Sondagens

O embaixador Jorge Amado deve ser Exonerado?

Face aos acontecimentos que marcaram a visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros de Taiwan a São Tomé e Príncipe, em que o governo decidiu excluir o representante diplomático de São Tomé e Príncipe em Taiwan, Jorge Amado de toda os actos públicos relacionados com a visita, qual é a posição do leitor. Jorge Amado deve ser exonerado das funções de embaixador em Taiwan?

    34 comentários

34 comentários

  1. De Longe

    8 de Novembro de 2010 as 8:21

    Se eu fosse o embaixador aguardava que o governo apontasse justa razão para me demitir.
    Se eu fosse do governo manifestaria a minha frontalidade em demitir o embaixador com correcção e transparência para mostrar o sentido da mudança de qualidade na gestão da causa são-tomense.

    • Tomé Nado

      8 de Novembro de 2010 as 22:03

      Todos andamos a brincar com coisas sérias. Criamos carreiras diplomáticas e depois fabricamos diplomátas politicos. Dizem que não há dinheiro nas embaixadas e o cofre do Estado esta vazio mas mesmo assim esses srs passam todo o tempo a viajar para STP mesmo sem autorização do ministro de tutela. Mas quem paga tudo isso? E inaceitável a situação que está passando o embaixador Jorge Amado. O sr. Ministro Salvador é conhecido por ter muito medo de feitiço. Agora esqueça do feitiço e transfira o sr. embaixador para Libreville/Gabão. Pelo menos o embaixador Jorge Amado nunca cumpriu penas na cadeia por crime algum. E a credibilidade (se e que ainda existe) do país que esta causa.

  2. RECORD

    8 de Novembro de 2010 as 8:23

    Não havendo confiança política, o mais certo é a sua exoneração. Certamente, o país se veria livre desses comportamentos inadmissíveis na era da “democracia”.

  3. CT

    8 de Novembro de 2010 as 8:41

    Numa república de verdade, não essa de faz de contas como S.T.P, Jorge Amado e o senhor ministro Salvador dos Ramos,seriam demitidos pelo PR.A atitude desses dois senhores como maior realçe para a do Ministro é triste e lamentavel…O país´não é dos partidos politicos e nem é do ADI…como quiz deixar a entender o ministro. A diplomacia não tem nada a ver com os confrontos politicos senhor Ministro.

  4. mario Pinto

    8 de Novembro de 2010 as 10:08

    Porque ficar presso ao cargo?

    Sai com dignidade.

  5. Celsio Junqueira

    8 de Novembro de 2010 as 10:25

    Meus Caros,

    Não sendo um embaixador de carreira, mas sim um político, o próprio embaixador Jorge Amado já devia ter tirado ilações e conclusões do resultado eleitoral.

    Um Homem a sério, com convicções politicas fortes, com dignidade e prestigio na vida pública não sujeitaria o seu curriculo, o seu percurso público e a sua familia a essa situação.

    Peca por tardia a sua saída e teria poupado o próprio, o seu partido e a sua familia a esta humilhação pública.

    O Governo não sai bonito desta fotografia, tem de ser mais diligente e corajoso no que quer e não quer, a timidez e falta de clareza pública das suas vontades levou também a esta situação lamentavel e muito evitavel.

    Boa Sorte e votos de felicidades a ambos,

  6. Rafael Preto

    8 de Novembro de 2010 as 10:31

    Lágrimas de crocodilo. Nos últimos tempos eu vi o camarada umas seis veses no país.
    veio a campanha do seu partido, veio ao conselho nacional, é candidato a liderança do partido. O homem quer ser presidente da República, santo deus. Num país sério com pessoas honestas o que ele devia fazer com todas essa ambições era se demitir antes de avançar. Tudo isso só lhes prejudica lá no MLSTP.

    E o mais grave é que os candidatos não leram a mensagem do Pinto da Costa que para ser presidente do MLSTP deve avançar gente séria com credibilidade politica e sentido de estado.

    Resultado estão a teimar e no fim das provas vão ter nota zero das bases dopartido.

    O homem com perfil para liderar o MLSTP nesta altura do campionato e possivelmente vir a ser presinte da república chama-se Acacio Helba Bomfim. Vice presidente Elsa Pinto e secretário geral Alcino Sousa do banco.Gika relações exteriores, Osvaldo para área administrativa e financeira. Noronha juventude.

    • osvado pinheiro

      8 de Novembro de 2010 as 16:37

      meus caros amigos voces não tem vergonha se esse teu ponto de vista seria bom mais o acacio não dá neste momento para liderança do mlstp nem esses oportunista tambem do mlstp/psd tem que deixar de maus abitos,mlstp/psd precisa de um lider forte porque a nova era, já começou se aqueles q diz ser jovens do mlstp/psd,que luta ect fico por aqui diz ao patrice que seria bem mehlor para ele pedir desculpa ao jorge amado seria e ele sairia muito ultil aos satomense

  7. couve -flôr

    8 de Novembro de 2010 as 10:38

    para se ser embaixador tem-se que ter certos requisitos que o nosso actual «EMBAIXADOR» NÃO tem… então basta ser formado e pertencer a um determinado partido político para se ser embaixador? PRECISAMOS DE ALGUÉM COM COMPETÊNCIA PARA IMPULSIONAR A EXCELENTE RELAÇÃO POLÍTICA QUE TEMOS COM TAIWAN… E NÃO DO BURRO OLHANDO PARA O PALÁCIO.

  8. soba

    8 de Novembro de 2010 as 11:15

    se governo tomou essa dicisao significa dizer que sujeito cometeu alguma infracçao, parece mentira mas é verdade, eu gostaria que o governo esclarecesse a todo povo santomense o que sucedeu.

  9. Madalena

    8 de Novembro de 2010 as 11:58

    Deve o homem, como reza a pratica por o cargo a disposição.
    É assim, evitava comentarios. Mas este homem no Parlamento, nem Boris, nem Gorbathov da ex URSS. Vamos ter um parlamento brutal e feroz.
    Por o partido dele deve saber fazer uma boa escolha num candidato do povo, amigo de gente pobre sobretudo de trato facil. gente terra/terra, que ja viveu na miseria e conhece o sofrimento do povo.

  10. Ke kwa

    8 de Novembro de 2010 as 12:15

    Estou pouco informado por isso gostaria de saber se STP só tem um único embaixador fora, neste caso o sr Jorge Amado? Se a resposta for nao, quem sao os outros e quem os nomeou? Sao todos do ADI? Também devem por os lugares a disposiçao ou se o mau da fita é apenas o sr Amado? Os restantes também terao que esperar serem ignorados numa recepçao de Estado para se questionar a sua suposta legitimidade e competencia?

  11. zeme almeida

    8 de Novembro de 2010 as 13:35

    Meus senhores sejamos claros com todos estes aparatos que remontando a dias sobre este assunto.Se nao ha confianca politica,que o senhor embaixador ele proprio da sua consciencia po cargo a disposicao, que nao custa nada?Se fosse o contrario seria o mesmo?O MLSTP tambem tem dessa coisas fazer substituicao dos cargos cimeiros e isto nao e novidades para os fazedores da politica?Os Paises desenvolvidos fazem o mesmo?Regra do jogo da democracia teremos que estar de cabeca fria que a politica parece uma equipa de futebol.Nao fique triste senhor embaixador o senhor mais que ninguem sabe disto,quando se luta para poder,aqueles da linha da frente sao os primeiros alvos a abater.Nao fique triste porque a politica e mesmo assim.UM ABRACO a todos .

  12. BLAGA PENA

    8 de Novembro de 2010 as 13:40

    O lavrador vai a lavra, o pescador vai a pesca e o vianteiro vai as palmeiras, homens certos, lugares certos
    Deixem de bricandeiras, meus senhores

    • Puppet

      8 de Novembro de 2010 as 14:44

      Patrão, falaste tudo. Muitos ai em cima estão na palhaçãda. Ñ sabem o que escrevem e nunca vão ao ponto. Só sujam esse espaço.

      O governo ñ está no recreio. Isto é politíca pura e dura.

      Sugiro ao Sr. Jorge Amado, uma leitura,
      “O Príncipe”- Maquiavel.

      Lê aqui:

      http://www.culturabrasil.org/oprincipe.htm#prc01

    • Afonso Lopes Varela

      8 de Novembro de 2010 as 14:53

      Meu caro vc falou e no entento, não disse nada.

  13. P.F.

    8 de Novembro de 2010 as 13:51

    Sinceramente e permitam-me que eu vos dida: Esta sondagem vem em boa hora e há aqui vários dados a reter.Trata-se de uma questão muito polémica,mas que tem solução. Eu particularmente tenho a dificuldade em perceber a origem do problema e o que estará por de traz deste desentendimento entre o Embaixador e o Srº Ministro.Alguem pode me explicar o que se passa de concreto? Ou estamos perante uma briga das duas comadres?Entretanto e sem querer especular o meu palpite vai em seguinte direcção:Acho que a tutela deveria pronunciar publicamente sobre o sucedido sem fazer dele uma tábua raza, diclinando toda e quaisquer responsabilidade e moças que esta roptura possa provocar para o nosso Páis do ponto de vista político e não só.Ao que se sabe, o Ministro é uma figura independente e diplomáta de carreira que dentro do Governo deve gozar deste estatuto,mas a solução deve passar pelo diálogo para evitar a crispação antes de trazê-lo ao Público. Em termos diplomáticos, o Ministro da Républica, embora sendo uma pessoa que vem da sociedade cívil tem a distreza intelectual sufeciente para lidar com a pressão sem pôr em causa o sentido de estado. Contudo, tem toda a legitimidade para o fazer(dando a indicação ao chefe do Governo para demitir o embaixador!SIM ou Nao), mas se olharmos sobretudo para o interesse da nação, tenho aqui sérias dúvidas que isto resulte,pois que, o Problema da nossa diplomácia não está apenas relecionado com o rosto ou na personalidade que as representam. Está também nos vícios que estas pessoas transportam consigo.Se não vejamos: Vou dar-vos alguns exemplos: O caso da nossa embaixada em Portugal, que por sinal é uma das maiores e a mais antiga em termos de comunidades.Mudam-se os inquelinos, mas os habitos continuam.Até hoje, vemos na embaixada de S.Tomé e Principe os mesmo tipos de comportamentos, cometendo os mesmos erros e actos lamentáveis, nomeadamente, no que toca os seus funcionários, relativamente a forma de atendimento ao público,o horário das pessoas que têm alguma responsabilidade, Ex: O pessoal menor entra às 9:oo h, enquanto que os chefes entram às 11:00 horas,e,e, etc,etc para n~so sitar outros exemplos.Nesta casa a regra é de dois pesos e duas medidas.As viaturas pertencentes a nossa AD(Acreditação Diplomática em Portugal) nas mãos de individuos que já cessaram as suas funcões a circularem com a matrícula da CD ou seja,individuos que acabaram a sua missão ao serviço do País.Verifica-se um tratamento desigual aos nossos doentes,outros até sem acompanhamento dos funsionários da embaixada e tratados com categoria de desconhecidos nas fichas dos hospitais Portugueses para onde dão entrada.Os Subsídios de custos e outros valores destinadas aos bolseiros são desviados e depósitados nas contas Bancárias de certos e determinados funcionários da embaixada para depois renderem os juros ao seu favor, entre outras anomalias que só visto.Eu pessoalmente, sou adepto da rotatividade nos serviços das missões diplomáticas ao nivel geral.Mais é necessário que o Governo faça um estudo de rastreio em materia das competências e capacidades dos quadros que ocupam estas funções e torna-se necessário um esforço conjunto dos funcionários das embaixadas de S.Tomé e Principe espalhadas pelo Mundo no que respeita a mudança da mentalidade na defesa intrangigente daquilo que é o bem público,pautando por uma postura diferente para melhorar a qualidade dos serviços a prestar as nossas comunidades com alguma elevação,associado-se tudo isto a culpa de maus dirigentes de alto a baixo que sempre tivemos que quando deslocam-se ao estrangeiro evitam encontros e a aproximação com a diáspora, esquecendo-se que foram nomeados para o tal e a comunidade é a razão da existência de qualquer corpo Diplomático acreditado num País.Só visto.Um bem haja STP.P.F.

  14. morena alves

    8 de Novembro de 2010 as 14:46

    Pois bem meus senhores, a questão é tão simples, quanto esta: pelo facto do Embaixador não se ter demitido, alguém o deveria ter feito. E se não o fez, como é que fica?
    Nós estamos a tratar da situação como se ela fosse ligeira, mas vejamos: quem politizou a questão foi o actual Presidente da República, quando recebeu a lista de possíveis embaixadores onde vinha também nomes de quadros do MNECC, na e de carreira, ele disse que não podia ser e decidiu que os paises a,b e c seriam para o MDFM e d, f para partido tal e por aí fora. Daí que ele tivesse tido a triste ideia de enviar o nome de Oscar Sousa para Embaixador em Angola; não aceitou que se colocasse Elisa Correia em Libreville, por ela ser maluca, e mais coisas. É daí que deram ao MLSTP, Taiwan, outro erro, e para agravar a coisa, deram ao Jorge Amado. Ou seja o mal não começa agora, foi desde o começo, por isso tem que haver traquejo na resolução dessa situação. E outrossim, o Fradique ainda está em funções e tem uma palavra a dizer sobre tudo isso, estãoa a agir esqueçendo desse facto; rapazito que não se esqueça!.
    Acredito que o Salvador dos Ramos não tomou a medida de sua autoria e vontade, mas mandaram-lhe actuar, e que remédio…teve de o fazer, so que terão que acertar bem as coisas antes de o atirarem para o fogo. Porquanto tudo isso é sujo, tudo isso só tem é merda!!!

  15. celio moreno

    8 de Novembro de 2010 as 15:27

    Estamos infelizmente numa Republica de ajustes de conta.
    Em S. Tomé e Principe tudo é possivel.
    Vamos aguardar para ver os próximos foletins.

    CM

  16. Josefa

    8 de Novembro de 2010 as 16:14

    QUANDO ELE FOI NOMEADO HOUVE REFERENDO? ENTÃO PORQUÊ AGORA ISSO? CABE AS ENTIDADES COMPETENTES DECIDIREM? NÃO ESTEJAMOS A PRECIPITAR AS COISAS.

  17. deixa a vida me levar

    8 de Novembro de 2010 as 17:26

    epa… chame o burro pelo su nome..
    o homenzinho é tão ignorante, obssecado que ainda não percebeu que lhe puxaram o tapete.. STP não é casa da sogra…pirate daí para fora..seu veterinário de meia tigela….

  18. ADELINO DOS SANTOS

    9 de Novembro de 2010 as 9:38

    terra dos palhaços

  19. rir até fartar

    9 de Novembro de 2010 as 10:10

    o jorge amado disse ao estudantes em cuba há quase 6 anos que, ele havia comido palha de cavalo na uniao soviética quando nao recebia o estipendio como bolseiro.

    dissera isso querendo ilustrar que tambem havia sofrido, e que tambem fora estudante. dessa forma quis ele apelar a que os estudantes se contivessem e nao reclamassem a verba em atraso.

    claro que nao comeu palha de cavalo nenhuma de modo literal, mas a actual vergonha pela que está a passar, é como ser borrado com estrume de cavalo no rosto.
    e olha lá que fede, einh…e como fede!!!

  20. junta mom

    9 de Novembro de 2010 as 12:45

    se nas direçao das pesca nao deu resultado como e ke vai conseguir com este cargo tem ke voltar a fazer uma formaçao na area de deplomacia porque deste nao tens nada.

  21. Sr.blága

    9 de Novembro de 2010 as 17:05

    SÓ XIPALA DO COTA.

    MT BEM PATRICIO,DA GAJU PICO MESMO.

  22. felado

    9 de Novembro de 2010 as 19:19

    É uma pouca vergonha para um diplomata acreditado num outro país está encima de uma tribuna ou camião a fazer comicio ou campanha… acho que se deve explorar aquilo que se tem, esse homem já é embaixador o que tem ele a fazer campanha para diputado? a única resposta é que quer comer toda boca… tipico dos politicos santomenses…
    Acho que na verdade estava no lugar errado, o que sabe Amado de diplomacia? o que de positivo poderia trazer este homem para STP? Pensem e analiza isso…

  23. Carlos Alberto Passos de Oliveira

    10 de Novembro de 2010 as 1:23

    Já vai tarde.

  24. Bil

    10 de Novembro de 2010 as 8:20

    Por essas e por outras que o país está como está. Qunado vai um partido para o poder tiram todos que não são da sua raça e que não lhes agrada, esquecendo que antes de tudo somos todos são-tomense.
    Acho que foi um erro crasso do ministro em ignorar o embaixador, apesar das barreiras que possam existir entre ambos ou entre o governo e o mesmo.
    Que leitura fará os taiwaneses desse comportamento?
    Os são-tomenses têm uma grande dificuldade em relacionar com o contraditório.
    Avaliem as pessoas pelo seu desempenho e não pela sua raça.

  25. Paul

    10 de Novembro de 2010 as 9:57

    Os Santomenses tem que começar a ter atitude digna de responsabilidade e de respeito para consigo mesmo, perante esta questao o senhor Jorge Amado deveria nao por cargo a disposiçao se nao pedir a sua demissao , sao uns agarrados ao poder que nem isso sabem fazer, viajam tanto e nao aprenderam que quando nao se tem confiança de uma governo a melhor saida é pedir demissao, em Portugal, Usa, e em muitos outros paises de verdade a ética profissional é assim.
    Larga Osso

    • E bandeira

      2 de Janeiro de 2011 as 3:05

      epa vcs falam demais e nao dizem nada, alias nao sabem o que dizem, deixem o homem exercer o seu cargo em paz! se o carga foi dado a ele é porque viram que ele tem a capacidade e atitude de o fazer, agora se vcs acham o contrário, keiram por favor vcs mesmos exonerarem o homem e execer a sua função. seus bandos de invejosos!!

  26. Matabala

    10 de Novembro de 2010 as 17:20

    Eu ja tinha sugerido isto desde a data que esta notícia saiu sobre visita dos Taiwaneses a São Tomé. Acho que os 21% que acham não, são na realidade aqueles que andam ainda a comer no suor do povo, não sabem nem dar valor ao nome que têm…

  27. Armindo Fonseca Dos Santos

    11 de Novembro de 2010 as 17:29

    Como podemos observar ,os nossos Embaixadores acreditados no estrangeiro pouco são eles que tenham uma formação diplomática.Eles apenas são embaixadores por mérito político.Mas isto não leva a querer que não haja verdadeiros Diplomatas em S.Tomé e Príncipe. Existe no país pessoas com o curso de relações internacionais,mas como essas pessoas não são políticos ficam para trás.Neste contexto cada pessoa deveria exercer função na sua área profissional.Nós precisamos de Veterinário para acompanhar o desenvolvimento de uma criação de porcos em S.Angolares,mas não temos porque este veterinário está sentado na embaixada em Taiwan.Este senhor já devia ser exonerado há muito tempo.

  28. E bandeira

    2 de Janeiro de 2011 as 21:41

    o homem é 100% competente, este cargo foi uma dadiva de Deus e da sua competencia e que Deus lhe abençoe no cargo.
    Ao senhor Jorge Amado sucesso e felicidades neste ano 2011.
    A todos os invejosos que se lixem!!!

  29. Piá cu uê Txilá

    30 de Junho de 2011 as 22:57

    Sera que é dessa que ele vai aprender de vez novas técnica de fazer conservas com produtos derivados de carnes, ou a de emplementar um projecto de avicultura a frangos de Taiwan, os nossos derigentes ainda se lembram do templaseco com os seus verssos
    UNGUÊ CU NA XIVLI SODÉ MESSÊ SÁ SARGENTO..
    porque que não lhe daõ trabalho que é da área dele? quando é que essa geração da lugar ao outro? uma vergonha!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo