Política

Parlamento acabou por não debater a prorrogação do seu mandato

Ao contrário do que estava previsto, e anunciado pelo próprio Presidente do órgão de poder legislativo Arzemiro dos Prazeres, a questão de prorrogação do mandato dos deputados não foi analisada na sessão plenária desta terça – feira. Um parecer emitido pelo assessor jurídico da Assembleia Nacional, o jurista Filinto Costa Alegre, travou a pretensão dos representantes do poder legislativo em prorrogar o seu mandato. O parecer jurídico esclareceu aos deputados que a constituição política não permita tal expediente. O texto constitucional deixa claro que os deputados desfrutam das suas regalias, nomeadamente a imunidade, até a tomada de posse dos novos representantes do povo, que serão eleitos no sufrágio eleitoral marcado para Agosto próximo.

    7 comentários

7 comentários

  1. R.Barros

    19 de Maio de 2010 as 18:08

    Legitimo.

  2. dudu

    19 de Maio de 2010 as 22:10

    vcs kuando se juntam ganham bue de dinheiro…pk nao param de se perder tempo com estas tretas e aplicam estes dinheiro com cidade, com modernizacao de coisas urgente ate aeroporto falta agua….povo kidaleoooo….bili ueeee

  3. Lima

    20 de Maio de 2010 as 10:04

    Dr. Filintro a sua presença é incontestável, ainda bem q não se ausentou do país justamente neste momento. Nota 10 pela sua intervenção como assessor jurídico da maldita casa. Não basta de boa vida q andaram ali e querem mais prorogar o mandato. Para os deputados ” as vossas conversinhas de comadre nunca foram tomadas em consideração” em nome do povo não gostariamos de vos ver novamente nesta casa para próxima legislatura,ok.

  4. Negão

    20 de Maio de 2010 as 20:44

    Até parece que estes canalhas, metidos a esperto, não sabiam que tal arttfício, legalmente, era improcedente. Querem é ganhar mais tempo pra não perderem a boca, seus passoportes diplomáticos, suas imunidades e por aí afora, ou mudamos o geito de fazer política, erradicando esta classe política que aí está, ou realmente deixaremos a nação entregue a própria sorte. Avante STP.

  5. carlinho Tiny

    22 de Maio de 2010 as 18:16

    bandos de bandidos…os senhores deputados.
    Pensam k o povo é palerma, nós sabmos quem são vcês bandos de incopetentes e corruptos. obrigado senhor assessor juridico, ô desculpa é a tua tarefa.

  6. CT

    24 de Novembro de 2012 as 8:07

    eu acho que alguns depotados nao sabem para que serve uma secção plenaria. nem tenhem educação suficinte praestar no parlamen to.

  7. AS

    24 de Novembro de 2012 as 8:09

    será que nos temos um presidente de assembleia?????????????? ” brincadeira!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo