Conselho de Ministros reage à Moção de Censura da oposição

O Téla Nón publica na íntegra o comunicado do Venerando Conselho de Ministros do XIV Governo Constitucional alvo desde quarta – feira de uma proposta de Moção de Moção de Censura, apresentada ao parlamento por um grupo de deputados da maioria parlamentar. 

(Unidade – Disciplina – Trabalho)

VENERANDO CONSELHO DE MINISTROS

XIV GOVERNO CONSTITUCIONAL

COMUNICADO

Reuniu-se hoje, dia 22 de Novembro pelas 15 horas, na sede do Governo, em sessão extraordinária, o Venerando Conselho de Ministros, para a análise da situação política interna, face á proposta de Moção de Censura introduzida contra o Governo por um grupo de Deputados do MLSTP, PCD e do MDFM.

Da sua análise, o Venerando Conselho de Ministros constatou com profunda indignação que num momento em que a Nação inteira está virada para a discussão e aprovação do Orçamento Geral do Estado para o ano de 2013, um orçamento elaborado pela primeira vez com a participação directa e activa de todo o povo de São Tomé e Príncipe, eis que uma vez mais o MLSTP, PCD e o MDFM, numa fúria sádica visando o assalto ao poder que lhes foi negado nas urnas, erguem-se em contramão de todos os esforços do governo na busca de soluções para os problemas reais do povo, e introduzem uma proposta de Moção de Censura contra o mesmo, que nada mais representa senão um elemento de perturbação e de bloqueio da vida política e consequente adiamento de solução dos reais problemas que afectam a maioria da população.

O Venerando Conselho de Ministros considera que esta moção de censura está desprovida de qualquer sentido de oportunidade e pertinência, pretendendo apenas a oposição parlamentar lançar poeiras aos olhos do povo, introduzir elementos de permanente perturbação da vida democrática e desviar a concentração do Governo na busca de soluções para muitos dos problemas que foram criados pelos próprios mentores da presente Moção de Censura.

O Venerando Conselho de Ministros concluiu que esta atitude maliciosa e caprichosa visa ainda impedir a discussão e aprovação do “Orçamento do Cidadão”, um documento fundamental de combate à pobreza e outros males de que padece o país, e revela uma grande cobardia e um profundo desprezo pelo povo.

O Venerando Conselho de Ministros notou ainda que passados pouco mais de dois anos sobre a data das eleições legislativas que reconheceram o Partido ADI como vencedor e consequentemente o único partido legitimado pelo sufrágio universal para governar o país, os partidos de oposição recusam em aceitar uma regra democrática simples e previamente estabelecida: “quem ganha governa”, pretendendo impor outra, isto é, “o país deve ser governado por uma associação de partidos perdedores.

Não é por acaso que os partidos de oposição tudo fizeram até hoje para criar as maiores dificuldades ao actual governo, relegando para o segundo plano o papel que constitucionalmente lhes está atribuído, não tendo os mesmos até a presente data apresentado nenhuma iniciativa legislativa ou qualquer outra acção de interesse nacional.

Nesta lógica, e com maior agressividade, desde o mês de Junho do corrente ano que a oposição parlamentar vem desenvolvendo acções de bloqueio, nomeadamente:

Primeiro, propuseram falsos debates para os quais convidaram membros do governo para discutir questões já sobejamente analisadas e sem real interesse para a Nação;

Segundo, propuseram precipitadamente moção de censura sem qualquer fundamento legítimo;

Terceiro, ameaçaram e desencorajam investidores estrangeiros que operam ou pretendem operar no país, como no caso da SATOCAO, dos navios taiwaneses, da Doca, transformada hoje em supermercado, chegando ao ponto de proferir declarações contra os interesses da Nação, apelando internacionalmente que nenhum investidor estrangeiro invista em São Tomé e Príncipe;

Quarto, apresentaram propostas intempestivas de revisão constitucional, pretendendo, entre outros, que os filhos de santomenses nascidos no estrangeiro não podem ser eleitos Presidente da República;

Quinto, espalharam alegremente calúnias e panfletos absurdos contra os membros do governo e quando chamados para responder na justiça, refugiaram-se na casa parlamentar, desviando o espírito do estatuto constitucional da imunidade parlamentar;

Sexto, organizaram manifestações contra o governo, alegando pretender salvar a democracia, quando na verdade pretendem salvar os seus pequenos e tradicionais privilégios e regalias, numa tentativa desesperada de mobilizar pessoas que já não acreditam neles;

Por último, e porque todas estas e outras tentativas anteriores frustraram-se, vêm uma vez mais apresentar uma proposta de Moção de Censura contra o governo como forma de atingir os seus objectivos de regressar ao poder, a qualquer custo e sem autorização do povo.

Enfim, esta oposição parlamentar constituída pelo MLSTP, PCD e MDFM recusa fazer o seu trabalho que é discutir e aprovar as inúmeras propostas de lei submetidas à Assembleia Nacional pelo governo, constituindo hoje num factor indiscutível de bloqueio e atraso do país.

O Venerando Conselho de Ministros acredita que estamos perante uma moção de censura assente em fundamentos falaciosos, incoerentes e até mesmo contraditórios com os normativos da Constituição da República, do Regimento da Assembleia Nacional e da ética política.

O Venerando Conselho de Ministros examinou com profundidade os textos que enquadram o instituto de «Moção de Censura» e constatou que de acordo com as disposições do Artigo 225º do Regimento da Assembleia Nacional, nem todos os assuntos estão qualificados para sustentar a apresentação de uma moção de censura.

É necessário que o assunto diga respeito a “Execução do Programa do Governo” ou seja «assunto de relevante interesse nacional». Como reza o referido Regimento, não basta que o assunto seja de interesse nacional, é ainda necessário que se demonstre o seu carácter relevante.

Ora, em momento nenhum os subscritores da moção de censura foram capazes de demonstrar, quer em razão da matéria, quer em razão de circunstância do momento que vive o país, a relevância dos fundamentos exibidos.

Antes pelo contrário, enveredam-se por meras suposições, especulações e considerações de natureza subjectiva e partidárias.

Com esta proposta de Moção de Censura, esses partidos demonstram uma ânsia doentia pelo poder, escondendo mal a sua incapacidade de viver na condição de oposição, bem como a sua ignorância dos reais e actuais problemas do povo e do mundo moderno.

Em contrapartida, o Governo, consciente das suas responsabilidades constitucionais e do seu compromisso na procura incessante de meios e soluções para resolver os problemas mais gritantes de que padece o nosso povo, não baixará os braços e tudo fará para manter a elevação necessária no debate político e no tratamento da coisa pública.

Neste sentido, o Venerando Conselho de Ministros apela a todos os santomenses para permanecerem atentos, vigilantes e não se deixarem enganar por políticos já conhecidos, movidos por uma ganância que não tem limites.

Neste momento difícil que o país e o mundo atravessam, o Venerando Conselho de Ministros exorta todo o povo de São Tomé e Príncipe a manifestar a sua mais profunda indignação contra esta forma tão baixa de fazer política e que tem como única consequência impedir o desenvolvimento de um país que há trinta e sete anos não conseguiu alcançar padrões de vida e bem-estar aceitáveis.

Em democracia, a única fonte legítima de poder é o sufrágio universal expresso nas urnas. Por isso, se os partidos subscritores da Moção de Censura entendem que o povo está descontente e desiludido com o actual governo, a única forma de o certificar e clarificar é devolver a palavra ao povo.

São Tomé, 22 de Novembro de 2012

__________________________________

O Venerando Conselho de Ministros

  1. img
    paquito Responder

    Patrice ja vai vos dar a volta mais uma vez.
    Tudo porque nao sabem fazer as coisas com nivel.

    • img
      Pantufo Livre Responder

      Mas eu não percebo o lamento do senhor primeiro-ministro. Não é ele mesmo que disse, mais do que uma vez, que queria eleições já para conseguir ter maioria absoluta??? Então está a chorar porquê?? Vai para eleições a ganhe a sua maioria absoluta e pronto, mande a oposição planatr batatas.

    • img
      Bingo Responder

      Diz o comunicado do Conselho de Ministros:

      ”O Venerando Conselho de Ministros notou ainda que passados pouco mais de dois anos sobre a data das eleições legislativas que reconheceram o Partido ADI como vencedor e consequentemente o único partido legitimado pelo sufrágio universal para governar o país, os partidos de oposição recusam em aceitar uma regra democrática simples e previamente estabelecida: “quem ganha governa”, pretendendo impor outra, isto é, “o país deve ser governado por uma associação de partidos perdedores.”

      O país não deve ser governado por uma associação de partidos perdedores, de acordo.

      Mas o Conselho de Ministros e o ADI quando repetem constantemente que ”quem ganha governa”, estão a deixar de fora algumas considerações.

      Vejamos:

      O povo legitimou nas urnas este governo. Legitimou como?
      Sem maioria.
      Em vez de estar sempre a falar grosso como se tivesse sustentação parlamentar, não deveria o governo agir em consonância com a proporção da sua vitória, buscando pontes de diálogo?

      A arrogância e o autismo não devem ser atributos de um governo minoritário.

      PS – Quando o Conselho de Ministros acusa a oposição de não ter apresentado iniciativa legislativa, tem toda a razão.

      Mas, e o ADI quando esteve na oposição?
      E o ADI agora que está no governo?

      À semelhança do que sempre aconteceu no nosso país, quem detém a iniciativa legislativa é o executivo.

      Desse ponto de vista e de outros, o Parlamento Nacional é uma lástima.

      Um bom dia a todos.

      O parlamento

    • img
      Paulo E. Correia Responder

      Só em STP. Há uns meses atrás, o Partido Comunista Português apresentou uma moção de censura ao Governo. Não vi o Governo produzir um comunicado para justificar a Moção. Para Governar, para alem de se ganhar eleições, tem-se que deixar de arrogancia e construir uma maioria parlamentar: foi o que fez o PSD e CDS-PP em Portugal. Em Democracia não se governa em menoria, aomenos que seja como o ADI tem feito, corrompendo tudo e todos, promovendo e levando a corrupção do Governo para a Assembleia da Republica, na constante tentativa de compra de deputados para construir a maioria necessária para governar.

  2. img
    toresdias Responder

    Paquito Será que também tens medo de moção de Censura.Moção de Censura é o instrumento utilizado na Decmocracia onde aqueles a quem o povo entregou o País para Governar e cabe a estes individuos demostrarem o que aprenderam, defenderem os seus principios em suma é exame da Governação. Por isso não acho mal nenhum de Moção de censura enquanto instrumento legalmente instituido que os partidos opostos a Governaçao dispõe para fiscalizar as acções governativas. por isso nem vc nem o Governo deve temer se estamos todos de boa fé

  3. img
    Reviravolta Responder

    A oposição é tão pacata que ainda não perceberam que estão a se opor contra um adversário de alto nível, a muitas distâncias em relação a eles… Ao menos tentem fazer um trabalho de casa a sério, mostrem que são capazes porque São Tomé e Príncipe já não conta com limitações em número de intelectuais, (muitos que não sabiam ler, hoje já sabem, e os que já sabiam ler, hoje já entendem, os que já entendiam, hoje já falam) por isso aconselho a oposição a ser mais inteligente.
    Seja lá quem for o PT e os membros do Governo, façam valer que são melhores e não essa pouca vergonha que se vê a cada dia com as vossas actuações.

    Melhores Cumprimentos

  4. img
    Malapé de tema Responder

    Alguma vez STP teve sol para todos??
    Meus caros,
    Sejamos inteligentes e olhemos um pouco para a realidade do país e do resto do mundo.
    Será que a queda do governo trará benefícios ao país? Sinceramente não.
    Quem é a oposição? O mesmo que ajudaram a colocar o país na situação que está.
    De quem é a culpa da situação atual do país? Toda a classe política do país desde ADI, MLSTP, PCD, MDFM entre outros.
    Obviamente existem bons políticos em STP, mas se me perguntam também são culpados da atual situação, diria que sim, porque se calam.
    Também estão a contribuir para a degradação, (para que vença o mal basta o bom calar, para que o mal triunfe basta que os bons fiquem de braços cruzados Edmund Burke).
    Na realidade atual é preciso que o país tenha estabilidade política, visto que o mesmo depende do exterior. Se nós não conseguimos entender como podemos ganhar confiança ao ponto de ter investimento exterior, visto que não temos capacidade financeira de fazer o país saír do buraco que esta?
    Não se diga que o governo não está aberto a diálogo e que existe uma ameaça de ditadura no país. Isso é conversa para boi dormir. Deixo a minha humilde opinião a oposição.
    Façam bem o vosso trabalho de oposição porque não basta dizer que esta mal, também é importante apresentar soluções, é importante dar exemplos, é importante comunicar com o povo mostrar ao povo o que de real esta acontecendo no país, instruir o povo que não tem conhecimento.
    Dentro do vosso poder melhorar a justiça no país, criar legislação, limitar a imunidade parlamentar dos deputados
    Se fizerem isso tudo e um pouco mais de forma ordeira no sentido do bem-estar do povo vos garanto que nas próximas eleições o ADI estará reduzido da mesma forma que esta hoje o MDFM.
    Porque atualmente eu, entre muitos dou nota negativa para todos os políticos em São Tomé e Príncipe, desde 1975 até 2012 (todos).
    Não sejamos desestabilizador mas sim construtor.
    MALAPÊ DE TEMA

  5. img
    Joker Voz do Povo Responder

    Para vossa informação, a sessão plenária de hoje agendada para discutir orçamento da assembleia nacional e outras questões terminou em lutas. o deputado José Viegas do MLSTP/PSD agrediu o deputado Domingos Boa Morte do ADI. E registou-se mais lutas, mas confusões. O Manuel Sam Zinha foi atras do Levy Nazaré pra bater também e deixou ameaça. Tudo isso protagonizado pelos ditos representantes do povo. Dito não se acredita só visto. parecia uma fuba com bicho a plenária, a Rádio Nacional teve de suspender a transmissão da sessão, o Presidente da Assembleia ausentou-se da sala, melhor, pôs-se em fuga.

    • img
      Estou Farto disso...! Responder

      O senhor é mentiroso.O analfabeto deputado Domingos Boa Morte é que agrediu gratuitamente o Deputado jose Viegas. O Poder esta muita atrapalhado com a moção de censura apresentada pela oposição.loucura total…

    • img
      Hitler de são tome Responder

      Falso caro amigo, o José Viegas só tentou defender-se. Mas não o deixaram. Trabalho lá, e estive a ver com os meus olhos. E o Levi sacou uma arma para atirar.Graças a Deus a luta não se proliferou.

      • img
        Mimi Responder

        E o deputado entrou armado para a sessaoparlamentar? E mesmo assim continuam a ser os santos da casa?…

    • img
      Paulo E. Correia Responder

      É UMA AUTENTICA VERGONHA VER O SECRETÁRIO DE ESTADO DO ADI DIZER QUE OS OUTROS NÃO QUEREM QUE QUEM GANHOU GOVERNE. VERGONHA PORQUE ISSO FOI RADIOFUNDIDO NA RTP-AFRICA CANAL VISTO ALEM FRONTEIRAS E TENDO EM CONTA QUE TODOS OS PAISES QUE ENVEREDARAM PELO REGIME DEMPCRATICO SABEM QUE SO SE GOVERNA EM MAIORIA. VERGONHA PORQUE ISSO É O B-A,BÁ DA POLITICA, DA DEMOCRACIA. AS MENORIAS OU SEJA MAIORIAS RELATIVAS DEVEM EM DEMOCRACIA CONSTRUIR MAIORIAS PARLAMENTARES PARA TEREM INSTRUMENTOS PARA GOVERNAÇÃO. OS ADISTAS E GERAÇÃO ESPERANÇAS TEM QUE APRENDER ISSO E DEIXAR DE DEMAGOGIAS. NÃO DESTRUAM O NOSSO BELO PAÍS COM TANTA DEMAGOGIA.

      • img
        kkkkkk Responder

        Se o C&T n axistiu então não da opinião verme pa !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. img
    Vedé sa bua de Fla Responder

    Meu Deus! continuarei a orar todos os dias pelo meu povo, mas se for a tua vontade para que os saqueadores regressem ao poder, eu te rogo Senhor que não lhes dês sentido para:
    a) acabar com o novo super mercado e nem dificultar a vida dos poucos investidores sérios que vieram para este país;
    b) continuarem a exigir comissões e quotas fáceis nas sociedades e empresas que seriamente pretendem investir neste país;
    c)voltarem a roubar tudo quanto é casa e terreno de estado sem qualquer escrúpulo;
    d)preencherem todos os cargo públicos só com gente dos seus partidos e dividirem os diferentes departamentos chaves em reinados onde só ingressam gentes do partido A ou B,;
    e) diminuírem mais ainda os poderes de controlo e de fiscalização de órgãos independentes como o Tribunal de Contas
    f) dificultarem a vida dos jovens promissores que querem inovar com seu conhecimentos e empenho;
    g)atrasarem o avanço alcançado nalgumas instituições públicas;
    h) controlarem de forma escandalosa a comunicação social, eliminando a possibilidade do contraditório nas noticias
    i) roubarem somas avultadas para obras públicas e construírem casas e estradas que duram menos de um ano;
    j) viverem só a grande e a francesa e ainda por cima cobiçando e comendo as mulheres dos outros, nomeadamente jovens em início de carreira.
    Livrai-nos senhor dessas e outras maldades dos saqueadores desta terra, amém, amém e amém!

    • img
      Bingo Responder

      O Vede sa bua de fla acaba de nos dizer que se houver eleições antecipadas a primeira arma de ataque do governo (ou de defesa) será o supermercado.

      O supermercado acabado de abrir dois anos depois do governo ter entrado em funções.

      Obrigado por informar os leitores.

      • img
        Vedé sa bua de Fla Responder

        Por alguma razão está oração mecheu consigo.
        Só espero que não sejas o satanas ou um destes saqueadores da pátria.
        Mas se não fores Deus te ilumine na tua inocência.
        Saudações

      • img
        Vedé sa bua de Fla Responder

        Por alguma razão está oração mecheu consigo.
        Só espero que não sejas o satanas ou um destes saqueadores da pátria.
        Mas se não fores, que Deus te ilumine na tua inocência.
        Saudações

      • img
        Placa Betodo Responder

        O supermercado e um bem publico construido por outro governo com outro proposito se nao estou errado para acolher as pessoas que sairam da praia Brasil. Foi, ate ao memento, considerado usurpado, porque nao se conhece as transmitacoes legais da sua cedencia. Agora ja e bandeira? Meus amigos percam aguns segundos e olhem o espelho. Ele vos dira muita coisa.

  7. img
    laker Responder

    Patrice!
    Pashôl ti ná kúi

  8. img
    Belarmino Lima da Trindade Responder

    Esaa moção de sensura, é fome de poder por parte de aqueles que foram abituado a nos roubarem durante os 30 anos nao fizeram nada para o pais, o governo Patricio Trovoada esta a roubar… mas esta a fazer alguma coisa para o pais veja esta frase quem trabalho com mel lembe o dedo quando cai algo na mão, o que tem acontecido com o governo de 30 ano é que eles lemberam nao só o dedo como lambera até as mãos, por isso deixam o homem governar. que tenham uma boa reflexão sobre isso, bom fim de semana a todos.

    • img
      Placa Betodo Responder

      E muito facil retira este instrumento democratico das nossas legislacoes e ninguem nunca mais fara uso dele. Que ja registei o PC em Portugal com menoria e certeza absoluta de que a sua mocao de censura nao iria passar apresentou a no parlamento.
      Nao se quer mocao de censura, nao se vai ao parlamento para ser ouvido e para se discutir questoes do pais, ta se com medo de que se se considera legitimado para tal. A governacao resume se em demitir todos os diretores da educacao colocar incopetentes, fechar microfones a todos que nao sao do ADI, fazer lobie na RDP para so passa palavras agradaveis ??????
      FIZ A PERGUNTA PORQUE UM PENSADOR UM DIA DISSE
      As perguntas nao sao nunca indiscretas. As respostas, as vezes sim.

    • img
      Placa Betodo Responder

      O Levi fala constantemente de comportamento e de exemplo que os mais velhos nao deixaram nem estao deixando, e qual e o exemplo que esta deixando, este ??? empunhar arma no parlamento????? Sinceramente……
      O Presidente do Parlamento esta sem pulso, esta encostado em demasia a cor politica e nao consegue gerir a casa sob pena de puxoes de orelha.
      E primeira vez que vejo partido no poder, governo , primeiro ministro com receito de ouvir os colegas deputados. O que temem??? O povo esta curioso em saber porque nao querem deixar falar os outros. Ha muita coisa debaixo da pasta?????????? Mas os senhores dissem que sao limpos. Ha um ditado que diz QUEM NAO DEVE NAO TEME. Entao meus senhores sejam homens e facam uso da forca da palavra e nao da palavra da forca

  9. img
    dizer umas coisas Responder

    TAIWAN deu ao Governo santomense, liderado pelo Sr. PATRÍCIE TROVOADA, DOIS MILHÕES DE EUROS para investir nas pecas.

    Para além desse valor, ao abrigo do acordo de pesca entre S.Tomé e Príncipe e a UNIÃO EUROPEIA, esta coloca a disposição do ESTADO santomense um montante anual no valor de 277 mil Euros para investir nas pescas. Este GOVERNO já recebeu esse valor nos dois anos em que se encontra no poder. Mas até a presente data não foi efectuado nenhum investimento no sector.

    Ao contrário o Sr PATRICIE TROVOADA efectuou um crédito junto ao BANCO dos seus amigos gaboneses no valor de 200 mil Euros, creio eu, para dar 4 Milhões de Dobras aos pecadores nacionais.

    A minha questão é a seguinte: O QUE FOI FEITO DOS MONTANTES COLOCADOS À DISPOSIÇÃO PELO TAIWAN E PELA UNIÃO EUROPEIA?

    Peço aos jornalistas desse jornal que investiguem sobre o paradeiro dos mesmos.

  10. img
    cao sem sorte Responder

    Este grupinhos são os meus que ja viajam governado o pais e nao fizeram nada, e com as mamas acabaram para eles querem fazer de tudo para voltar a poder para distruir o pai de novo. esses grupinho nao tem verginha? até comentem crime e vao refugiar-se na assembleia Nacional para nao serm julgado é disso que eles querm, cú sé ná cá puxi sáfá, sélá nó bili wué povô. fazendo a eleição sei de certo que o ADI vai ganhar esta eleição, mais vai trazer um custo para o pais,

  11. img
    luisó Responder

    A pouca vergonha destes senhores que se dizem parlamentares e eleitos pelo povo vê-se nisto, anda à pancada e não se respeitam minimamente, têm problemas pessoais entre eles e resolvem-nos na casa da democracia.
    Enfim STP no seu melhor…

  12. img
    silvia Responder

    cinseramente este pais está podre….

  13. img
    Não exija de mim qualidades que nem mesmo tu tens Responder

    palhaços !!!

  14. img
    Mimi Responder

    Ai o venerando conselho de ministros! Se tivesse (soubesse) realmente o que fazer, teria aproveitado o tempo para pensar em empregos e outras saidas mesmo que fosse só para salvar a sua cara e impor um pouco de credibilidade ao seu blá blá blá…

  15. img
    Pidu Mamon Responder

    Que pena.Ninguém morreu?

  16. img
    Adibel Pereira Responder

    Exmo. Sr.Primeiro Ministro, Dr. Patrício, Trovoado permite-me, em partilhar a minha solitária dor: é com a maior profunda tristeza,certas pessoas pensão,estar perto de um cego falando,esquecendo que o tal cego ouvi,o contrário do surdo que vê;
    Estes Obstruidores do Seu Projecto de desenvolvimento de STP,é evidente que os sentem mal,Sr. PM, se eles querem fazer cair o seu governo mais 1 vez!deixa os quieto, Sr. foi eleito por POVO, confia no seu eleitorado porque se formos a eleição Sr. ira ganhar com maioria absoluta que não haverá Oposição Cubiciónistas, Maldosos com Passado vergonhoso ficha suja quer dar nas vistas,POVO dissolve Parlamento se for possivel , mantém a sua firme com sua equipa de trabalho, que o povo ditará o destino em escolhe á quem deve Governar o País de todos Nós STP…

  17. img
    madalenas Responder

    Estou apreensivo, com firme convicção de que esta Noção de censura, não vai dar o resultado esperado pela oposição, antes pelo contrario. Havendo eleições atecipadas, o ADI, pode ter uma maioria absoluta, não porque governa muito bem, atendendo as dificuldades do mundo, mas pela falta decoerencia e alterntiva da oposição. Resta os lideres da oposição fazerem a conficção de que não serão candidatos ao cargo de 1º Ministro, Mesmo assim o ADI, ganha essas eleições.
    “açoite de flimá” que estão a procura.
    Temos um país marvilhoso, falta apenas investimento no saber, só. SEbé!!!!
    Que dá o ppontapé de saida, no ensino?
    Quem?
    Se calhar interessa a coisa como está?

  18. img
    Leopaldo Responder

    Seus Deputados Corruptos…. sou comerciante e preciso de estabilidade no País para ganhar dinheiro ….

  19. img
    paparazzi Responder

    sinceramente este filme esta a ficar bonito
    estava nos ilheus das cabras quando me disseram que parlamento mudou de comportamentos.sera que ainda temos duvidas de manter este parlamento em funcoes assim com armas de fogo.qual sera o exemplo que iremos dar ao povo amanha nas urnas ou mesmo nas ruas de sao tome
    dissolucao do parlamento ja
    se nao tomarem medidas cautelares a proxima vai ser fatal
    fuuuuiiii

  20. img
    Preto Responder

    Só palhaçada em S.Tomé. Matem-se uns aos outros mais deixem Prìncipe em paz! Palhaços!

  21. img
    paparazzi Responder

    sinceramente este conselho de ministros nao tem, assessoria seria juridica
    eu quero que me clarifiquem o quarto ponto do vosso comunicado.como e que um filho nascido no estrangeiro pode ser presidente da republica
    eu nao entendo pois teremos como exemplo o primeiro ministro saotomense que nao fala a lingua nacional com o povo e deveriam dentro do conselho de ministro tirar este ponto para evitar mais especulacoes
    eu nao concordo com este ponto e ponto final
    governo mente ao povo mesmo com o seu comunicado
    assessoria juridica precisa se neste governo

  22. img
    Fókótó Responder

    Enquanto os grandes partidos politicos santomenses , refiro-me ao MLSTP e o PCD, partidos esses criados de coração, em periodos bastante criticos da nossa população não enveredarem por um caminho sério fazendo jus das suas criações, vão aparecendo partidos oportunistas como os ADI’S e MDFM’S para atazanar a vida das pessoas em proveito de interesses obscuros e irevelados dos seus criadores.
    Os criadores desses partidos introduziram o banho, compra de consciencia e tudo mais invertendo a pura essencia da democracia.
    O povo santomense já não vai votar sem que lhe seja pago desde algum tempo a esta parte.
    Nenhum partido que ganha eleições nesta república é fruto da vontade deste povo.
    Vamos acabar com esses partidos oportunistas e devolver a estabilidade à nação para o bem da nossa democracia.

  23. img
    C&T Responder

    Não acompanhei a sessão por motivos pessoais…mas se de facto O LEVY sacou arma é porque aqui tem coisa para ser explorada.hum hum cheira mal

  24. img
    Tiny Responder

    Tendo em conta, a fúria do actual executivo em desenvolver o país…lamentamos imenso , o sub-desenvolvimento que STP encontra-se, (pobreza,falta de urbanização,monopólio na telecomunicação,difícil relação humana , desemprego,baixo valor salarial e aproximadamente um ano no atraso de pagamento bolsa de estudo dos estudantes no exterior do país), isso leva-nos a questionar o seguinte:
    Como o executivo preetende justificar a miserável situação que o país atravessa, tendo em conta tanta profissionalidade do corpo que forma o seu elenco, após 27 meses de trabalho personalizado?
    Sublinho ainda que, a moção de censura vem numa boa altura, pois já é o momento de dizer chega, toda via , a urna será o local para resolução do problema e assim o povo maniferstará o quanto esta ou nao satisfeito com o actual executivo.
    Esta é a minha contribuição, dei o meu voto e agora chegou o momento de exigir o meu direito.

    Gilkson Tiny

Deixe um comentario

*