Desporto

STP sai do Tóquio com dois troféus

Terminou a campanha de São Tomé e Príncipe nos Jogos Olímpicos 2020 que decorreram em 2021 (23 de julho -08 de Agosto), no Tóquio-Japão, onde os três atletas santomenses, embora longe do pódio, saíram da prova com os troféus de “determinação e coragem”, por tudo que obstaculizou as respectivas participações nos jogos que tiveram lugar em 2021, devido à Covid-19.

D`jamila Tavares (atletismo), embora sendo a última da sua série (na prova de 800 m), encheu o país de orgulho, uma vez que, o feito alcançado por ela, está somente a nível das grandes campeãs, já que não foi para esta disciplina que trabalhou para representar o país nos jogos, foi sim, para os 1.500 m, mas acabou por ser relegada para esta categoria, em cima da hora.

Bully Triste e Rock Afonso (canoagem) mais uma vez mostraram a bravura santomense, vendendo cara as eliminações, tanto em C2 como em C1, onde melhoraram os resultados dos últimos jogos, chegando em ambas disciplinas aos quartos de final.

Com estes resultados, os jovens santomenses tornaram nos melhores africanos de sempre nos Jogos Olímpicos, na modalidade.

Todo isso só demostra o valor presente nos atletas santomenses, que, com um pouco mais, poderão levar muito mais longe a bandeira nacional em grandes eventos mundiais e regionais.

Martins dos Santos

 

    14 comentários

14 comentários

  1. DN

    8 de Agosto de 2021 as 21:59

    Exijo a recontagem das medalhas

    • Inconformado

      9 de Agosto de 2021 as 11:00

      Kkkkk

    • Zagaia

      9 de Agosto de 2021 as 14:41

      Também, exijo a recontagem das medalhas.

  2. Lima

    9 de Agosto de 2021 as 5:12

    Nao esquecamos daquele luso-santomense que segundo ouvi dizer ganhou uma medalha de bronze.Embora de nacionalidade portuguesa por ter la chegado com a mae com os seus 11 anos tambem merece os parabens de STP.

    • Francisco+Paulino

      9 de Agosto de 2021 as 16:21

      Jorge Ivayr Rodrigues da Fonseca é um judoca português do Sporting Clube de Portugal. Em 2019, tornou-se campeão do mundo na categoria de –100 kg. Em 2021, torna-se bicampeão mundial na mesma categoria e ainda conquista a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio também na categoria -100 kg. Wikipédia
      Nascimento: 30 de outubro de 1992 (idade 28 anos), São Tomé e Príncipe. STP também tem parte nesta medalha.

    • Toni

      10 de Agosto de 2021 as 18:38

      O problema é que se ficasse em Stp, nem judo teria praticado muito menos apurar para os jogos olímpicos.

      Stp não tem nada para reendivicar, ele somente nasceu em Stp

  3. Lucas

    9 de Agosto de 2021 as 6:50

    Com todo este latim querem ver que serão os futuros candidatos à presidência da República?

    • Nuno Menezes

      10 de Agosto de 2021 as 7:40

      Lucas

      o que é que tem a ver o cu com as calças?

      • Lucas

        11 de Agosto de 2021 as 5:47

        O outro que só porque planta abacaxi também não foi ?
        Imagina estes a que já chamam de herois!!

  4. JACA+DOXI

    9 de Agosto de 2021 as 13:12

    Parabéns aos atletas de São Tomé e Príncipe.

  5. Nuno Menezes

    10 de Agosto de 2021 as 7:34

    Parabens…
    Continuar a comer a banana pao,para proxima ganhamos finger cross!!!

  6. Anjo+do+Céu

    10 de Agosto de 2021 as 11:10

    João Costa Alegre mas conhecido por João cavala presidente de COSTP.director de várias campanhas politicas algo que ele nao pode fazer como dirigente duma instituição internacional, violou toda a regra de COSTP por isso não tinha tempo pra dar atençao aos atletas devido ganancia de dinheiro por isso está na hora de ir pra casa e dá lugar aos outros.Palhaço arrumnado em bom.Sai

  7. Gil dos Santos

    11 de Agosto de 2021 as 13:27

    Pondo de lado tudo que envolveu a nossa participação nos jogos, temos que parabenizar os nossos atletas pela força e coragem que tiveram. Em seguida temos, cada um de nós de forma desapaixonada refletir sobre os resultados. Por fim apresentar a sugestão para melhoria. Criticar os dirigentes não vai resultar em nada, porque eles já sabem que são os maiores culpados, temos sim que apresentar e e dar subsidio para melhoria.

  8. José Luís Jesus

    23 de Agosto de 2021 as 18:57

    Dois trofeus, dever cumprido

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo