Política

ADI faz história na maioridade

Nascido em 1992, o partido Acção Democrática Independente, completou 18 anos de existência na política são-tomense. No ano em que atinge a maioridade, faz história na política são-tomense. Pela primeira vez consegue ganhar as eleições legislativas, sozinho, sem qualquer parceria política.

Nos 18 anos de vida o maior score eleitoral da ADI, foi em 1998 em que garantiu 16 mandatos para a Assembleia Nacional. Antes das eleições legislativas de 2006 em que conseguiu 11 mandatos, o partido participou experimentou coligações nomeadamente com um grupo de pequenos partidos, designada UÊ Kedadji, e foi um autêntico fracasso.

Entre altos e baixos, a ADI cresceu. Atinge a maioridade em 2010, e de forma surpreendente conquista a simpatia e confiança da maioria do eleitorado são-tomense. O segredo do sucesso eleitoral da ADI nas eleições de 1 de Agosto em que saltou de 11 deputados no parlamento para 26, tem muito a ver segundo analistas com a política de renovação encetada ao longo dos anos pelo então secretário geral Patrice Trovoada.

Injecção de sangue fresco num partido jovem, permitiu que ao atingir a maioridade em 2010, o povo já cansado da classe política dominante, decidisse por dar a ADI o benefício da dúvida. O rosto jovem e renovado da ADI, foi um dos trunfos que o partido usou durante o período da campanha eleitoral. A frescura da mensagem política endereçada ao povo, juntou-se a rostos jovens ainda sem cadastro.

Alguns anciãos do partido, estiveram atrás dando todo suporte aos jovens que representam a maioria da população e o futuro de São Tomé e Príncipe.

ADI e a sua equipa jovem tem pela frente 4 anos, para não decepcionar o povo, que cansado e frustrado com a classe política dominante apostou na política de renovação.

Abel Veiga

    15 comentários

15 comentários

  1. Armindo Fonseca Dos Santos

    6 de Agosto de 2010 as 11:02

    É de felicitar a vitória conquistada pelo ADI.O povo soube escolher o Partido Político para dirigir o país a um porto seguro.Para tirar o país da situação em que o país se encontra.Espero que o ADI faça um Governo apartir dos resultados conquistado nas unas e não um Governo de Unidade Nacional,um governo de unidade nacional já se demonstrou vários fracassos na governação do país.Espero que o ADI não va na cantiga do MLSTP -PSD que está preparado para governar em coligação.

  2. Leopardo

    6 de Agosto de 2010 as 11:18

    Lado esquerdo, Agostinho Fernandes… Após o seu afastamento da Direcção dos impostos, tem dado o seu contributo como professor na universidade Lusiadas de STP. Tem perfil (bom professor, bom quadro).

    Do lado Direito do Patrice, Actual Director do Registo e Notariario, prof. de IUCAI e também da Universidade Lusiadas STP. É boa pessoa, mas falta amadurecer um pouco.

  3. Aerton

    6 de Agosto de 2010 as 13:15

    Não coligue com ninguém na formação do Governo, vai buscar gente credível dentro e fora do seu partido ou mesmo na diáspora para ajudar o nosso país a sair deste grande buraco que nos encontramos.

    Tenho a certeza que assim ninguém terá coragem de fazer cair o governo com manobras que todos nós já conhecemos.

    ADI, pode estar em minoria no parlamento, mais pode ter a certeza que terá a maioria da população, se fizerem a coisa certa ou seja boa governação.

    Daqui em diante vai ser assim:

    “Povo põe povo tira”.

    Não há banho que possa influenciar-nos na urna.

    “Povo põe povo tira”.

    Com Rei Amador estaremos e com STP estaremos sempre presente.

    STP primeiro, resto é politiquice ….

    Viva STP.
    Viva o povo.

  4. cesarjesus

    6 de Agosto de 2010 as 14:41

    Parabens ao ADI e os seus colaboradores nesta vitoria eleitoral…foi uma vitoria desejada pelo povo de STP, que ja andava cansado de exibisionismo do anterior Governo…E evidente que o ADI tem uma tarefa dificil pela frente, uma tarefa que nao vai ser facil de solucionar nos quatro anos de mandatos que tem pela frente…pois com isto pede-se que facam o melhor possivel de evitar que nao cairemos no mesmo ciclo anterior…nao vos pedimos para resolver todos problemas que afectam STP em quatro anos, mas evite que o Pais vai mais abaixo do que ja esta!!! Facam uma politica aberta, com dialogos, conferencias, contactos directo com a Populacao, procurem fazer debates televisivos de forma a exclacer determinadas medidas a tomar…o povo STP ja nao e tao analfabeto ou ignorante como o MLSTP/PSD nos tem visto!!! Nao promete o que nao pode fazer, porque vai lhes causar serios problemas de governabilidade! O povo de STP ja anda cansado de promessas e de conversas para fazer Boi dormir.
    E natural que o ADI tenha nas suas fileiras jovens e novos elementos na Politica para Governar o nosso Pais, isto e muito bem vindo…pois tivemos la os velhas guardas durante estes anos todos e o pais esta o k esta…pois melhor temos jovens e novos elementos com visao de actualidades do que com velhos com maus exemplos!
    Esperamos que o ADI nao siga o mesmo rumo do MLSTP/PSD!!!

