Política

Adivinha.. adivinha. Qual é o ex-ministro das obras públicas e infra-estruturas que tem apelido PRAZERES?

adivinha.jpgA adivinha foi lançada por Delfim Neves, ele também antigo Ministro das Infra-estruturas, numa entrevista a Rádio Nacional de São Tomé e Príncipe. O ex-ministro que é tema da adivinha é indicado como sendo o homem que influenciou a entrada do escritório brasileiro de advogados A W GALVÃO, no negócio como único operador comercial para efectuar a transacção de mercadorias do mercado brasileiro para São Tomé e Príncipe no âmbito da linha de crédito de 5 milhões de dólares. Delfim Neves, abriu uma ponta do véu para permitir que as pessoas consigam adivinhar. Segundo Delfim Neves, há um cidadão são-tomense que trabalha no escritório brasileiro A W Galvão, e chama-se Miguel dos Prazeres.

Em conferência de imprensa Mercia Radicchi, a brasileira que preparou o processo de importação dos produtos com o aval do Primeiro-ministro Rafael Branco, disse que «O escritório A.W. Galvão entrou no processo por vias indirectas através de interferências de um ex-ministro que estava a prestar consultoria informal a esse escritório no processo de contratação de transportes públicos. O objectivo era aproveitar o navio que possivelmente seria contratado para trazer os autocarros para trazer junto os produtos alimentares. É daí que começou a gerar a interferência do escritório Galvão. O ex- ministro é são-tomense», denunciou Mércia Radicchi.

O escritório brasileiro de advogados tomou conta do negócio de procuração passada pela STP-Trading, e consequentemente terá sido o principal beneficiário da linha de crédito de 5 milhões de dólares.

Na conferência de imprensa Mercia Radicchi recusou dizer o nome do ex-ministro. Ela disse que esse ex-ministro faz parte de um dossier que mais tarde vai ser divulgado.

No entanto preocupado com o facto de ter sido também ministro, e ainda mais sendo único ex-ministro integrante da STP-Trading, Delfim Neves, decidiu esclarecer tudo lançando a adivinha. «Quando se diz que houve um ex-ministro que pressionou para que se assinasse o contrato de prestação de serviço com a A W Galvão. Tem que ficar claro porque vão pensar que é Delfim Neves que é único ex-ministro que está na STP-Trading. Há um são-tomense que trabalha com a AW Galvão chamado Miguel dos Prazeres, e os senhores sabem muito bem qual é o ex-ministro que tem o apelido Prazeres. Não é Delfim Neves», afirmou.

O leitor ainda não conseguiu adivinhar? Então o Téla Nón divulga. Depois da queda do governo de Tomé Vera Cruz, Delfim Neves foi sucedido no cargo de ministro das infra-estruturas por Arzemiro dos Prazeres, mais conhecido por Bano.

O mandato de Bano durou 3 meses no falecido governo de Patrice Trovoada. Tempo suficiente para alegadamente ter conseguido influenciar o negócio dos 5 milhões de dólares a favor do escritório de advogados do Brasil.

Aliás o Téla Nón teve hipóteses de consultar um documento em que Bano enquanto ministro deu luz verde ao escritório do Brasileiro Galvão para executar um projecto de transportes públicos em São Tomé. No tal documento está a assinatura do então ministro Arzemiro dos Prazeres. Bano é actualmente deputado a Assembleia Nacional pelo partido PCD.

Abel Veiga

Recentemente

Topo