Desporto

STP Estreia nos Jogos da Lusofonia com péssimos resultados

seleccao.jpgÉ sem duvida uma estreia que ficará na história da selecção nacional do futsal. 22 a 1, é este o total da goleada e humilhação que a selecção  de futsal sofreu nos dois  jogos em que disputou aé o momento na segunda edição dos jogos da lusofonia.No primeiro desafio com a equipa anfriã, Portugal, ao intervalo perdia por sete bolas sem resposta, e ja na segunda metade o número duplicou para 14 -1.

O Golo solitário da equipa nacional de futsal foi apontado por intermédio do veterano Adérito, que curiosamente residiu em Portugal mais de 10 anos.

Analistas consideram que Adérito e o Guarda-Redes Machister, são os únicos jogadores nacionais que mereciam um resultado menos pesado, pelas exibições demonstradas tanto no primeiro como no segundo desafio.

Entretanto, no segundo jogo, S.Tomé e Príncipe voltou a ser esmagado por Angola por oito bolas sem resposta. Os erros cometidos no primeiro encontro voltaram a ser cometidos. Muitos passes errados, um futebol mal praticado sem um lider que pudesse pegar no jogo e sair a jogar.

A imprensa dos 11 países que fazem a cobertura desses jogos, não poupou críticas ao selecionador nacional, sobretudo depois do jogo com Angola.

A turma dos Palancas Negras, dominou por completo os pupilos da dupla são-tomense Lima Neto e Idalécio Costa.

Entretanto, no seio da claque denominada Operação Orgulho Santomense, por sinal, a maior e a mais organizada de todas, surgem vozes a pedir a cabeça do Seleccionador Nacional de futsal.

De salienar, que todos os jogos de futsal, têm decorrido  no Pavilhão Atlantico em Lisboa, local onde foi palco da cerimonia de abertura dos segundos jogos da lusofonia que decorre desde 11 de Julho e termina no próximo dia 19.

Jasi Ramos – Portugal

Recentemente

Topo