Anúncios

Venda de Imóveis do ex-Banco do Equador

ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO

O Liquidatário do extinto Banco Equador, faz saber a todos os interessados que procederá no dia 23 de Julho de 2019, por via de apresentação da melhor oferta, a venda dos imóveis abaixo descritos, os quais podem ser previamente visitados nos dias úteis que antecedem a data do concurso, de segunda à sexta-feira, nos seguintes horários:
As 2ªs., 3ªs. e 4ªs. Feira: 9:00 às 12:00 e 14:00 às 16:00;
As 5ªs. e 6ªs. Feira: 9:00 às 12:00 e 14:30 às 16:00;

Identificação dos imóveis:
Edifício sede (Novo), na Rua de Moçambique;
Edifício sede (Antigo), na Rua de Moçambique;
Edifício (Vivenda e anexo), em Água Arroz;
Edifício (Agência, armazém e guarita), em Água Arroz;
Edifício (Agência), na zona de Aeroporto;
Edifício (Pensão Equador), em Cova Barro;
Edifício comercial, situado junto ao mercado de Côco-Coco, Avenida Geovani.

Os interessados devem apresentar as suas propostas em envelopes fechados e endereçados ao Liquidatário do Ex-Banco Equador, Rua de Moçambique, S. Tomé, indicando o edifício pretendido, todos os dias úteis das 9:00 às 11:30 e das 14:30 às 16:30, até às 11:30 do dia 23 de Julho de 2019. A abertura das mesmas propostas, terá lugar às 15:00, deste mesmo dia, no edifício sede do ex-BE.

Após a abertura da proposta e conhecido o vencedor, este é obrigado a efetuar, até às 12:00 do dia seguinte, o pagamento dos 10% do valor da arrematação como garantia e prova de boa-fé, devendo satisfazer a parte restante no prazo máximo de 15 (quinze) dias a contar da data da receção da comunicação acima referida, sob pena da perda do respetivo valor.

O bem será entregue ao vencedor após a liquidação total dos valores em dívida, acrescidos de 10% e a quantia correspondente às despesas prováveis de arrematação, nos termos do estabelecido no parágrafo 1 do artigo 904º do Código do Processo Civil em vigor.

Findos os referidos 15 (quinze) dias, sem que se tenha verificado o pagamento integral da dívida, o vencedor perde o direito à compra e os 10% depositados logo após o concurso.

S.Tomé, 20 de Junho 2019
O Liquidatário
Adelino Castelo David

    Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo