Trabalhadores da ENASA prometem encerrar o aeroporto internacional no dia 6 de Maio e por tempo indeterminado

aeroporto-stp.jpgNuma carta endereçada a administração da empresa que administra o aeroporto internacional(ENASA), o sindicato do sector, anuncia para 6 de Maio próximo o início de uma greve por tempo indeterminado. Será a terceira greve dos trabalhadores do aeroporto, nos últimos 3 meses. Os trabalhadores acusam o governo e a administração da ENASA de não terem cumprido com os compromissos assumidos nas greves anteriores, nomeadamente o pagamento dos subsídios.

Os trabalhadores da ENASA dizem na carta que estão a ser perseguidos pela administração, por causa dos movimentos grevistas que aconteceram em finais de Dezembro de 2009 e que se repetiram em Fevereiro de 2010. «Lamentamos uma vez mais a onda de perseguição desencadeada pelo conselho de administração da ENASA, violando o ponto 4 do primeiro memorando e também o ponto 5 do segundo memorando. O não pagamento do retroactivo prometido há um ano atrás, e gostaríamos de alertar a entidade competente para resolução definitiva deste problema e outros», refere a carta.

Os trabalhadores dizem que a paciência já esgotou, por isso dão ao governo «7 dias úteis a contar da data da recepção da carta para apresentar soluções concretas tendo em conta a dilatação do prazo», lê-se na carta.

Para vincar bem a determinação dos trabalhadores, o sindicato avisa que «se caso não houver uma solução no dia 5 de Maio os trabalhadores serão forçados a entrar em greve a partir das 7 horas do dia 6 de Maio e por tempo indeterminado», frisa o sindicato.

O sindicato dos trabalhadores do aeroporto, esclarece que só serviços mínimos serão garantidos, com realce para «prestação de serviços de socorro, aviões em emergência, e os serviços de controlo do espaço aéreo».

A tentativa do Téla Nón para ouvir a administração da empresa sobre mais este movimento grevista que poderá paralisar o aeroporto internacional, não surtiu efeito.

Abel Veiga

  1. img
    dudu Responder

    aeroporto sem agua sem nada….gostava de saber o k mudaram la? tudu na mesma….governo segue cabo verde, sao fieis a terra eles ate podem comer mas pais em pimeiro lugar

  2. img
    jorge Responder

    muito bem

Deixe um comentario

*