    Forca ADI…
    Forca Povo STP

  5. fiaGlésa

    6 de Agosto de 2010 as 14:47

    Amigos e leitores deste espaço os meus cordiais abraços,

    Ai a nossa memoria,a nossa memoria pode ali ser interpretado como sendo a capacidade ou não de armazenar informação ou também a nossa memoria pode ser a nossa hsitoria como adolescente democracia. Contudo não sendo mais adolescente a nossa democracia não nos permitiu ainda compreender a estratégia de muitos que ali se instalaram como sendo democratas, certamente melhores uns dos outros, mas cujo interesse nem sempre é lido na primeira demonstração. Uns são sorrateiros, calculistas e sabem utilizar a emoção para atingir aos seus objectivos. Outros são o que são, brutos de forma o que não lhes facilita em nada no que consiste a conquista, perdem por não saberem atingir o ponto “G” dos necessitados. O partido que actualmente ganhou é de facto novo, mas a sua rodagem ja deu provas. Certo que dentre muitos elementos deste partido pode-se ver os desiludidos do partido Esperança que ainda têm a esperança em atingir o cimo da montanha. Dentre os desiludidos, muitos ja vêm tirando proveito, outros, são gente de boa fé que quer ver melhor esta terra, estes são os inocentes, pois não sabem o que lhes aguarda os verdadeiros calculistas que se vestiram de cordeiro para poderem melhor fazer a caça grossa. Contudo sejam vigilantes.

  6. Nelson Leite

    6 de Agosto de 2010 as 15:57

    Caros amigos e leitores do Telanom,Saudações;Sou filho de Caboverdianos nascido e educado em Sãotomé,sou apoiante NATO da politica da DIREITA(PSD),mas estou cansado de ver o meu país a ficar pra trás rumo ao desenvolvimento do Continente Africano…..Não se esqueçam do passado,não se esqueçam das intenções da família Trovuada,não se esqueçam de quem começou com os famosos banhos e compras de consciências durante os actos eleitorais,etc,etc……Espero que o senhor Patricie Trovuada e o seu partido realmente façam algo de muito bom pra S.T.P…..Espero poder dizer no futuro,valeu a pena o povo votar no A.D.I.,valeu a pena a confiança dada pelo povo Sãotomense ao A.D.I…Peço a todos os que forem membros do próximo governo,por favor governem com consciência e honestidade,e que não se esqueçam que acima de tudo,que são Tomé é de todos os sãotomenses….Boa sorte e boa governação……VIVA SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE,VIVA A DEMOCRACIA,VIVA O CONTINENTE AFRICANO…..

  7. Assunção

    6 de Agosto de 2010 as 16:36

    ADI se quizer tem agora oportunidade de fazer a diferença. Tem é k ter em conta o povo k nele votou e o k tb ñ votou. Tem k estar em contacto directo com a população e procurar resolver os problemas urgentes e gritantes k assolam a nossa terra. A fragilidade do sistema e a maioria simples vai difilcultar as coisas,mas preciso é ser firme e manter opinião pública esclarecida, pk melhor do k eu, sabem k uma opinião publica informada é a chave do progresso e de renovação da confiança.
    Não se esqueçam k a máquina administrativa se ñ corrompida de outros vicios, sofrem de uma grande inércia no trabalho, k nos dias de chuva por ex:têm o descaramento de simplesmente ñ aparecerem pk ñ tem chapéu de chuva, e na linguagem nossa k acho piada-” gên faz cómo?chuva muitué!!” isto é uma vergonha,temos de ser mais produtivos e é preciso recuperar as promoções dos funcionários, as chefias certas e encontrar incentivos para gosto no e pelo trabalho.
    Com cumprimentos.

  8. Barrata

    6 de Agosto de 2010 as 17:30

    Meus caros. Muitos arogantes vão para casa. A banga acabou, preputentes esse camaradas.

    O problema é que muitos deles mesmo como técnico deixam muito a desejar.

    Levaram decadas a fazer intrigas sera que resta algum saber para contribuir.

    No riboque também não cabem todos.

    Salada de marisco estragou.

    Eles com eles.

  9. verdade

    6 de Agosto de 2010 as 19:06

    o MLSTP devia ter vergonha e ter responsabilidade em deixar os partidos governarem. acho até que podiam arranjar um sistema em que o ADI conseguisse mais um deputado, pq sei que desta forma biçu uixi, MLSTP, nao vai deixar o ADI Governar

  10. Dekker Batista

    6 de Agosto de 2010 as 19:29

    Parabéns ADI,Sugiro que a primeira mudança deve ser na CONSTITUIÇÃO DE STP.

  11. Chicodesperto

    6 de Agosto de 2010 as 21:40

    Caro Nelson se puder explicar agradecia. O seu PSD é o MLSTP/PSD ou PSD de Portugal. Ora se for MLSTP/PSD não consta que este partido seja de direita até porque esteve um representante de um partido socialista português num dos congressos do MLSTP/PSD. PSD de Portugal sim este é de direita.
    Mas fico curioso e surpreendido ver um caboverdiano ser apoiante de partidos de direita que na maior parte dos casos na Europa são anti-imigrante.
    Vejam o que sucedeu ainda recentemente em França mulheres com filhos as costa serem arrastados no chão pela política francesa. Consequência da política de direita do governo Nicolas Sarkozy

    • Nelson Leite

      7 de Agosto de 2010 as 16:15

      Sim meu caro amigo,sou do MLSTPPSD. Não tenho culpa pelo facto da actual liderança do meu partido não agirem de forma mais correta,de não fazerem uma politica como deve de ser….infelizmente os partidos políticos só existem em STP para defender os interesses próprios de quem os lidera,e nõ do povo…..

  12. ZUMBAKUÊ

    8 de Agosto de 2010 as 7:28

    Parabéns ADI.
    Segundo a exposição, o partido atingiu a maioridade.Ao atingi-la, ganhou a confiança dos Sãotomenses e obteve uma maioria nas eleições. Congratula-mo-nos com a mudança que se verificou na troca das cadeiras. Mas ter a idade que se considera adulta, significa responsabilidades. Responsabilidades de não cometerem os mesmos erros do passado. Nós os Sãotomenses estamos fartos de ser enganados. A confiança depositada em vós, significa que pretendemos ver S.tomé e Príncipe em desenvolvimento onde todos os cidadãos não se sintam preteridos, no que concerne aos princípios de equidade em todos sectores da nossa sociedade. Ter a idade adulta implica agir de acordo com as regras socialmente aceites,ter postura e atitudes comportamentais que dignifiquem os seus educadores.
    Por tudo isso, ADI, sei que milagres não se fazem, mas ajam de forma a vos garantir mais 4 anos nas próximas eleições. Sem “banhos”mas sim decisão dos eleitores conscientes de que todo esforço foi feito no sentido de melhorar a vida da população e o desenvolvimento visível do nosso rico S.tomé e Príncipe.

  13. Chicodesperto

    9 de Agosto de 2010 as 14:31

    Meu caro Nelson ninguém está a culpar-te de nada tens todo o direito de pertenceres ao MLSTP/PSD nos bons e maus momentos e os seus adversários tem de o respeitar. Foi para isso que lutamos para a democracia. Mas o que me intrigou foi teres dito que eras apoiante NATO de políticas de direita citando a tua primeira mensagem. Ora o MLSTP/PSD nunca e jamais será um partido de direita essencialmente por causa sua história. MLSTP/PSD é um partido de esquerda democrática pertencente a família da Internacional Socialista. É discutível que o MLSTP/PSD esteja longe das sociais democracias europeias e socialismo democrático europeu mas é um partido do centro esquerda. Compreendo que sejas militante do MLSTP/PSD ver um cabo-verdiano apoiante de políticas de direita como as que vejo na Europa isso me deixa inquieto.

  14. Alexguadal

    9 de Agosto de 2010 as 15:36

    Finalmente os dinossauros do poder político santomense foram tombados. Gentes que fizeram há décadas, o povo de STP, os seus reféns.Mas Deus é pai. Por isso Deus disse chega e chega. É previso k eles saibam que o povo está atento. Ai deles se vierem com atúcias de não deixar o governo de dr. Patrice trabalhar. Eles k fiquem quietos pq o povo está farto de malandrices. Aprendam a respeitar a vontade popular e sejam mais profícuos na oposição. Éntão, vocês não vêem k o país precisa sair do marrasmo!? Dr. Patrice não decepcione o povo k muita expectativa depoisitou em si depositou. O povo é quem ordema e ponto final. viva a democracia. Viva o povo, o grande vencedor dessas eleições.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo