Destaques

ONU em STP disponibiliza 13 milhões de dólares para 2017

O sistema das Nações Unidas em São Tomé e Príncipe, vai investir este ano mais de 13 milhões de dólares na implementação de projectos que permitem a melhoria da governação, a promoção da coesão social, o crescimento económico e a resiliência.

O Governo são-tomense e Zahira Virani, Representante do Sistema da ONU assinaram na última semana o acordo que permite o financiamento dos projectos previstos para 2017. As três áreas para o ano 2017 estão estimados em mais de 13 milhões de dólares», declarou a representante do sistema das Nações Unidas.

As Nações Unidas e São Tomé e Príncipe assinaram recentemente o programa quadro para ajuda ao desenvolvimento do arquipélago de 2017 a 2021. O entendimento rubricado pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros Urbino Botelho e por Zahira Virani, implica a implementações dos projectos previstos para 2017. «O sucesso deste plano depende em grande parte de todos e de cada um de forma que no final dos 5 anos possamos anunciar bons resultados», acrescentou a chefe do Gabinete da ONU em São Tomé e Príncipe.

Abel Veiga

    7 comentários

7 comentários

  1. rapaz de riboque

    20 de Fevereiro de 2017 as 16:37

    Muitos vão se encher

  2. artur santana

    20 de Fevereiro de 2017 as 17:55

    Noticicia boa e bem se espera que o dinheiro seja bem empregue. Mas ai mesmo tempo que ha esta notícia ha uma outra se calhar melhor aqui em Portugal. Um santomense acaba de acertar no Euromilhões do último fim de semana e vai levar cerca de vinte e dois milhões de euros. Ha informações de que é um jornalista residente em boa morte em s.tome. A ser verdade que Deus o ajude e que tenha juízo, pois no passado já um outro santomense havia ganho e hoje está pior do que antes…

  3. EX

    20 de Fevereiro de 2017 as 18:57

    Eles vão simplesmente vangloria a dizer que estão afazer muito e depois não implementar nada e final nada será feito.

    Pk esse Governo nada sabe de boa Governação.

    Se quiserem podem vir buscar Consultores em Cabo Verde, aqui tem que sobra.

    cmpts

  4. lembalemba costa

    20 de Fevereiro de 2017 as 21:01

    Oh senhor artur santana, isto a ser verdade o dito jornalista esta feito e deveria ser ele a dar STP dinheiro emprestado cobrando seus juros. S.tome é pequeno e brevemente se sabera quem é o sortudo se isto for verdade..

  5. tiago tiago

    21 de Fevereiro de 2017 as 16:12

    Na verdade na manha de hpje quando Jorge amado foi apresentar queix contra o presidente da assembleia esta questão do sntomense sortuno foi falado, mas o dito jornalista não se encontra em Portugal. Teria jogado por correspondência ou por intermédio de algué

  6. derley.pietro

    22 de Fevereiro de 2017 as 1:51

    Destes 13 milhões de dólares quanto já ficou no executivo das nações unidas, agora em cada projecto cada chefe de projecto enche o saco, quando chegar a obra feita já pouco ou nada resta, depois vai se ver na TVs umas cabanas umas irrigačões etc
    Só dinheiro deitado para os bolsos de quem esta a frente dos projectos o povo nunca vai usufruir em obras dignas de se ver
    Bem disse o ministro tawaines que com o dinheiro que taiwin deu a STP dava para construir 2 stps
    O que tem?
    Barracas, lixo, casas colónias a cair de podre roças degradadas
    E os membros dos governos
    Casas de luxo
    Carros de luxo
    Boquita com fartura
    Casas no estrangeiro
    Filhos a estudar fora
    Que o povo tem?
    Miseria

  7. Peixe

    24 de Fevereiro de 2017 as 10:29

    ONU, não dá nem envia dinheiro pra esses caras. A organização tem representante, então o representante deve controlar o dinheiro que sai e oque é pra fazer. Se não realizou por favor não dê mais nenhuma nota.todos são las dos desde o primeiro presidente do paídolo até o íltimo deportado sem acento parlamentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo