Política

Patrice Trovoada reanima o polémico caso STP-Trading

No regresso esta manhã do périplo euro-latino americano, o Primeiro-ministro Patrice Trovoada anunciou que enquanto os Tribunais não julgarem o caso STP-Trading, serão todos os são-tomenses a pagar os 5 milhões de dólares concedidos pelo Brasil, e que foram mal geridos pelos comerciantes são-tomenses.

O Chefe do Governo disse que apresentou ao Governo brasileiro, através do Ministério do Comércio e Desenvolvimento Externo, uma proposta de financiamento para adução de água potável e saneamento do meio aos distritos de Mé-Zochi e Água Grande. A proposta não teve aceitação imediata, por causa da linha de crédito de 5 milhões de dólares atribuída a São Tomé e Príncipe desde o ano 2008, para importação de bens alimentares.

Por isso Brasil cancelou a atribuição de fundos para ajuda ao desenvolvimento a favor de São Tomé e Príncipe. «Enquanto os famosos 5 milhões do caso STP-Trading, não forem resolvidos juridicamente não temos mais acesso a este dinheiro», declarou Patrice Trovoada.

O Primeiro-ministro acrescentou que preferiu negociar com o Governo brasileiro, a possibilidade de reescalonamento da dívida de 5 milhões de dólares. Processo que implica a assunção da dívida pelo Estado são-tomense, ou seja, por cada um dos cidadãos são-tomenses. «Essa proposta deverá ser aprovada pelo senado brasileiro, e só então, poderemos ser selecionados para beneficiar de mais dinheiro público do Brasil», pontuou.

Trovoada, esclareceu que enquanto a Justiça são-tomense não julgar o caso STP-Trading, a dívida será paga pelos são-tomenses. «Quando o Tribunal der solução ao caso, poderemos começar a pagar a dívida. Enquanto não der solução, todos os são-tomenses vão pagar. É isso que fizemos o reescalonamento da dívida, será pago por todos os são-tomenses», precisou Patrice Trovoada.

Note-se que no ano 2008, São Tomé e Príncipe beneficiou de uma linha de crédito do Governo Brasileiro na ordem de 5 milhões de dólares, para importação de bens alimentares a partir do mercado brasileiro, para o abastecimento do mercado são-tomense.

Na altura o Governo de Rafael Branco, entregou a linha de crédito à uma empresa composta por comerciantes são-tomenses, a STP-Trading.  Grupos privados nacionais como Hull Blyth, e D&D ( Domingos(Nino) Monteiro e Delfim Neves),  destacaram-se na administração da empresa, respectivamente na Direcção Financeira e na Direcção Comercial.  Uma estrutura Directiva que tinha como Director Geral, o Intendente Armando Correia.

A maior parte da mercadoria importada pela STP-Trading a partir do mercado brasileiro, chegou a São Tomé em avançado estado de deterioração. Outros produtos não serviam para o consumo humano, ou não constituíam hábito alimentar dos são-tomenses.

Foi um fracasso total. A STP-trading não conseguiu pagar o crédito de 5 milhões de dólares. O caso subiu para os Tribunais. Desde 2010 que se aguarda pelo julgamento.

Abel Veiga

    58 comentários

58 comentários

  1. luisó

    28 de Junho de 2012 as 18:57

    Quando alguns não têm juízo e vergonha o povo é que paga.
    Agora à conta desta vergonha não há mais crédito do Brasil e é compreensível.
    Porque é que demora tanto a julgar estes casos?
    Porque os grandes são todos da mesma família.
    Cuidado Patrice é possível que um dos teus sócios e assessor económico internacional (ah, ah, ah) possa vir a ser julgado…

  2. MASSA CRITICA

    28 de Junho de 2012 as 19:10

    O melhor exemplo que o senhor enquanto Primeiro Ministro devia dar é o de exonerar o seu assessor económico, sendo ele um dos cabecilhas desta fraude chamada STP Trading e depois orientar o senhor Leite(Presidente do Tribunal Supremo) que anda ai a não fazer nada a avançar com o julgamento sumarissimo deste caso….

    • Z

      1 de Julho de 2012 as 13:01

      Pao Pao. Queijo Queijo. AMIGO AMIGO. NEGOCIO APARTE.

  3. Papagaio

    28 de Junho de 2012 as 20:23

    Graças a viagem do primeiro ministro ao brasil para dar inicio a um processo tão vergonhoso no nosso Pais.

  4. abre olho povo sofredor

    28 de Junho de 2012 as 23:06

    Patrice gosta de arrajar poblemas aos outros para mostrar que ele é o melhor,pouca vergonha

    • Lódoma

      29 de Junho de 2012 as 5:53

      És um dos visados? Se não és não teme ó (abre olho povo sofredor)

    • Z

      1 de Julho de 2012 as 13:52

      Xêê! Existem pessoas esquisitas. Se o homem vem uma vez mais alertar a todos sobre este caso bem polemico que se encontra entregue aos tribunais ha anos, vocês ainda vêm zanga homem! Justica tera que ser feita. E podiamos muito bem comecar por este caso. Isto porque os dados sao todos na sua maioria palpaveis.

  5. jamaicano

    28 de Junho de 2012 as 23:24

    Nino Monteiro….

  6. Minuye

    28 de Junho de 2012 as 23:56

    Meus caros compatriotas, o Brasil é um país assolado pela corrupção, por isso, sabe muito bem lidar com esse mal, principalmente quando se trata de negócios com outros países. Não por acaso o Brasil foi o primeiro país que fez a seleção de alunos bolsistas nos seus convênios de cooperação com Países africanos, sendo que antes os alunos bolsistas eram selecionados pelos seus próprios países. Ao contrário de outros países que STP está acostumado a dar calotes, o Brasil certamente não deixará barato. Pena é que quem perde é o país, o povo, pois pelo que sei essa linha de crédito aumentaria com o tempo e STP iria até receber um avião da embraer em crédito. Espero que os tribunais sãotomenses sejam rápidos na cobrança de responsabilidades, pois só o valor dos carros desses senhores que estão envolvidos nesse negócio já daria para pagar parte dos cinco milhões de doláres. Espero que um dia STP deixe de ser um país de políticos e governantes amadores.

    • olavo

      30 de Junho de 2012 as 9:57

      vc quer dizer “políticos ladrões”

  7. Gente

    29 de Junho de 2012 as 1:50

    Lament’avel, uma grande submissao e vergonha diplom’atica. Mass enfim, a melhor proposta nao devria ser aquela de reescalonar a d’ivida como garantia ao governo brasileiro, mas sim, uma proposta radicar de combate a corrupcao…era a proposta que o giverno brasileira aguardava dele, com o estabelecimento de prazos de garantia e tranparencia, para depois se propor uma solucao negocial de abertura de linha de financiamento. Como nao se tem vergonha nem “lata” na cara, a ideia e imediato foi a de utilizar os fundos p’ublicos para liquidar a divida por reescalonamento. Pra mim fica claro, uma imediata interpreta’cao do governo brasileiro: Esses caras sao corruptos e internamente nao t^em mecanismo de combate a corrupcao. E o povo, nada faz? assiste-se isso de bra’cos cruzados????
    Depois vai-se justificar que esta estrat’egia de negociacao foi um esfor’co pra n~ao deixar o povo com fome….Uma pena!!!!!!
    E

  8. torresdias

    29 de Junho de 2012 as 7:48

    A Justiça Santomense tem que acerelar sobre este caso Trading de modo os factos que serviram de base para a acusação dos implicados neste extraordinário processo seja esclarecido e apurar os verdadeiros cumplices de modo que estes assumam as suas responsabilidades.
    O pior é que enquanto o processo se encontra inoperante nos tribunais, muitos tem aproveitado desta circunstancias para darem seus show off e desnortear as atenções de muitas outros factos ja iminentes que também necessita de serem esclarecidas, que sem exagero deixo aqui apontado que é as demasiadas viagens realizadas por chefe de governo em privado sem que se saiba de concreto quais as suas essencias e que substanciam em poucas declarações propladas de magnos projectos cujo o horizonte não se vislumbra.
    Acho que o caso tranding está consumado nas barras dos tribunais, deve-se aguardar, pois depois deste, virão muitos outros e os proximos acusados podem ser reincidentes, e quem sabe, a propria pessoa que refuta esta tragédia.
    Aguardemos pelos tribunais, e não façamos do caso trading de bode espiatório para esconder incompetencias na governação e as atrapalhações governativas ja patentes.
    A ver vamos
    Deixa-nos trabucar, acrescento, e manducar

    Viva o Povo de S.Tomé e Príncipe

  9. Verónica

    29 de Junho de 2012 as 8:03

    Este é mais um golpe de mestre, do Patrice. Porém, ele que se cuide.
    Embora o que vou citar não seja o tema de que se fala. Até hoje o Patrice não pensou em tomar medidas nenhuma com relaçãoao fenómeno Santo.
    Um zé povinho, lá da zona de Cruzeiro, numa conversa na tenda do vinho da palma disse. Kua cé santo, sá Kuá cu gina nbili ûê, ê na tava sem fá. Gina Patrice bi cu tudo casta de fitxicêlu cu demonó fô inen inen tela cé vinjan non, pê pô nganha voto e ku ê ná pagá inen demono cé cu ficá naí fá zó tudu kuá cé sca placê.
    Matutando a minha cachimónia, embora não acredito nisto,parece verdade. Porque vejamos: Aonde as crianças estão xinguilando? Nas Escolas e onde haviam mesas de voto, não é? Agora matutem tb e digam depois.

    • pagagunu

      2 de Julho de 2012 as 22:01

      O senhor, este fenomeno aconteceu e acontece em Angola mais propriamente Luanda onde eu vivo , e aqui ninguem consegue explicar o porquê deste fenomeno. Ate isto é da responsabilidade do Patrice? Só com cristo…

  10. Verónica

    29 de Junho de 2012 as 8:08

    Aprximam-se as eleições e o Patrice sabe que ele ascoisas estão pouco tremidas para o lado dele e sabendo ele que o Delfim é rato, ele está começando a procurar elementos para minar o pôvo.
    O pôvo é que tem que abrir os olhos e saber de que lado vai.
    Agora deixo umas perguntas:O Patrice não sabe quem fez as compras? Ele não sabe quem tem a responsabilidade de tudo isto?
    Será só o Delfim? Será o Armando Correia e o Santana que até foram parar a cadeia como isca para o Delfim também lá ir?
    Se ele tem a justiça nas suas mãos, porque não julga isso já de uma vez por todase põe termo a isso?
    Minha gente, pôvo de Sãotomé e Príncipe abram os olhos.
    Se não houvesse envolvimento de outras pessoas mais importantes já este caso seria resolvido.
    Estão com medo de mexer os papeis e fazer jogo e gato e rato, entretendo o zé povinho. coitado destes.

  11. ôssobó1

    29 de Junho de 2012 as 8:18

    Pois é! aqui esta um assunto de grande importancia, para falarmos sobre ele. quem vai pagar os 5,000.000.dolas?
    porque o Povo? se Delfim Neves , Armando correia nao sabe nada de comercio, Nino Monteiro e outros andam ak a viver boa vida com dinheiro de Povo.isso sim nos intereça! nao estar a falar de coisas sem influencia nenhuma.vamos chamar a responsabilidades ao Rafaél branco k pedio dinheiro em nome do nosso País e entregou uma grupo de Ladroes.

    Tribunal nao faz Nada? so converça!

    bem Haja Sao tomé.
    foi.

  12. Falar Verdade

    29 de Junho de 2012 as 8:46

    Abre Olho Povo Sofredor não sabe o que diz.
    Parabéns PATRICE!A verdade tem que ser dita.
    Viva Democracia e abaixo impunidade.
    Fui…

    • abre olho povo sofredor

      29 de Junho de 2012 as 9:00

      Sei do que digo aliais, o Estado santomense foi avalista do credito, de uma empresa stp trading, com parecer juridico do Dr Varela ao joaquim Branco é logico que o estado Santom ense tem que pagar o Patrice também viaja com dinheiro do plovo ou dinheiro que ele anda a pedir por mundo fora o homem gostya muito dos bancos

  13. Cidadão

    29 de Junho de 2012 as 9:08

    O nosso tribunal só sabe lidar com ladrões de galinha. Se for o Povo a pagar essa dívida, então que seja o povo a “Julgar” esses criminosos. Afinal de contas eles continuam a exibir LUXOS debaixo do nosso nariz, porque pensam que o povo é “palerma”.

  14. Põe boca não tira

    29 de Junho de 2012 as 9:59

    O Patrice Trovoada é um poço de problema. Se ele tivesse vergonha na cara ele nunca ia pedir apoio a Brasil porque ja se sabe que Brasil não ia dar. A população deve abrir os olhos e sair a rua, Governo criou uma empresa de quadrilho, fizeram das suas com dinheiro que deveria benefiaciar o povo agora senhor Patrice vem dizer que o povo vai pogar o que não cumeu, acham que este é comportamento de um dirigente responsavel….. Será que daqui há alguns anos vamos também pagar factura das despesas de senhor Patrice Trovoada??????? Até qundo vamos viver nessa imponidade???????? Será que este país não tem Governo??????? Quem não pode, dar lugar a outro e deixa de reclamação. “Será que este é o resultado de deixa-nos trabalhar????”. Viva democracia, abaixo os imcopitentes, abaixo a imponidade, viva povo, viva STP

  15. david santos

    29 de Junho de 2012 as 10:28

    Patrice T é um sem vergonha quando fala porque um dos seus assessores esta envolvidos até ao pescoço nesta sujeira.
    Patrice é muito falso.
    Marting é um dos seus fortes e marting de bobo.
    Até agora nao vimos nenhum projecto concretizado.
    Nem o de 90 lojas, Patrice Trovoado é uma fala barrato, tem que ser mesmo este povo para acreditar si.

  16. Eng Bernardino monteiro

    29 de Junho de 2012 as 10:29

    Espero bem que a justica seja feita, sem previlegiar,e sem usar arbritariedade,este pais nao pode beneficiar os poderosos, a justica em sao tome esta debaixo dos homens, do sistema financeiro, sr primeiro ministro e su exc sr presidente da republica e senhores e senhoras santomenses. Temos que nos unir dialogar procurar mecanismo para combater com os anti-democraticos os coruptos, e por a justica funcionar, porque sem a justica nao a estabilidade nem crescimento sustentavel

  17. david santos

    29 de Junho de 2012 as 10:39

    Esse nosso pais é para ser feichado com um pano preto, escrito em cima feichado para reparaçao, porque como que um pais como S.T.P. nao quer empregar quadros lecenciados alegando falta de lugares mas quando chega os seus familiaes eles empregam logo.
    Principalmente esse governo de Patrice Trovoada que até concurso publico que passava na TV deixaram de passar.
    Ja chegou hora para PT ir embora para Gabao e deixar de fazer bobo e a gastar dinheiro do povo.
    Isso é gravissimo

  18. david santos

    29 de Junho de 2012 as 10:54

    Desculpem mais eu estou farto desses mais velhos do nosso pais que nao fizeram e nem estao a fazer nada para esta terra e este gabones com as suas memtiras que esta a piorar a coisa mais ainda.
    Mas há um homem que pouco se fala mais que afundou o pais com sua incompetencia que é o Rafaiel Branco (Mano Rafa.
    Esse tipo é um dos azar que S.T.P. tem como pessoa.
    Ele é portugues falso, e nao tem escrupulo nenhum,nao tem nada para dar essa gente devia estar num em que eu seria castigador deles para tudos os motivos.
    Eu sou jovem e sou muito conhecido formado e bem formado mais só divulgarei a identidade numa hora opurtuna, por causa deles perdi desejo der santomense.

  19. Coladura

    29 de Junho de 2012 as 11:16

    Como é possível, PM de STP teve o descaramento e coragem de ir pedir uma nova linha de crédito ao Brasil?

    Santo Deus!

    Qualquer pessoa sabe, e não é preciso ser intelectual ou dirigente para saber que a dívida de STP trading ainda não foi paga, por isso nunca Brasil iria conceder uma nova linha de crédito a STP?

    Portanto, PM ao apresentar novo pedido de linha de crédito ao Brasil, somente quis mostrar sua ingenuidade ou ausência de responsabilidade.

    Esse comportamento a nível de um PM de um País é feio e muito mais muito triste.

    Em STP costuma-se dizer” pata ku bá aua naxi bi fa, a na ca lega ku ça capuela-fa”.

  20. conterrâneo

    29 de Junho de 2012 as 11:29

    Eu não comi ferro de STPTrading.

    Eu não posso pagar com os meus impostos.

    Os comedores de ferro de STPTrading, QUE HOJE ESTÃO RICOS, a exibirem altos caros no país é que devem pagar até ultimo tostão da divida.

    Não eu, enquanto o contribuinte.

  21. adalberto

    29 de Junho de 2012 as 12:33

    O Sacana em vez de trazer boa linguagem,vem ainda dizer que o pogo é que vai pagar a dívida-e claro ja esta pagando.não há salario.Esperemos que toda a população adira em massa na próxima semana as manifestações contra o nivel de vida da população.Já deram o vadio Kauiki dinheiro para tapar boca aos trabalhadores.Estejamos todos atentos.Patrice ameaça soltar cães,tropas,polícias e muita borracha contra a população.

    • adalberto

      29 de Junho de 2012 as 12:35

      corrijo: “povo” e não “pogo”

    • TVSA-Televisão Santomense Aberta

      29 de Junho de 2012 as 12:39

      Gostaríamos que o Sr PM nos desse alguma informação sobre os nossos estudantes que se encontram em Brasil uma vez que esteve lá e já há tempos os mesmos têm chorado ao governo devido a difícil situação que estão vivendo naquele país.

      • santola

        29 de Junho de 2012 as 15:46

        Estamos aqui nada de confiança nos estudantes,<> ainda bem que ele nao marcou encontro com estudantes.

  22. celso

    29 de Junho de 2012 as 12:58

    sr primeiro ministro nao tem vergonha nessa sua cara para dizer que povo dever pagar 5 milhoes dolares.

    • Fruta pão

      30 de Junho de 2012 as 18:09

      Senhor Celso, não sabe o que é dizer o povo paga??
      Significa fizer que o dinheiro do cofre do estado é que pagarão as dividas dos devedores do caso stp trading e vc sabe muito bem..Engraçdo é o senhor!!

  23. Augerio Amado Vaz

    29 de Junho de 2012 as 14:58

    Patrice deve contratar um tradutor de Português, porque não se entende nada que o homem diz, pelo menos fala em Francês que o Dr. Varela pode traduzir.

  24. david santos

    29 de Junho de 2012 as 16:01

    Vos digo algo muito importante esse PM é muito engraçado nas suas explanações infantil

  25. Blogonón Paiva

    29 de Junho de 2012 as 16:34

    O Primeiro Ministro esta querer distrair a opinião publica nacional, com estas declarações. Primeiro financiou o Jornal Parvo para publicar a lista dos devedores das ditas casas do Estado, agora fala do Fantasma STP Trading, insta o poder judicial para resolver o assunto, deixa de palavreados. O Povo esta passar fome, o Pais esta incendiar, resolva o problema do Povo.

  26. helmerdias

    29 de Junho de 2012 as 20:50

    Não sei qual é objectivo do sr primeiro ministro mais numa coisa ele tem razão.Este caso já arrasta-se a muito tempo nos nossos tribunais gostaria de saber de quem é a culpa,se procuradoria geral da republica ou tribunais ou sr juíses?Porque não se entende até agora não há resultados concretos e os verdadeiros culpados condenados.Se sr primeiro fala assim imagine o que pensa um estrangeiro.Uma coisa é certa quem paga isso tudo é todos nós santomense que somos serios e cumpridores.Deixem de denegrir todos nós e resolvam e prendem os prevaricadores.para bem de todos nós obrigado e estamos a sofrer quem gosta de são-tomé e princípe.

  27. Almeida Paquito

    29 de Junho de 2012 as 21:06

    Patrice brinca. Os que nele votaram que o aguentem.

    Nao se discute divida em viagem privada. A saber depois de uma viagem privada nao serve em nada conferencia de imprensa.

  28. Barão de Água-Izé

    29 de Junho de 2012 as 21:23

    Não estará o sr. Patrice a brincar com o País? Porque não fez um forte apelo para a justiça de STP agir num curto espaço de tempo e exigir aos responsáveis o que devem pagar e eventualmente serem acusados de crime público? Todos, repito, todos os Saotomenses correm o risco de pagar, sem saberem o que realmente aconteceu, ficando os responsáveis isentos de culpa?? O Sr. Presidente da República ficará silencioso????

  29. Augerio dos Santos Amado Vaz

    30 de Junho de 2012 as 2:30

    Sou Santomense, como todos os outros são, mais quando o Estado santomense, fica avalista de um firma comercial, de responsabilidade limitada, com capital sócial de cem mil dólares, a responsabilidade é do Estado e há que chamar a responsabilidade aos gestores públicos, porque ha muita gente que julga que é dono de S.Tomé, este país não tem dono, infelizmente grande parye dos dirigentes Santomenses, além de pedintes têm comportamento delinquentís

  30. abc

    30 de Junho de 2012 as 6:52

    PT deixa de sombar do povo santomense. Vais pagar muito caro pelas tuas brincadeiras. O PT este 4 dias, ele foivisitar os estudantes, o PT este na Russia, ele foi visitar os estudantes? Patrice deixe de brincadeira.

  31. meymadra

    30 de Junho de 2012 as 8:36

    eu nao acredito que estejam mais preocupados com o desempenho do PM que com o real problema. quem vai pagar o caso STP Trading?
    quer dizer que para voces temos um bom tribunal, né. que pouco saotomenses somos, preocupamos mais com as pessoas do que com os problemas, por isso temos os politicos que temos.

  32. VANDLEI

    30 de Junho de 2012 as 10:51

    È isso mesmo lava essa roupa bem força avança e não para por ai com esse caso é critico

  33. Anca

    30 de Junho de 2012 as 17:52

    Fico estupefacto com alguns comentários que aqui são expostos;

    Só pode ser desespero e frustação de alguns dos nossos concidadãos SãoTomenses.

    Vamos ao cerne da questão tratada na notícia ou informação se quiserem;

    A começar pelo título da notícia;

    “Patrice Trovoada reanima o polémico caso STP-Trading”

    Num dos trechos da notícia, se afirma que:

    “Note-se que no ano 2008, São Tomé e Príncipe beneficiou de uma linha de crédito do Governo Brasileiro na ordem de 5 milhões de dólares, para importação de bens alimentares a partir do mercado brasileiro, para o abastecimento do mercado são-tomense.”

    “Na altura o Governo de Rafael Branco, entregou a linha de crédito à uma empresa composta por comerciantes são-tomenses, a STP-Trading.” “Grupos privados nacionais como Hull Blyth, e D&D ( Domingos(Nino) Monteiro e Delfim Neves), destacaram-se na administração da empresa, respectivamente na Direcção Financeira e na Direcção Comercial.” “Uma estrutura Directiva que tinha como Director Geral, o Intendente Armando Correia.”

    “A maior parte da mercadoria importada pela STP-Trading a partir do mercado brasileiro, chegou a São Tomé em avançado estado de deterioração.” “Outros produtos não serviam para o consumo humano, ou não constituíam hábito alimentar dos são-tomenses.”

    “Foi um fracasso total. A STP-trading não conseguiu pagar o crédito de 5 milhões de dólares.” “O caso subiu para os Tribunais.” “Desde 2010 que se aguarda pelo julgamento.”

    Como podem alguns concidadãos vir acusar o Primeiro Ministro, pelo que se sabe, no decorrer desta legislatura, nada se acusa em termos de casos de corrupção, pelos menos do que se sabe pela comunicação socail.

    Pois que casa onde não há pão todos ralham e nínguem tem razão.

    Mais uma vez quem se vai safar, são os prevaricadores, aqueles que assinaram o acordo pelo caso STP-Trading, e os comerciantes que beneficiaram da linha de crédito, no valor de 5 milhões de dolares, e ainda por cima, importaram productos fora da validade.

    Quero aqui alertar e perguntar o Sr Presidente da República, o Sr Primeiro Ministro, o Ministro da Justiça, o Presidente do governo regional do Príncipe, os Presidentes das Autarquias, o Presidente do supremo Tribunal de Justiça, os Sr Juízes, os responsaveis políticos, os Partidos Políticos, tanto do governo como da oposição, os Partidos políticos com e sem representação na assembleia da república, a sociedade cívil organizada, os cidadãos Sãotomenses no geral, se acham bem, e justo, mais uma vez, nos casos de corrupção, ser o povo chamado a pagar, quanto os corruptos são deixados, inculpes.

    Sr Presidente da República, pergunto será que isto é justo, quanto mais de 80% da população, vive abaixo do limiar da pobreza, vive na miséria, com fome?

    Isto viola claramente a constituição Sr Presidente da República.

    A justiça deve e tem que ser um pilar de constituição de um Estado de direito democrático, onde há por parte dos cidadãos que o constituem, deveres e obrigações a cumprir perante as instituições soberanas e democráticas.

    Pratiquemos o bem

    Pois o bem

    Fica-nos bem

    Deus abençõe São Tomé e Príncipe

    • Anca

      30 de Junho de 2012 as 17:54

      A que chamar a justiça e responsabilizar os infratores.

  34. Takora Mohamed

    30 de Junho de 2012 as 19:20

    Devo dizer que os unicos culpados de um dia o povo pagar por isso sao o PGR Roberto, Pruradores adjuntos Fabio e Urbino e o Juiz Silva Cravid que numa atitude de autopromocao repentina quizeram levantar a bandeira de serem os melhores da justica promovendo um caso de resolucao administrativa no ambito do direito comercial intrlernacional

  35. Dondô

    1 de Julho de 2012 as 12:17

    Face ao caso STP-Trading, a sociedade civil santomense deve organizar-se e elaborar uma petição com a cópia entregue a diferentes forças vivas do País, solicitando a Assembleia nacional ao Supremo Tribunal de Justiça e ao Procurador-Geral da República, esclarecimento acerca do andamento do processo e, ao mesmo tempo, pedir a sua celeridade em nome da credibilidade do País perante às autoridades Brasileiras. Esse procedimento também permite, que cada um santomense não venha a pagar o que não consumiu.

  36. david santos

    2 de Julho de 2012 as 8:54

    Os santomenses que estao fora deviam criar um grupo para interssetar os curroptos Santomenses e criar onda de descontentamento dentro de pais.
    O vergonha os europeos que vivem melhor que os africanos reclamam de de toda as maneiras, e nós por causa de banana com com peixe calamos por tudo e por nada e por isso os governantes abusam de nós.

  37. david santos

    2 de Julho de 2012 as 9:04

    Voces que estao a defender PT nao sabem quem é este homem.Eu fui enganado por este homem, bom nao sei se é ser homano o outra coisa, de forma tao estranha depois de falar tao bem dele, que por causa dele eu nao confio em mais ninguem.

  38. Fala-ceto

    2 de Julho de 2012 as 9:54

    Patrice Trovada”TURISTA” perdeu toda a legitimidade de falar sobre o caso STP-Traiding, pois o seu Assessor economico”NINO” é o cabecilha do caso. Isto só pode ter uma leitura:PATRICE TROVOADA é o maior BANDIDO de STP, uma vez que anda, dorme e convive com bandido! Quem se deita com cão, com pulga levanta-se. P.Trovoada deverá procurar outros argumentos para justificar as PASSEATAS que anda fazer com dinheiro d pobre povo.

  39. Aristides Barros

    2 de Julho de 2012 as 15:09

    Este caso deve ser esclarecido. E os culpados devem ser condenados. Não é o povo que vai pagar por aquilo que outros comeram.
    Nas condições em que se encontram os nossos tribunais, não é possível proceder a esse julgamento. Se o caso for julgado agora, poderão ser condenados os inocentes enquanto os verdadeiros culpados andarão a solta.É preciso em primeiro lugar se proceder a restruturação e pacificação dos Tribunais.
    Devo também lembrar a Sua Excelência o sr. Primeiro Ministro que além de Agua Grande e Mé Zóchi,todos os outros Distritos e a RAP também têm carência de água potável.A próxima vez que tiver que fazer pedidos de financiamento lembre-se que também existem outros Distritos.

  40. Védé sá de flá

    2 de Julho de 2012 as 16:49

    Este governo está a fazer o seu trabalho, mas alguns corruptos, vão tentar bloquear todo o seu trabalho.Este assunto deveria ser analizado e para punir os culpados. Alguns dos nossos dirigentes que estão com culpa no cartório deveriam ser chamados para ser julgados e se for culpado deve ser punido.

  41. Védé sá de flá

    2 de Julho de 2012 as 17:00

    O caso dos 5.000.000 de dobras a titulo de crédito, que o Governo de STP recebeu do Governo Brasilleiro e não se sabe aonde todo esse dinheiro foi parar, andaram a comprar géneros alimentícios podres ,autocarros, zincos de forma a enganar o povo santomense, os culpados já deveriam pagar para que STP não estivesse preso de crédito Brasileiro. Quem não pagasse deveria estar na cadieia, como qualquer santomense dito ladrão que tivesse roubado uma galinha ou uma pinha de banana pão. FAÇA A JUSTIÇA SR PRIMEIRO MINISTRO. DOA A QUEM DOER.

  42. cacharamba

    3 de Julho de 2012 as 10:59

    Patrice Trovoada é sinónimo de “MALDIÇÃO”.

  43. O Analista e Censurador

    3 de Julho de 2012 as 13:28

    O PM,quando refere que, se o Tribunal não julgar o caso em referência,serão todos santomenses a pagar o dito valor;estranha-me bastante a mentalidade do mesmo.
    Numa analise exaustiva, pode-se dizer que Ele esta fazendo a sua pré-campanha.Porque é do conhecimento de todos santomenses dentro ou fora do País os nomes dos infractores a quem cabe toda responsabilidade.Ou então o PM esta salvaguardar o envolvimento do seu Assessor.
    Seria mais viável o PM,junto do Tribunal saber sobre o andamento do processo relacionado com o caso em destaque,isto é se o mesmo não esta arquivado!…Dai exigir Tribunal dar andamento ao processo,proceder o julgamento e condenar aquele ou aqueles que for culpado sem excepção.Fazendo com que seja reposto o valor em causa,salvaguardando a boa imagem do País perante as autoridades Brasileira.
    Neste termo,se o Povo vai pagar significa que o Cofre de Estado tem dinheiro!…E será uma injustiça, se assim for.
    Ao meu ver a justiça deveria ser feita assim:Aqueles que utilizaram o dito valor para influenciar os seus proveitos próprio é que deve pagar!…
    Espero que a justiça seja bem feita e mais cedo possível.
    Agradeço a todos que dispensam o seu valioso tempo para fazer a leitura dos comentários.
    O meu muito obrigado.

  44. Mina de telá cu sá longe

    3 de Julho de 2012 as 14:48

    Essa sena de povo é que paga é algo (impensável), então, cendo assim depois de pagar tem o dereito de fazer a sua propria justiça????,ñ sei se concordads com migo……seje justo com tu proprio,podes fazer mas do que aquilo q estas ou demostras fazer,quem ñ deve ñ teme (esqueceste).
    Se esses politicos ñ sabem mas vou dizer os santoménses ñ são mas aqueles eram considerados de Anafabruno, já temos mas noção e conhecimento do que se passa a nossa volta mesmo distantes , graças a esse novo estrumento «O jornal téla nom» Obg é quase tudo.

  45. Augerio Amado Vaz

    3 de Julho de 2012 as 21:11

    Ja que o senhor Primeiro Ministro quer saber onde foram parar os vinte bilhóes de doíbras do Tribbunal de Lembá é muito facíl é só meter a mão onde cada um saiu que facilmente encontrará

  46. herminia lopes quaresma

    3 de Julho de 2012 as 21:41

    mas primeiro Ministro o que pensas toda gente teve vida de rico, sr. nunca soube o que e sofrer, teve sempre tudo desde crianca e agora ja homem feito esta a desgracar vida do povo. porque nao vai se preocupar com estudantes que estao fora do pais sem bolca e muitos outros com bolca que deixam meses sem pagar so p por os mesmos a passar fome sanguesuga, para de viajar, nao foi para isso que o povo votou em si. Sr. da gracas que este povo e calmo.

  47. Coladura

    8 de Julho de 2012 as 22:27

    Eu não sou político, sou apenas um santomense e vivo na diáspora há 28 anos.

    Pergunto:

    Patrice Trovoada, que ingenuidade! Você ainda não pôs lugar de Primeiro Ministro de STP a disposição? De o que é que está a espera?

    Está a espera que Embaixador de Brasil ou alguém que lhe diga que um mentiroso, ingénuo e oportunista como você é, já não tem condições para ser Primeiro-ministro de STP nem de País nenhum?

    Sabe-se que o Presidente da Assembleia Nacional é subserviente do ADI e do Patrice Trovada, mas neste caso concreto, em que Primeiro-ministro afirma que Brasil recusou linha de crédito a STP, impõe-se que na qualidade de chefe do Governo terá de prestar esclarecimento ao Parlamento se nessa viagem Brasil recusou ou não sua proposta de nova linha de crédito a STP.

    Pecadu clêcê paça cofeça; Bô mé ku ubuê bô, paça baia. Patriço Trovada bô cóbó cóbóó ku mon bô! pa bô ntela ubuê bô. Dêçu na ka dumini-fa.

    Viagi ku paça, plopaganda ku mintxila de ngana pôvô ku paça. Sam Tomé ku Santa Tóniyé çá Dêçu vivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Recentemente

Topo