Política

Presidente da República defende criação de colónias de São Tomé e Príncipe no estrangeiro para combater o desemprego

Confrontado com o aumento do desemprego no país, o Presidente da República, considera que a melhor solução é o país orientar a sua política externa para a criação de colónias de são-tomenses no estrangeiro. Para Fradique de Menezes é a única saída para combater o desemprego.

Segundo o Presidente da República, mesmo se São Tomé e Príncipe produzisse 20 mil toneladas de cacau por ano, mesmo se o arquipélago tivesse unidades industriais, a taxa de desemprego continuava a subir. «Não tenhamos ilusões. Hoje deve haver por volta de 20 mil pessoas a procura de trabalho», declarou na edição do Fórum RTP, por ocasião do trigésimo quinto aniversário da independência nacional.

A solução segundo o Chefe de Estado passa pela emigração em massa. «A saída é ter uma política externa que facilita a emigração. Com o povo português foi assim, e até hoje é um povo emigrante», afirmou Fradique de Menezes.

O Presidente da República defende a criação de colonatos de São Tomé e Príncipe no estrangeiro. «Podemos criar São Tomé e Príncipe noutro país. Falei com alguns presidentes e sugeri que fossem cedidos a São Tomé e Príncipe 2 mil hectares de terra. E responderam que seria possível. Nós criaríamos uma colónia são-tomense lá dentro. Levaríamos os são-tomenses a trabalharem lá», explicou.

O Presidente da República deu exemplo de países com grande dimensão territorial e pouca população, caso do Gabão. «Temos um problema de insularidade que não nos permitirá absorver a mão-de-obra nacional», fundamentou.

Abel Veiga

    92 comentários

92 comentários

  1. oliveira e castro

    15 de Julho de 2010 as 13:13

    senhor presidente….

    se isto de facto é ideia coesa, entao me enfileiraria nela.
    sou licenciado em direito e vivo na europa e ando desempregado. vamos lá a ver em que colónia me poria o senhor….

    deixe-se de falasias, pa!

    • SN-FS

      16 de Julho de 2010 as 9:17

      fiquei muito desiludido com a entrevista feita ao nosso Presidente, quando votei neste senhor para presidencia, pareceu-me uma homem muito coerente, sencivel e duro na batalha politica, eu vi um presidente com discurso vasio e sem conteudo possivel não consegui “arancar” nada de bom neste presidente…..que deveria emigrar deveria ser o senhor Fradique, Nós amamos a nossa Patria, que está no governo deverá criar condições para Põr o motor da economia funcionar e criar emprego…..a solução não é “recambiar” santomentes para para outros paises…..

      • Lavínia

        16 de Julho de 2010 as 16:15

        é verdade..
        Essas desilusões acontecem. E vão acontecer também nestas eleições.

        Deus nos proteja dos bonsinhos…

        L.

      • mina telá

        17 de Julho de 2010 as 14:51

        concordo consigo…. o nosso presidente é vergonha do nosso País.
        A desilusão é grande, mas, ñ deixemos abater, somos um povo fortee com muita humildade. Temos que nos unir e fazer alguma coisa para o País!!!
        Apelo todos os São-Tomenses que olhem e fazem algo pelas nossas crianças!!! As condições em que elas vivem são deploráveis. 😉

    • DEUS SALVE A AFRICA

      30 de Julho de 2010 as 23:37

      A SOLUÇÃO PRA SÃO TOMÉ É CONTROLE DE NATALIDADE [[[[[[[[[[O PAIS É LINDO MAS É MUITO PEQUENO TEM QUE ENVESTIR EM TURISMO E EDUCAÇÃO]]]]]]]]]] NAÕ TEM COMO ENVESTIR MUITO EM AGRICULTURA ESTA É A VERDADE[[[[TURISMO GERA MAIS EMPREGOS QUE AGRICULTURA]]]]

  2. Tolerancia zero

    15 de Julho de 2010 as 13:58

    perguntem ao sr. Presidente da República se também não há desemprego no estrangeiro!… ele e os seus comparças que resolvam os problemas dos saotomenses….

  3. Alberto Nascimento

    15 de Julho de 2010 as 14:11

    Ha muitos idiotas por ai.

  4. Manuel Jorge

    15 de Julho de 2010 as 14:53

    Não seja tão pessimista Sr. PR ou não se recorda das promessas que nos fez ha nove anos atras?, não pode falar que o nosso país não ha emprego sem organizar o país, sem pôr cada um a laborar na area que lhe compete. Porquê que uns ao regressarem ao país formados e com mta capacidade, que o curriculum o confirma, não conseguem emprego? Enquanto que outros por serem filhos de ministros , irmãos de directores , cunhados dos deputados ou por terem um sobrenome nem demora uma semana sequer e ja estão empregado? Por favor Sr PR.

  5. cesarjesus

    15 de Julho de 2010 as 15:08

    Nao acredito que na conjutura actual da Europa, dada a dificil situacao economica financeira que atravessam, e com o numero assustador de desempregados que os mesmos estao a enfrentarem e as Fabricas e industrias a feixarem as portas, e com a interdicao de numeros de emigrantes, fosse possivel este cenario que o nosso Presidente vem propor. E bom que o Sr Presidente mensione os paises Europeus que estao em condicoes de abergar mais Emigrantes nos seus espacos actualmente!
    O que o Sr Presidente deveria propor e criar condicoes dentro do seu Pais, descentralizando a massa Popular no centro Capital…Pois hoje temos um STP que tudo desenrola so no Capital, as Zonas, as Rocas foram esquecidas…assim nao ha condicoes de desenvolvimento, mas sim atraso, corupcao, vandalismo, e a indisciplina que esta a tomar conta do Pais.
    Faca alguam coisa de geito, convida os interessados em desenvolver a agricultura no nosso pais, tanto cafe, cacau, coconote…tambem produtos orticulas!!!
    Agora criar uma colonia de Santomense no estrangeiro isto e no minimo ridiculo…Acho que esta colonia ja existe em Angola, Gabao, Portugal por ai fora!!!
    Haja Paciencia…queremos regressar a nossa Terra Natal “STP”.

    Forca Povo STP…

  6. Zovirax

    15 de Julho de 2010 as 15:19

    É triste a mentalidade do senhor PR. Um país que tem um homem com essa mentalidade como Presidente da República, realmente só pode estar no limiar da miséria. Este senhor fez um discurso baixo e lamentável na RTPAfrica, criticando o colonialismo como a razão da actual situação de miséria de STP. Que mentalidade pobre? Que mentalidade do gueto?…. Realmente STP esta ser muito mal representa. STP merece melhor………………………….

    • kingolo wige

      16 de Julho de 2010 as 9:31

      nem no ghetto se pensa assim,só mesmo em stp

    • Antonio

      19 de Julho de 2010 as 9:11

      TEMOS QUE REPENSAR E REFAZER MUITAS COISAS NO NOSSO PAÍS, STP … O QUE ESCUTAMOS AGORA DO NOSSO presidente É O QUE ele FALA NESTES MOMENTOS, E ENTRE NÓS. JÁ AGORA PODEMOS IMAGINAR OS NOMENTOS EM QUE ele NOS REPRESENTOU ENTRE OS GRANDES LÍDERES MUDIAIS, DURANTE ESSES 10 ANOS?

      EU ESTOU CHORAR
      EU ESTOU CHORAR DE SÃO TOMÉ…
      EU ESTOU CHORAOOO..
      ESTOU CHORAR DE SÃO TOMÉ…

      MAS, SEJA COMO FOR, NUNCA É TARDE…

  7. Dr.Amado (Vulgo Saca Papo)

    15 de Julho de 2010 as 15:23

    Gostaria muito de exemplicar e ao mesmo tempo dar a minha opinião sobre esse caso mas sinto muito a incapacidade que o próprio o Senhor Presidente Fradique de Menezes tem para pensar em acabar com o desemprego e a crise no País,porque ja havia tempo para o mesmo mas cada dia hora,minuto e Segundo que passa só vejo neste Pais é a LUTA DE BRASAS e nem quer explicar o que é esta luta porque seria uma fantasia declarar depois destes tempo todo falar em termo improprio para esse coitado Povo.Gostaria mais em ouvir em bom som para bem desse Povo em forma de Senciblização e estimulo em acabar com ANGARIAÇÃO DE PODER,como dizem ai em São Tomé e Principe,BANHO nas campanhas políticas isto é que deveria ser uma participação activa de uma forma clara do Senhor Presidente da Republica como modelo do País para bem do Pais porque com as dificuldades nao se resolvem nada em meu nome pessoal como Santomense a minha posição é clara e fico grato pela forma que Senhor Presidente pensou em crise,desempregos pensar tambem em acabar com a LUTA DAS BRASAS.

  8. Davila Dote Maduque

    15 de Julho de 2010 as 15:25

    A culpa não é do Sr. Presidente, mas sim doo Sr. Miguel Trovoada, poruque este foi quem foi buscar este senhor na favorita e pôs no poder para fazer a barbaridade que tem feito…

  9. Unidos Venceremos

    15 de Julho de 2010 as 15:32

    Credo cerebro!!!
    Estas idéias do meu presidente fazem lembrar festas de 1 de junho!!
    Se fosse assim os cabovedeanos ja seriam um povo extinto nas Ilhas!!
    Por acaso ja houve gente que disse que Cabo Verde não dava para habitar. Senhor presidente está a brincar! O senhor só pensa em Cacau, cacau… Essa psicose em relação ao cacau tem um qudro clinico reservado.
    O desemprego se resolve com criação de riquezas internas. Faça o seguinte: basta colocar o seu dinheiro no País, veja la como o país desenvolve. Os bancos emprentam aos clientes e vai desenvolver. Eu que ja tentou colocar no Banco Equador, antes agora não sei!!
    O 1º Ministro fala em muito emprego gerado e não criado, ou senhor fala em saida do país, francamente.
    Vamos exportar gente que não formação profissional para onde? Belgica, Guine Equatorial??
    Faz falta em Saotomé uma massa critica, lembrei da OJS, Hoje devias ser o poder. Esta tentativa, será que ja encontro um comprador para as nossas Ilhas?
    Presidente, liga sua moradia em Madalena com Santa margarida, quime quime, agua telha, vale flor, prado, sua residencia. Anel circular da cidade de MAdalena. Faz infraestruturas de ensino, rede de esgotos, põe asfalto, iluminação publica, constroi paços da cidade, faz centro de saude, reabilita hospital de s. margarida, faz coisas uteis, assim gera emprego.

  10. maria chora muito

    15 de Julho de 2010 as 15:50

    O fradique diz coisas que não tem sentido. Perdeu uma oportunidade para estar calado.Ele sim, depois do mandato, vai plantar batata em VISEU, porque a esquerda nacionalista vai nacionalizar tudo que ele apoderou enquanto Presidente da Republica ( donativos dos governos e presidentes estrangeiros, roças, terrenos a volta da praia etc) OK

  11. Dr.Amado (Vulgo Saca Papo)

    15 de Julho de 2010 as 16:00

    POVO DE SÃO TOMÉ E PRINCIPE,DE LEMBA A CAUÊ GOSTARIA APROVEITAR FAZER UM APELO EM NOME DE DESEMPREGO E CRISE NAO CONTRIBUIREM PARA O MAL DA ECONOMIA SANTOMENSE,VEJO CADA VEZ PIOR ESTE PAIS MAIS POBRE E QUE QUALQUER DIA O PAIS PODERA TRANSFORMAR NUMA ALDEIA DE S.TOMÉ E PRINCIPE,PORQUE SE O POVO EM CAUSA TAMBEM NÃO AJUDAR O PROPRIO O PRESIDENTE DA REPUBLICA ELE NAO CONSEGUIRA UM BOM REMO PARA REMAR O TAL BARCO PORTANTO NÃO CONTRIBUIEM PORQUE O PAIS PRECISA E UM BOM MODELO DE GOVERNAÇÃO PARA QUE O POVO SIGA O EXEMPLO DO MODELO ESSE GOVERNAÇÃO POVO O PAIS ESTA COM UM RISCO DE POBREZA MUITO GRAVE PEÇO QUE CONTRIBUEM OLHANDO O PASSADO DO PAIS QUEM PENSARIA HOJE QUE SANTOMENSES PASSASSE POR TUDO ISTO?
    VAMOS PROCURAR EM ACABAR COM A LUTA DAS BRASAS DE ASSIM PODER AJUDAR O MODELO DA GOVERNAÇÃO E AJUDAR O MODELO DO PAIS QUE É O SENHOR PRESIDENTE DA REPUBLICA ELE É O PRESIDENTE DE TODOS SANTOMENSES É BOM SE ESTA LUTA COMNSEGUIRMOS ACABAR COM ELA O PAÍS PODERÁ VER UM FUTURO RISONHO SEI QUE PODEMOS CONSEGUIR COMO CONSEGUIMOS A INDEPENDÊNCIA TOTAL ESPERO QUE ESTE POVO AO CANTAR DO HINO NACIONAL ANALISAM O QUE VEM NA ALMA DESSE POVO E DO PASSADO QUE SOMOS CAPAZ DE SONHAR,ESPERO QUE HOJE EM DIANTE TRANSFORME O NOSSO HINO NACIONAL COMO MODELO CORAGEM FORÇA DE VENCER O DESEMPREGO A CRISE E A LUTA DAS BRASAS.POVO CANTEM O HINO COMO SE FOSSE CANTAR UMA MUSICA DE SACUDI POEIRA,LUDUMILA,LEMBRANDO AINDA O CAMILO ALVES (LOÇA NA TÊ BEFA)SE O PAIS ESTIVER BEM NINGUEM PENSA NO ESTRANGEIRO,PARA QUE O PAIS BRILHA DE SOM E ILUMINA O APAGÃO QUE TEM ENROLADO A NAÇÃO SANTOMENSE.
    OBRIGADO
    DR.AMADO(VULGO SACAPO)

  12. Miborges

    15 de Julho de 2010 as 16:35

    HÁ COISAS QUE NÃO MERECEM SER COMENTADAS.

    • DEUS SALVE A AFRICA

      30 de Julho de 2010 as 23:44

      TUDO TEM QUE SER COMENTADO [[VOCE COMENTANDO SUA OPINIÃO]] ALGUEM VAI VER EU VI NO BRASIL SEM OPINAR VOCE CONCORDA CXOM OQUE ESTA ACONTECENDO.

  13. "Nós por cá e a nossa maneira"

    15 de Julho de 2010 as 16:54

    …….. quero apenas perguntar que mão-de-obra a sua Exª Senhor PR, faz referencia??????………………..

    ….isto deve ser conversa para quem não percebe nada, do que se passa no mundo a sua volta………..

    Deve ser propaganda de campanha!!!!!

  14. FC

    15 de Julho de 2010 as 16:57

    Só temos o que merecemos, pessoas medíocres. Mas deixando a ironia e o maldizer de lado e passando para lado ficcional ao estilo de Saramago, queria ver os santomenses unidos em colonatos no Gabão, Angola, etc, a trabalharem para a economia destes países e enviando uns míseros trocados para ajudar na sua terra natal, gostaria de ver esses países receberem os santomenses de braços abertos, como grande povo trabalhador que é na terra dos outros sabendo que já não lhes bastavam os seus problemas internos…
    Agora mais seriamente, mas gostaria de dizer ao Sr. Presidente que quando se pretende fazer uma declaração ao país que transmita esperança às pessoas que melhores dias virão, deve-se preocupar, com alguns dias de antecedência em pesar as palavras. Porque para mim esta mensagem do Sr. Presidente só transmite angústia, tristeza e uma grande incerteza. Mas como sei que não é tarefa do presidente governar, encaro isso apenas como uma infeliz sugestão a quem governa, nada para levar a sério.
    E por favor Sr. Presidente ponha a malta a trabalhar com números, se tivermos os nossos números organizados conseguimos levar o barco a bom porto. Não estejamos a trabalhar com bases em suposições e conversas de café, e cocktails que é donde o Sr. e os seus homólogos estrangeiros tiraram esta ideia, porque se eles fizerem um referendo aos seus povos, Caro Sr. Presidente, vai ver que não é bem assim.

  15. Emilio Pontes

    15 de Julho de 2010 as 17:02

    Coisa de fim de mandato. Estão sem ideia.

  16. ilhas afortunadas

    15 de Julho de 2010 as 17:12

    Creio que a situação, critica, do país, começa a aflorarar também nas mentes poderosas, pois que, com o sempre devido respeito, o Sr Presidente, definitivamente, desacreditou o Pais, “perdeu” as esperanças na capacidade dos santomenses. Mas se a sua Excia, não tem, como não teve ate agora, a meu ver, competências políticas, ideias inovadoras e de um modo geral, de levar a bom porto o País, queira ter a bondade, de simplesmente, abandonar o barco e deixar remar marinheiros mais habilidosos e esperançosos, pois, acredito que só devemos pedir SOS, quando, minimamente, se justificar. Em vez de mendigar hectares de terra, vamos explorar aqueles milhares que temos no Pais e que, de resto, é muito cobiçado. E que tal criar um slogan -“Vamos cultivar a terra , por amor a nossa Terra, STP!”

  17. J.Oliveira

    15 de Julho de 2010 as 17:16

    Eu, francamente, já sabia da incompetência de determinados dirigentes deste país. Mas o que não podia esperar é que da boca de um presidente da República saísse uma aberração desta.

    Posso perguntar ao Sr. Presidente se o país já esgotou a sua própria capacidade de produção.

    Aliás, como disse o amigo Tolerância Zero: Será que no estrangeiro não existe desemprego?

    Eu até poderia compartilhar a ideia do presidente. Mas só se o país já tivesse esgotado a sua própria capacidade tanto na produção como no consumo.

    Mas isso não se verifica, pois há tanto espaço para ser utilizado na produção e no desenvolvimento, mas que não tem acontecido.

    O País possui neste momento centenas ou milhares de médias empresas constituídas cada uma por dezenas, centenas ou até milhares de hectares de terra que não produzem absolutamente nada.

    Parece-me que o próprio Senhor Presidentre da República possui uma ou mais dessas médias empresas. Pergunta-se: o que é que a média empresa do Sr.Preseidente da República produz? NADA, NADA e NADA.

    E há muitas outras médias empresas de outros ex-presidentes da república, ex-primeiros ministros, ministros, etc, etc, que também não produzem nem banana, nem matabala, nem inhame, nem mandioca, nem carne, nem frango, nem NADA.

    Só depois dessas médias empresas estiverem a transbordar de produção para escoamento é que podemos, talvez, pensar em discutir ou mesmo concordar com essa ideia do sr. presidente de colonizar outras paragens do mundo.

    Mas tudo tem de começar com o bom exemplo do Sr, Presidente da República e de outros altos dirigentes possuidores de terras do Estado recebidas de BORLA e que por tal nem pagam NADA.

    Adeus e abraços

    • ilhas afortunadas

      15 de Julho de 2010 as 17:58

      ainda que o pais tivesse esgotado, acredito que um pais como sao tome, n ganha “exportando mao de obra” se tivesse no fim da linha creio que seria de pensar em explorar o que ta ali, mediante ajuda externa de AMIGOS DE SAO TOMÉ, nao enviar problemas para fora, mas trazer a soluçao ca para casa, resolver e a seguiar guiar c as proprias pernas
      eis a minha opiniao

  18. ilhas afortunadas

    15 de Julho de 2010 as 17:54

    Será que o Sr. PR, ja visitou comunidades de emigrantes no estrangeiro, nem me refiro propriamente a de saotomenses, pode ser dos “ilustres portugueses” noutros paises da europa? ponderem bem o desejo deste Sr. emigrante, que, pelo que entendi ve como soluçao para o pais, estrategias usadas pelos tugas há BILHOES DE ANOS!!!!gostaria de ver os nomes dos paises que estao com taxa com crise de mao de obra, com medicos ha mais, com escola ha mais, esperando usufrutuarios, e que pura sorte, seriam santomenses….
    se nao fosse grave e vergonhoso, seria muito comico.:(

  19. tagarela

    15 de Julho de 2010 as 18:32

    Está difícil segurar a gargalhada e o choro. Viva STP!!!

  20. Democratico 1

    15 de Julho de 2010 as 19:40

    Sinseramente, a cada dia aparese uma surpresa!!!

  21. Analista Santomense

    15 de Julho de 2010 as 20:00

    È muito engraçado ver o mesmo homem que no passado recente na sua primeira eleição apresentou um dito “ projeto sociedade, por amor a terra” na qual contemplava a melhoria de vida (saúde, emprego, educação etc..) sobretudo para as mulheres e jovens santomenses , hoje 9 anos depois vem com esse tipo de soluções completamente oposto ao que tinha como proposta quando convenceu o povo a votar em si em 2 eleições consecutivas.
    Hoje me questiono perante esse tipo de comentário proveniente do dirigente máximo da nação, o que foi realmente feito em pró do desenvolvimento desse país e melhoria das condições desse povo sofredor? E como triste e real resposta, tenho que aceitar um simples e doloroso NADA.
    Povo de São Tomé vamos abrir os olhos senão continuaremos vendo o nosso desenvolvimento num futuro cada vez mais distante!

  22. jaka doxi

    15 de Julho de 2010 as 20:38

    CADA COISA QUE PASSA!
    SÓ MESMO O ENDIABRADO DO FRADIQUE PARA DIZER TANTA ASNEIRA.
    FUI.

    • Só visto!!!!

      15 de Julho de 2010 as 23:13

      Eu estou estupefacto!!!Ainda estou em estado de choque com tamanha barbaridade saida da boca de um suposto Presidente!!!
      Esse Sr não está bem da cabeça, é melhor recomendar uma analise clinica.
      Com Presidente assim, STP teria mesmo de estar assim…Não tenho palavras…
      Não da nem pra acreditar…
      Preguiçoso…vamos é trabalhar e deixa de falar baboseiras.
      Bronco!!!!

  23. JP

    15 de Julho de 2010 as 20:58

    Este senhor só pode estar é a sair da caverna….

  24. quequa

    15 de Julho de 2010 as 21:15

    este PR só diz disparates,ainda bem que em 2011 acaba-se o poleiro…

  25. Edgar Lima

    15 de Julho de 2010 as 23:27

    Estamos longe mais muito bem perto…Saotomenses por orgulho e honra todos somos desta terra,mais alguns lideres faz-nos envergonhar porque nao temos os tomates para mostrar ao mundo tao serios somos nos.Cada pai cria os seus filhos e nao os padrastos,independencia total ca cua cu povo mece?Agora e isto?Uma vergonha e triste.Thanks

  26. Adolfo

    15 de Julho de 2010 as 23:33

    Com este tipo de politicos…..
    Sao Tome poderoso ZUDA NON….

  27. Edgar Lima

    15 de Julho de 2010 as 23:41

    Ha um Ditado que diz-O homem com fome ate da Deus com faca,isto demonstra o desespero do nosso Presidente sem rumo e sem ajuda, um homem desesperado fala o que o que nao deve mesmo uma equipa de futebol com um bm treinador sem bons jogadores esta condenado a nao ganhar.Thanks

  28. vendo para crer!!

    16 de Julho de 2010 as 0:00

    Meu Deus nosso presidente cada vez se supera!!!
    compreendo a falta de emprego, mais a soluçao nao é a emigraçao.
    senhor acha mesmo que criar colonia santomense no estragueiro resolveria.
    Para resolver precisamos de pessoas responsaveis que fazem o que prometem e nao os prometem nem conseguem caminhos viaveis de conseguir por em pratica a promessa..
    ENFIM, CA ESTAMOS NÓS COM MAIS ESTE DILEMA.

  29. oliveira e castro

    16 de Julho de 2010 as 6:04

    desar jesus, gostei imenso do teu comentario está completoe coeso.

    creio talvez que o fradique nos porá como assistentes do hospital ou clinica onde ele vai curar os seus padecimentos, sobretudo onde ele vai curar os dentes na belgica.
    porque até carié dentária, ele vem ao dentista cá na belgica, portanto, talvez sejamos asistentes do seu dentista, por meio a que quando a anestesia nao funcione, a gente lhe passe a mao na cabeca e diga: ” leve leve é compadre, a dor já acabou…”

  30. oliveira e castro

    16 de Julho de 2010 as 6:05

    correcao. cesar jesus

  31. stp stp

    16 de Julho de 2010 as 7:03

    Sr Fradique me conseda um visto de trabalho pra portugal

  32. Moreno

    16 de Julho de 2010 as 8:13

    Creio que o sr Fradique vive numa outra galaxia.E vergonhoso , ridiculo que esses ditos venham de um chefe de estado. espelha, falta de conhecimento,burrice,ignorancia,nao ha adjectivos,de momento e o presidente que temos … haja paciencia.

