empreendimentos a serem construídos na ilha, com destaque para unidades hoteleiras viradas para a promoção do turismo ecológico.

O acordo de investimento que deverá ser assinado esta semana, é conseguido graças a determinação do povo da ilha do Príncipe, que se levantou para exigir a assinatura do acordo e protestando contra a implementação do projecto de plantio de palmeiras para produção de óleo de palma na ilha, através de investimentos da empresa belga Agripalma.

Recentemente em declarações a imprensa o Presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cassandra, explicou que o Governo Central, se comprometeu em procurar terras na ilha de São Tomé para conceder a Agripalma, em troca dos terrenos da roça sundy, que passam para as mãos do grupo sul-africano, para desenvolvimento do turismo ecológico.

Abel Veiga

    20 comentários

20 comentários

  1. Costoleta

    12 de Fevereiro de 2012 as 19:34

    Muito bem. É isto mesmo. Eu não sei porquê que perderam tanto tempo só para assinar este documento que, segundo me consta, é útil para o Príncipe e para todo o contexto nacional. Sinceramente que eu não percebo tanto paleio do governo central para assinar tal documento. Parece algo que estão a fazer algum favor ao povo de Príncipe em particular e mesmo ao povo de S.tomé. Não é o investidor que precisa de nós mas nós é que precisamos de investimento estrangeiro. A atitude do governo central agindo como se estivesse a fazer um favor ao empresário da África do Sul é provinciana e pouco responsável. Existem países que estão a procura deste investimento e nós arrumamos em patetas engraçados correndo o risco de desperdiçar ocasiões que podem contribuir para o desenvolvimento do país. É triste esta situação. Neste aspecto o governo agiu muito mal. Ainda bem que retificaram a sua atitude e vão assinar o documento em causa. Ninguém percebe este paleio todo num país que precisa de investimento estrangeiro para criar postos de trabalho e encontrar uma almofada para o seu orçamento de Estado.
    Que tudo dê certo.

  2. Luis Almeida

    12 de Fevereiro de 2012 as 21:44

    Excelente noticia.

    • joao serpa

      12 de Fevereiro de 2012 as 23:23

      Excelente noticia

  3. N PARA POR AI

    13 de Fevereiro de 2012 as 0:11

    VIVA A ILHA DO PRÍNCIPE

  4. Tentchi

    13 de Fevereiro de 2012 as 8:25

    já não era sem tempo!

  5. Justino Manuel Abreu dos Ramos

    13 de Fevereiro de 2012 as 8:53

    O senhor que faça isso com a maior clareza e eficaz e que as populações do principe não saia prejudicado, e que o senhor tenha uma boa aceitação das populações da ilha do principe.
    Já há largos anos que o nosso Ilha do Principe tem vindo preojudicado, devido a má fé dos governantes de Santomé.
    Principe não tem um barco adquados para transporte das populaçoes de fazer o seu comercio, transportar combustíuvel, que haja ligação eficaz, um aeroporto adquado para transportar doentes urgente. Graças diregentres do Cabo-verde que enviou os professores para lecionar aos alunos dos liceus e não só. espero que faça mais coisas que possa desenvolver essa ilha mais rápido possivel.

  6. Feijoada

    13 de Fevereiro de 2012 as 10:04

    A luz não sempre é verde.
    Espero que no futuro a população do príncipe não venham dizer que fomos infelizes.

    O projecto parece-me promissor, mas não tão convicente. Devemos é estar com olhos abertos e muito atentos. Não me cheira coisa boa, mas pode ser sim coisa boa.

    Boa sorte espero também conviver com os irmão dos príncipe que tanto sonhavam ter dias melhores.

    Sou capaz

  7. papagaio

    13 de Fevereiro de 2012 as 11:58

    E se não cumprir,não terá mais entrada no Príncipe.Já nos enganou muito.

  8. lino

    13 de Fevereiro de 2012 as 14:54

    os senhores do governo regional que deixem os investidores trabalhar e não compliquem depois as coisas com esquemas e pedido de luvas.
    nós os santomenses (das duas ilhas ) torcemos para que dê tudo certo.
    grande notícia!

    • Amândio

      13 de Fevereiro de 2012 as 17:32

      O senhor deveria preocupar com quem, desde o principio não tem deixado o governo regional trabalhar. Ou não! Onde é que o senhor estava que não viu que foi o governo central que criou obstáculos ao referido investidor estrangeiro, desde o príncipio? Foi o governo regional? Foi o seu chefe de S.Tomé, Patrice Trovoada, provavelmente forro como o senhor.Gente da mesma espécie. Ou o senhor Lino esqueceu-se disto? Ou o senhor também já foi comprado pelo dito chefe por alguns dólares? As suas declarações neste fórum denunciam este comportamento. Será? Não pense que eu não lhe vou responder da mesma forma sempre que o senhor manifestar a mesma agressividade para com os outros. Conheço-o perfeitamente. Nunca fui governante deste país e portanto estou totalmente livre para debater qualquer assunto deste nosso país consigo. Vivo em S.Tomé e não sou da mesma estirpe do senhor que se vende por meida dúzia de dólares para mudar repentinamente de opinião. As minhas opiniões não variam em função de dólares. Já o vi criticar o senhor Patrice com tanta agressividade neste fórum que me surpreendeu. Em meuia dúzia de dias o senhor virou a casaca. Porque será?
      Fui
      Amândio

      • pagagunu

        13 de Fevereiro de 2012 as 20:58

        modere…

  9. arnaldo ramos

    13 de Fevereiro de 2012 as 16:09

    socegado da água ça-ola-cué-ça-balile
    Para assinar qualquer tipo de acordo é preciso prodencia.
    ném tudo que brilha é ouro.
    portanto é de dizer foi tarde mais para assinatura do referido acordo.

  10. helmerdias

    13 de Fevereiro de 2012 as 16:41

    OK prontos la vamos nós outra vez na conversa de talvez ou talvez não.Se for verdade só acredito quando assinarem e ver e ouvir maquimarias e população trabalhadora de princípe e não só a BULIR e bem para desenvolvimento da ilha maravilhosa.Mais acho muito bem havera trabalho e emprego para todos que querem trabalhar,espero eu.Estou espectante isso quer dizer quando um povo faz ouvir a sua voz ordeiramente e civilizada e quem escuta e tem poder de decisão quer o bem e desenvolvimento generalizado de quem o elegeo e do seu pais só pode ser benefica.

  11. Ana de Ceita

    14 de Fevereiro de 2012 as 12:48

    Espero que o Tozé e o nestro aprendam a ser copetentes e não continuarem a cometerem erros nos contratos que fazem o povo sofrer no futuro , OBRIGADO ADI , OBRIGADO PATRICE TROVOADA, por ter salvado o principe da robalheira dos dirigentes e investidores, por favor Patrice Trovoada continua a ajudar o Principe evitando abusos do passado, o povo de principe sabe tudo que esta acontecendo no principe com o nosso dinheiro, muito abusos . Ha um grupinho que come tudo ,os penas, lulos,zibaos,nestores,cassandras, chiveus,helios,solitos, e outros, Agora o Principe esta aberto e dividido com Africa do Sul Racistas este foi o nosso pior erro contudo esperemos que se decubra quanto foram as comissoes de To zé Cassandra,seu irmao Rodrigo Cassandra,e Nestor. Só espero que o nestor não venda Maria correia o pulmao de Principe.

    • Angela ministra

      14 de Fevereiro de 2012 as 22:07

      Eu não concordo com a senhora Ana de Ceita. O senhor primeiro-ministro Patrice Trovoada é um grande incompetente. Eu sou testemunha disso nos Conselhos de ministros que nós fazemos. O homem não sabe nada. Ele está a desgraçar este país. Cada vez que eu tento tomar uma decisão política para o meu ministério o homem só me zanga e maltrata e ainda diz que eu sou incompetente. Eu já estou farta disto tudo. Eu vou pedir a minha demissão de ministra. Já não posso aturar este Patrice Trovoada. Vou dar uma conferência de imprensa na próxima semana e vou sair do governo.
      Atentamente
      Angela

    • Ché-Guevara do Príncipe

      23 de Fevereiro de 2012 as 10:25

      Sra. Ana de Ceita, pelo seu comentário acho e tenho 100% de certeza q a sra. é uma pau mandada do ADI. Terá a Sra. alguma prova na qual diz publicamente que o Tozé e o Nestor comeram algum bolo do Homem da Lua? Se tem por favor põe aqui para q tds nós filhos do Príncipe possamos reagir. Como se diz, o povo põe, ele tb tira.
      A Sra. sabe quanto emprego vai haver com o investimento desse empresário? Quantas obras vão ser beneficiadas em prol do povo do Príncipe? Quantas famílias vão ter agora pão nosso de cada dia?
      Que é q o ADI está a fazer pro Príncipe? Nada, absolutamente nada.
      Mais uma vez a peço em nome de todos os filhos do Príncipe, se tem alguma prova de q dirigentes da Região comeram e ainda estão comendo algo do Homem da Lua, apresenta ou então ñ fale de coisas q ñ sabe.

  12. sol

    17 de Fevereiro de 2012 as 9:10

    Nós da Ilha do Príncipe não temos esses maus custumes que prejudica o País. É assim que muitos ou quase todos ex Governantes são empresários, melhor dito são nilionários. Tudo a custa do País. Corja de corruptos.

  13. raul cravid

    23 de Fevereiro de 2012 as 10:08

    Espero bem,são essas pessoas que já comeram tanto dinheiro do estado,e foram protegidos pelo tozé cassandra,para não irem para cadeia,os zé vaz,os damiaão e os outros,os zé vaz esse já nada faz só pensa no dinheiro,vive pedindo aos comerciantes coisas em troca do despachos,a dona teresa da empresa HBD lhe pediu numero da sua conta pessoal para lhe pagar os despachos que foram feitos,esse e o joca são grandes bandidos e ladrões.são corja de corruptos.

  14. Luis Almeida

    25 de Fevereiro de 2012 as 23:00

    Sempre aconteceu?

  15. Investidor

    25 de Fevereiro de 2012 as 23:07

    O que passa com a zona franca? Avança ?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo