Sociedade

Vista Alegre entrou mais alegre em 2013

Energia eléctrica é a grande novidade para a comunidade da roça Vista Alegre, localizada no centro da ilha de São Tomé. Uma iniciativa da câmara distrital de Mé-Zochi, que deu luz a vida dos agricultores de Vista Alegre na entrada de 2013.

Vista Alegre está mais alegre. Pela primeira vez os habitantes da roça localizada numa elevação no centro da ilha de São Tomé, estão a desfrutar da energia eléctrica. Antes a partir da roça, só viam luz a cintilar no horizonte, ou seja, na capital São Tomé.

Na residência de Casemira Moreira, jovem agricultora e chefe de família, o Téla Nón testemunhou a mudança que a energia eléctrica trouxe para o lar. Um pequeno televisor está ligado. «Estou alegre, porque antes não tínhamos possibilidades de saber o que se passava no país. Principalmente o telejornal», referiu Casemira Moreira.

A jovem disse que a roça com nome alegre, estava mais alegre. Realçou a iniciativa da câmara distrital de Mé-Zochi, que financiou a instalação eléctrica das habitações e pagou o contrato de fornecimento de energia com a EMAE. «É este tipo de homem que queremos no país. Homem que ajuda a lutar contra a pobreza, que luta pela comunidade. É este tipo de Presidente que queremos», desabafou Casemira Moreira, referindo-se ao presidente da autarquia, Nelson Carvalho.

A cidadã de Vista Alegre, considera que em primeiro lugar e acima de tudo, deve estar a satisfação das necessidades das populações. «Não queremos pessoas que só querem confusão. Recentemente ainda estiveram no parlamento com uma série de confusões. Mas o que queremos é quem nos ajuda a resolver os nossos problemas», precisou. . ´

A inauguração de luz eléctrica em Vista Alegre foi motivo de festa. Os moradores juntaram-se ao Presidente da Autarquia de Mé-Zochi, numa celebração que ficou marcada pelo brinde de champanhe. «Em termos de recursos nem daqui a 100 anos, eles conseguiriam colocar cá energia. É uma população pobre. Por isso a câmara assegurou a instalção das casas e pagamos o contrato com a EMAE», declarou o Presidente da Câmara de Mé-Zochi.

Nelson Carvalho, alertou no entanto a população a respeitar os compromissos assumidos com a EMAE. «Apelo a comunidade a cumprir com as suas obrigações para com a EMAE, para que não surjam cortes de fornecimento, que é normal quando as pessoas não cumprem com os seus deveres», sublinhou.

Vista Alegre é uma das roças da freguesia de Madalena. Tem um dos mais luxuosos edifícios coloniais do país, a chamada casa de patrão. No passado a casa de patrão funcionava como uma pousada. Recebia sobretudo visitantes oficiais do Estado. Talvez 2013 permita que a luz eléctrica que chegou a roça, devolva no futuro o brilho do imponente edifício, actualmente ofuscado por sinais de degradação.

Abel Veiga

    29 comentários

29 comentários

  1. Preto

    2 de Janeiro de 2013 as 14:23

    O Director da EMAE ganha 80 vezes mais do que esses agricultores.

  2. Cassuma - P..C..D...F-G

    2 de Janeiro de 2013 as 14:56

    Eu só tenho que desejar boas vindas à Comunidade de Vista Alegre mas o que é certo quando ñ temos vontade de alargar Energia dizemos que ñ há meios financeiros tudo porque sem vontade ninguém faz nada. Eu espero que a vez de CASSUMA seja ela com ajuda do governo ou com mesmo esperança do titular da Autarquia Local Mé-Zochí sua Excelência: Presidente(Nelson Carvalho)diante de tudo isto não ficar por aqui espero que antes deste governo ou eleições autárquica realizar, que tenhamos o mesmo desejo alcançado como foi da localidade de Vista Alegre. De Cassuma para Imprensa o Téla Nón e aos leitores.

  3. mébudo

    2 de Janeiro de 2013 as 15:05

    É IMPORTANTE MAS SERÁ QUE O PRESIDENTE DA CÂMARA JA PAGOU SALARIOS EM ATRASO DOS FUNCIONARIOS.

    • democracia

      13 de Janeiro de 2013 as 14:12

      não sei porque as pessoas são tão mas, com pensamentos negativos. é por essas e outras que o país como esta por causa dessa pessoas pessimistas e mesquinhas.

  4. AMARELO

    2 de Janeiro de 2013 as 15:10

    ai de te a não fazer.

  5. O Sincero

    2 de Janeiro de 2013 as 15:17

    A iniciativa é boa e de louvar……..
    É pena uma coisa tão basica ser noticia 37 anos depois de tão falada e desejada independencia total. Acaba por ser ainda mais ridiculo, tendo em conta a localização da Roça Vista Alegre. Enfim coisas dos tempos modernos

  6. AMARELO

    2 de Janeiro de 2013 as 15:24

    cassuma é onde Patrice não conhece la, zona que em 2006 foi enganado nas eleições e 2010 mesma coisa, desperta povo sem vergonha patetisse

    • Cassuma - P..C..D...F-G

      2 de Janeiro de 2013 as 17:49

      Olha meu carro amigo esperto o Patrice durante as eleições de 2010 foi em Cassuma onde ele garantiu energia, em 2012 fez chantagem de passeios demagogia dito assembleia distritais(Orçamento de Cidadão-inovação caduca inventada mentindo o povo que são questões que iria entrar no OGE” Ele e seus colaboradores irão nas próximas eleições em Cassuma caso eles, os deputados regressarem ao parlamento para ñ perderem imunidade parlamentar que condicionará a entrada ao corrida das próximas eleições diante da lei que dita tudo.

  7. INCOMODADO COM ISTO

    2 de Janeiro de 2013 as 15:58

    Nelson Carvalho
    Ajuda aos morradores de Cabeça Cal e Arredores com a questão de Água e Luz, quenão se sabe se é ELECTRICA porque as lãmpadas quando estão acesas dá aparência que é uma BRASA de Carvão que desta penduarada.
    SOCORRRRRRRRRO.

    R Cravid, tb podes fazer alguma coisa, para não diser, resolver o problema.

    Ficaremos todos grato por isso.

  8. Badiu di STP

    2 de Janeiro de 2013 as 16:48

    Meus parabens a Comunidade da Roça Vista Alegre;
    É bom que fique claro que isto não é nenhum favor mas sim uma Obrigação/responsabilidade dos governantes para com a população

    • Cassuma - P..C..D...F-G

      2 de Janeiro de 2013 as 18:20

      Na verdade a constituição é o meio mais legitimo para o conhecimento da politica, como a Bíblia e a palavra da verdade na religião sendo que existem várias obrigações que temos direito de usufruir principalmente ñ devemos louvar algo que é básico que compete o Governo, Câmara Distritais, que são necessidades básicas como Energia, Estrada, Água Potável, Habitação(casas sociais), segurança, Saúde, Educação, Oportunidade tudo que eu referi e muito mais ñ deve ser novidades para um povo que leia a nossa constituição ,nem tão pouco devemos mendigar ou agradecer ou então entrega o país ao Rei. Para sabermos que não existe a bonita palavra Democracia.

    • Argenezio Antonio Vaz

      2 de Janeiro de 2013 as 18:43

      Pois é, é uma responsabilidade dos governantes, por isso é que passamos três decadas vendo o barco a passar. O que é que fizeram esses nossos ditos derigentes que cabam que trabalham para o povo?
      Aqueles que realmente trabalham não são reconhecidos.

  9. Manuela de Ceita

    2 de Janeiro de 2013 as 18:31

    Vista Alegre, quem te viu e quem te vê agora. Lembro desta roça bem trabalhada por um feitor de senhor 30. Direito como ele só aquele micondó no meio do terreiro. Vista Alegre, roça de muito declive e muita cajamanga. Nunca vi em toda aminha infancia roça com tanta cajamanga doce e grande como a Vista Alegre. Mas agora com a privatização, creio ser um milagre comer esta fruta lá.
    Privatização da EMAE!!!
    Lembrei-me dos Barcos 30 de Setembro e de Rei Amador.
    Ca dê
    São Tomé e Principe tela ooooo!!!

  10. P-NG.STP

    2 de Janeiro de 2013 as 19:14

    Em resposta ao AMARELO, na primeira todos caem, na segunda cai quem quer.
    é de louvar sim a iniciativa de Presidente da Câmara de Mé-Zoch, ao menus ao longo desses anos ouve-se falar no nome de um Presidente da Câmara como benfeitor de um gesto que auxilia a população.
    De frisar também que as Câmaras Distritais desempenham, desempenham, (deveriam desempenhar), melhor dizer um maior papel na sociedade porque vendo pelo lado prático as Camas Distritais estão mais perto da População

  11. John Smith

    2 de Janeiro de 2013 as 19:41

    ….”Tem um dos mais luxuosos edifícios coloniais do país, a chamada casa de patrão”
    Só que esqueceram de de terminar a frase, mas eu termino: Esta casa é do Presidente da republica Manuel Pinto da Costa e eu pergunto? Porquê o meu país só tem politicos POBRES MENTAIS? Salvo o Nelson Carvalho que tem demostrado ser diferente.
    Bom ano a todos
    J.S

    • Coisas da Terra!!!

      3 de Janeiro de 2013 as 9:10

      Diferente?!!!!
      Quem tomou a outra casa onde moravam os franceses?
      Ahahahahahahahah viva a diferença do Nelson Carvalho.

      • Antonio Vazquez

        10 de Fevereiro de 2013 as 16:56

        Senhor coisa da terra, o verdadeiro dono da casa que foi do France’s Agrepon e o senhor Pinto da Costa, ela lhe custou 132.000.000.00, em 203 e o Pinto pediu para pagar em prestacoes e foi aceite mas ele so pagou quatro prestacoes durante esses anos todo. Quero dizer que em 10 anos o Pinto da Costa pagou 16.000.000.00 dobras se dividirmos por 10 anos quer dizer que ele pagou por ano o valor de 1.600.000.00dobras e se for assim voce tambem compraria a casa.
        Aprendam a falar verdade e pergunta o Pinto da Costa, o Couto, o Gica, o director de Patrimonio, o Yori Loureiro e Teras informacao corecta. A Nivea vos mata

  12. pantufas

    3 de Janeiro de 2013 as 8:06

    Então a casa grande é do PR?

  13. andre

    3 de Janeiro de 2013 as 8:58

    VIVA ADI , VIVA PATRICE TROVOADA

  14. Só com Cristo!!!

    3 de Janeiro de 2013 as 9:05

    Gente ôhhhhhhhhh
    Prestem atenção.
    1. Quem levou a energia electrica para Vista Alegre foi a CST que precisa de energia para manter a funcionar as antenas que estão lá instaladas;
    2. Vcs sabem quem são os proprietários das duas casas grandes de lá?
    Non ca samé subáaaaaaaaaaaa
    Viva STP

  15. A luta continua

    3 de Janeiro de 2013 as 9:06

    Resta saber em que molde a casa passou a ser pertença do Pinto? Mesmo assim, penso eu que, se não fosse do Pinto seria do Miguel ou de um outro qualquer ou ainda quem sabe envadida pelos residentes da Roça. Será que o Pinto também não é Filho da terra? já agora, gostaria que alguém me dissesse a quem pertence actualmente a a antiga resindencia do eis Director do Hospital Central em tempo Colonial?

    • John Smith

      3 de Janeiro de 2013 as 12:25

      Olha meu caro amigo, o problema nao é que a casa pertença ao Pinto ou ao Miguel ou ao António, a mim nao porque nao a posso mante-la, mas ja que a casa o (os) pertence, ja que Vista Alegre é uma comunidade pequena, porquê nao reabilitar a casa? Levar a energía electrica, pôr ali uma tv para os moradores, que tb sería uma boa campanha politca, mas nao, para isso nao sabem pensar e a casa ahi entregue ao rato buzio e gita.
      J.S

  16. Joker Voz do Povo

    3 de Janeiro de 2013 as 10:43

    Presidente de Câmara Prometeu a junto ao Governo Fazer a estrada de Margarida Manuel, até então nada………palhaçada

  17. Cassuma - P..C..D...F-G

    3 de Janeiro de 2013 as 11:58

    A verdade é que o bem de S.Tomé & Príncipe esta mais virado para comércio, bem como muitos que vão ao poder com objectivos de criar seus negócios com investimento extrangeiro, do donativo do povo Santomense e muito mais tudo que um(Governo X) ou outro(Governo Y) trava é porque os muitos Dirigentes só querem ser sócio de qualquer ajuda ou investimento que entra S.Tomé & Príncipe e quando está fora do poder nunca quer contribuir é só sabem fofocar, lamentar o que os mesmo quando estava no poder tb nunca fez o melhor e vão sempre trabalhar no exterior ou trabalho privado em projectos. afé cu deçu passa bai-Leu boca copo lamenta mas é mais facil um camelo entrar no fundo das agulhas do que os Derigentes entrar no reino dos Ceus.Até nem devo falar no ceu pelo menos dar servir ao povo das necessidades básicas a minha zona foi garantida em colocar energia por Ex PM( Patrice) até hoje estamos nas escura mas o grupo de Super Mercado ñ paga imposto até uma data que quer. Como cassuma que dista apenas 4oo metros do cabine da EMAE ñ foi prioridade para os dois anos do seu mandato passando colocar luz pública esquecendo de minha zona é lamentavel aqui se deve como se paga Patrice denthi bento vc tem outro irmão mas niguém sabe porque vcs são como trovoada mesmo só destroi casa que ñ fizeram eu quer saber o que foi primero trabalho de Patrice Trovoada e mais irmã dele e seu irmão.Iném povo ê covessa caça monthi otló dê caça minthila magi cum flá ê sá pouco bila s~´a ceto.Xau êê mon ném pastelim…iném moçu cu iném mina xau ê ê a ca fica cu Deçu…………

  18. Santosku

    3 de Janeiro de 2013 as 13:34

    Joker Voz do Povo de qual povo.joker pensas que fazer estrada é abrir e fechae os olhos,olha para você mesmo e a tua casa como está é preciso paciência.

  19. CCCP

    4 de Janeiro de 2013 as 7:18

    Pois è “so com cristo!!!”. O presidente da camara deveriam agradecer a CST e a Emae pela iniciativa de levar energia para Vista Alegre. Nem daqui a 100 anos a Camara iria levar a energia a vista alegre. Ja agora que leve a Cassuma! Sejamos responsaveis e nada de protagonismos barato. Bem haja e um bom ano á todos.

  20. ANCA

    4 de Janeiro de 2013 as 8:04

    Não obstante a boa iniciativa, Municipal, a notícia;

    “Vista alegre está mais alegre.”

    São Tomé e Príncipe continua na escuridão e obscuridão.

    Caros cidadãos SãoTomenses

    Atentem

    Quanto se fala no confortos sociais de uma população, neste caso, o crescimento e desenvolvimento e expansão ou se quiserem, a temática do desenvolvimento da electrificação do País, no que a ulitização de energia pela população como fonte de iluminação e itilização energética, é bom olharem, sobre o que diz os dados do Instituto Nacional de Estatística, e confrotarem coma realidade do País.

    Os números valem o que valem, e falam por si.Embora desfasados no tempo;

    “O inquérito sobre “Questionário de Indicadores Básicos do Bem-Estar – QUIBB-
    2005”, de São Tomé e Príncipe, realizado durante os meses de Novembro e
    Dezembro de 2005”, realizado pelo INE-STP;

    Informa o seguinte;

    “1.CONFORTO E SERVIÇOS SOCIAIS”

    “Relativamente aos indicadores sobre as características da habitação, onde se deu
    ênfase aos indicadores de conforto e serviços sociais, chega-se as seguintes
    conclusões:”

     “Quanto a utilização de electricidade como fonte de iluminação, 48,5% das
    famílias São-tomenses beneficiam deste bem social.” “Neste caso, regista-se
    grande desequilíbrio entre os meios de residência, ou seja, cerca de 62%
    vivem no meio Urbano, enquanto que apenas 33,7% no meio Rural.” “O
    distrito de Água Grande encontra-se numa posição que se pode considerar
    razoável (65,8%);”

     “Que cerca de 30% de famílias beneficiam do sistema de saneamento de
    meio adequado, o que se pode considerar de um nível muito baixo, com
    grandes diferenças entre o meio Urbano (39,1%) e Rural (19,2%) e o
    distrito de Água Grande com um nível superior (44,8%); 78,2% das famílias
    usam carvão e lenha para preparar alimentos e 6,6% utilizam meios
    adequados de evacuação de lixo produzido.”

    Fonte QUIBB-2005 INE-STP

    A notícia de que o Governo Santomense privatiza, ou pretende privatizar a empresa de água e electricidade.

    É de questionar, mediante os dados que foram expostos atrás, quais as garantias de crescimento e desenvolvimento sustentável da electrificação para o País(Território/População), sem ter em conta a Organização, o Planeamento, ou seja de um Plano Estratégico de Electrificação, que responda as necessidades futuras do País(Território/População), no seu todo, como São Tomé e Príncipe, á nível económico, social e ambiental, com a pretensão de privatizar, somente pelo ajuste finaceiro da EMAE.

    Antes de Privatizar a pressa, para o encaixe financeiro, e ajuste das contas da empresa EMAE, é necessário responder as seguintes questões e ter em conta e salvarguaradar o interesses das populações, de crescimento e desenvolvimento económico social sustentável, do País(Território/População);

    Porquê?

    Como?

    Onde?

    Quando?

    Quem?

    O quê?

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

  21. Jose

    7 de Janeiro de 2013 as 16:05

    É isso mesmo, Senhor Presidente da câmara!!! tens que mostrar aos políticos do MLSTP PCD e MDFM como é que se dirige uma instituição do Povo e dizer ao povo que, és presidente do povo e do partido ADI, que sempre te apoiou muito e fez com que Mé-Zochi cresceu em termo de desenvolvimento económico social e sustentável etc. E dizer que a energia que puseste é energia do governo de Patrice trovoada e não do Gabriel costa. Digo isso porque os políticos do MLSTP PCD e MDFM são peritos em mentiras, eles pegam na base dessa energia que presidente da câmara levou á Vista Alegre e dizem as pessoas que é Governo de Gabriel Costa que o financiou por contrario é do governo de Patrice Trovoada…
    Por favor! Publique isso Abel !

  22. Ploco mato

    24 de Janeiro de 2013 as 10:00

    Sim senhor dá ao Cezar o que é dele, agradecemos o empenho do Presidente da Câmara de Mezochi.Porém entendemos que a EMAE é que devia ser o único promotor da obra mas nada fazem, inclusive fazem da Empresa sua herdade e criam represaria com clientes instituindo faturas fantoches, faturas sem qualquer justificação pelo facto de muitas vezes p haver problemas pessoais com a Direcção da Empresa.
    O ploco mato exige mais transparência nas faturações.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo