Política

Conselho de Ministros estuda viabilidade financeira para realizar eleições autárquicas e regionais em Agosto próximo

Depois dpalacio-do-governo.jpgo Presidente da República Fradique de Menezes, ter avisado que tudo iria fazer junto ao Primeiro-ministro para que as eleições locais fossem realizadas na data prevista. Depois do Presidente do Governo Regional José Cassandra, ter anunciado na última semana que «não se pode suspender a democracia”, a população da região autónoma começou a manifestar-se publicamente contra a vontade do governo central em adiar o escrutínio. Em entrevista a televisão nacional, muitos habitantes da ilha disseram que querem as eleições já neste ano. Esta quinta-feira Rafael Branco reuniu o conselho de ministros e um dos pontos da agenda foi a avaliação das condições sobretudo financeiras para que as eleições autárquicas e regionais sejam realizadas em Agosto próximo. Aguarda-se pela apresentação do balanço da reunião que terminou no final da tarde de quinta-feira, para se conhecer a posição final do executivo, cujo Primeiro-ministro várias vezes, manifestou-se a favor do adiamento das eleições do poderes locais. 

 

Recentemente

Topo