Sociedade

CST e CDAG assinam protocolo de cooperação

A Companhia Santomense de Telecomunicações – CST, acaba de assinar um protocolo de cooperação, com a Câmara Distrital de Água Grande – CDAG, órgão  do poder local  com intervenção no domínio social, que elegeu as novas tecnologias de informação no seio da camada juvenil, como um dos eixos da sua ação.

Neste protocolo, as partes assumiram o compromisso  de estabelecer uma relação de parceria, visando a melhoria de qualidade de vida dos jovens santomenses, promovendo a vulgarização do acesso às novas tecnologias de informação, através da criação de espaços de acesso à internet  no Parque Popular de São Tomé, na Escola Profissional  de Água Grande e em Telecentros Públicos.

Este protocolo vem reforçar as atividades desenvolvidas pela Companhia Santomense de Telecomunicações – CST, a operadora   de telecomunicações nacional há 23 anos no país, que está fortemente  empenhada e comprometida com o desenvolvimento económico, social e cultural do país, e em particular com o desenvolvimento humano, pelo que no âmbito da  sua politica de responsabilidade social, tem apostado  fortemente na juventude santomense, investindo em projetos de inclusão digital visando massificar a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação.

S. Tomé  05 de Novembro de 2013

    7 comentários

7 comentários

  1. edu

    7 de Novembro de 2013 as 9:48

    CST vai longe, embora vão tarde demais. Viva a CST. Eu acredito em Voçês e sei que são capazes

  2. Espírito S

    7 de Novembro de 2013 as 14:39

    CST deveria criar um cluster tecnológico em São tomé tomando como exemplo a criação de uma universidade voltada para área da tecnológia. desta forma estaria a ajudar o país a desenvolver e afirmar se no mercado internacional.

  3. João Semedo

    7 de Novembro de 2013 as 17:39

    Acho que devia-se chamar a atenção do novo delegado da CST para não estar a navegar em aventuras politicas. Essa história de cartão jovem e companhia faz parte de uma estratégia do ADi por intermédio do Keney Santos e sem querer o delegado como novato esta-se mergulhando naquilo que poderá ser um beco sem saida.
    Sou da CST e estou vendo aqui pilhas de documentos/pedidos que estão vindo das câmaras de Agua Grande e Mé-Zochi, justamente as duas câmaras do ADI.

    • arroz podre

      8 de Novembro de 2013 as 9:05

      Sr. João Semedo, se Voçês não têm inteligência os Presidentes de Água Grande e Mé-Zochi têm até para ensinar.
      Diga aos outros Presidentes de Câmaras para fazer o mesmo.
      Não queremos retrocesso.

  4. Germias

    7 de Novembro de 2013 as 23:46

    A cst esta atrapalhado sabe que a empresa angolana vai dar que fazer e estão a correr a todo custo,a 23 anos não vi nada que fiseram,ao não ser tarifas altas e má qualidade de serviço

    • Juocerlee Lima

      8 de Novembro de 2013 as 17:13

      Germias, a Portugal Telecom (PT) detém 51,64% da CST e 25,00% da Unitel (, o que quer dizer que a PT tem direito de voto na Unitel, ou seja, pode participar de planejamentos estratégicos da Unitel. Portanto amigo, não se trata de atrapalhar, trata-se de parcerias, que se forem bem aproveitadas trarão de facto melhorias para a população mais necessitadas, em termos de inserção no mundo de tecnologia de informação. Eu, pessoalmente não vejo nenhum entrave proporcionado pela CST nesses moldes, com intuito de “empatar” a culminância da entrada da Unitel no mercado são-tomense, ainda que a PT não tivesse nenhuma relação acionária com ambas empresas. Portanto, é bom repensar nos comentários.

  5. Verdade é para ser dita!

    11 de Novembro de 2013 as 9:13

    SR. Keney Santos,
    Sim senhor. O Sr. Tem-se preocupado muito com acordos, parcerias. Muito bem! Mas uma coisa é muito certa. A Capital do País que se encontra no Distrito de Água Grande, área da sua jurisdição, está a cada dia que passa com cheiros horríveis. O sr. Não está preocupado com os lixos que anda a volta da sua cidade. O Sr. Só está preocupado em vender a sua cara, pensando nas próximas eleições. Não obstante isso, no seu mandato, o número de TASCA invadiu a nossa bela cidade, fazendo um populismo barato. Esta Cidade está sendo estrangulada com as quantidades de TASCA, Vendedores ambulantes, Restaurantes a céu aberto em plena praça pública, coisa que nunca se viu nesta Cidade. Alerto-lhe mais, uma parceria séria o Sr. Kiney dos Santos, deveria firmar com a SAÚDE PÚBLICA e a POLÍCIA NACIONAL, de maneira a pôr ordem na CAPITAL QUE O SENHOR DIRIGE. CUIDE, desta CIDADE por favor. Se não a conheceu antes, pergunte os seus parentes mais velhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo