Introdução ao Ensaio sobre a Cegueira Humana Tópico 3. É preciso restaurar o Homem

É preciso restaurar o Homem pois ele e, a essência da minha cultura, a chave da minha comunidade e principio da minha vitoria .

Vamos falar então, deste estranho e misterioso ser “bicho Homem” que se orgulha por possuir o maior cérebro dentre os primatas.

Vamos falar então deste símio com grandes qualidades vocais, agudas e sentido de exploração e com grandes  tendências a procriar.

Vamos falar então deste “sábio” que por meio da sua inteligência e capaz de autorreproduzir-se num laboratório(clone)  ;debatemos então  acerca   deste espécie que se cognominou de “Homo Sapiens” que consegue e tem conseguido criar para si progressos técnico-científicos que já o permitiu ir a lua e criar ilusões da possibilidade de viver noutro planeta ,Homenageemos então “o Bicho-homem “

A homenagem ao Homem e algo comum no mundo dos mortais. Em todas as civilizações e notório ato simbólico neste sentido, o enriquecimento da cultura provem desta mesma ação –e preciso que conheçamos e homenageemos figuras    que ao longo dos tempos divulgaram e veem divulgando os nossos valores culturais contribuindo e  criando desta feita uma aura mística para as gerações vindouras (não obstante ao  desleixo e a insuportável leveza mental,característico da nova geração )

É necessário e urgente que homenageemos personalidades como:  Rei Amador, Almada  Negreiros ,Marcelo da Viegas, Viana da Mota, Caetano da Costa Alegre, Maria Manuela Margarido, Nuno Xavier, Francisco José Tenreiro, Salustino Graça, Alda do Espírito Santo, Carlos Graça, Camilo Domingos, ”Bute[1]”-entre outros que de deixaram levar pela «utopia”   de uma nação   justa de bem governada  dando o seu contributo e deixando  legados para serem refletidos num dos ramos num dos componentes mais mediáticos de todo o saber Humano: a Cultura.

Voluntas pro facto reputator

“ A intenção faz a ação”

Mamodou Trindade


[1] Figura que de forma  quase “inocente” deu um grande contributo para a cultura São-Tomense.

  1. img
    Male Responder

    De facto so estamos preocupados com as novidades culturais dos outros e esquecemos das nossas-acho louvavel esta cronica.

    • img
      Ismael Responder

      Mas eu Deus, qual crónica?! Aquilo é crónica? Por favor!!!

      • img
        mé pó feladu Responder

        de facto não é cronica mas o mamodou trindade apresentou o seu trabalho e tu apresentas o teu para haver contraditorio assim é que é haver vamos viva democracia viva stp

        • img
          Ismael Responder

          Mas qual trabalho, meu Deus!? Santa ignorância, neste nosso S.Tomé. Até quando?

      • img
        Serginho Responder

        E cronica sim camarada Esmael,nao conheco o individuo mas elogio-o e dou-lhe o meu encorajamento pela excelente reflexao. Antes de criticares o outro procure dar provas de que consegues fazer o melhor;e mesmo fazendo-o(o melhor)nao demonstre que es o melhor porque o intelecto e uma virtude que nao se enfuna.E bem provavel que precisas de crescer ainda um pouco psicologicamente para decifrares”codigos”e mensagens por detras dos textos filosoficos.
        Um bem haja a todos.

  2. img
    Barão de Água Izé Responder

    Há personalidades importantes que histórica e comprovadamente existiram e se sabe o que pensaram e fizeram por STP.
    Por exemplo, o introdutor da fruta (fruta-pão) em STP, que mata a fome, diáriamente a milhares de Sãotomenses, não devia ser referido?

Deixe um comentario

*