00 239 - 9906263 contact@telanon.info

Get Adobe Flash player

Pinto diz ser o único a cumprir com a estabilidade em 25 anos de Democracia

A questão da estabilidade tem sido central na campanha eleitoral para as eleições presidenciais. Pinto da Costa diz que ele é o único Presidente da República que cumpriu a promessa de garantir a estabilidade. «Todos os candidatos falam de estabilidade mas em 25 anos de democracia só eu cumpri a promessa que fiz aos eleitores», afirmou Pinto da Costa.

Numa conversa com populares na roça Vista Alegre, distrito de Mé-Zochi, o candidato sublinhou, mais uma vez, que no próximo domingo não está em causa a escolha de um novo governo mas sim do Presidente da República. «O Presidente não governa. O governo foi escolhido pelo povo e essa escolha é para ser respeitada» disse Pinto da Costa.

O Presidente que se candidata a um segundo mandato recordou que «nos 25 anos de democracia, entre 1991 e 2011 o país teve 16 primeiros-ministros e outros tantos governos quando devia ter tido apenas 5», acrescentando que no seu mandato de 5 anos «a legislatura chegou ao fim com apenas dois chefes de governo».

Gráfico 25 anos de democracia_curvas_-01Segundo Pinto da Costa «contra factos não há argumentos» para logo de seguida deixar no ar uma pergunta aos populares «querem melhor garantia de estabilidade do que esta?».

Na entrada da segunda e decisiva semana de campanha a candidatura de Pinto da Costa dedicou dois dias ao distrito de Mé-Zóchi.

Uma campanha em que o candidato tem privilegiado o contacto directo com as populações e onde Pinto da Costa dialoga pedagogicamente com as pessoas e responde às suas perguntas sobre o que está em causa no acto eleitoral de dia 17 de Julho.

À expressão “Pai Grande” os populares juntaram recentemente o “Mambo Rijo” para destacar a força e vitalidade que o candidato tem demonstrado durante a campanha.

Abel Veiga

Notícias relacionadas

  1. img
    Vitoria Responder

    Mais 5 anos para Mambo rijo. Não queremos pau mandado de Evaristo como presidente.
    Votemos em massa no quadradinho número 1, vamos dizer não aos abusos e faltas de respeito que têm acontecido no país. Não coloquemos a nossa democracia em perigo.
    O povo de facto manda na urna, o povo decide o futuro do país.

  2. img
    Filho do Povo Responder

    É verdadae, meus compatriotas, vamos no domingo próximo por fim a indisciplina que está no pais e dar o nosso voto ao candidato número 1, de modo a garantir um futuro melhor com esperança para a nossa Nação. Não podemos permitir que no poder vem pessoas que estão vendendo este pequeno e lindo país pouco a pouco. Não necessitamos de candidatos que somente são de fantoches, porque na realidade se o candidato da ADI ganhar a eleçao será a mesma coisa que o Sr.Primeiro Ministro irá unir duas pastas mais altas do país como Presidente e Primeiro Ministro. É muita pena mas isso é uma verdade. Abrem os olhos e por favor pensem bem antes de irem a urna de votação de modo a dar a sua voz a um HOMEM de verdade que sempre amou e lutou para São Tomé que é o Dr. Manuel Pinto da Costa.
    Nós necessitamos de um preidente formado que é conhecido com muito bom nome internacionalmente e que o povo sempre adorou.
    Toda esta trovoada que nos querem dar hoje, pode trazer muitas destruições para o nosso país.
    Recordem que nunca Trovoada foi uma coisa boa. Sempre que ha uma trovoada ha sempre destruições e da mesma forma podera acontecer no nosso país caso chegar Trovoada ao país.

  3. img
    Mikayl Barros Responder

    Colocar democracia em perigo é voltar a escolher Pinto da Costa.

    para quem é inteligente, pode perceber que nunca, mas nunca mesmo Pinto da Costa e Patrice Trovoada vão comunicar bem.

    isto é um assunto que remonta a décadas. e pra quem não gosta de estabilidade, ai sim pode escolher pinto da costa como presidente.
    O próprio pinto da costa sabe muito bem disso, como todo resto dos dirigentes do MLSTP/PSD sabem muito bem disso. que o Patrice nunca vai comunicar bem com elementos desse partido na governação. uma das grandes razões é a crescente onda de corupção e hipocresia que reside dentro do proprio partido. So fazem de falsos, enganando meia dúzia de pessoas sem inteligência ou pessoas interesseiras

    Pergunta ao Pinto da Costa durante 5 anos que está preste a chegar quantas vezes ele pude estar frente a frente com Patrice em busca de soluções para o país? resposta: poucas vezes ou nenhuma vez, e é isso que ele quer para mais cinco anos, ou a intenção em partir para guerra desta vez, uma vez que será ultimo mandato dele segunndo a nossa constituição.

    • img
      Povo pequeno Responder

      Mikailail Barros, a porta da rua é a serventia da casa, Patrice que mude de país se não quiser trabalhar com Pinto, única pessoa que não quer estabilidade do país é Patrice Trovoada, vê-se pelos seus discursos quando fala em nome de Evaristo de carvalho, vulgo pau mandado.
      Patrice trov. quando fala, despeja apenas odio e rancor, o o senhor tem coragem de dizer que Pinto é que não quer estabilidade. BILI WÊ

      • img
        Mikayl Barros Responder

        Povo pequeno, como não queres colocar seu nome e apresentar-se de forma real, quero te dizer, como colocaste o nome povo pequeno, és mesmo pequeno até no pensamento.

        o que eu quero te dizer, coloca la pinto da costa ou maria das neves e no final de 5 anos me apresenta um relatório de pelo menos 5 encontros de Patrice trovoada e um deles, que fala sobre buscar solução para melhoria deste país, ou melhor os primeiros 5 anos do pinto ja esta a terminar. pede-lhe um relatório de numero de encontro que ele teve com Patrice nesses dois anos para resolução do problema do país.

        ja viste alguma vez um chines que nunca aprendeu falar ingles a comunicar com um americano?
        assim será Patrice com pinto ou maria.

        o BILI WÊ que usaste certamente serve pra te.
        isso tudo quem sofre mais são os nossos filhos, que padece com a nossa falta de discernimento e o nosso fanatismo. porque muitos que querem pinto ou maria, não estão a pensar no país, são apenas fan desses candidatos.

  4. img
    Felisberto Bandeira Responder

    De ano 2014 ate ano 2016 temos vindo presenciar notavelmente , violação das leis da Republica em STP pelo P.M. , falta de respeito do Primeiro Ministro para com outras Orgãos de Soberania , O Presidente da Republica, algo inédito em STP , E O Presidente da Republica , tem nos demonstrado muita maturidade e profissionalismo Politico,pensando sempre em primeiro Lugar na estabilidade de STP ignorando muitos desaforo do menino Patrice Trovoada pelo bem do Pais da Estabilidade Politica económica e social, e da Democracia ,é o Presidente que mais garantiu a estabilidade politica no Pais no período da Democracia , Viva Manuel Pinto da Costa ,dia 17 de Julho votar no Candidato Manuel Pinto da Costa quadradinho N 1 Pelo bem da Democracia e da estabilidade do Pais Deus Abençoa STP .

    • img
      Mikayl Barros Responder

      Sr. Felisberto Bandeira, seja inteligente. se de 2014 a 2016 o presidente andou a ignorar e aguentar muitos desafores do primeiro ministro, acredito eu, que ele estaria quase quase para o tempo de mandato dele chegar ao fim para ele deixar este cargo, ou até poderia por cargo a disposição. agora, se ele ainda está a recandidatar é porque ele gostou e sentiu bem em sujeitar Patrice. isso já não é pelo bem do povo, so é por interesse pessoal e será sempre assim, porque eu tenho 38 anos e vi muita coisa acontecer nestes anos todos. e nunca um verdadeiro santomense que é dos anos 50, 60, 70, ou até mesmo 80 entregaria confiança a este sr. pinto, só os que não pensam em futuro melhor deste país. e como existe muito desses homens com pouca inteligência é por isso que o país está onde está, agora querem culpar quem não tem 2 anos de governação ainda.

  5. img
    Martelo da Justiça Responder

    Fala-se muito da estabilidade, mas não se entende o que se pretende. Vejo mais demagogia de alguns políticos para enganar o povo. A estabilidade é como o tango tem que ser dançado a dois, senão a dança não se realiza. Isto significa que tem que haver entendimento entre o Presidente e o Primeiro Ministro. Nenhum deve impor a sua vontade a outro. Os altos interesses do Pais e do povo tem que estar acima de tudo e tem que haver a capacidade de se chegar a um entendimento. Isto é que é o espirito democratico. Se levanto essa questão aqui é porque noto que no debate que tem havido, fica-se com a impressão que a estabilidade depende apenas do Presidente. Ora vejamos, se um presidente aceitar tudo o que o Primeiro Ministro lhe impõe esse Presidente não serve. Mesmo se o Evaristo Carvalho for eleito conforme a vontade do Patrice Trovoada será que ele vai aceitar tudo o que o Primeiro Ministro vai-lhe apresentar? Nessa altura vai-se confirmar o tão propalado “Pau Mandado”. Seria muito desprestigiante para uma pessoa com a idade de Evaristo de Carvalho. Na democracia a capacidade de entendimento deve ser com qualquer pessoa, seja ele da nossa cor politica ou não. Por isso é que não entendo o que o Patrice Trovoada pretende. Ele só pretende governar tendo em todos órgão de soberania gente da sua cor política?? Ou será um pretexto para justificar o fracasso de governação desses dois anos??. O ADI tem maioria absoluta, tem quase as camaras todas, a oposição desapareceu e está sem expressão, o tribunais esta como se sabe, ainda não ouvi da parte do Primeiro Ministro exemplos concretos de que o Presidente esteja a dificultar a sua Governação. O que pretende mais este Primeiro Ministro?? Para o bem do Pais, os eleitores não devem eleger uma figura do ADI para o Presidente. Depois não digam que eu não avisei!!!

Deixe um comentario

*