  33. Teodoro Menezes

    16 de Julho de 2010 as 8:35

    Sr.Presidente!

    S.Tomé e Principe está assim porque os políticos não criaram condições para propocionar melhorias de vida das populações ao longo dos anos.No nosso país,chove 9 meses num ano e se houvesse uma política agrária,haveria indústrias para transformação de matérias primas e tudo isto geraria mãos de obra sem falar de frotas de pesca( em nosso benefício)também geraria mãos de obra através de captura industrialização e comercialização de pescados,turismo etc.O País deveria apostar em projectos e iniciativas com efeito dominó( um a puxar por outro).O que nós vivemos agora é fruto de nossa incapacidede de não termos implementado projectos com metas ao longo do tempo.Deus deu-nos tudo de bom nesta terra não fizemos quase nada e ainda desculpamo-nos com o factor de insularidade;isto é ingratidão dos homens.
    S.Tomé e Príncipe é hoje fruto da governação que teve.O problema não está nas nossa ilhas mas sim em nós.Quando não temos uma visão estratégica,sai tudo baralhado.Está na hora de colocar o dedo na ferida.
    Com todo respeito,

  34. kingolo wige

    16 de Julho de 2010 as 9:34

    desculpem lá caros compatriotas,quem pôs este homem no poder?…então porque é que estamos a reclamar?

  35. kingolo wige

    16 de Julho de 2010 as 9:36

    nós votamos e mostramos nesse acto o que pensamos,mostramos sobretudo o tamanho da nossa consciência,mostramos o que queremos.eles assumem o poder,mostram o que são e fazem o que lhes apetece.de quem é a culpa?quem nasceu primeiro?o ovo ou a galinha?

  36. DLima

    16 de Julho de 2010 as 9:37

    A solução passa por empregar estas pessoas nos seus hequitares de terra, que não são poucos. Estamos cansados de ser tratados como otários. És a nossa vergonha.

  37. DLima

    16 de Julho de 2010 as 9:43

    Correção: *hectares

  38. Leopardo

    16 de Julho de 2010 as 10:13

    É muito triste ter esse tipo de Presidente. Coitado do Povo Santomense.

  39. Rafael preto

    16 de Julho de 2010 as 10:24

    Quero aqui deixar a minha mais profunda indignacao pela maneira como algumas pessoas estao a tratar o sr.presidente( embriagado, preguicoso, ect).

    Vivemos num estado de direito democratico, onde a libertade de exprexao e o maior bem da democracia, como tal todos temos o direito de nos exprimir livrimente sem sermos censorados.

    Assim, apesar de nao concordar com as palavra do sr. presidente nao me sinto no direito de insulta-lo nem a ele nem a ninguem, posso sim contraria-lo dando alternativas que pra mim e a melhor.

    Penso que a solucao nao passa por exportar mao de obra, ate porque nao existe procura pra este tipo de produto os mercados europeus estao a atravessar a maior crise finaceira como todos sabemos.Existe escassez de trabalho ate para os nacionais desses paises.

    Tenhos sim que investir na agricultura, no turismo ect, criar incentivos para que haja envestimentos entrangeiro no pais assim estariamos a criar emprego e a desenvolver o pais.

    All the best
    London

  40. PATRICIO E FODIDO

    16 de Julho de 2010 as 13:09

    VOTEI EM SI UMA VEZ. TU ES FRACO.UM PAIS COMO STP COM AGUA, PRAIAS E UMA VEGITACAO VERDE E COM APENAS 160 MIL PESSOAS, VEM UM PRESIDENTE DIZER ISTO. ESSA SIM A RTP E A RDP NAO PODERIA DIFUNDIR, ISTO E UMA VERGONHA,A EUROPA ESTA PESSIMA SEM FALAR DE PORTUGAL EM PARTICULAR,EEEE ESSE PAIS ESTA MESMO LIXADO O SENHOR ERA UMA DAS PESSOAS KI PENSEI KI TINHA MENTE EM STP E AGORA KER SECAR O PAIS. ENFIM TENHO PARA DIZER MAS….ENFIM.

  41. PATRICIO E FODIDO

    16 de Julho de 2010 as 13:19

    OH DESCULPEM ME, MAS O SENHOR FRADIQUE NAO LE, NAO LEVA QUESTOES AO SEUS COLABORADORES PARA ANALISAREM E DEPOIS SEREM DIVULGADAS? EU PENSEI KI SOU BURRRO MAS EXISTEM BURRRRRRRRRROS, ACREDITAM. TELA NON POR FAVOR ELIMENA ESSA NOTICIA.

  42. Paracetamol 500mg

    16 de Julho de 2010 as 14:47

    Este Politico só merece uma coisa, ser mandado para Lixo, não vale nada este homem…!!!

  43. jojo

    16 de Julho de 2010 as 15:04

    ESTE SENHOR NUNCA FOI NEM SERA BOM PRESIDENTE PARA STP E SAO DOIS INCOMPETENTES QUE ESTAO A FRENTE DO NOSSO PAIS, ASSIM CABO VERDE VAI TER QUE NOS AJUDAR DAQUI A MUITOSSSSSS ANOS

    • ZAA

      25 de Julho de 2010 as 20:00

      CABO VERDE [POR FOVOR É MUITO POBRE] NÃO SONHE AMIGO

  44. Alberto Nascimento

    16 de Julho de 2010 as 16:09

    Viva o Fradique de Minezes.

    • Alberto Nascimento

      19 de Julho de 2010 as 10:49

      meus amigos, o homem é bom.
      e de bom coração.

      • Alberto Nascimento

        20 de Julho de 2010 as 14:47

        Eu sou sarcastico, povo. intendi-mo xê!

  45. Lima

    16 de Julho de 2010 as 16:11

    Sr.PR cuidado com a sua linguagem…. quando se cria colónias são para colonos. logo haverá colonização…

  46. Edgar Lima

    16 de Julho de 2010 as 16:24

    Mais uma vez penso e digo…As emprezas ou Rocas agricolas existiram,hoje pertencem a um particular o que para mim e um erro,rocas que foram destruidas pelos erros de quem o destino premiava o que fazer.Infelizmente Sr Presidente acho que foste infeliz no palco das suas ideias,ela simplesmente mexe com a mente dos Santomenses que estao fartos dos erros dos nssos politicos.Pense amigo

  47. Democratico 1

    16 de Julho de 2010 as 17:35

    NB: Percepção

  48. VÓS DE CUBA...

    16 de Julho de 2010 as 19:09

    Mis uma vez o Sr. Pr. Abuza com todos cuadros formados dezempregados em saõ Tomé. Excelencia School man… Veja Sr. Fradique, esta naõ é a melhor soluçaõ, isto te digo como amigo do povo, vejamos, andou no poder cuanto tempo?
    O tempo que la esteve,pensava nos cuadros que iriaõ regresar?
    Os fundos do povo desviados inlicitamente durante seu mandato naõ chegaria para criar muitos postos de trabalho a muitos dezempregados la presentes?

    Esta naõ é a única saida, a saida é o Sr deveria deichar o poder faz tempo, recordo um dia cuando o Sr. disse na praça da imdependencia” en cinco ano se as coisas nao mudao arrumarei as minhas banbas rumo a quinta da Favorita”, o Sr. o fez, digo na cualidade da sua pessoa é uma vergonha estar usando estas estrategias porque somos santomenses, devemos é: pensar e buscar soluções para resolver os problemas desta indole, que ja atingio o seu ponto culminante e nao é devemos deichar-lo entender mais…

    Ha muitos projectos que se quer implementar ali que dara emprego para milhares de sao tomenses, mas como o orgulho nos mata todos queremos estar a frente destes mesmos, para ganhar comisão de um milhão, dois milhões de USD de acordo a envergadura de cada um destes, por isso nada canhima para frente.

    “Digo que com seu mandato, com todo respeito Saõ Tomé caminhou dez mil vezes para reta guarda”, Vamos é pensar para sacar as ilhas do caus e do abismo existente.

    Um abrasao sem rancôr, porque queremos estas ilhas com melhores perspectivas de dizenvolvimento.

  49. VÓS DE CUBA...

    16 de Julho de 2010 as 19:14

    Nenhuns formados sao obrigados a trabalharem roça como o Sr. frizou numa reunião em sua casa.

  50. Zovirax

    16 de Julho de 2010 as 22:33

    Triste de doer! Triste de chorar!
    O senhor PR está farto do povo de STP. O senhor pensa em criar colónias de STP no estrangeiro, forçando os são-tomenses a trabalhos forçados, maus tratos, descriminação e exploração.
    É muito deplorável saber que um são-tomense tem na forja a criação de Modernos Campos de Concentração ou Campos de Refugiados no estrangeiro para os são-tomenses que não são da sua elite. Esta ideia pode ser considerada como crime a luz da carta das Nações Unidas.
    Senhor PR, os são-tomenses que estão no Gabão e outras paragens do mundo, vivendo dispersos em vários bairros enfrentaram imensas dificuldades no dia-a-dia. Agora, vamos imaginar uma grande concentração de são-tomenses num só bairro, praticando várias actividades laborais. Uma situação desta natureza potencia criminalidade, prostituição, aumento da tensão racial, conflitos raciais com ocorrência de mortes e feridos, maus tratos por parte das autoridades do país de acolhimento, etc. Como exemplo; na África do Sul, no ano passado dezenas de moçambicanos foram mortos e maltratados por sul-africanos negros. Como justificação dos seus actos, os sul-africanos negros diziam que os moçambicanos estavam a tirar-lhes o trabalho. A própria polícia sul-africana usou cães polícias para mutilar cidadãos moçambicanos. É esta vida que o senhor PR quer dar aos são-tomenses que não são da sua elite? Que sina macabra destes são-tomenses?
    Existem são-tomenses que sofrem e sofreram imenso no Gabão, tenho conhecimento de uma são-tomense que está desaparecida até hoje, e já lá vão aproximadamente 10 anos. Os filhos ficaram abandonados em STP.
    A ideia do senhor PR promove destruição da identidade são-tomense e elimina os mais desfavorecidos. Quem representa a nação deve nutrir pelo seu povo um grande amor, consideração e estima. Se o senhor PR demonstra pouco patriotismo pela nação, que se pode esperar de um cidadão comum?

  51. Mé Chinhó

    16 de Julho de 2010 as 23:56

    FRADIQUE SO DIZ ISSO, E SUGERE GABÃO, PORQUE BONGÔ MANDOU.

  52. Saotomense

    17 de Julho de 2010 as 0:10

    Fradique Menezes:
    O “Teu” pais tem menos de 160.000 habitantes. Vc nao pode os alimentar, lhes dar um programa de saude, protege-los
    contra malaria ou lhes dar uma velhice mais comoda.
    Vc se lembra como os angolanos, mucambicanos, caboverdianos vieram parar nesta ilhas de STP? NO CONTRATO DE TRABALHO !!! Vc e um ……………..!!!

  53. Patrik

    17 de Julho de 2010 as 7:50

    MAU MAU

  54. e essa éee

    17 de Julho de 2010 as 10:53

    Boas “comentaristas”,

    Feliz ou infelizmente não vi o desfilar de barbaridades que este empresário fez questão de presentear os santomenses, em mais um ano da “nossa (in)dependência).
    Mas tomando como certo os relatos que me foram chegando e mais ainda com este artigo que o Tela Nón disponibiliza, só me resta dizer que, em vez de fomentarem uma política de absorção de mão-de-obra qualificada e experimentada, o que este empresário belga propõe é: vamos expulsar esses nativos das Ilhas, seja lá pra onde for, e montar um convíl de gatunos nas ilhas.
    Triste sina a nossa!!!
    Este projectos de políticos nem com a mulher de Cesar se parecem.

    Aproveitem o fim-de-semana e vão descobrindo o que de bom a natureza ainda nos provém.

  55. Jose Noronha

    17 de Julho de 2010 as 12:39

    Porque razao nao sera necessario avaliar a aptidão mental do Presidente? Porque razao nao se pode questionar a apetidao mental de um Presidente? Sera que um presidente nao vive no mundo dos humanos? Sera que o Presidente pensa que o problema de desemprego so existe no seu pais e que nos outros paises tal fenomeno nao existe.

  56. h da silva

    17 de Julho de 2010 as 13:07

    Agora vem esse com essa de despovoar STP…qual sera a intencao?fazer oq andavam a fazer no ilheu das rolas?vas vender esses terrenos a quem?Fradique,fakire!Queres correr com santomenses do seu proprio pais?que ideia mais ridicula essa tua.talvez axo k alguns PR de alguns paises africanos sem ideia deu-te terras pra depois voltar a escravisar os pobres coitados que cairem na tua arapuca.os teus patricos ja uma vez fizeram essas cenas com caboverdianos,angolanos.guinenses etc…ofereceram contratos de trabalhos e depois deu naquilo k tds sabem”escravatura”.vcs sem ideias vazam e da lugar a quem alguma coisa sabem fazer pra melhorar esse pais k vcs tornaram num inferno,onde so ha pobreza e miseria.God has to protect us.amen!ja tantas vezes pedi a portugues ele ainda nao ouviu quem sabe dessa ele nos acudira.

  57. oliveira e castro

    17 de Julho de 2010 as 18:41

    davila te reconheci meu irmao. o teu poeta.

  58. CJ

    17 de Julho de 2010 as 19:47

    Sua ex o PR quer segundo o argumrnto dele criar condições no estrangeiro para os emigrantes santomenses no estrangeiro “Boa” se isso resultar talvez muitos como que estamos no estrangeiro possamos lucrar com isso, contudo eu acho essa ideia um pouco sem fundamento e sem coerência nenhuma porque uma pessoa desta invergadura com o puder nas mãos sabe que o desenvolvimento devera surgir de dentro da casa para as cumunidades so mesmo deste jeito isso seria viavel esta ideia não é má de todo mais no meu ponto de vista não se adapta as realidades basicas de que o povo necessita indiscutivelmente.

  59. Santos

    18 de Julho de 2010 as 0:20

    Que desilusão! Roubam, roubam, e até a própria vida das pessoas querem roubar. Expulsaram população no Ilhéu das Rolas e isso n bastou. Pretendem expulsar os santomenses da sua própria terra. A única terra. UM DIA VOCES TERÃO O QUE MERECEM, JURO!

  60. Santos

    18 de Julho de 2010 as 0:28

    SE O SR SOUBESSE O QUE PRETO PASSA CÁ NA EUROPA?! SR. NÃO PENSAVA SE QUER NO QUE DISSE. SE CALHAR ATÉ SABE, QUER QUE VENHAMOS CÁ TODOS MORRER NÉ… VOLTO A DIZER ASSASSINO!

    • américa do sul

      30 de Julho de 2010 as 23:30

      NO BRASIL SOFRE QUEM É POBRE COR NÃO É O PROBLEMA

  61. Dr.Joaquim Costa

    18 de Julho de 2010 as 5:13

    E pena. Eu penso que o senhor presidente so e santomense em passaporte, mas no coracao parece que nao. A unica coisa que da esperanca e que a epoca de Fradique dentro de pouco tempo terminara. Se os bens do pais fossem gastos para o bem estar do mesmo e nao para os bolsos dos “donos da terra”, problemas destes generos seriam menor. Deus e muito bom e ele ve tudo e “ponto final” sera posto.

  62. José Silva

    18 de Julho de 2010 as 8:38

    Senhor “FARRONFEIRO” que coisa!!? Um S.tomé e Principe tão pequeno, onde inumeras pessoas já e por razões de incompetência politica rumaram em busca de melhorias de condições de vida, muitos por não se compactuarem com corrupção,… enfim vem o senhor hoje pedir mais espaço para afundar mais o País? O senhor já se sente apertado? Prepara-se que a democracia tende evoluir. Dinamize-se e crie competência para dignificar o nosso S.Tomé e Principe.

  63. Fala verdade

    18 de Julho de 2010 as 11:49

    Num país onde a justiça funciona o o Estado Santomense deveria processar Fradique de Menezes pelo facto de querer expulsar os Santomense de S.Tomé e Príncipe. Analizando bem as coisas ele quero é meter os Belgas aqui em S.Tomé e Principe. SINCERAMENTE Sr. Presidente

  64. G.Fernandes

    19 de Julho de 2010 as 0:02

    Confesso ter ficado estupefacto com tal declaração, ainda mais fiquei pelo facto de tal declarações ter vindo de um presidente da republica,não me recordo de um presidente que tenha tão pouco amor para com os seus habitantes,alias chego a pensar que o sr Fradique de Menezes das duas ou uma, ou sofre de doenças neuroticas graves ou sofre de disturbio de personalidade.
    Considero tais declarações como um atentado contra estado de direito, e julgo que tributal contitucional deveria intervir no sentido de destitiur este tal sr porque de facto o homenzinho não bate bem da telha.

  65. Mario Pinto

    19 de Julho de 2010 as 8:14

    coisas de fim de mamdato
    fui

  66. Boca de Mundo

    19 de Julho de 2010 as 10:35

    Sr. PR está na boca de mundo
    Fradique (MDFM/PL), Rafael (MLSTP/PSD), Albertino e Delfim (PCD): Quem vai pagar a dívida da STP-Trading?

  67. Cuá Li

    19 de Julho de 2010 as 12:04

    Em STP, já não sei quem é quem… todos falam a verdade e todos mentem. O pior de tudo isto eu culpo a nós Povo de São Tomé e Príncipe, só estamos para mandar bocas verbais e por escrito, e o momento de partir para batalhar para por fim a coisas do tipo? ninguém dá a cara, é só ser enganado com notas estrangeiras que tudo se resolve, por isso não apontem dedos que se nós estivermos lá será uma coisa com a mesma assinatura. Este povo carrega culpa de ser babaca.

    Hasta: Gm

  68. Pedro Sousa

    19 de Julho de 2010 as 17:51

    Abri uma colonia em Angola que eu quero lar ir e nunca mais voltar a olha para vossa cara… Porquê que um filho de colono (Fradique de Menezes) tornou-se Presidente do meu País (STP), que eu não posso ser colono no outro País… Viva os colonos!….

  69. Mamador do leite do povo

    19 de Julho de 2010 as 18:46

    A roupagem nestas campanhas está linda.
    A única coisa que sabem fazer e bem é encomendar a tempo todo o material de propaganda politca. O arroz escasseia no mercado, mas material de pub este nem um segundo. Então quem planifica a campanha não deve ser sãotomense, acho que deve ser as empresas que confeccionam estes materiais. Tudo prontinho, fino, as cores quentes, na maior.
    Ponto positivo da campanha e vestir o país das cores e colorir as ruas.
    Ponto negativo da campanha barulho, sem idéias novas e dinheiro gasto.
    O povo sabe que é a única oportunidade que têm para verem a cor da dobra, por aproveitam. As crianças ficam em casa com fome, mãe e pai na campanha.
    “Quem é o nosso guia? Quenguê sa guia de nom é é e…”
    Quanto custa a campanha?? dos principais partidos?
    Em 1990, o Dr Carlos Graça, para mim grande homem, ficou a gerir as dividas do partido sozinho. Foi um martirio.
    O MLSTP e PCD garantem a estabilidade governativa. Não temos a menor dúvida.
    ADI será uma oposição bemvinda em Sao tome e principe.

  70. Bili Uê

    20 de Julho de 2010 as 4:47

    Obrigado Sr Presidente, o muito obrigado pela força e corragem. Pela soma de valores impostos á todos os santomenses.

    Nós merecemos um presidente assim, a julgar pelas nossas ações, pois só num país como STP o Senhor se vinga como presidente.
    Como o pior presidente que já reinou nesse pedaço de paraíso o Sr se mostrou um tremendo fiasco. Espero que seja brincadeira que o Sr tenha ligado para algum chefe de estado para sugerir isso, porque se assim for vcs todos estão precisando de tratamento.

    Que tal uma arca de Noé para enfiar os santomenses, porque isso tudo é um inferno e precisamos de salvação.

    Saudações

  71. Mamador do leite do povo

    20 de Julho de 2010 as 10:26

    Parafuso apertado ou desapertado cria problemas.
    Parafuso
    Parafuso.
    lembrei de um senhor que morava no Bairro de Hospital, sempre gritava, parafuso!!
    parafuso!!
    Se os leitores lembrerem o nome dele digam.
    Parafuso!!!!

  72. Terra viva

    20 de Julho de 2010 as 18:19

    Isto de criar “colónias” é fantasia demais da parte do presidente. O país necessita, no meu entender, que o estadista junto aos que dizem ser lideres políticos empenharem-se em criar um Governo forte, com um programa reformista que estivesse à altura das dificuldades que estamos a passar, e acabar com o culto de impunidade e de individualismo.
    Perante esta crise que perdura, é necessário tomar medidas bastante importantes e sérias e que exigem um poder político forte; O chefe de Estado Fradique de Menezes devia ter-se empenhado mais.O Presidente podia ter dado mais ao país.Podia apontar caminhos e reunir os consensos necessários para se encontrar soluções. E quando falo de soluções Senhor Presidente, não é esta pela qual o Senhor indica. Esta felizmente São Tomenses não querem e nem precisam dela. Ela não é consesual Senhor Presidente. Sinceramente como o número um da nação, esperavamos muito mais de si.

  73. Buebue

    21 de Julho de 2010 as 21:10

    A ideia apresentada no discurso do Presidente da República, nas comemorações do trigésimo quinto aniversário da nossa independência, para o combate ao desemprego no país é um insulto a dignidade de todos os santomenses.
    Fiquei estupefacto! Pensei que se tratava duma das brincadeiras do dia 1 de Abril (dia das mentiras)! É triste saber que o nosso PR, ao fim de dez anos de mandato, não foi capaz de encontrar outras soluções, senão a da deportação. Que tristeza!
    Espero que essa humilhação sirva para a reflexão das mentes santomenses.

  74. ZAA

    25 de Julho de 2010 as 19:46

    OPRESIDENTE ESTA CERTO SÓ PORTUGAL PODE SALVAR STP

  75. ZAA

    25 de Julho de 2010 as 19:52

    UM PAIS LINDO COMO STP PRECISA DE MUITO ENVESTIMENTO NO TURISMO MAS TURISMO EXIGE BONS HOTEIS ÓTIMAS CASAS NOTURNASE PERFEITAS RODOVIAS AEROPORTO SEGURANÇA EO PRINCIPAL EDUCAÇAO[[[[[[[[[[[QUE DEUS AJUDE S.TOMÉ O POVO É LINDO MERECE]]]]]]]]]]]]

  76. ILHA DA MADEIRA

    25 de Julho de 2010 as 20:18

    RIQUEZA PURA E CONTINUA A SER PORTUGAL[STP TAMBEM DEVERIA SER PORTUGAL]

  77. Antonio Manuel

    27 de Julho de 2010 as 8:39

    colonia aqui, colonia lás vai dar no mesmo! continuaremos a ser colonizados,mas entregar os santomenses para ser colonizados! esses forros que nunca trabalharam terra!credo!

    • américa do sul

      30 de Julho de 2010 as 23:26

      QUE ME PERDOE OS AFRICANOS MAS-MOÇAMBIQUE ERA MUITO MELHOR NO TEMPO QUE PERTENCIA A PORTUGAL [LOGICO QUE O POVO DE UMA NAÇÃO NÃO PODE SER ESCRAVIZADO POR NEM UMA OUTRA]E OQUE FALTA NA AFRICA É O MESMO QUE NA AMÉRICA CADEIA PRA VAGABUNDOS CORUPTOS.

  78. américa do sul

    30 de Julho de 2010 as 23:20

    O BRASIL É O UNICO PAÍS QUE PODE AJUDAR STP[POIS É UM PAIS RICO E ENORME TEM MUITO A VER COM OS SANTOMENSES] EUROPA EXPLORA A AFRICA ABRAM O OLHO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo