Eleições presidenciais

Polícia Nacional põe fim a operação em Milagrosa

Na manhã de quarta – feira os habitantes da roça Milagrosa, decidiram levar para o Comando da Polícia de Mé-Zochi, os três jovens que a polícia tem procurado desde 17 de Julho, por causa das escaramuças que ocorreram durante o boicote às eleições.

O Comando Distrital, transferiu os 3 jovens acompanhados pelos populares, para o comando geral na cidade de São Tomé. Segundo os populares, o Comandante Geral da Polícia Roldão Boa Morte, acompanhado pelo Comandante da Polícia de Mé-Zochi, reuniu-se com os habitantes de milagrosa, incluindo os 3 jovens e conversou animadamente. Uma conversa que serviu para aconselhar os jovens a não desacatarem as ordens da polícia.

Uma conversa amena, que ficou marcada pelo anúncio do Comandante Geral Roldão Boa Morte de que os 3 jovens e todos os habitantes de Milagrosa presentes na reunião, poderiam regressar em paz para as suas casas.

A Polícia Nacional decidiu fazer marcha atrás, na operação que durou uma semana, para detenção dos três jovens. Os populares garantiram ao Téla Nón que durante a reunião o Comandante Geral da polícia recebeu um telefonema do Ministro da Segurança Pública, Carlos Stock, que se manifestou interessado em saber se a reunião decorria de forma tranquila e conciliadora. Facto que foi confirmado ao ministro.

Os habitantes de Milagrosa e os 3 jovens que nos últimos dias, estavam a ser procurados pela polícia, regressaram em paz, e desta vez, com muita vontade de votar nas eleições de 7 de Agosto próximo.

Abel Veiga

    26 comentários

26 comentários

  1. Joao Rocha

    28 de Julho de 2011 as 10:53

    Parabens,final feliz.Que para a proxima estes jovens nao voltem a desrespeitar as autoridades. Em qualquer parte do Mundo as pessoas estao sujeitas ao cumprimento de leis e o seu incumprimento acarreta consequencias.
    Seja como for, acho que ha qualquer coisa nesta historia, que nao foi devidamente explicada pelo Tela Non.

    • Novela Milagrosa

      28 de Julho de 2011 as 12:39

      A luta não deve terminar por aqui e assim. O jovem Tavares deve manter a sua queixa crime contra o senhor Comandante. Isto é uma forma de contribuirmos na reposição da autoridade do Estado. Ao falarmos da autoridade de Estado, nunca devia-se simplesmente mandar as pessoas pra casa sem que abri-se um processo. O Estado tem que ter autoridade, e deixar de populismo. O senhor Ministro devia tomar uma acção coersiva contra o senhor Comandante, a semelhança daquilo que acontenceu com o ex-comandante Gilberto.

      Nisso tudo, espero que o jovem Tavares seja devidamente indemnizado. Só depois disso é que podemos dizer que chegamos ao fim da novela Milagrosa.

      Um bem haja!

      • swedemplatz

        29 de Julho de 2011 as 10:44

        Começo desde já por felicitar os demais intervenientes neste espaço pela contribuição, cada um sua maneira, que têm dado para a afirmação e consolidação desse espaço de trocas de opiniões. Mas não podia deixar de responder o escritor que depois de ter escrito um conjunto de barbaridades não registiu a tentação de citar de forma leviana o Dr. Gilberto, ex Comandante Geral da Polícia Nacional,como um exemplo de punição para o actual Comandante Geral da Polícia Nacional, Intendente Roldão Boa Morte. Ora,Dr. Gilberto é um jovem íntigro, honesto e trabalhador incansável, que enquanto desempenhou as funções de Comandante Geral da Polícia Nacional, fê-lo com maior profissionalismo, foi exonerado por incompatibilidade com o poder político de então no Governo. Acabou por sair da Polícia Nacional por vontade própria porque é um jovem de principios e valores. Já é sabido que em São Tomé há uma tendência para se coroar os desmandeiros e anarquicos desvirtuando aqueles ou instituições que primam pela disciplina, ordem e tranquilidade. Mas é preciso entender o seguinte: quem não gosta da ordem ou da polícia, é anarquico e delinquente. Por isso têm que estar sobre os olhos bem atentos das autoridades policiais. Gostaria para terminar, de desejar corragem e determinação ao Comandante Geral da Polícia e nele envolvendo toda a corporação policial para salvaguarda da tranquilidade pública e da paz social

        • Novela Milagrosa

          29 de Julho de 2011 as 15:47

          Desde quando Gilberto é Doutor?
          Desde quando Gilberto foi homem de princípio? Se assim fosse não baixaria até ao ponto de protejer e escoltar um simples cidadão como se Rei, Rainha, ou Príncipe se trata-se.

          Olha, é melhor parar com essa música.
          Cada coisa no seu respectivo lugar. Quando colocares cada coisa no seu lugar aí sim pode vir defender os nossos comandantes da Polícia.

          Obrigado pela atenção!

    • Verdade Verdadeira

      30 de Julho de 2011 as 6:24

      Caro amigo
      Rocha
      A lei também consagra o direito a indgnaçao.

  2. luisó

    28 de Julho de 2011 as 11:18

    tudo está bem quando acaba bem.
    mas gostaria que me explicassem o seguinte:
    – foi dito que o governo mandou prender os 3 jovens que terão ( e digo terão porque não foram acusados por nenhum juiz ) e eu pergunto agora é o governo que manda prender ou soltar em STP ?
    – esses 3 jovens não teriam de ser detidos e antes de decorrerem 48 horas não teriam de ser presentes no ministério público com as devidas acusações já formuladas?
    -e o jovem que foi preso e que esteve 5 dias nas celas da policia sem acusação formal, sem ser presente a juiz até 48 horas e que foi solto sem o ministério público abrir um processo contra a policia por alegado abuso de poder e de autoridade?
    meus senhores é assim que tem que funcionar nos países que se dizem de direito ou STP não é ?
    aguardo um esclarecimento de alguém…

  3. boca calada

    28 de Julho de 2011 as 11:47

    e o inocente que levou porada d policia , passa em branco ?

    • l

      28 de Julho de 2011 as 14:28

      Claro que passa em branco meu caro. A Justica aqui nao e para todos. Achas que esse azarado tem meios para fazer alguma queixa no ministerio publico contra a policia nacional? Aqui em stp a realidade e outra, procure nao ter makas com a policia, caso contrario, eles “comem-te o corpo como manda a lei” e nada acontece aos gajos.

      • João zinho

        29 de Julho de 2011 as 15:02

        É adimiravel ! A polícia faz o seu papel,procede a detenção dos alteradores da ordem pública, mesmo assim há pessoas que condena a Polícia. Explica-me agora como classificar estas pessoas

  4. Buzio sem pena

    28 de Julho de 2011 as 13:14

    Isto é o verdadeiro papel da policia, que queremos na nossa sociedade, nao é estar na rua a fazer confusao.
    A policia tem que ser amigo do povo, e nao inimiga do povo
    Viva a vossa postura srº comandante

  5. Edjelson

    28 de Julho de 2011 as 13:49

    Pois agora esta tudo bém, mas o coitadinho do jovem ficou preso durante x dias. E o caso dele é p ser esquecido??? Que desgosto, 🙁

  6. coacu maquita

    28 de Julho de 2011 as 15:32

    Tomos que rever isso com novo presidente da republica por enerencia de funçoes e comandante supremo por isso temo que votar no pinto da costa, ele e conhecedor da materia, para a populaçao vive em paz na sua terra e sinta seguro na sua casa.

    • Moçu Malé

      29 de Julho de 2011 as 15:09

      cuma a ca vivê socegado chi non scaba môlê de fome

  7. Nando Vaz (Roça Agostinho Neto)

    28 de Julho de 2011 as 16:49

    João Rocha, Parabéns,final feliz mais é carapuças. você é um homem sem noção do estado de direito democratica e lumpem de sentimento fraco. Isto tudo é abuso de poder, estamos perante um Estado falhado(stp). Num Estado falhado as autoridades não devem exigir nada ao cidadão, têm que criar todas as condições elementar e basicas para que o cidadão possa gosar e exercer uma cidadania plena. O estado do direito democratico constrói-se e não se impõe!.. O governo tem que primeiro dar os cidadãos vida condigna( água, luz, saúde, emprego,EDUCAÇÃO,etc)e em seguida fazer os cidadãos realizar os seus direitos e deveres.

  8. luisó

    28 de Julho de 2011 as 18:29

    duas coisas:
    1- o PR seja lá ele qual for por inerência do cargo é o cmdt das forças armadas mas o poder executivo não é dele e portanto nos regimes de semi-presidencialismo ele não mete a colher no dia a dia do governo, senão é ingerência politica e o caldo está entornado;
    2- não seria preciso ter meios para meter o caso em tribunal porque num estado de direito o que aconteceu é considerado crime público ( toda a gente teve conhecimento e foi relatado na comunicação social ) e portanto é obrigação do sr. procurador da república ao tomar conhecimento do caso e das ilegalidades cometidas, ele próprio ( tem esse dever ) mandaria abrir um processo de averiguações para se saber como tudo aconteceu ou não aconteceu.
    OBS: mas como também já alguém disse atrás em STP não há estado de direito nem torto, tudo gira á volta da familia e dos interesses económicos e o resto é cantiga.
    resumindo: ESTADO FALHADO.

  9. Afinal

    28 de Julho de 2011 as 18:31

    Minhas felicitações! Mas esta solução passiva não teria como fim a boa imagem do governo = ADI, para tirar proveitos depois na campanha presidencial?!!!! Louvemos o meio, mas o fim ou a intenção que está por detrás disto??!!
    Afinal!

  10. helder leitão

    28 de Julho de 2011 as 18:52

    não sabia que o banho tambem funciona-se nas autoridade de estado. Isso é uma vergonha, segundo os comentarios do comandante ao tela nó relacionado com os 3 individos deveriam ser sancionados mas regurosamente.Mas em fim, não compreendo…

  11. Francisca Cara Linda

    28 de Julho de 2011 as 21:00

    Isto não é nada mais nada menos do que falta de preparação/formação para exercer o cargo.
    Até parece história de novelas: e no fim a policia e os jovens “coitados” casaram e viveram felizes para sempre.

  12. jojo

    28 de Julho de 2011 as 22:38

    Os 3 jovens devião ser ponidos,isto porque um dos jovens antigiu uma senhora com machim e levou 13 pontos segundo a declaração do comandante da policia nacinal, isto tem muita historia por tras disso,

  13. EVC

    28 de Julho de 2011 as 23:42

    …eu nunca tinha comentado as noticias aí publicada mas, não podia deixar de realçar este fato único e inédito no nosso país…meus parabéns Senhor Comandante distrital de Mé-Zochi(Aurito Vera Cruz)e o Comandante Geral de Polícia Nacional (Roldão Boa Morte). Força e continuação e bom trabalho….

  14. Zémé só

    29 de Julho de 2011 as 12:49

    Até aqui tudo bem.
    Mas meus concidadãos, os delinquentes não podem ficar impunes.Gente foi ferida com machim ,houve ameaça para envenenar o deposito de agua que abastece a população,etc.etc…Os jovens ou adultos ,seja la quem for que semeia o panico, agride com arma branca, faz ameaças gravissimas tem de ver com a justiça,sob pena desta prática tornar moda.E a autoridade do Estado?
    É só um aviso.
    Obrigado

  15. Magro

    29 de Julho de 2011 as 16:58

    Jovens também podem fazer coisas boas como tem feito o actual Comandante. Começou em Mé-zóchi, depois em Cantagalo e agora no País todo. Aprendam, conversando ganhas mais.
    Ruldão força

  16. Magro

    29 de Julho de 2011 as 17:02

    Queria dizer ganha-se mais. obrigado

  17. helder leitão

    29 de Julho de 2011 as 18:31

    Sr. EVC é pena ouvir isso,mas entre nós ha poucos que têm visão,obrigado.

  18. Bem haja

    29 de Julho de 2011 as 19:05

    Não é por ser pessimista, mas isso só terminou dessa forma pelo facto da Justiça (policia publica)ter cometido um erro contra o jovem que foi detido… e pelo incomplemento do erro cometido por isso agiram assim…
    Da forma com a policia estava determinado é muito estanho recuarem dessa forma.

    Fim da operação – Só porque vocês saíram mal fita .. impressionante!!

  19. Verdade Verdadeira

    1 de Agosto de 2011 as 9:53

    STP, tácitamente nao é um estado de direito democratico,presume-se um estado de direito para o “inglês ver”, é sim,um estado das bananas, salvo raras excepçoes.
    se até a comunicaçao social procura agradar o diabo e a deus ao mesmo tempo,o que é deontologicamente reprovável,pois a imprensa deve ser imparcial e primar pela verdade sem qualquer detrimento.
    Por exemplo no meu ultimo comentário, disse, passo a citar “que a nossa policia carece de restruturaçao,porque ela esta composta por muitos elementos burros”, para o mal do meu espanto,o comentário nao passou pelo crivo do Tela non.
    Agora pergunto, um policia que sem motivo aparente detem e tortura um cidadao, é um policia burro ou ignorou o manual de comportamento policial? E mais agravante ainda,quando nao lhe é aplicado uma medida disciplinar-criminal,deixando ao critério de qualquer um,o questionamento do nosso estado de direito democratico.
    Tenho dito.
    Verdade verdadeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo