Distritos de Caué e Lembá Envolvidos na melhoria da gestão de resíduos

Resultado do envolvimento das autarquias de Caué e Lembá na melhoria do setor de salubridade, foi possível alargar as atividades do projeto de Apoio às Câmaras Distritais a esses distritos, contribuindo assim para um trabalho ao nível nacional.

Desde a semana passada que a Câmara Distrital de Caué e a Câmara Distrital de Lembá contam com o apoio do projeto “Consolidação do apoio às Câmaras Distritais para a melhoria do sistema de recolha de resíduos sólidos”. Apesar da intervenção nestes distritos não estar prevista, foi possível alargar as atividades a esses dois distritos de forma a apoiar as Câmaras Distritais nas áreas apontadas como mais prioritárias dentro do setor de salubridade.

A estratégia de intervenção basear-se-á nas prioridades identificadas pelos responsáveis das Câmaras Distritais assim como de representantes da sociedade civil, de forma a definir um plano de ação para o setor de salubridade. O pouco tempo disponível – dado que o trabalho em curso terminará no início de 2012 – e a limitação de meios associada obriga a uma atuação cirúrgica, dada a necessidade ainda maior de intervir de forma eficaz e eficiente.

Até ao momento foram identificados os pontos positivos e negativos relacionados com estado atual do setor de salubridade de ambas as Câmaras Distritais, através de sessões de trabalho participativas em que foram convidados diferentes atores nos distritos em causa, estando em curso a definição do plano de ação, norteador para as ações a realizar. Entre os vários aspetos evocados nas sessões de trabalho, salienta-se a falta de meios a diferentes níveis, a dificuldade na implementação de uma gestão eficiente e a falta de infraestruturas adequadas.

Tal como nos outros distritos, a sustentabilidade das ações em curso dependerá em grande medida da capacidade das Câmaras Distritais em reforçar a sua gestão interna em diferentes áreas, nomeadamente aspetos relacionados com os recursos humanos, a correta utilização de material e equipamentos, entre outros. Por outro lado as sinergias institucionais, nomeadamente entre as autarquias e a administração central, têm um papel fundamental na manutenção do esforço atualmente em curso.

Artigo escrito no âmbito do projecto “Consolidação do apoio às Câmaras Distritais para a implementação de um sistema regular de recolha dos resíduos sólidos” executado pelas ONG’s ADAPPA, ALISEI, FCJ e MARAPA com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.

  1. img
    CABO VERDE, NAÇÃO VENCEDORA Responder

    o Papel das câmaras ñ é somente recolha de resíduos sólidos, em stp é preciso k as camaras lutem pelas suas autonomias e o governo se descentraza, de modo que as câmaras adopta uma politica integrada de gestão em varias frentes.as câmaras têm que ter condições que lhes proporcionem tirarem o verdadeiro proveito dessas acções.

  2. img
    Anca Responder

    Bem Haja

Deixe um comentario

*