Política

Acordos de cooperação deverão coroar visita de Gabriel Costa a Luanda

O prolongamento da visita do Primeiro-ministro Gabriel Costa a Luanda por mais 48 horas do que o inicialmente previsto foi descrito por fontes ministeriais da delegação são-tomense como ‘’um excelente indicador de que a missão está a ser muito frutuosa e se vai saldar num grande êxito.’’ – Por São de Deus Lima em Luanda.

São de Deus Lima em Luanda

O prolongamento da visita do Primeiro-ministro Gabriel Costa a Luanda por mais 48 horas do que o inicialmente previsto foi descrito por fontes ministeriais da delegação são-tomense como ‘’um excelente indicador de que a missão está a ser muito frutuosa e se vai saldar num grande êxito.’’

Para amanhã, segunda-feira, o último dia da visita, está prevista uma sessão de trabalho entre delegações dos dois países. Acordos de cooperação deverão coroar a primeira visita oficial de Gabriel Costa a Luanda.

Na verdade, o primeiro grande e inequívoco indicador da dinâmica desta visita foi a audiência de quase duas horas concedida pelo Chefe do Estado Angolano, José Eduardo dos Santos ao chefe do executivo de São Tomé e Príncipe no Palácio da Cidade Alta, presenciada pelo ministro da Defesa, Óscar Sacramento e Sousa e pela titular da pasta dos Negócios Estrangeiros, Natália Umbelina, logo a seguir a um sofisticado cerimonial de recepção com tapete vermelho, entoação dos hinos dos dois países e a aprumada representação dos três ramos das FAA, Forças Armadas de Angola.

Aliás, a cerimónia de recepção no Palácio presidencial bem como toda a visita, estão a ser uma confirmação da  requintada arte angolana de bem-receber e ‘’da excelência das relações entre os dois países, governos e povos’’, segundo declarou Gabriel Costa. Membros do governo e altos funcionários da Presidência da República angolana, a delegação são-tomense, o embaixador Damião Vaz d’Almeida e altos funcionários da Embaixada são-tomense postaram-se para a sessão de cumprimentos.

Tendo como pano de fundo uma sumptuosa fonte com nove caprichosos repuxos, bandeiras de Angola e de São Tomé e Príncipe drapejavam, alternadamente, em vinte altos mastros.

Seguiu-se um almoço oferecido pelo Presidente José Eduardo dos Santos após o qual os dois estadistas protagonizaram novo cerimonial, agora de despedida. Nenhum dos dois proferiu qualquer declaração.

A audiência com o Presidente José Eduardo dos Santos foi quase uma directa do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, onde o Primeiro-ministro são-tomense tinha a aguardá-lo o chefe da diplomacia angolana, Georges Chikoti, para o Palácio.

Tempo apenas para depositar as bagagens no hotel com vista para o mar, dando início a uma intensa agenda que, na sexta-feira, incluiu uma reunião com os embaixadores acreditados em São Tomé e residentes em Luanda e outra com empresários angolanos sob o lema ‘’ São Tomé e Príncipe – 1000 oportunidades de negócio’’, ambas chefiadas pelo Primeiro-ministro, Gabriel Costa.

Na reunião com os embaixadores, que contou com a presença do representante residente do PNUD em São Tomé, José Salema, foi acordada para meados de Julho a mesa – redonda com doadores internacionais, que poderá vir a incluir empresários dos países participantes. O encontro com o empresariado angolano superou as expectativas, segundo o ministro das Obras Públicas, Recursos Naturais e Infra-estruturas, Osvaldo Abreu.

A Lide, Grupo de Líderes Empresariais Angolanos e a Associação Industrial de Angola vincaram o seu grande interesse em intervir com projectos concretos em São Tomé e Príncipe num futuro muito próximo.

Ontem, sábado, a agenda do Chefe do Governo são-tomense incluiu encontros de trabalho com o Ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Chikoti, com o Ministro da Reinserção Social, João Baptista Kussumua, com o ex-ministro dos Petróleos, Desidério Costa, com o ex-Ministro de Estado e ex-Chefe da Casa Civil do Presidente Eduardo dos Santos, Carlos Feijó e com empresários angolanos.

Ainda na manhã de ontem, o ministro das Finanças, Hélio Almeida manteve um encontro de cerca de uma hora com o seu homólogo, Armando Manuel, enquanto a ministra Natália Umbelina tem tido vários encontros de trabalho com o chefe da diplomacia angolana.

Ontem ainda, o Presidente do Grupo dos Líderes Empresariais Angolanos guiou os ministros das Obras Públicas e Infra-Estruturas, dos Negócios Estrangeiros e das Finanças numa detalhada visita ao porto de Luanda e ao porto seco.

Da delegação primo-ministerial são-tomense a Luanda, fazem parte o Ministro da Defesa, Óscar Sousa, a Ministra dos Negócios Estrangeiros, Natália Umbelina, o Ministro das Finanças, Hélio Almeida, o Ministro das Obras Públicas, Recursos Naturais e Infra-Estruturas, Osvaldo Abreu, o Presidente do Governo Regional do Príncipe, José Cardoso Cassandra, João Gomes, Conselheiro do Primeiro-ministro e empresário, Carlos de Castro, Director da Cooperação e Filipe Moniz, Director do Planeamento do Ministério do Plano e Finanças.

São Lima – Angola / Fotografias de Guintiliano Santos

    68 comentários

68 comentários

  1. Golfo 2

    9 de Junho de 2013 as 13:21

    Todas as áreas de cooperação podem ser exploradas. Se já tivéssemos consolidado o nosso sistema de ensino, nomeadamente via profissionalizante, era o momento de fazer uma proposta a Luanda, relativamente a oferta formativa. O nosso território devia formar quadros para angola, atendendo as condições mais viáveis que temos. paz social, embora aparente, etc.

  2. Negro de STP

    9 de Junho de 2013 as 13:27

    Queremos saber mais noticias de S.tomé não sempre do mesmo.
    As unicas noticias no TELA NOM são aquelas que abonão a favor do atual governo ou aquelas que falão mal do anterior governo .
    S. Tomé não é só isso

  3. Kua Li

    9 de Junho de 2013 as 13:52

    Que desnorte,como torces para que dê errado,ninguém mandou-vos enfileirar nas vossas hostis rufias como Molela,oferecendo ao povo confronto de pugilismo no Parlamento,admiro como certas pessoas falam de assalto ao poder,se quando lá estavam se eximiam de respeitar a lei,não compareciam no debate bá A.R,e agora já se esqueceram de tudo,e fazem-se de coitados,Burrrooooossssss

  4. osvaldo pereira

    9 de Junho de 2013 as 15:02

    para quando é que os governantes santomenses começam a bater o pé no chão junto do governo angolano para resolver a situação de milhares de santomenses que estão ilegais ca em angola? existem casos de pessoas que estão a mais de 5 anos neste país irmão e continuam ilegais,existem casos de pessoas que já deram entrada a mais de 3 anos para o pedido de residência e até agora o dito cartão não sai,existem casos de uma simples renovação que chega a levar mais de 7 meses,nós abrimos as nossas portas aos nossos irmãos angolanos e penso que chegou a altura de os nossos governantes baterem o pé para que nós santomenses em angola sejamos tratados como verdadeiros irmãos,mon ca bè mon ca bi.

  5. arlindo fernandes

    9 de Junho de 2013 as 15:07

    Tambem e preciso visitar cabo – verde , mocambique e guine bissau para troca de experiencia

  6. Deca

    9 de Junho de 2013 as 15:35

    Parabéns.

    Rapazes, vocés podem comer e beber nao esqueçam de trazer paracetamol éeeee.

  7. a força do povo

    9 de Junho de 2013 as 15:59

    Espero que esses políticos pedintes aprendam a lição de que, a melhor forma de um país se desenvolver é criar a sua própria riqueza com o TRABALHO SÉRIO dos seus filhos.

    Para isso, é preciso uma verdadeira liderança, capaz de galvanizar a massa critica rumo ao desenvolvimento, e não criar permanentes condições, ou terreno fértil para o desenvolvimento da pobreza.

    Deixar de mendigar para os outros povos, quando podemos criar as condições para o nosso próprio desenvolvimento e não submeter sempre o nosso país ao ridículo de pedinte.

    Gabriel Costa deve aprender a criar condições internas de desenvolvimento.

    Investir em sector privado de transformação aproveitando as potencialidades agrícolas que o país oferece.
    cobrar os impostos que muitas e as maiores empresas não pagam porque os proprietários são deputados.

  8. zeme Almeida

    9 de Junho de 2013 as 16:28

    Que pomposa visita.Este grupinho sao os preferidos do Jornal Tela-Non,ninguem pode lhes pode tocar.É um governo transparente,nao existe corruptos neste seio e é considerado dos melhores que alguma fez apareceu neste STP.

    • Kua Li

      9 de Junho de 2013 as 21:25

      Tu podes gemer, espremear,insultar coitado do Abel,encher o espaço para comentários,nada te adiantara,tu,negro de Sao tome,E.santos e demais necrofagos,têm de aprender que: Nancé deça cobló valá só x,kadá son bódon,toma sórdido placêlu só x,kadá pêtu komén,Abel só bila chá di kotá feblē,aconselho-vos a reescutar as razoes invocadas por Evaristo Carvalho quando se demitiu da presidência da A.R. Por favor deixem trabalhar o governo,o caos caos não pega no meu Sao tome poderoso,aqui a terra fica e a caravana passa,e o ADI é passado,conquistem de novo o poder nas urnas,…IDIOTAS

      • Negro de STP

        10 de Junho de 2013 as 11:59

        Senhor (kua li ) vai chamar idiota ao teu pai a sua falta de educaçao revela bem que tipo de pessoa tu és.
        Não tenhas medo porque a ultima vez que votei para uma eleição em S.Tomé foi a 21 anos e não foi para ADI e não pretendo faze-lo .
        Não tenhas medo porque não pretendo retirar o teu TAXO.
        Sou apenas um cidadão atento e sei como o povo sabe que alguem que fez alguma coisa para o povo é Patrice Trovovoada desde a nossa independência isto é que me intereça o povo e não alguns grupinhos como tem sido o voço caso.

        Voces tem que provar o contrario.

        • Kua Li

          10 de Junho de 2013 as 13:54

          Meu caro,perdoa-me o adjectivo mas face a tantas incongruencias evidenciadas por alguns comentadores como tu,senti ofendido na minha inteligência,apesar das desculpas sinto- me mais uma vez afectado na minha razão pelas vossas palavras,dessa vez serei educado depreendendo,que o que lhe move é um Sao tome
          e Principe melhor,dai que lhe pećo que me faça o obséquio de enumerar, o que foi feito pelo gov. de Patrice em prol de todos,como bem comum,duradoiro,que o torna merecedor da sua e da minha confiança? Porque eu mano sou um estudante,no estrangeiro, passo as mais vís dificuldades,nao tenho partido,quero justiça ,igualdade e progresso social para o meu maior Partido São Tome e Principe,aguardo por resposta clara e objetiva,e mormente desapaixonada

  9. Jose Andre

    9 de Junho de 2013 as 16:37

    Tal como aconteceu com o PR novamente o prolongamento da visita, desta vez para o nosso PM. Isso indicia novo fracasso.

  10. zeme Almeida

    9 de Junho de 2013 as 16:37

    Estas noticias é que agradam o jornal tela-non e o seu diretor Abel Veiga.Nao me toques

    • ahahah

      9 de Junho de 2013 as 20:19

      A mim também interessam se abrirem oportunidades e que essas oportunidades sejam bem aproveitadas por todos para o bem da nossa terra. Não acredito que isso não lhe interessa a si também Sr. Zeme. Será que o seu “gemer”, Zeme Almeida, só se deve a saída do seu chefe do governa?
      Cada vez mais se percebe o quanto gostas da tua terra e do teu povo!!!!!!!!!!!!!

  11. para rir ou chorar

    9 de Junho de 2013 as 18:41

    UMA “BOFETADA” DE ANGOLA PARA o partido ADI.
    Esta partido fez tudo; tanta propaganda para que desse tudo errado para S.Tomé e Príncipe.
    ENGRAÇADO é que dizem que: QUEREM BEM DO POVO PEQUENO.
    Mesmo assim tentaram impedir Timor-Leste de ajudar S.Tomé e Príncipe.
    IDIOTASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

  12. pagaguno

    9 de Junho de 2013 as 21:05

    Então onde estão os 360 milhões de usd que Patrice não quis. Ah,ah,ah….

  13. Albertino Bragança

    9 de Junho de 2013 as 21:14

    Os Angolanos recebem sempre muito bem. sim senhora!

    • Pen Drive

      10 de Junho de 2013 as 7:37

      É uma grande verdade. Com muita pompa e circunstância. E depois não se vê nada na prática. Estámos habituados!

    • Pen Drive

      10 de Junho de 2013 as 7:45

      Quantos governantes santomenses não visitaram Angola cuja visita tenha coroada de êxito. Qual a melhoria para o povo santomense? E já que falam de encontro com os ditos empresários angolanos, não se esqueçam de club náutico e bunker para stokagem de combustível em Santa Catarina!

  14. zeme Almeida

    9 de Junho de 2013 as 22:37

    Oh senhor AhAhAh eu acho que o senhor deve estar muito enganado e fazer juizos errados.Eu nao vivo da politica para meu sustento e nem de migalhas de que os seus governantes andam pelo mundo com cara de sem vergonha a pedir esmolas.Angola nao está oferecer dinheiro ao seu STP. O teu PAÍS STP nao é provincia de Angola,tem que deixar de estar sempre pedir.Nós deveriamos ter vergonha e comecar a lutar pelos nossos proprios meios.Será que teremos condicoes pagar o que estamos a pedir?

    • ahahah

      10 de Junho de 2013 as 8:05

      No meio de tudo isso uma coisa me interessa e decerto interessa a todos os santomenses que se preze. Isto é, que o pais se desenvolva com ou sem ajuda internacional. Se as dezenas ou mesmo centenas de viajem do P. Trovoada ou as unidades do Gabriel Costa servirem para levantar a nossa terra, que o façam. Creio que o país deve ser servido também com a razão e não somente com paixão cega, por pessoas ou partido, como alguns têm demonstrado nesse fórum.
      Você não é um daqueles que andam apaixonados por pessoas ou partido, pois não?
      Olhe para você mesmo, escrutina os teus sentimentos, veja os seus comentários. Que vê?
      Você pode estar a ser sincero sim e ser uma pessoa muito seria no que diz. Mas, será que basta a sinceridade? Nunca viu pessoas sinceramente enganadas? Estará a ser sincero com os seus sentimentos pela pessoa do P. Trovoada ou do partido ou estará a ser sincero em busca exclusiva do melhor para nossa terra?
      Olha para a nossa gente, olha para os teus irmãos, amigos e primos! Que vê? Olha de novo. Consegue vê-los nos hospitais, na escola, no mercado com as compras recheadas de miséria? Vê de novo, olha bem nos olhos das nossas crianças de dos reformados sem reformas! Que lamentos encontras? Consegues ver tristezas mil? Você é suficientemente sincero para perceber a tristeza nos seus olhos ou prefere refugiar na sinceridade do seu coração enganoso?
      Não espero que me responda a nenhuma dessas perguntas, somente anseio que continue a ser serio mas olhando para os pais e não somente para as paixões seja de que espécie for.
      Bem-haja companheiro. Lutemos pela nossa terra.

      • ahahah

        10 de Junho de 2013 as 8:08

        Queria dizer: … continue a ser serio mas olhando para o país e não somente para as paixões seja de que espécie for.

    • som

      10 de Junho de 2013 as 12:23

      Se falas, como ñ fosse santomense!porquê estar a intervir no q.ñ é lhe chamado?estes espaço,cabe aos santomenses!

  15. Judeu

    10 de Junho de 2013 as 1:24

    Ainda bem que não vives da política,assim calas para sempre e brinde-nos com a tua ausência e comentários sórdidos,nédio,fanático,traidor,eu sei quem tu és…..invertebrado

  16. Judeu

    10 de Junho de 2013 as 1:25

    Necio

  17. pedro

    10 de Junho de 2013 as 6:52

    Viva Dr Gabriel VIVA

  18. E. Santos

    10 de Junho de 2013 as 7:44

    Que este levantar do rabo do Primeiro Ministro Gabriel Costa da sua rica cadeira do Palácio do Governo possa de facto estimulá-lo no sentido de procurar fazer o melhor pelos São-tomenses.
    Não interessa só ir buscar dinheiro, incentivar a cooperação com Angola. Isto é bom mas de nada valerá se internamente os delapidadores do bem público continuarem a coabitar com pessoas de bem. Gabriel e Pinto da Costa precisam começar a dar sinal de que têm uma visão para São Tomé e Príncipe e o seu POVO e têm uma política clara para o combate a corrupção que enferma o país e não deixou de fora o seu próprio Governo. Precisam pôr de lado o PCD que é porta estandarte das maiores práticas de corrupção do país e já deram sinais de que não vão mudar de postura.
    Ides buscar dinheiro, acho que ajuda nunca nos faltou. O que nos falta é saber aplicá-lo, saber usa-lo e não deixar que que os mesmos de sempre vivam a custa do dinheiro de todos, isto é, sejam sanguessugas do estado.
    Por isso, de nada nos servirá todo este aparato se na prática, vier a ser, mais do mesmo.

    • E. Santos

      10 de Junho de 2013 as 9:47

      “O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, sustentou que o seu Executivo tem políticas bem direccionadas no sentido de ultrapassar o fenómeno da corrupção, tornando-a cada vez menos presente na sociedade angolana.”
      In ANGOP

      Caro Presidente Pinto da Costa, siga-lhe o exemplo se faz favor. Apresente-nos a sua política de combate a corrupção e faça-a valer. Não numa lógica de caça as bruxas, mas claro, tem de haver um ponto de partida.

    • Kua li

      10 de Junho de 2013 as 11:19

      Em primeiro lugar eu sou negro foro e gikiti,referi ao Negro para aludir ao pseudónimo que intervem neste espaço usando este adjectivo como nome,e depois para dizer-vos,a vós do ADI para acordarem do ridículo em que estão a cair,mesmo neste espaço a vossa falta de lucidez é confrangedora e evidente o desnorte,é que se tivessem cuidado para revisitarem comentários anteriores que já fizeram,e as respostas descabidas que davam quando se confrontava as viagens de lazer do vosso amo Patrice,que chegou a eleger a política externa como meio de desenvolvimento,vendeu-nos para kosovo em troca de dinheiro,agora vem falar em políticos pedintes,e que o povo angolano nao trabalha para nos sustentar,acordem,falta 1ano e 6 meses para próximas eleições,arranjem estratégia credível responsável e preocupem-se em unir as escassas massas cinzentas que vós tendes nas vossas fileiras,buscando um programa de governação real nao utópico como é o vosso apanágio,Sao Tomē precisa,eu preciso as crianças desta terra precisam,Levy tem de parar de usar nome do povo para ele conseguir acabar casa no Lukumy,reconheçam o vosso fracasso,eu acreditei em vós lembro-me de regozijar com a medida do XIV governo de proibir o uso de transportes do estado fora das horas normais dos expedientes,esperei por mais ,mas foi sol de pouca dura,vocês em 2 anos a velocidade da vossa corrupção é igual ad luz imaginem se fosse mais de 2 anos,matariam o povo,enquanto o Sr, Patrice anda de jacto,e usa sapatos da Lois Vuitton,que custam 2.000e eu vi nao me contaram viajei,lado a lado no voou da TAP com esse carasco,mas na altura nao havia no hospital linha de sutura no bloco operatório,viveeeeeee,deixa-nos com a nossa pobreza,punda puta ka passa fomi,mas já já mé e ka dumi homé cetu….ALDRABOES

  19. desta terra

    10 de Junho de 2013 as 8:06

    Abel, o senhor que é partidário de Assaltantes do poder, por favor, pergunta-lhes:

    Será que é desta que a tão propalada soma dos 360 milhões virão de Angola?

    A verba que deixou o grupo dos corruptos e preguiçosos loucos e os induziu a assaltar o poder para ficarem ricos a custa de 360 milhões de Angola.

    Desta vez é tudo ou nada!

    Ou chega a massa ou o governo não arranca com a execução do PIP constantes do OGE.

    Até então é só o pagamento de salários e mais nada.
    O país está totalmente parado e às escuras, se calhar devido os coitados dos MORCEGOS.

    Portanto benvindos os 360 milhões de USD ANGOLA.
    Se Gabriel conseguir que o Zé Dú abra a torneira.

    Esse governo corre sério risco de ser considerado o pior de sempre neste país!

    • E. Santos

      10 de Junho de 2013 as 10:06

      Alcino Pinto foi buscar 7 milhões e ficou com 2 milhões.
      Numa base proporcional, Gabriel Costa vai buscar 360 Milhões e deverá ficar com 102 Milhões.Porque não?

      Se a prática prevalece então o POVO de STP só deve contar com 258 Milhões. No entanto destes 258 Milhões, temos de comprar mais arroz amarelo e partido, logo vão outros milhões, depois é preciso pagar todos o pessoal que fez cair do Governo do ADI para que estes 360 entrassem. Obviamente que não vão ficar de fora do bolo senão deixam cair o Governo de Pinto da Costa. Então, feita as contas são mais 29 Milhões, um para cada deputado do PCD/MLSTP/MDFM. Mas não fica por aqui a distribuição, a STAFF do Presidente também vai querer alguma coisa, sem dúvida.
      Agora já só temos 229. Dos 229 se pensarmos em construir casas para os Jovens como dizia o Ministro da Juventude quem vai ganhar será o Bano. Logo vamos investir (perder) mais uns 5 milhões e não ver nem a cor das casas nem do dinheiro. Depois temos de reabilitar estradas noutros 5 milhões, ah, as estradas são ao cargo do Delfin Neves…só miragem e nada de estrada.
      Depois de todos usurparem a sua parte, uns mais outros menos, o POVO que é POVO vai mais uma vez ficar com a dívida nas costas e sentados a ver passar o navio.

      Por isso a questão naõ está no conseguir dinheiro para o país. Isso, com mais ou menos esforço, sempre se consegue.

      Toda esta alegria, mas a maioria das pessoas que cá comentam todos contentes só vai ficar mesmo é com a dívida deste dinheiro. Deste, se vier, e de outros que eventualmente virão.

      Numa coisa o ADI continua a ter razão. É preciso fechar a autoestrada da corrupção no país para que se consiga dar algum passo.
      Enquanto isto não acontecer. Nem com trilhões vamos lá. Não se iludam.

      • Kua Li

        10 de Junho de 2013 as 12:57

        Levy sossega,todo mundo sabe que como politico és um zero a esquerda,calado de cara seria,pareces alguém abres a boca um acidente,gente já sabe que você e que se faz passar por E.Santos,queres concluir a casa não é,? Então seja inteligente,a menos por uma vez,mude de estratégia,senão nao vaís longe,tu falas de caças as bruxas,bô çá ku médu?És um produtor de discursos inflamados carregados de ódio e desfazados do contexto,digo-te,se P.Costa fosse como tu,já verias o teu corpo e estarias a rir ,mas o tempo e a tua boca se encarregarão de fazer a justiça,

        • Kua Li

          10 de Junho de 2013 as 13:29

          E acho que,quando escreves dá-te uma branca,”ADI tem razão é preciso fechar a autoestrada da corrupção,”Credo vocês só com cristo, esse é o discurso quando estão na oposição,vocês que desiludiram tudo e todos,com diversos escândalos,com condutas deploráveis para titulares de cargos públicos vêm falar de corrupção,convenhamos que desfaçatez,mas com que autoridade moral vós podeis exprimir,e deixe de atirar poeiras aos olhos de coitados,culpar o PR P.Costa por um onús que vos pertence enquanto deputados (legisladores),já agora que iniciativa legislativa ADI no gov,teve em termos de criação de lei,para combater a corrupção ? E que era a vossa bandeira,já que quando fora eleitos o povo andava farto das suspeitas existentes sobre o Rafael Branco ,o que legitimou a vossa vitória,e agora o que ao olho nú ficou exposto,é que o ADI não passa de farinha do mesmo tacho ou pior,uma vez que o mestre é conhecedor de técnicas de corrupção mais evoluídas,quidaleeeeeeooooooouuuuu ADI deixe-nos em paz,faça alguma coisa pelo povo,p.ex,chame a ministra dos negócios estrangeiros e demais ministros e procure saber pra nós quais os protector em carteira para aplicação dos fundos emergentes da cooperação como á que foi assinada agora com Angola,e outras atitudes positivas que enobrecem a vossa imagem e vos credidibiliza diante da população,..isto sim é querer-nos bem,

          • Kua Li

            10 de Junho de 2013 as 13:32

            Projecto

  20. Maria Ricardo

    10 de Junho de 2013 as 8:13

    É preciso saber aproveitar oportunidades que nos são dadas. O Governo cessante, não soube aproveitar, devido a arrogância e prepotência. Agora, estão atrapalhados e cheios de ciúmes. Que juntem-se ao Governo de Gabriel Costa para ajudar a desenvolver S. Tomé e Principe.

  21. José Rufino

    10 de Junho de 2013 as 8:49

    Cambardas de parvos,politicos de meia tijelas,corruptos…bando de ignorantes.Tanta coisa de resultado nada…

  22. Alexandre da Conceição

    10 de Junho de 2013 as 9:30

    Ninguém deve se juntar ao lixo pois de lá só se pode sair sujo ou doente! Este goverlicho doente, sujo e incompetente tem dias contados!
    Nenhum país sério vai negociar de facto com dirigentes(assaltantes do poder) que o povo não escolheu!

  23. Odair Costa

    10 de Junho de 2013 as 9:30

    Abel Veiga não intimides com os outros,continue com as suas notícias frescas na internet,o povo já está sabendo de muitos malandrice que o senhor PATRICE TROVOADA e os seus seguidores andaram a fazer no País. Se Gabriel Costa e os seus ministro conseguir elaborar o salário minimo nacional,implementar o estatuto remuneratório da Educação e da Saúde,reparar as estradas,por água e resolver poblemas de energia será era uma vez o A.D.I e os seus idiotas vão todos a casca da rolha.Viva Pinto da Costa e Gabriel COSTA,Viva o povo de S.TOMÉ E PRÍNCIPE.Abel Veiga continue sempre com as suas pesquisas de notícias frescas,com a internet um pouco barrato todo povo consulte telá nom.

  24. zeme Almeida

    10 de Junho de 2013 as 9:39

    Senhor Kua LI,sou negro de Stomé e o senhor é branco de S.Tome.Tenho muito orgulho de ser negro desta terra como o senhor diz.Se o senhor acha que o seu País só vive de ajudas do suor dos outros povos?Muito bem!Voces tém que por maos a terra e trabalhar os angolanos tambem tém seus problemas?Se o senhor acha que estes financiamentos vém resolver o seus problemas financeiros e dos seus familiares,estas enganado.

    • Kua li

      10 de Junho de 2013 as 11:43

      Assim como as viagens do Patrice nada trouxeram eu sei,mas,Gabriel não é milionário se ele roubar demais eu vou saber,ele é menos perigoso é ladrão de galinha,não se compara com assaltante de banco travestido de milionario

  25. alvaro lopes

    10 de Junho de 2013 as 9:39

    Boa visita sr primeiro ministro, srs ministros e sra jornalista São Deus Lima- agora repórter, não conhecia essa sua faceta menina, AGARRA, COME-O TODO E bem a coisa que te deram São, sr primeiro ministro não se esqueça de trazer os tais 300 milhões de dólares que muito se fala, quá li bili dêuá piá , cuá di bôbo so cheio de mordomia

  26. bmw

    10 de Junho de 2013 as 9:40

    que o povo santomense saia a ganhar com estas visitas.mas escolas,transportes escolares em condições,melhores condições e medicamentos para hospital central,melhores estradas,passeios principalmente da marginal que esta uma vergonha,iluminação nas estradas,etc.um bem haja a todos.

  27. Come Deixa

    10 de Junho de 2013 as 9:49

    O Pinto da Costa patrocina-te e bem Abel!!

  28. O bem saber fazer

    10 de Junho de 2013 as 10:23

    Receita Simples para Desenvolvimento do RDSTP
    Senhor ministro de Finanças, o pais para desenvolver é simples. Aposta na arrecadação de recetas proveniente de IMPOSTOS.
    Todos os países desenvolvidos, chegaram a esse nível através de cobranças de Impostos.
    STP existem muitas empresas que não pagam impostos porque os proprietários são deputados ou ministros.
    Aposta certa para o desenvolvimento é ter um sistema de fiscalização MOTIVADOS, impedindo que ele seja subornados pelos nossos deputados proprietários de muitas empresas que labutam em STP.
    DEVE APOSTAR NA INSPEÇÃO GERAL DE FINANÇAS E NA DIREÇÃO DOS IMPOSTOS.
    DEIXA DE SER PEDINTES, ISTO É FEIO PARA O PAÍS.

    ja existe caso que Impetores de Finanças foram Intimidados porque GANHAM MAL, porque TÊM MEDOS DE repreensão, porque perderam CREDIBILIDADE INSTITUICIONAL.

    TEMOS QUE ACABAR COM ISSO, senhor Ministro!!

    • Chefe de Estado

      10 de Junho de 2013 as 15:33

      Concordo em parte com Bem Saber Fazer.
      Qualquer país de mundo para entrar da rota de desenvolvimento, tem que apostar seriamente nos Órgãos de Controlo da Legalidade, a saber: Os Tribunais, Inspecção Geral de Finanças e não só…
      Não obstante a isso, o governo deverá adoptar políticas sérias no sentido de fomentar ou dinamizar o sector privado.
      Caso contrário, continuará haver grande índice de corrupção, que é um dos maiores entraves ao desenvolvimento sócio-económico do país que nos viu nascer.
      Soube que por intermédio de um terceiro, que os inspectores das finanças têm uma remuneração muito baixa, o que poderá pôr em causa a credibilidade de relatórios produzidos pelos mesmos.
      Espero que o Senhor Ministro de Tutela esteja atento e faça algo para esta gente, que faz ovos sem omeletes.
      Viva STP!Abaixo críticas destrutivas…

  29. zeme Almeida

    10 de Junho de 2013 as 11:10

    Estar no governo por 1ano é muito pouco tempo para se aproveitar.É bom aproveitarem porque o ano 2014 se avizinha meus caros seguidores do Gabriel Costa.Aproveitem os que Angola vos dá por emprestimo.

    • Kua li

      10 de Junho de 2013 as 11:38

      Não tenha tanta certeza disso,sei que tens passado fome,com a queda do ADI,mas relax,eu sou saotomense e culto,nem os motoqueiros que vocês embriagam na campanha já abriram os olhos,mesmo depois de uma “passa”de leamba,nao esta fácil enganar,podem desleixe toda grana de kosovo,dos navios blesky,e demais sujeiras….kua BÔBÔ

      • Espirito Santo

        10 de Junho de 2013 as 14:48

        Wua li,Espero que consigas tudo, enquanto estivewres na presidência.porque como quadro és um pessimo.

        • Kua Li

          10 de Junho de 2013 as 18:28

          Enganaste,eu ainda não estou na Presidência,mas hei de lá chegar,regresso esse ano a Sao Tomè,e nao te preocupes porque,hás de me conhecer porque uma nova era na política se emergirá,eu amo a minha pátria e juro-te que por ela darei a minha vida,porque sou daqueles que acredito que um homem não é lembrado pelo que tem mas por aquilo que foi capaz de realizar em prol do seu povo…fique atento a esta mensagem

  30. adriano rosamonte vaz da conceição

    10 de Junho de 2013 as 11:24

    Oxalá venha sair alguma coisa apalpável nesta viagem do primeiro ministro á busca de dinheiro vivo e não, mais acordos de cooperação, pois com angola, já vimos tendo muita ajuda, mas desta vez o que estamos a precisar é dinheiro vivo na bagagem do Gabi,talvez como fez o senhor alcino pinto, e se vier a concretizar ,por favor senhor gabriel por favor não fique com uma parte do dinheiro porque em S.Tomé e Príncipe só existe um orçamento do Estado aprovado e não um para assembleia e outro para governo.

  31. justino couto

    10 de Junho de 2013 as 11:26

    Caros amigos do Tela-Nom, todo o apoio que vem pra STP e bem-vindo, seja com Patrice Trovoada ou Gabriel Costa. Os nossos dirigentes precisam de ter o bom senso e nao forcar a barra. O (este) ministro da defesa Oscar de Sousa foi la fazer o que? O PR angolano nunca o aceitou como embaixador e fizeram de tudo para que o homemzinho o recebesse. Que aberacao. Onde anda os nossos analistas e os nossos conselheiros? Temos que saber fazer politica, minha gente. Persona non grata e persona nom grata em qualquer cargo. Haja paciencia. Abraco de Londres. J. Couto

  32. Adelino Santos

    10 de Junho de 2013 as 11:37

    O Diretor do Téla Nóm no meu intender promove a instabilidade politica em S. Tomé e Principe.
    Penso que o mesmo tem algum talento, mais precisa de uma formação na sua area.
    Um verdadeiro jornalista tem que ser no meu ver imparcial, fazer uso do principio de boa e educação de berço, que penso que o mesmo não tem.
    Muita gente pode passar a fazer parte de elites mais continua no seu passado.
    O dever dos jornalistas é informar o cidadão com verdade e ajudar a justiça em partes a resolver muitos problemas.
    Todos sabemos que em tão curto espaço de tempo ja saltou a vista de todos negócios obscuros por parte do actual executivo.
    Contrato forjado da compra de arroz que fez sair do cofre do Estado cerca de 50 mil milhões de dobras. Em criminologia tem um nome tráfico de influência e crime de colarinho branco. por parte deste diário digital nem uma palavra. Negócio obscuro no contrato de pesca nem uma palavra etc etc…………….
    Eu estou a escrever esta constatações como jurista e criminalista especializado em crime de colarinho branco e trafico de influência.
    Eu não tomo parte para ninguém, mais a situaçõs que da nojo.
    O primeiro ministro na sua primeira aparição na ANSTP acusou vários membros do antigo governo sem provas, porque se o tivesse já mandaria prender os infratores.
    Nós sabemos que no regime de 15 anos muito gente foi prezo e torturado injustamente, com provas forjadas.
    Senhor jornalista diretor do Téla Nóm informa com verdade, porque o julgamento popular é muito mais poderoso que o verdadeiro julgamento.
    A nota que o senhor esta a exibir no seu diário em relação a transação feita pelo Doutor Patricio no meu entender e também os procedimentos usados são falsos.
    Arranja outro argumento.

  33. Felisberto Bandeira

    10 de Junho de 2013 as 11:40

    OLHA quem estava no poder era Pinto da costa e Patrice Trovoada e actualmente quem esta no poder e o Pinto da Costa e Gabriel costa, se vos perguntarem qual deles e que rimam de certeza que irão dizer que e P.Costa e G.Costa .Patrice nao rimava com o P.Costa estava a governar S.Tome como se fosse uma organização,ele teve oportunidade que sempre sonhou mas não soube gerir, e como se alguém tivesse ganho 450 milhões de dólar e ter gasto em 30 dias o que lhes restam e lamentações e falar a besteira ,mas se amam STP como dizem ,usam o vosso saber apoiando o governo nesta difícil luta que e a pobreza e a corrupção e fazendo uma oposição condigna na assembleia porque foi por que o POVO vos escolheu ,vocês falharam e perderam autoridade para governar, mas não perderam oportunidade de concorrer as novas eleições então demonstra o vosso saber porque o povo quer ver trabalho e não blaa blaa blaa que não nos leva ao lado nenhum. eu jamais votaria no Patrice T., talvez outro candidato ta bem.

    • Non Mole

      10 de Junho de 2013 as 15:50

      Minhas felicitações compatriota,é gente asiim de conduta clarividente de parecer pedagógico que este espaço precisamum bem haja…Sao tome e Principe agradece.

  34. justino couto

    10 de Junho de 2013 as 11:46

    Tela-Nom, ha algum problema com o meu comentario? Disse alguma mentira? O sr Oscar de Sousa nao foi nomeado embaixador para Luanda e ficou a espera do “agreeman” esse tempo todo? Entao, porque censurar comentario que e verdade. E ainda acham-se imparciais. Vergonhoso.

  35. Barão de Água Izé

    10 de Junho de 2013 as 12:23

    Se a nossa Terra criar condições para ter Turismo de muito boa qualidade (hotéis 5/6 estrelas, resorts em terra e palafitas, etc…), quase só os turistas angolanos, ocupariam a capacidade hoteleira, para não falar de outros países que nos são próximos. Mas para isso, os Governos de STP têm que se preocupar totalmente com a Economia e deixar para último plano a politica e o judicialismo.

    • Pléto Lúlúlú

      10 de Junho de 2013 as 20:00

      Sr. Barão de Água Izé ….Turismo de muito boa qualidade (hoteis 5/6 estrelas, resorts em terra e palafitas …. Com a falta de água, cortes constantes de energia eléctrica, Hospital sem água e medicamentos, estradas esburacadas e lixo abundante e sem recolha, como quer o Srº. ” Turismo de muito boa qualidade ” ??? Explique lá para ver se eu entendo….Só se for em sonhos ….

  36. alvaro lopes

    10 de Junho de 2013 as 12:31

    PUBLIQUEM O MEU COMENTÁRIO SFF FEITO DESDE AS 9H: 39M

  37. Vai ou racha.

    10 de Junho de 2013 as 12:47

    Esperemos para ver os resultados.

  38. alvaro lopes

    10 de Junho de 2013 as 12:51

    OBRIGADO ABEL JÁ PUBLICARAM O MEU COMENTÁRIO ATÉ QUE ENFIM IÇA OBG

  39. jose mourinho de stp

    10 de Junho de 2013 as 14:23

    sr “para ou chorar” tal como o seu nome diz ou quer dizer…IDIOTA.

  40. HT

    10 de Junho de 2013 as 16:03

    Meus senhores já a mais de 3 meses HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO
    HOSPITAL NÃO TEM GESSO

  41. Pv

    10 de Junho de 2013 as 16:14

    Para mim, o mais importante não é saber se vai conseguir apoio ou não… Importante mesmo é saber o destino que darão aos possíveis apoios que têm ou que venham conseguir. Ja agora o telanon poderia continuar com seu trabalho de investigação, trazendo noticias sobre o que se tem feito com os tais apoios. Na verdade é isso que qualquer cidadão normal quero saber.

  42. Vai só

    10 de Junho de 2013 as 16:22

    Governo mais triste que nos aparece. O Gabi Moy só mesmo percebe da musica .
    Alerta povo

  43. Revoltado e indignado

    10 de Junho de 2013 as 18:55

    Eu sinceramente não entendo o que as pessoas que aqui postam seus comentários, alguns ate bem parvos, outros são mesmo idiotas, outros demostram a pura inveja que carateriza o santomense, se não vejamos; o Patrice Trovoada viajava muito, para não dizer na língua popular “bwe” nós o criticávamos por isso, o Gabriel sai depois de 6 meses numa primeira tentativa de busca de dinheiro igualmente nessa “boa pratica de pedinte/mendigos” a que todos os dirigentes e ex primeiros ministros nos habituaram, agora também vem gente criticando, afinal de conta o que se pretende para o país?! Que se continue nessa mediocridade, será que para os que criticam têm raiva de o Gabriel Costa conseguir fazer aquilo que o Patrice Trovoada tão propalou e se calhar não teve tempo de o fazer, ou fez do seu jeito?! Deveríamos todos estar preocupados sim e se entrar algum dinheiro como será gerido este mesmo valor e se fazer denuncias tal como o Tela Non tem feito para que se apure e chame a responsabilidade ate mesmo e porque não o reembolso pelo mau uso do dinheiro que deveria servir ao povo. Isto serve também para o Patrice Trovoada e os ex ministro do ADI, alguns hoje nada fazem exceptuando os que estavam desde sempre estavam no privado e que la voltaram, mas os outros nada fazem, não dão nenhuma contribuição para o país, antes não tinham nem se quer uma motorizada hoje já têm carros, estão a construir casas e só sabem fazer panfletos. Não desejo mal ao Patrice Trovoada, mas ele sabe que a única pessoa com quem poderá contar sempre no ADI é o Bala, de resto é só ele deixar de os sustentar cortar com esse parasitismo a ele, que vão mais uma vez como alguns em tempos fizeram lhe apunhalar pelas costas. Alias hoje no ADI vê-se que a única pessoa que sempre e ainda dá caras é o Levy, que diz não ser burro, mas deve esta a se aperceber que o Agostinho e mais “cambardas” estão a preservar as suas imagens para virem pousar de bonitinho ao Pinto da Costa e serem 1º Ministro ou Ministro. Paremos com isso, vamos unir esforços para o engrandecimento do país. Eu quero viver em STP e ver um STP melhor, prospero com justiça a funcionar, sendo edificadas obras novas, tal como tem vindo a fazer o Kiney no seu esforço e pragmatismo juvenil. Paremos com as intrigas e fanatismos. Já o meu prof de psicologia dizia; podemos sim confiar no homem, mas nunca no diabo que existe dentro dele – só ele sabe quando é que o revelara e em que circunstancias.

  44. afonso varela

    12 de Junho de 2013 as 18:15

    Qual Bala qual carapuça!
    Acha que BALA faz melhor do que nós? O BALA está cheio de PROBLEMAS.Passou pente fino ao chefe,agora….

  45. odair va-jeng

    25 de Janeiro de 2014 as 16:54

    Que tipo de governo existe em s.tomé?
    Somos filho da terra,será que não temos direito de vistar a nossa terra? aonde esta nosso governo? sera que só aparece para prometér CARTÃO de residêcia na campanha para ganharem voto? voto ja esta proximo podem vir essa vez,acredito dessa vez cartão sai primeiro que o voto? duvido
    porque só precisam de nós uma vez em 5ano.

  46. odair va-jeng

    25 de Janeiro de 2014 as 17:31

    Embaxada de s.tomé em Angola não consegui dar resposta do cartão de residência?,não sei se tem emxbaixador ou não,so sabbemos que estamos preso em Angola sem saber o dia de ir la visitar mas governan aterra é só vossas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo